ENTREGUE AO SENHOR

Davi afirmou no Salmo 37.5: “Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle, e o mais Ele fará.”

Davi ao usar o verbo “entregar”, o termo original significa “rolar”, como alguém tira de si um peso, um fardo e o rola no chão. Davi expressa no texto que devemos tirar o peso dos cuidados da vida e colocá-lo, “rola”-lo sobre o Senhor.

Há um grande valor diante de Deus quando nos entregamos totalmente e sem reservas a Ele. Ele tem grande prazer em cuidar de nós, seja em qualquer situação que for.

Entregue seu caminho ao Senhor! “Role” sobre Ele as suas preocupações, desejos, vontades e anseios. Entregue tudo a Ele, e o resultado será: “…e o mais Ele fará.” Ele fará o que você não pode fazer. Ele fará a Seu tempo e a Seu modo. Ele fará de forma perfeita e maravilhosa.

Se você quiser ver o maior e o melhor de Deus, é preciso entregar tudo a Ele e deixar tudo com Ele. Não se esforce demais para que, depois de cansado, entregar. Entregue tudo a Ele, agora.

Entregue sua vida completamente a Jesus para que Ele se torne o centro e o foco de sua vida. Entregue a Ele o comando de sua vida e deixe que Ele a dirija.

———————————————

https://www.spreaker.com/episode/44294977

A ORAÇÃO QUE MUDA

Num mundo que estimula a independência, o termo “dependência” soa muito estranho. O ser humano é fraco. Admitir a fraqueza é reconhecer o orgulho. A idade revela a fraqueza; a doença e os hospitais expõem a fraqueza; os cemitérios escancaram a fraqueza.

Só Deus é poderoso e forte. Ele apenas age e revela a Sua força aos que reconhecem que são fracos. Somente os conscientes de suas limitações aprendem a depender dEle, e por isso oram.

Jesus orou. Marcos 1.35 diz: “Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava” E por que Ele orou? Porque Ele decidiu depender do Pai para cada área de sua vida. Ele entregou tudo ao Pai.

A oração precisa ser uma prioridade de vida. Orar é a mais forte evidência espiritual de que somos dependentes de Deus. Orar significa conversar de coração com Deus. Orar significa redescobrir a realidade da essência humana. Fomos criados por Deus para um relacionamento de profunda dependência dEle. Não orar significa crer que você pode levar sua vida sem Deus. Isso é teimosia e orgulho.

Talvez sua oração precise começar com confissão e arrependimento de sua arrogância. O orgulho apenas que diz que você pode, é capaz, forte, esperto e inteligente. O orgulho silenciosamente lhe diz que você não precisa ir a Deus ou depender dEle. O orgulho é o seu pior inimigo e lhe engana.

Ore! Reconheça que já não dá mais para continuar vivendo sob o próprio governo. A única solução para sua alma orgulhosa é quebrantar-se e humildemente orar: Senhor, eis aqui a minha vida, meus desafios, meus problemas, minhas lutas e minhas dores. Preciso do Senhor! Entrego-me e entrego tudo a Ti.

A oração que muda é aquela que se quebranta diante do Senhor.

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44261791

A VIDA VERDADEIRA

Salomão declarou em Eclesiastes 3.11: “Ele (Deus) fez tudo apropriado ao seu tempo. Também colocou no coração do homem o desejo profundo pela eternidade…” A fala de Salomão foi basicamente resumida na pequena oração de Agostinho: “Senhor, tu nos criaste para Ti e nossa alma não encontrará repouso até voltar-se para Ti”.

Fama, glória, dinheiro, poder, oportunidade, influência, para que servem nos dias hoje? A alma está em busca de algo e há momentos em que o vazio bate; nada satisfaz; parece que falta algo. Sem dúvida falta; falta Deus.

Na Bíblia, Deus sempre vem ao encontro do homem. Quando Adão pecou, em Gênesis 3.9, Deus foi atrás dele e lhe perguntou: “Onde está você?” É sempre Deus quem encurta a distância. A Bíblia relata que Deus, na história, tornou-se um homem em Jesus, Seu Filho Amado. Foi o Senhor Jesus que assumiu a humanidade para nos levar de volta a Deus. É por meio dEle que o pecado é redimido. O pecado é essa decisão diária de viver a vida independente de Deus. O pecado faz a vida ficar vazia e sem sentido.

