NÃO SEJA IMPACIENTE

Vivemos na cultura da impaciência. Aprendemos a ser impacientes com tudo. Somos impacientes quando a comida atrasa, quando a pizza contratada não chega; impacientes com a pessoa que dizemos amar, com as crianças, no trânsito, etc.; a lista é muito grande.

O maior problema com a impaciência é que ela também reflete o nosso relacionamento com Deus. Nos tornamos insensatamente impacientes com Ele. Nos magoamos porque achamos que Ele demora demais para responder nossas orações ou agir em nosso favor.

Deus sabe que a impaciência pode nos levar à precipitação, e essa pode nos levar à ruína.

Na Bíblia Ló, Jacó, Saul, Davi, Pedro e tantos outros que foram impacientes e precipitados. Para alguns deles o preço da impaciência foi altíssimo.

Ser impaciente pode nos trazer dor. A impaciência também pode destruir algo maravilhoso que Deus está fazendo.

Na verdade, o problema é sempre nosso e nunca de Deus. O problema é que não aprendemos bem o princípio de Eclesiastes 3.11, que diz: “Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo…”

A sua segurança está em aprender a esperar. Você precisa crer que Deus tem um tempo para tudo e o que Ele faz é sempre o melhor.

Deus não pede para você entender o Seu tempo, Ele pede para que você confie nEle. O tempo dEle é sempre o melhor porque através do tempo a vontade dEle é expressa

e determinada.

Por isso, não seja impaciente. Espere no Senhor. Ele tem o tempo certo.

Lembre-se do testemunho do salmista no Salmo 40.1: “Esperei confiantemente pelo SENHOR; ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro.”

—————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/14749170

ORAÇÕES SIMPLES

Em Mateus 14.30 Pedro orou, dizendo: “Senhor, salva-me!”

Essa é uma das orações mais curtas da Bíblia. Ela foi feita por Pedro quando ele estava em um grande desespero de morte; quando ele estava se afogando.

Essa é uma oração que lhe ensina muitas verdades:

1 — Você deve orar.

Você deve orar sempre e sem cessar. Você deve orar a cada instante e por qualquer coisa que sua alma sinta-se afligida ou necessitada. Você deve orar.

2 — Você deve orar para pessoa certa.

Pedro em seu desespero não orou a Abraão, a Moisés ou algum dos profetas. Ele orou diretamente a Jesus. Não ore para mais ninguém. Ore a Jesus. Conte tudo a Ele.

3 — Você deve orar em qualquer circunstância.

Pedro no meio da possibilidade de sua morte por afogamento, orou. Ele não nadou mais um pouco; ele não se esforçou mais, ele apenas orou. Por isso, antes de tudo, ore. Ore diante de qualquer circunstância que esteja passando. Apenas ore!

4 — Você deve orar em qualquer lugar.

Pedro orou no mar. Você pode orar no trânsito, no trabalho, na escola, em casa, na rua, no shopping, no estádio, etc. Ore em qualquer lugar.

O seu problema diante de seus problemas é que ou você não ora ou ora pouco. Aprenda então a falar com Deus.

Fale com Deus de forma simples e sincera. Conte a Ele sua dor, seus pecados, suas misérias, sua desesperança, seu desânimo, seus impossíveis, etc. Diga apenas também: “Senhor, salva-me!”

Pedro foi salvo naquela noite porque sua oração foi simples e humilde. Faça o mesmo hoje e veja também Deus agir em sua vida.

O pregador Charles Spurgeon afirmou: “Se temos um coração para orar, Deus tem um ouvido para ouvir e uma mão para agir.”

——————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/14738427

LEMBRE-SE DE DEUS!

Alguém disse: “Não existe memória ruim, só mal treinada.”

A ciência descobriu que toda pessoa pode ser mestre de sua memória. As memórias são formadas por conexões temporárias ou permanentes entre os neurônios. Lembretes e associações ajudam a memória porque somos tendentes a esquecer.

Depois de uma experiência de 40 anos, vendo a ação de Deus no deserto, o povo de Israel estava para entrar na terra de Canaã.

Moisés, preocupado que o povo não viesse a esquecer os princípios de Deus, afirmou em Deuteronômio 4.9: “Tão somente guarda-te a ti mesmo e guarda bem a tua alma, que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos.”

Deus nos ordena que lembremos dEle porque sabe o quanto somos tendentes a nos esquecer disso. E para que isso não ocorra, Ele nos chama a exercitar nossas mentes usando diversos tipos de lembretes.

Por exemplo, o profeta Jonas quando sentiu que iria morrer, percebendo sua desobediência, decidiu aceitar o comissionamento de ir a Nínive. Ao fazer isso, lembrou-se do Senhor e orou dizendo: “Quando, dentro de mim, desfalecia a minha alma, eu me lembrei do SENHOR; e subiu a ti a minha oração…” (Jonas 2.7).

Pedro, que disse que nunca negaria ao SENHOR, foi lembrado de seu pecado através do canto do galo. Após ouvi-lo, e arrependido, chorou amargamente.

Por isso, avalie hoje seu relacionamento com o Senhor. Pergunte a si mesmo: “Estou me esquecendo de Deus?”

Alguém disse com muita sabedoria: “Deus usará o que for preciso para que nos lembremos dele.”

