O QUE VOCÊ AMA?

Em Lucas 13.10-17 temos a história de Jesus ensinando num sábado numa sinagoga. Enquanto ensinava chegou ali uma mulher enferma. Jesus a curou. O líder da sinagoga ficou indignado com Jesus porque ele curara a mulher num sábado. Jesus então o repreendeu, chamando-o de hipócrita. Mas por que o líder da sinagoga ficou tão indignado?

O centro da indignação dele é porque ele amava a sinagoga, o sábado, a tradição, a religiosidade e sua zona de conforto. O sentido da vida dele estava em tudo isso. O seu amor não era por Deus e por pessoas. Cuidar de pessoas não era o seu objetivo. A sua estrutura religiosa era o seu “deus”, e a cura feita por Jesus o ameaçou. Por isso ele ficou irado.

A raiva é o resultado final do que se ama. A ira é uma forma de defender aquilo que está sendo ameaçado. Se você não tem amor por nada, você não ficará irado. Agora, se você coloca o sentido de sua vida em algo, qualquer ameaça a ele o deixa irritado e com medo.

Quando algo que não seja Deus se torna o sentido de seu viver é nele que está o seu amor; isso é o que você adora; isso é o que lhe prende; esse é o seu ídolo.

O caminho mais simples para se descobrir o que você ama mais do que Deus, é perguntar: “O que estou dando tanta importância”? ou “O que estou tentando proteger”? Sua resposta lhe fará ver a razão de sua irritabilidade.

Se você ama algo mais do que Deus, você é um idólatra. Idolatria é pecado. O passo certo é se arrepender e amar apenas a Deus e as pessoas. Foi isso que Jesus ensinou; foi assim que Ele viveu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s