HABITADO PELO ESPÍRITO

Quando o povo de Israel saiu do Egito, o Senhor guiou a nação por uma coluna de nuvem. Êxodo 13.21 afirma: “O Senhor ia adiante deles, durante o dia, numa coluna de nuvem, para os guiar pelo caminho; durante a noite, numa coluna de fogo, para os iluminar, a fim de que caminhassem de dia e de noite.”

A nuvem era uma demonstração preciosa da misericórdia de Deus para com os israelitas. Por meio da nuvem Deus guiava cuidadosamente o seu povo.

Assim como a nuvem foi um presente gracioso de Deus para guiar o povo de Israel no Antigo Testamento, no Novo Testamento o presente que guia e lidera o povo de Deus é o Espírito Santo.

Antes de Jesus voltar para o Pai, Ele fez a seguinte promessa em João 14.16: “E eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Consolador, a fim de que esteja com vocês para sempre.” Em João 16.13 Jesus ensinou que “..quando vier o Espírito da verdade, ele os guiará em toda a verdade.”

Se você pertence a Jesus, Ele mesmo lhe enviou o Espírito Santo para habitar em sua vida. Deus habita em você por seu Espírito. O Espírito Santo lhe guia e dirige de forma que você tenha conhecimento pleno da vontade de Deus, entendimento, desejo e sintonia espiritual.

Se você está sendo guiado e dirigido pelo Espírito Santo, sua vida então será caracterizada, conforme Gálatas 5.22,23, por “amor, alegria, paz, paciência, bondade, benignidade, fidelidade, mansidão e domínio próprio…”

Se você é habitado pelo Espírito de Deus, então você precisa ser uma testemunha eficaz de Jesus nesse mundo seco, árido e sem vida. Sua vida precisa apresentar que há um oásis de bênçãos pelo deserto deste mundo em Jesus.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15306530

DEUS CUIDA

Davi afirmou no Salmo 23.1: “O Senhor é meu pastor e nada me faltará.” O Salmo 23 é um dos mais conhecido e querido. O versículo 1 afirma em poucas e simples palavras que o Senhor cuida do seu povo.

Um dos maiores problemas que nos impede de desfrutar o cuidado de Deus é a ansiedade. A raiz principal da ansiedade é a incredulidade. A incredulidade acusa Deus de insensibilidade e de inércia. A incredulidade diz que Deus não pode, não quer e não deseja cuidar de nossas vidas. A incredulidade chama Deus de mentiroso, e isso é um grave pecado.

O cuidado de Deus para com seu povo é algo real. Em Isaías 41.10 o Senhor dissipa os medos com a certeza de Sua presença e ajuda. Ele diz: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel.”

O cuidado de Deus também se manifesta através da direção para a vida. Deus afirma no Salmo 32.8: “Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho.” Muitos propõem seus caminhos e querem que Deus os aprove. Mas não é assim que Ele age. Deus tem os Seus próprios e melhores caminhos e devemos nos adequar a eles.

Deus cuida, mas você precisa crer e viver essa verdade em sua vida. É sua responsabilidade descansar no cuidado dEle. Faça do Salmo 28.7 suas palavras e estilo de vida: “O SENHOR é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, nele fui socorrido; por isso, o meu coração exulta, e com o meu cântico o louvarei.”

———————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15289177

A IMPORTÂNCIA DO CONFRONTO

Em Gálatas 2.11-13, Paulo testemunha sobre um episódio que ocorreu entre ele e Pedro. O texto diz: “Porém, quando Pedro veio para Antioquia da Síria, eu fiquei contra ele em público porque ele estava completamente errado. De fato, antes de chegarem ali alguns homens mandados por Tiago, Pedro tomava refeições com os irmãos não judeus. Mas, depois que aqueles homens chegaram, ele não queria mais tomar refeições com os não judeus porque tinha medo dos que eram a favor de circuncidar os não judeus…”

O cenário do texto é a confrontação pública de Paulo a Pedro em relação a aceitação dos cristãos que não eram judeus (os gentios).