Faça constantemente um bom uso de sua memória; lembre-se de Deus!

—————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/14721864

DEUS EXISTE!

Karl Marx afirmou que alguém que acredita em Deus deve ter um distúrbio mental que invalidou sua capacidade de pensar.

A Bíblia, por exemplo, não defende a existência de Deus. A Bíblia AFIRMA a existência de Deus.

Em Gênesis 1.1 lemos: “No princípio criou Deus os céus e a terra.” Deus não se preocupa com o fato de pessoas crerem ou não em Sua existência.

A essa atitude de descrença, a Bíblia AFIRMA o seguinte no Salmos 14.1: “Diz o insensato no seu coração: não há Deus…”

Ao falar sobre Deus, Jesus ora a Ele afirmando o seguinte em Mateus 11.25: “…Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra…” Jesus não só reconhecia a realidade de Deus, a quem Ele chamou de “Pai”, como O identificou como o Criador dos céus e da terra.

No versículo 27 Jesus vai além ao dizer: ” …Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar.”

A clareza nas palavras de Jesus informa-nos que nada se pode conhecer de Deus se não for revelado por meio dEle próprio.

Gilberto Theiss escreveu: “Esse Deus que foi expulso por Karl Marx do céu, retirado do inconsciente por Freud, banido da ciência por Darwin, assassinado por Nietzsche, transformado em delírio por Richard Dawkins, secularizado e relativizado por cristãos pós-modernos, em breve virá gloriosamente sobre as nuvens dos céus para espanto, terror e decepção dos incrédulos.”

Deus existe e o seu conceito sobre Ele afeta profundamente a forma como você pensa, sente e age.

Por isso, reorganize sua visão sobre Ele e sua vida terá razão, propósito, direção e o equilíbrio que tanto deseja.

—————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/14718005

A BANALIDADE DA FAMA

Uma pessoa famosa é aquela que tem admiração, simpatia e estima pública. Muitos desejam e buscam a fama como um fim de vida.

Jesus considerou a fama como algo banal. Em Marcos 1.44, Ele curou um leproso e disse: “Olha, não digas nada a ninguém…”

Por que Jesus disse isso ao homem? Porque Ele não queria dar a falsa impressão às multidões que Ele veio para ser um “curandeiro” ou apenas um “solucionador dos diversos problemas humanos”.

Todos os milagres de Jesus foram realizados com o fim de O apresentar como Messias e Salvador. Ele estava focado em resolver o maior problema do homem, o pecado. O pecado é o causador principal de todos os males físicos, do psiquê e do espírito.

Jesus resolveu não colocar a fama como alvo último de sua vida. Seu foco final foi sempre agradar a Seu Pai e abençoar pessoas.

Em Eclesiastes 4.16, Salomão conta-nos a história de um monarca. Ele diz: “O número de pessoas que um rei governa é muito grande; no entanto, quando deixa de ser rei, ninguém é agradecido pelo que ele fez. É tudo ilusão, é tudo como correr atrás do vento.”

Salomão viu que o tal rei governou, influenciou e trouxe benefícios a muitas pessoas. Contudo, quando o seu reinado passou, ninguém lhe foi grato pelos benefícios que ele havia trazido. A conclusão final é que ser influente, famoso, poderoso e popular como objetivo de vida, é algo banal.

Sábio é que você não faça da fama o foco de sua vida. Concentre antes em construir sua vida sob princípios e valores. Foque sua energia em deixar um legado.

Buscar a fama pela fama é algo banal, fútil e sem valor. É uma pura perda de tempo e esforço.

————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/14700526

A BUSCA CERTA

O mundo lhe ensina que a verdadeira vida encontra-se em ter e acumular coisas. A mídia e a cultura tentam vender que sua vida depende de ter algo para ser alguém.

O perigo é quando as “coisas” tornam-se a razão de seu viver, e por alguma razão você as perde, sua decepção e frustração serão grandes.

Felicidade, bens, dinheiro, amigos, fama e status é o que devemos buscar nessa vida? Jesus ensina que não.

Jesus, em Lucas 12.15-21, conta a seguinte história: “…Prestem atenção! Tenham cuidado com todo tipo de avareza porque a verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem, mesmo que sejam muitas. Então Jesus contou a seguinte parábola: — As terras de um homem rico deram uma grande colheita. Então ele começou a pensar: Eu não tenho lugar para guardar toda esta colheita. O que é que vou fazer? Ah! Já sei! — disse para si mesmo. Vou derrubar os meus depósitos de cereais e construir outros maiores ainda. Neles guardarei todas as minhas colheitas junto com tudo o que tenho. Então direi a mim mesmo: Homem feliz! Você tem tudo de bom que precisa para muitos anos. Agora descanse, coma, beba e alegre-se. Mas Deus lhe disse: Seu tolo! Esta noite você vai morrer; aí quem ficará com tudo o que você guardou? Jesus concluiu: — Isso é o que acontece com aqueles que juntam riquezas para si mesmos, mas para Deus não são ricos.”

Lembre-se que tudo passa! As coisas da vida precisam ser MEIO e nunca um FIM em sua vida.

A busca certa é aquela que lhe faz centrar e focar em Deus. Pois, a pergunta de Jesus a você também é: caso você também venha morrer, “…quem ficará com tudo o que você guardou?”

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/14689240