DESTRUÍDO PELA COBIÇA

Em Êxodo 20.17, Deus ordena no décimo mandamento: “Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma que pertença ao teu próximo.”

O verbo “cobiçar” no texto significa “desejar, desejar muito, ter prazer, encantar-se, deliciar-se”. Nesse décimo mandamento Deus ordena que você examine minuciosamente as coisas que lhe encantam; aquilo que você está desejando ou querendo demais.

Cobiçar não significa admirar e desejar algo que você não tem. Cobiçar significa ser devorado por um desejo de ter algo que não é seu. Cobiçar não significa desejar ter uma esposa; um casamento. Cobiçar significa fazer de tudo para ter a esposa ou esposo do vizinho, os bens do vizinho, o status do vizinho, a influência do vizinho, etc. Cobiçar é perseguir e lutar vorazmente para ter o que é do outro ou ser como o outro.

A cobiça faz com que você fique obcecado por uma pessoa, um objeto, uma posição e você não se dará por satisfeito enquanto não conseguir o que quer. A cobiça tem o poder de dominar seus olhos, mente, vontade e o próprio corpo. A cobiça é extremamente poderosa e destrói sua vida.

A cobiça é um pecado e como tal precisa ser tratado com seriedade aos olhos de Deus por meio do arrependimento, confissão e uma postura séria. Quanto a essa postura, Paulo ensina em Colossenses 3.5: “Fazei, pois, morrer a vossa natureza terrena: prostituição, impureza, paixão lasciva, desejo maligno e a cobiça, que é idolatria.”

Lembre-se sempre: Ou você destrói a cobiça em seu coração ou o seu coração e toda sua vida serão destruídos pela cobiça.

——————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15086528

VIVA O DIA DE HOJE

Jesus afirmou em Mateus 6.34: “Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, pois o amanhã trará os seus cuidados; basta ao dia o seu próprio mal.”

Sem dúvida essas palavras de Jesus têm sua base em Provérbios 27.1, que diz: “Não te glorias amanhã.” Um homem não pode assegurar-se sobre o dia de amanhã, e viver ansioso pelo futuro é uma grande tolice.

Jesus condena as ansiedades a respeito do amanhã porque não se precisa e nem se deve viver o futuro. Faz parte da fé em Jesus confiar a Ele o amanhã.

A vida em Cristo inclui confiar nEle o hoje e crer que amanhã Ele nos dará fé suficiente para quando o amanhã chegar.

Viver o dia de hoje é um grande desafio. Alguns de nós achamos que não teremos força suficiente para mais um dia. E, de fato, não teremos mesmo. Os recursos de Deus são para hoje e somente hoje; e parte desses recursos está em crer que novos recursos nos serão dados por Deus quando o amanhã chegar.

Creia firmemente que Deus tem dado apenas o dia hoje para você viver. Não se atreva a ir além dele; é um fardo muito pesado. Deus lhe dá apenas o hoje e nesse dia há os problemas que você é capaz de suportar.

Tenha apenas a plena convicção de que o Senhor está com você hoje e creia que se Sua presença é real em sua vida, Ele lhe dará em Sua bondade e misericórdia a força, ânimo, disposição e sabedoria que você precisa para suportar os problemas de hoje.

Viva o problema, a alegria, as dificuldades, a tranquilidade, as tribulações e a paz do dia de hoje Viva apenas o dia de hoje.

————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15077225

NA PERSPECTIVA DE DEUS

Em João 4.31 os discípulos pedem para que Jesus se alimente. No versículo 32 Ele responde: “…Tenho algo para comer que vocês não conhecem.” Os discípulos espantados perguntam no versículo 33: “…Será que alguém lhe trouxe comida?” Mas no versículo 34 o próprio Jesus afirma: “…A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra.”

A comida era muito importante, mas naquele exato momento não era para Jesus. Ele acabara de ter uma conversa com a mulher samaritana. Ele sabia que aquela conversa transformaria os rumos da vida e da cidade dela. Na perspectiva dEle, naquele exato momento, vidas transformadas eram mais importantes do que a comida.