Jesus então oferece a você a vida verdadeira. Por meio de Sua morte e ressurreição, o caminho rumo à vida plena é oferecido hoje e na eternidade.

Somente Jesus, pode satisfazer seus anseios mais profundos. Ele afirma em João 10.10: “…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”. Ele é o que você está procurando e precisa. Sua alma deseja por Ele. Sua alma sem Ele perde o rumo; fica desorientada.

Venha a Jesus! Entregue-se Ele. Ele é a vida verdadeira que você está buscando.

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44245114

A RESSURREIÇÃO DE JESUS

A “RESSURREIÇÃO” é a “espinha dorsal” da fé cristã. Jesus ressuscitou!

Na ressurreição, Jesus venceu a morte. A morte é a maldição direta do pecado, mas nEle essa maldição perdeu sua força e poder. Ele diz em João 11.25-26: “…Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá. E todo o que vive e crê em mim não morrerá eternamente. Você crê nisto?”

Na Páscoa relembramos que há salvação eterna aos que creem na obra salvadora de Jesus na cruz e que se arrependem de seus pecados. Aos que creem, o poder da morte e sua condenação eterna é cancelada. Há esperança hoje e eternamente a todos que se refugiam só em Jesus.

NAS TEMPESTADES DA VIDA

Em Mateus 14.22,23, o Senhor Jesus enviou seus discípulos para o outro lado do Mar da Galileia, enquanto foi orar, após um dia trabalhoso e cansativo. No versículo 24, vendo-os em dificuldade com o vento e as ondas, propôs ir até eles andando sobre as ondas do mar. No versículo 26, diz que os discípulos acreditavam estar vendo um “fantasma”.

Mas Jesus diz a eles, no versículo 27: “Coragem! Sou eu. Não tenham medo”. Mas Pedro, no versículo 28, diz: “…se és tu, manda-me ir ao teu encontro por sobre as águas”. Jesus ordena, no versículo 29: “Venha!” E Pedro foi. Mas quando viu o vento, ficou com medo e gritou: “Senhor, salva-me!” No versículo 31, “imediatamente Jesus estendeu a mão e o segurou. E disse: ‘Homem de pequena fé, por que você duvidou?’”. No versículo 32, Jesus e Pedro entraram no barco. A história é concluída no versículo 33: “Quando entraram no barco, o vento cessou. Então os que estavam no barco o adoraram, dizendo: ‘Verdadeiramente tu és o Filho de Deus’”.

Por vezes, sentimos como os discipulos de Jesus que também estamos afundando ante as tempestades da vida. Percebemos que a vida está fora do rumo e sentimos que os problemas parecem estar sem controle. Mas ainda tem o pior, estamos lutando muito, mas não estamos vendo progresso. O que fazer? Qual a resposta?

Jesus é a solução! Ele é o Todo Poderoso Filho de Deus. Como na situação dos discípulos, Ele também se apresenta para cessar as tempestades da sua vida, libertando você de tudo aquilo que amedronta e apavora.

O Jesus de ontem é o mesmo de hoje. Por isso, diante das tempestades da vida, decida: 1) abandonar sua incredulidade; 2) reconhecer sua situação; 3) e corajosamente ir a Jesus.

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44226336

NO TEMPO DE DEUS

Somos regidos por horários. Tomamos café, almoçamos, jantamos, fazemos exercícios, buscamos crianças na escola, dormimos, trabalhamos, estudamos, etc. Mas Deus não é assim.

Deus nunca está vinculado a horários nem ao nosso tempo. Ele vive numa realidade eterna que transcende tudo. Ele nunca chega tarde; Ele sempre está na hora certa. Ele nunca se perde. Atos 15.18 afirma: “…diz o Senhor, que faz estas coisas conhecidas desde os tempos antigos”.

