A BOA LEMBRANÇA

Paulo, no final de sua vida, escreveu a seu filho na fé, Timóteo, dizendo o seguinte: “Lembre-se de Jesus Cristo ressuscitado dentre os mortos…” (2 Timóteo 2.8).

Diante da realidade de sua possível morte, Paulo pensava em Jesus ressuscitado. Ele pensava que a morte não pôde deter o Salvador e não o poderia deter. Sua meditação não foi em sua dor ou sofrimento, mas na realidade de que o Salvador ressuscitou. Essa verdade era sua esperança.

O desafio de Paulo a Timóteo era dar a ele uma boa lembrança. A lembrança de que o Salvador está vivo. Paulo basicamente diz a Timóteo: “Não foque seus pensamentos em qualquer luta, qualquer dificuldade, qualquer dor, qualquer problema; apenas lembre-se de que Jesus ressuscitou dos mortos. Ele está vivo! Não se esqueça disso!”

Esta boa lembrança para Timóteo é também para você. Por quê? Porque quem pertence a Jesus não está seguindo um perdedor, mas um vencedor. Jesus é o Eterno Vencedor, o Deus Todo-Poderoso, o Reis do Reis, o Senhor dos Senhores. Sua tumba está vazia. Todos os que estão com Ele já são vencedores da morte e de todo o mal.

Certo disso, não se afaste dessa verdade. Lembre-se que você está servindo Aquele que está vivo eternamente. Diante de qualquer desafio ou limitação, descanse sua vida nas mãos do Salvador ressurreto.

A boa lembrança da ressurreição de Jesus, deve lhe fazer recordar que Ele fez tudo por você. Ele te salvou do pecado e das consequências eternas que o pecado traz, e agora Ele é o seu guia e protetor. Ele nunca lhe deixará só. Ele garante Sua presença hoje e na eternidade com você.

Concentre então seus pensamentos na boa lembrança de que Jesus ressuscitou.

É Jesus que faz toda a diferença! É a sua ressurreição que é a boa lembrança.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16958358

O BRAÇO DO SENHOR

Isaías 40.10,11 afirma: “Eis que o SENHOR Deus virá com poder, e o seu braço dominará; eis que o seu galardão está com ele, e diante dele, a sua recompensa. Como pastor, apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os cordeirinhos e os levará no seio; as que amamentam ele guiará mansamente.”

Todas vezes que o Senhor é descrito ou se manifesta em forma humana isso é um antropomorfismo, advindo de duas palavras gregas: anthropos (homem) e morphe (forma).

Quando Isaías descreveu os braços do Senhor, seu objetivo não era enfatizar qualquer musculatura divina, antes apresenta-Lo em Seu total poder e conforto.

Enquanto o texto declara o domínio poderoso e glorioso do Senhor através de Seu braço forte, Ele também é apresentado como o pastor. A figura do pastor que segura os cordeiros em seus braços, tem como propósito revelar o Senhor como Aquele que cuida, zela e protege o Seu povo.

O mesmo braço do Senhor que soberana e poderosamente governa o mundo, como pastor, Ele se aproxima e cuida de sua vida.

Ele que está ciente de toda a realidade do mundo, também está próximo e sabe as pequenas e grandes realidades de sua vida.

Esse grande, poderoso e maravilhoso Deus, cuida de você pessoalmente. O mesmo braço que rege o mundo, dirigi sua vida. Ele cuida de você com um amor pessoal, individual, especial, consciente, dedicado e atencioso. Ele se importa com você.

O braço do Senhor é uma figura de Seu poder absoluto sobre o mundo, mas também é uma figura de como Ele está amorosamente presente, cuidando, confortando e consolando sua vida.

Lembre que o mesmo braço do Senhor que sustenta o mundo como Rei, é o mesmo que lhe carrega como Pastor.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16949589

A MUDANÇA

Você quer realmente mudar? Talvez você esteja cansado de ciclos de derrotas e programas vazios de autoajuda. Talvez você esteja escravizado a um hábito e sente a dor de cair, depois de ter feito tantas promessas de que não mais cairia.

Talvez você perceba que sua vida está saindo muito diferente do que você planejou e esperava, e quer mudar de direção; você quer mudança antes que seja tarde demais.

Há esperança para você. A mudança é possível. Mas ela começa quando você admite que precisa dela. Paulo afirmou em Romanos 7.24: “Miserável homem que eu sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte?”

A palavra miserável significa angustiado; exausto do trabalho duro. Paulo se desgastou tentando mudar a si mesmo. Ele chegou ao ponto de desespero, quando admitiu: “Deus, eu quero ser diferente. Eu quero me tornar a pessoa que O Senhor quer que eu seja. Então, vou enfrentar quem realmente sou”.

Quando você afirma: “eu sou o problema!” sua vida caminha para a mudança. É preciso que você aceite que seus problemas não se devem a pessoas, a seus pais, cônjuges, passado, etc. Embora realmente haja dores em tudo isso, você pode caminhar para a mudança pelo fato de assumir a responsabilidade por quem você se tornou. É preciso que você reconheça sua inabilidade de lidar com a vida e diga como Paulo: “miserável homem que sou…”

Após reconhecer sua necessidade; sua miséria, você precisa vir a JESUS CRISTO! Ele é o agente de Deus que poderosamente lhe transforma. Em seu desespero você precisa ir a Ele e pedir para que Ele faça o que só Ele pode fazer.

Como Paulo, Deus ainda muda as pessoas. Hoje Ele pode e quer mudar você.

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16937215