AGRADAR A DEUS

Em João 4.34, Jesus categoricamente afirmou a seus discípulos: “… A minha comida consiste em fazer a vontade dAquele que me enviou e realizar a Sua obra.”

O Senhor Jesus Cristo nos ensina por seu exemplo que para agradarmos a Deus precisamos estar dispostos a fazer Sua vontade e buscar cumprir o que Ele quer e tem para nossas vidas.

Agradar a Deus significa viver no estilo e padrão de Jesus. Significa fazer com que o coração de Deus se alegre. Significa fazer com que as motivações, pensamentos, ações e reações sejam centradas somente nEle e para Sua glória. Significa render-se completamente a Ele. Significa se dispor a cumprir Sua vontade como o alvo final da vida.

Quando você se dispõe a agradar a Deus, isso significa que você se indispõe em agradar a si mesmo. Paulo afirmou em Romanos 8.8: “Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus.” Isso também significa que você não buscará aprovação de outros. Paulo declarou em Efésios 6.6: “Não servindo à vista, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus.”

Ao decidir agradar a Deus sua disposição será dizer “não” às intenções pecaminosas de sua carne, às propostas pecaminosas do mundo e às tentações pecaminosas oferecidas por Satanás.

Agradar a Deus significa que você será guardião de seu coração. Significa que você se tornará mais sensível ao que Deus diz “sim” e ao que Ele diz “não”. Obviamente, agradar a Deus não significa que você não pecará, antes significa que você não permanecerá nele e sua prontidão e seriedade em tratar o pecado serão rápidas.

Decida, como Jesus, a agradar a Deus e fazer Sua vontade. Isso é o que Ele deseja e espera de você.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15731540

LIVRE DA COMPARAÇÃO

Em João 21, após restaurar Pedro, o Senhor Jesus diz como ele O glorificaria em sua morte. Após ouvir as palavras de Jesus, Pedro tira o foco de si e centra em João, o discípulo a quem Jesus amava. No versículo 21 Pedro pergunta ao Senhor Jesus: “…E quanto a este?” No versículo 22, Jesus responde: “…Se eu quero que ele permaneça até que eu venha, que te importa? Quanto a ti, segue-me.”

Pedro acabava de ouvir do Senhor Jesus uma palavra muito difícil: “Pedro, você vai morrer

dolorosamente.” Ao ouvir isso, seu primeiro pensamento foi comparar-se com João. Pedro pensava o seguinte: “Se tenho que sofrer, será que ele (João) também sofrerá? Mas Jesus lhe respondeu de pronto: “Não é da sua conta Pedro, apenas siga-me.”

O mundo ensina que você não é alguém até que se torne como aqueles a quem você admira. Muitos vivem nessa neura injusta e mentirosa.

A comparação é algo perigoso porque lhe faz esquecer que o que Deus tem para você não é igual ao outro e o que Ele tem para o outro nem sempre é o que Ele tem para você.

Não se compare a ninguém! Aprenda que Deus está orquestrando e dirigindo a sua vida no palco história, visando tão somente Sua glória bendita. Ache o seu papel nesse palco, e seja feliz nEle. Alegre-se também com a caminhada dos outros, mas não se compare a eles; não se sinta inferior e nem superior a ninguém.

Quando sentir-se tentando a se comparar, apenas diga: “Ninguém é o meu padrão; apenas Jesus o é. Ele tem algo para eu fazer e por Sua graça, confiado nEle, o farei. Seguirei a Jesus e serei fiel a Ele.”

Você não é responsável pelo outro, apenas por você mesmo. Por isso, cumpra bem a sua missão e não se compare a ninguém.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15695866

SEJA VOCÊ!

Moisés nasceu como escravo hebreu. Êxodo 2 relata que quando criança ele foi encontrado no rio Nilo pela filha de Faraó e por ela foi adotado, tornando-se parte da realeza egípcia e neto direto do Faraó.

Quando Moisés cresceu ele teve uma crise de identidade. Ele precisava decidir em continuar na realeza egípcia ou assumir quem ele realmente era: um judeu.

Moisés sabia que caso admitisse ser judeu, ele seria expulso do palácio. Hebreus 11.24 conta-nos sua corajosa decisão. O texto diz: “Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó.”

Muitos hoje vivem no autoengano. Eles vivem e insistem ser o que não são. Eles determinam sua identidade baseado no que os outros pensam deles, sejam pais, amigos, cônjuges, sociedade, etc. Eles vivem sendo o que os outros querem e não o que Deus quer.

Como Moisés, você também precisa aprender a agradar somente a Deus e encontrar nEle sua identidade, vivendo para Seus propósitos. Paulo viveu assim e afirmou em Gálatas 1.10: “Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens?…”

Não deixe que sua identidade seja definida pelos seus parentes, amigos e sociedade. Não entre na competição desse mundo, se deixando definir pelas roupas que veste, o lugar onde mora, o carro que anda, as pessoas com quem convive, pela quantidade de “clicks” nas suas redes sociais, etc.

Decida agradar e fazer a vontade de Deus. Decida ser o que Ele quer que você seja. Não procure ser outra pessoa. Busque entender e cumprir os planos dEle para sua vida.