Por vivermos debaixo de um domínio físico e temporal torna-se difícil entender como Deus pode trabalhar e agir fora desse tempo humano. Mas é assim que Ele vive. Salomão afirmou em Eclesiastes 3.11 que Deus “…fez tudo apropriado ao Seu tempo”.

Talvez você tenha orado e pedido a Ele que lhe fizesse algo o mais rápido possível, mas parece que nada foi feito, ou quando a resposta chegou parecia tarde demais. Talvez você possa pensar que Deus se esqueceu ou se ausentou de você na hora em que você mais precisava dEle. A razão de pensarmos assim é porque nossa perspectiva da vida é sempre do lado humano.

O seu grande desafio no dia a dia é lidar com a própria ansiedade e aprender a colocar tudo diante do Senhor, confiando em Sua perfeita sabedoria, bondade e amor e entendendo que Ele tem um tempo apropriado para todas as coisas.

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44208511

OS PROBLEMAS E A FÉ

Paulo afirmou em 2 Coríntios 4.8,9: “Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos”.

É preciso entender que ao crer em Jesus os problemas não acabarão. Paulo diz, no texto, que ele mesmo esteve atribulado, angustiado, perseguido e sentiu-se perplexo e abatido.

A fé em Jesus é algo maravilhoso, indizível e surreal. Ele promete a todos os seus seguidores que eles serão novas criaturas e terão um destino seguro na eternidade, mas isso não significa ausência de problemas aqui nesta terra.

Ao seguir Jesus, você não terá um manual de como acabar com todos os seus problemas. Nem todos os seus problemas estão na Bíblia, mas ela oferece respostas para que você lide com todos eles. Contudo, a Bíblia ensina que nenhum problema virá sem a permissão de Deus e que Ele mesmo estará com você nos dias difíceis. O Senhor Jesus afirmou em João 16.33: “…Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”.

Ao depositar sua fé em Jesus os problemas virão, mas eles nunca definem sua espiritualidade. Nem todos os personagens da Bíblia que sofreram entenderam na hora o porquê ou tiveram uma resposta imediata.

Seus problemas nunca definem se a sua fé é pequena ou fraca. Isso significa apenas que você é humano e que Deus está trabalhando em sua vida. Paulo, em Romanos 5.3, afirma: “…nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança”.

Os problemas não são eternos.

Por isso, diante dos seus problemas, confie, mantenha-se firme, siga adiante e espere no Senhor Jesus.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44194742

A OPORTUNIDADE QUE A PÁSCOA NOS DÁ

Uma grande parte da cristandade tem uma visão equivocada quanto à Pascoa. Para isso é preciso defini-la segundo a Bíblia.

A PÁSCOA É A OPORTUNIDADE PARA QUE…

1 – …TODOS SE LEMBREM QUE SÃO PECADORES E REBELDES CONTRA DEUS.

Jesus afirmou em João 8.36: “ Em verdade, em verdade vos digo: todo o que comete pecado é escravo do pecado. Romanos 3.23 declara: “ Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus”

A PÁSCOA É A OPORTUNIDADE PARA QUE…

2 – …TODOS ENTENDAM O QUE JESUS VEIO FAZER NESSE MUNDO.

João Batista afirmou sobre Jesus em João 1.29: No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! O apóstolo João declarou em 1 João 2.14: “E vimos e testemunhamos que o Pai enviou seu Filho para ser o Salvador do mundo.” Paulo ensinou em 1 Timóteo 1.15: Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores…”

A PÁSCOA É A OPORTUNIDADE PARA QUE…

3 – …OS PECADORES SE ARREPENDAM DE SEUS PECADOS E CREIAM NA PESSOA E OBRA DE JESUS NA CRUZ PARA QUE SEJAM SALVOS.

Pedro ordenou em Atos 2.38: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados.” Paulo falou ao carcereiro e a sua família em Atos 16.31: “Crê no Senhor Jesus e serás salvo…” 

A Páscoa é o claro entendimento de que todos são pecadores condenados, que ninguém pode se auto salvar, mas Deus, por Sua graça e amor, enviou Seu Filho, o Senhor Jesus, o qual, sendo Deus, tornou-se homem perfeito e morreu numa cruz, pagando assim o preço do pecado, foi reconhecido como morto no sepultamento, mas ao terceiro dia ressuscitou pelo poder do Pai, o Qual validou Sua obra pelos pecados na cruz. 