E é aqui que muitas vezes nos perdemos. Infelizmente não conseguimos ir além. Nossa perspectiva da vida é pequena demais. Nos perdemos porque não conseguimos ver que há algo maior, mais profundo, mais oportuno e mais transformador no meio das circunstâncias.

O pior ainda é que nos tornamos mestres em reclamar. Achamos que pessoas e a própria vida têm sido “injustas”. Deveríamos ter algo melhor; ser algo melhor; receber algo melhor; viver melhor. E esses, infelizmente, são sinais claros de uma profunda cegueira espiritual.

Por isso, não permita que as circunstâncias amargure a sua vida. Pare de jogar a culpa de sua vida nas pessoas e nas circunstâncias. Ore e peça a Deus por discernimento para que você veja a vida na perspectiva dEle.

Deixe que a afirmação de A. Simpson lhe inspire: “Temos que aprender a viver do lado celeste e olhar para as coisas de cima. Devemos ver todas as coisas como Deus as vê…”

Ver a vida na perspectiva de Deus é decidir ver a vida pelo ângulo certo.

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15051998

O AMOR VERDADEIRO

Uma extensa pesquisa realizada nos Estados Unidos por uma importante agência de pesquisas distribuiu questionários para pessoas de várias idades e ocupações, perguntando: “O que você mais procura na vida?”

Quando os resultados foram compilados, os analistas ficaram surpresos. A maioria esperava que aqueles que foram entrevistados dissessem que queriam atingir certas metas materiais. Mas no topo da lista estava o amor. A pesquisa serviu para mostrar que as pessoas querem amar e ser amadas.

A questão é que alguns tem uma visão bem particular e irreal do amor porque a cultura o distorce. Há algo errado com o conceito de “amor” na sociedade.

Assistimos constantemente celebridades que se apaixonam, casam e se separam. Confunde-se “amor” com “paixão” e “sexo”. O certo é que todos buscam por um amor verdadeiro que resista ao teste do tempo. Mas como podemos conhecer e encontrar esse amor verdadeiro?

Esteja certo de que você é amado por Deus e por isso você pode amá-Lo também. 1 João 4.19 afirma: “Nós O amamos porque Ele nos amou primeiro.”

É o amor de Deus que faz toda a diferença na sua vida. É o Seu amor que lhe capacita a amar quando você supostamente até precisaria ser amado.

É o amor de Deus que faz com que sua vida siga adiante, firme, em paz e alegria, quer o dia seja especial ou não.

Assim, louvado seja Deus por Seu amor; o amor verdadeiro.

———————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15022214

ONDE ESTOU?

O mundo do povo de Israel era dominado por divindades visíveis. Assim, acostumados a um panteão de deuses, as nações olhavam para o povo de Israel e não viam nenhum deus. A pergunta dessas nações foi expressa e respondida pelo salmista no Salmos 115.2,3: “Onde está o Deus deles? No céu está o nosso Deus e tudo faz como lhe agrada.”

Que resposta! Ele está soberanamente nos céus, reinando. De lá, Ele está dirigindo o mundo e tudo mais. Ele está vivo! Ele é real! Ele “…FAZ TUDO como lhe agrada.”

“Onde está Deus?” é uma pergunta muito comum, especificamente quando a dor chega. Na dor, pergunta-se: “Onde está Deus que me deixa passar por tanta aflição… que deixou meu filho, meu cônjuge, meu pai, minha mãe, meus avós, meu irmão e meu amigo morrer?” “Onde está Deus nessa doença?” “Onde está Deus que parece insensível diante da minha dor e dos meus problemas?” “Onde…onde está Deus?” Quando não se acha a resposta, é mais fácil dizer: “NÃO HÁ DEUS!” “Ele não existe!”

Não é sábio e nem prudente concluir algo sobre Deus só pelo fato dEle não agir do modo como achamos, queremos ou desejamos. É mais fácil orgulhosamente O acusarmos do que confessarmos nossa limitação quanto aos Seus planos e propósitos.