Pedro bem sabia que a salvação não era apenas para os judeus

e que também não o era por se praticar a Lei de Moisés. Pedro sabia que a salvação era também para os não judeus (gentios). Ele também estava ciente de que Deus havia chamado a Paulo ao ministério aos não judeus.

Contudo, quando Pedro veio até a Antioquia da Síria (igreja que Paulo estava cuidando), ele se recusou, por um tempo, a se associar com os cristãos gentios depois que certos judeus vieram de Jerusalém.

Pedro agiu assim porque sabia que esses judeus ficariam ofendidos se o vissem comendo com os gentios. Para evitar um conflito, Pedro, por medo e pensando apenas em si, agiu contra aquilo que ele sabia ser certo. Pedro foi hipócrita. Paulo percebendo a hipocrisia de Pedro, o repreendeu publicamente.

Esse incidente deve nos levar a refletir que de alguma forma, todos os que seguem a Jesus, podem, como Pedro, por algum momento não viver como Jesus quer.

Para problema como esse, uma solução é sempre termos por perto alguém que nos ame o suficiente, como Paulo, para nos confrontar e nos trazer de volta a sensatez de uma vida cristã saudável, enquanto também nos mantemos humildes, como Pedro, para aceitarmos a confrontação.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15283120

A VERDADEIRA VIDA

Vivemos numa sociedade de consumo. Você quase sempre é julgado e avaliado pelo seu patrimônio líquido. Essa pressão o leva a ter o que você não pode para ser quem você não é.

Jesus afirmou em Lucas 12.15: “Prestem atenção! Tenham cuidado com todo tipo de avareza porque a verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem, mesmo que sejam muitas.”

Jesus foi claro em afirmar que a “…verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem…” Segundo Jesus, o seu valor não pode ser julgado por seus valores monetários. A vida não é sobre aquisições ou conquistas.

Viver atrás de coisas é uma pura vaidade. Muitos passam a vida inteira colocando saúde, inteligência, vigor e tempo somente para possuir coisas. Mas as coisas não duram para sempre. Conta-se que quando o investidor e empresário americano J.D. Rockefeller morreu, alguém perguntou ao seu contador: “Quanto ele deixou?” O contador respondeu: “Tudo!”

A vida não é sobre coisas, mas sobre relacionamentos. Você precisa amar a Deus e amar as pessoas. Você precisa edificar sua vida em prioridades eternas. Jesus declarou em Marcos 8.36: “O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro, mas perder a vida verdadeira?”

O mundo vende que você será mais feliz, importante, mais seguro e reconhecido, se você tiver mais. Mas o segredo da verdadeira vida está em encontrar contentamento, segurança e satisfação, não naquilo que você tem, mas a quem você pertence.

Se você pertence a Jesus, você então já tem a vida que quer e sonhou, porque Ele mesmo diz em João 14.6: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida…” Caso você não pertença a Jesus, hoje é o dia de você abandonar sua avarenta e cobiçosa vida e receber dEle a verdadeira vida.

——————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15274756

O TOQUE DE JESUS

Em Mateus 8.1-3 “Jesus desceu do monte, e muitas multidões o seguiram. Então um leproso chegou perto dele, ajoelhou-se e disse: — Senhor, eu sei que o senhor pode me curar se quiser. Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: — Sim, eu quero. Você está curado. No mesmo instante ele ficou curado da lepra.”

O leproso foi curado porque não olhou o tamanho de seu problema, não olhou para a lógica de uma “doença incurável”, não foi tímido e nem intimidado. Ele foi curado porque teve a atitude certa e foi à pessoa certa: JESUS!

Como o leproso, todos temos uma ferida na alma chamada pecado. Essa “lepra espiritual” é que produz todos os problemas e ninguém a pode remover por qualquer prática religiosa, boas obras, etc.

Como o leproso, a cura espiritual se processa quando reconhecemos humildemente nosso estado pecaminoso e nos acheguemos a Jesus, suplicando-O que nos “toque”.