Nessa Páscoa – como em todos os dias – Deus ordena que você reconheça, se converta e se arrependa de seus pecados, crendo tão somente na pessoa divina de Jesus e em Sua obra na cruz do calvário pelos seus pecados.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44153101

AS BENÇÃOS DO AMOR DE DEUS

Paulo afirmou em Romanos 8.35-37: “Quem nos separará do amor de Cristo? Será a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo ou a espada? Como está escrito: ‘Por amor de ti, somos entregues à morte continuamente; fomos considerados como ovelhas para o matadouro.’ Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou”. Paulo também afirmou em Romanos 5.8: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de Cristo ter morrido por nós quando ainda éramos pecadores”.

Paulo deixa claro que Deus ama o Seu povo. Seu amor foi ao extremo. Ele focou no estabelecimento de uma grande família espiritual, por meio da morte, na cruz, de Jesus, Seu Filho amado. Por meio dEle, Deus redime, salva e traz o Seu povo a Si. Assim, os amados de Deus estão seguros nEle.

Se você já foi alcançado pelo amor de Deus, sua vida está extremamente segura. Você tem Deus como Pai, o que significa que você não precisa se preocupar ansiosamente com nada. Sua vida também tem um grande senso de missão. Você vive neste mundo com um propósito para o reino de Deus. Seguro em Seu amor, você também não precisa temer nada e ninguém, muito menos a morte, pois você já se tornou uma nova criatura e estará eternamente com Ele.

Se você foi alvo do amor de Deus, Ele espera que você desfrute de Seu amor. Ele espera que diariamente você viva com Ele, por Ele e para Ele.

O amor de Deus tranquiliza o seu coração, trazendo segurança, e faz com que você passe vitoriosamente por qualquer luta, dor ou problema.

Por isso, bendito seja o Senhor por Seu amor!

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44120062

O QUE TAMBÉM RELEMBRAMOS NA PÁSCOA

O apóstolo João, em 1 João 3.8, faz uma incrível declaração: “…Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo”. Segundo João, um dos propósitos da vinda de Jesus a esse mundo foi para que Ele pudesse destruir as obras do diabo.

Conforme Gênesis 3, o diabo apresentou a Eva, com anuência de Adão, a rebelião contra Deus. O primeiro casal ouviu a voz do diabo, rebelou-se contra Deus e assim o pecado foi introduzido na raça humana, causando toda o tipo de desgraça. Mas quando Jesus veio, um dos propósitos de sua vida foi acabar com tudo isso.

No dia da Páscoa judaica, naquela sexta-feira, Jesus vence completamente o diabo, dando a Sua vida, sofrendo e morrendo pelo pecado. Sua ressurreição, no terceiro dia, exalta e consuma por completo essa vitória.

A cada Páscoa relembramos também a vitória completa de Jesus sobre as obras do diabo. Aos que creram em Jesus como Seu Senhor e Salvador, aos que se arrependeram de seus pecados e se apropriaram da morte, sepultamento e ressurreição de Jesus, a obra do diabo foi total e completamente destruída na vida deles, pelo total poder do Senhor Jesus.

Se você creu no Senhor Jesus, as implicações práticas na sua vida são grandiosas: 1º) O poder do diabo foi totalmente destruído em sua vida. 2º) Você não deve mais viver na prática de qualquer pecado. 3º) A sua vida agora pertence ao Senhor Jesus; você deve submeter-se totalmente a Ele. 4º) Não fique calado! Proclame o poder de Jesus a outros.

A Páscoa também nos relembra que Jesus é o Todo-Poderoso; todos os que se rendem a Ele são libertos do poder do diabo e, ao andar seriamente com Jesus e proclamar o Seu poder, eles O ajuda a destruir as obras do diabo.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44134865