Se você deseja ser o que Deus quer que você seja, você precisa recusar ser definido pelas outras pessoas. Decida apenas ser você.

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15682470

QUANDO FALTA ALGO

A cultura mundial ensina-nos a saciar do que é instantâneo e superficial. Nessa busca a alma cansa. A vida parece não ter sentido; fama, glória, dinheiro, poder, oportunidade, influência, para que servem? Há momentos em que a alma tem aversão até da própria vida. O vazio bate; nada satisfaz; parece que falta algo. Sem dúvida falta algo para a alma; falta Deus.

Salomão declarou em Eclesiastes 3.11: “Ele (Deus) fez tudo apropriado ao seu tempo. Também colocou no coração do homem o desejo profundo pela eternidade…” A fala de Salomão foi resumida na pequena oração de Agostinho: “Senhor, tu nos criaste para Ti e nossa alma não encontrará repouso até voltar-se para Ti.”

Você foi criado por Deus e para Ele. Somente Ele pode satisfazer seus anseios mais profundos. Ele é o que você está procurando e precisa. Sua alma deseja por Ele. Uma alma sem Deus está desidratada.

Na Bíblia, Deus sempre vem ao encontro do homem. Quando Adão pecou em Gênesis 3.9, Deus foi atrás dele e lhe perguntou: “Onde está você?” É sempre Deus quem encurta a distância.

A Bíblia relata que Deus na história tornou-se um homem em Jesus, Seu Filho Amado. Foi o Senhor Jesus que assumiu a humanidade para nos trazer de volta a Ele. É por meio dEle que o pecado é redimido. O pecado é a decisão diária de viver a vida independente de Deus. O pecado alimenta a vida vazia e sem sentido.

Jesus então oferece a todos a vida verdadeira. Por meio de Sua morte e ressurreição, o caminho rumo a vida plena é oferecida hoje e na eternidade. Ele afirma em João 10.10: “…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Só em Jesus você encontra tudo o que supostamente está lhe faltando.

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15677596

DEUS NÃO ESTÁ COM PRESSA

A história de Jacó ocupa vinte e cinco capítulos na Bíblia. Jacó era filho de Isaque e Rebeca, e irmão gêmeo de Esaú.

O ápice inicial da história de Jacó é o engano a Isaque, seu pai, com o fim de obter sua bênção que pertencia a Esaú. A partir dessa atitude, Jacó foi odiado por Esaú e jurado de morte, o que fez com que fugisse para a casa de Labão, seu tio.

Jacó trabalhou catorze anos para Labão com o fim de casar com Lia e Raquel e seis anos para estruturar sua família. No final dos vinte anos, Deus disse a ele em Gênesis 31.3: “E disse o SENHOR a Jacó: Torna à terra de teus pais e à tua parentela; e eu serei contigo.”

Após voltar para sua terra, Jacó ouve que seu irmão Esaú estava a caminho com um exército de quatrocentos homens. Jacó sentiu grande medo e orou. Pela bondade, graça e misericórdia de Deus, Jacó não só se livrou de Esaú, mas o Senhor fez com que eles se reconciliassem, e ainda permitiu que Jacó vivesse sessenta anos com seu pai Isaque.

A história de Deus com Jacó ensina que o Senhor usa o tempo para transformar vidas. Sendo assim, você precisa ser paciente com você e com as outras pessoas ao seu redor. Deus está trabalhando em sua vida e Ele não tem nenhuma pressa.

Muitas vezes você está apressado demais, porém Deus está agindo sempre no tempo certo. Ele nunca está com pressa.

Não desanime! As pessoas crescem através de problemas, tempestades e temporadas de sofrimento. Deus ainda não terminou a obra em sua vida e nem na de outros ao seu redor.

Deus não está com pressa. Apenas creia nEle, e siga pela fé, adiante.

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15650512

O PROPÓSITO DE DEUS NAS PROVAÇÕES

Tiago 1.2-5 afirma: “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes. Se, porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á concedida.”

Quando os problemas chegam em sua vida a sua primeira atitude é orar pedindo a Deus que os tire rapidamente de você. Naturalmente você não quer dor, você quer calma e conforto.

Segundo Tiago, há propósitos nas provações. Deus por sua graça e sabedoria permite provações em sua vida para testar e trazer saúde a sua fé.

Tiago ensina que quando as provações vierem é preciso se alegrar. Não é uma alegria masoquista ou fútil, antes a alegria proposta é porque a provação traz consigo frutos espirituais, sendo o principal, a perseverança.

Perseverança é a capacidade de permanecer firme diante de lutas e dores. Essa resistência produz uma fé íntegra e completa.

É certo que pela falta de entendimento dos propósitos espirituais das provações, você pode “surtar”, entristecer, desanimar ou se abater. Tiago então orienta que quando as provações chegarem é importante que você ore por sabedoria para que Deus revele seu propósito e lhe capacite a lidar momento a momento diante das provações.

Por isso, não despreze, não se chateie, não se irrite com Deus por causa das provações em sua vida. Deus está trabalhando em você enquanto se mantém ao seu lado, sustentando-lhe.

Diante das provações mantenha-se firme e foque no propósito de Deus. Sua fé nEle e sua vida, nunca serão as mesmas quando as provações chegarem.

————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15641917