“Onde está Deus?” Ele está invisível aos nossos olhos, mas reinando consciente sobre tudo e todos, fazendo “tudo como Lhe agrada.” E se Ele está agindo, você deve descansar no fato de que algo bom ocorrerá.

O sábio é fazer a pergunta certa; não, “onde está Deus?”, mas, “onde estou diante desse Deus que tudo faz como Lhe agrada?”

Se você decidir não confiar em Deus, você descarta a única possibilidade de esperança e respostas que sua vida tanto deseja e precisa.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15041768

O DEUS PROVEDOR

Em Gênesis 22.14 Deus se apresentou como Jeová-Jiré: “O Senhor proverá”. O nome foi utilizado por Abraão quando Deus proveu o carneiro para ser sacrificado no lugar de Isaque. Assim, Deus é o Deus provedor.

Deus está interessado em prover para o nosso espírito, alma e corpo. Ainda que Ele é provedor de tudo, Ele sabiamente diferencia entre nossas necessidades e nossos desejos.

Deus quer que saibamos que este mundo é um meio e não um fim. Aqui não é a nossa casa permanente. O que precisamos é aprender a sintonizar nossa realidade, necessidades e desejos do hoje e agora com os princípios e os propósitos eternos de Deus.

Jesus ensinou em Mateus 6.11 que devemos pedir pela provisão diária de Deus. A oração deve ser: “Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia.” Jesus nos ensina que não devemos nos preocupar com comida, roupa ou qualquer outra coisa, antes devemos orar ao Pai, porque Ele sabe do que precisamos.

Assim, nada deve nos preocupar porque o Pai é o provedor. Aquele que dá a vida é o mesmo que a mantém. Nosso foco, segundo Jesus, deve ser viver consciente e diariamente o Seu ensino em Mateus 6.33: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Deus espera que você não seja dominado pelas preocupações e ansiedades dessa vida. Deus espera que você confie que Ele é provedor de suas necessidades do dia a dia.

Assim, descanse na verdade de que Deus cuida de você e é o maravilhoso provedor para suas necessidades. Creia na poderosa verdade bíblica de Filipenses 4.19: “O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus.”

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15031946

O PERDÃO DE DEUS

Quando você erra contra alguém é preciso que se busque o perdão do ofendido na possibilidade de que o relacionamento possa ser restaurado. Caso o perdão seja concedido, o ofendido perdoa e decide cancelar a ofensa, expressando sua compaixão, amor, graça, bondade e misericórdia.

A Bíblia nos diz que todos, sem exceção, ofendemos a Deus com os nossos pecados. Eclesiastes 7.20 afirma que “não há homem justo sobre a terra que faça o bem e que não peque.” Por isso precisamos urgentemente de Seu perdão.

Não buscar o perdão de Deus para os pecados é atrair eternamente sobre si as sérias consequências espirituais do pecado. João 3.36 adverte: “Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, todavia, se mantém rebelde contra o Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus.”

Romanos 6.23 diz que “o salário do pecado é a morte…” A morte é a consequência natural do pecado. Mas Deus Pai enviou Jesus, Deus Filho, o qual tornou-se homem. Jesus veio e pagou na cruz o preço pelo pecado. 2 Coríntios 5.21 afirma que “Aquele que não conheceu pecado, ele o fez pecado por nós; para que, nele, fôssemos feitos justiça de Deus.”

Assim, a morte de Jesus providencia para você o meio perfeito para que Deus possa perdoar os seus pecados. O que lhe condiciona o perdão de Deus é o arrependimento e confissão de seus pecados, crendo na obra de Jesus na cruz e Sua ressurreição dentre os mortos por você.

Por causa de Sua grande paciência e amor, Deus lhe convida hoje a reconciliar-se com Ele. Deus lhe oferece gratuitamente o perdão de todos os seus pecados.

Você gostaria hoje de se libertar da culpa do pecado e receber o perdão de Deus?

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/14994347