Deus é poderoso para fazer qualquer coisa que manifestará Sua glória. O problema nunca é Ele. O problema é que nem sempre buscamos primeiramente os Seus propósitos, limitamos o Seu poder e nos acostumamos com o nosso deplorável estado.

O desafio de Deus é que você se lance totalmente a Ele. Peça a Jesus que o “toque” profundamente. Venha a Ele do jeito que está. Peça por Seu perdão, ajuda e milagre. Peça que Ele toque naquilo que é sua extrema necessidade nesse momento.

Peça agora que Jesus toque sua vida; Ele está disponível; Ele está pronto, e Ele fará se você humildemente pedir.

O poeta escreveu:

“Basta que me que toques SENHOR, para minha alma cansada vencer.Se a noite escura está, Sua mão me guiará; basta que me toques SENHOR.”

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15269423

FORÇA NA CRISE

Deus disse a Paulo em 2 Coríntios 12.9a: “…A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.”

Paulo vivia uma crise pessoal a qual ele chamou de “espinho na carne”. Ele pediu ao Senhor por três vezes que tirasse dele esse “espinho”. Paulo queria não só o alívio, mas uma solução definitiva. Contudo a resposta de Deus a ele foi surpreendente. Deus não o tirou da crise, mas deu-lhe Sua graça.

Deus dispensou a Paulo Sua suficiente graça. E o que isso significa? É como se Deus dissesse: “Paulo, eu te envio a graça que você precisa; te envio a minha força; estou contigo, porque Eu não Sou só o Deus da graça, mas Sou a própria graça. Receba de mim a força e o poder para lidar com suas dores. Eu te envio a Mim mesmo. E isso é o suficiente para você.”

Essa realidade vivida por Paulo é tudo o que precisamos diante de nossas crises. Tudo o que é necessário para sustentar a vida, vem da intimidade com Deus. Não importa o que você esteja enfrentando; Ele é a resposta completa.

Sendo Deus a força que você precisa na sua crise, é preciso também crer que Ele estará com você a cada momento. Ele é o seu amigo presente e fiel. Diante da fraqueza e da dor, Ele estará ali. Sua voz dirá também a você: “A minha graça te basta.”

Vivendo assim, com certeza você também dirá as mesmas palavras de Paulo em 2 Coríntios 12.9b: “…De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.”

A graça do Senhor é a força que você precisa nas crises de sua vida.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15259624

À LUZ DA ETERNIDADE

Todos sabemos — mas nem sempre acreditamos — que nossa vida é passageira, breve, temporária e transitória. Não estaremos aqui por muito tempo. Tiago 4.14 afirma: “Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa.”

A grande maioria acha que é algo meio mórbido pensar e falar sobre a morte. Mas na verdade é uma grande tolice passar pela vida negando e evitando a morte e a eternidade. Salomão nos ensina em Eclesiastes 7.2: “É melhor ir a uma casa onde há luto do que ir a uma casa onde há festa, pois onde há luto lembramos que um dia também vamos morrer. E os vivos nunca devem esquecer isso.”

Se a vida é temporária devemos saber como vivê-la e não podemos nos apegar muito a ela. Há anseios nessa vida que jamais serão satisfeitos aqui. São anseios que só serão cumpridos na eternidade. Não podemos nos enganar que seremos completamente felizes nesse mundo. Aqui não é o lar final. Jesus orou em João 17.3: “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”

Quando você vive seus dias à luz da eternidade, seus valores mudam profundamente. Você usa seu dinheiro com sabedoria, valoriza mais profundamente os relacionamentos, desenvolve melhor o seu caráter em vez de fama, riqueza, compras, status ou realizações e controla melhor suas ações e reações.

Você não viverá aqui eternamente. Você é um mortal! Ciente dessas verdades, você deve parar de pensar em curto prazo e investir sua vida nas realidades eternas. Você precisa fazer das coisas eternas uma prioridade e o centro da sua vida.

Assim, viva hoje à luz da eternidade.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15177033