ENTREGUE-SE À VONTADE DE DEUS

Em Mateus 6.10, o Senhor Jesus rendeu-se à vontade do Pai ao orar: “Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade.”

O verdadeiro discípulo do Senhor Jesus sempre ora como Ele ensinou em Mateus 6.10: “…seja feita a Tua vontade”. O verdadeiro filho de Deus tem em seu coração a disposição para fazer somente o que Deus quer.

Se de alguma forma você vive o dilema em fazer sua própria vontade ou se render à vontade de Deus, isso apenas revela sua imaturidade espiritual e a urgente necessidade que você tem em crescer mais ao padrão de Jesus, pois Ele afirmou em João 4.34: “…A minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.”

Seu foco diário deve ser buscar com diligência conhecer o que Deus quer para sua vida, começando por tudo aquilo que Ele mesmo revelou em Sua Palavra. Render-se à vontade de Deus fará uma tremenda diferença na sua vida.

Sua total rendição, momento a momento, à vontade de Deus é o que fará com que sua vida mantenha-se no ritmo e no rumo certo. Ao nascer de novo e tornar-se uma nova criatura em Jesus, sua total rebeldia e independência foi quebrada e agora você precisa acolher de coração as novas direções e orientações Deus para sua vida.

Não tenha medo. Render-se vontade à de Deus é algo seguro. Paulo ensina em Romanos 12.2 que você jamais deve adequar sua vida aos padrões desse mundo, antes você deve deixar Deus transformar sua mente para que você possa “…experimentar qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”

Por isso, entregue-se à vontade de Deus e deixe-se ser surpreendido por Ele dia após dia.

———————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/47088014

QUE DEUS!

Em Isaías 57.15 o próprio Deus afirma: “Porque assim diz o Alto, o Sublime, que habita a eternidade, o qual tem o nome de Santo: Habito no alto e santo lugar, mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos”.

Esse pequeno versículo nos apresenta Deus. Ele é o “Alto”, ou seja, Aquele que é “exaltado, elevado e erguido”. O termo “Sublime” também significa “levantado e exaltado”. O texto afirma que Deus “habita na eternidade”, ou seja, Ele não é guiado pelo tempo nem pela história. Ele também é “Santo”, ou seja, Ele é separado do pecado e não pode ser manchado por nenhuma iniquidade. Deus então é o Glorioso, o Soberano, o Grande, o Incomparável. Que Deus!

A primeira parte do texto apresenta Deus em Sua espetacular beleza e grandeza. O texto revela que Ele é inatingível, glorioso, tremendo e que habita no Seu santo céus e em toda a eternidade, ou seja, Ele está em outra dimensão, em outra categoria. Que Deus!

Mas o texto continua, Deus ainda declara: “…mas habito também com o contrito e abatido de espírito, para vivificar o espírito dos abatidos e vivificar o coração dos contritos”. O Deus admirável, elevado, estupendo e indizível não somente habita em um lugar fora da realidade humana, mas Ele desce para se fazer presente, perto e junto com o que sofre, com o que está em dor ou sem esperança; aquele cujos problemas o abatem e o quebram. Que Deus!

Que Deus é esse? Esse é o Deus exaltado, eterno, indizível, mas pessoal e presente. Esse é o Deus em Quem você precisa crer, conhecer e pertencer. Esse é o Deus que fará toda a diferença em sua vida, especialmente quando você estiver “contrito” ou abatido de espírito”.

Que Deus!

——————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/47068883

O PERDÃO DOS PECADOS

O Senhor nosso Deus deve ser adorado pelo Seu povo devido aos Seus grandes benefícios, sendo que o primeiro deles é que Deus, sendo um Deus misericordioso, perdoa os pecados. O salmista afirmou no Salmos 103.3: “Ele é quem perdoa todas as suas iniquidades…” Isaías 43.25 declara: “Eu, eu mesmo, sou o que apago as suas transgressões por amor de mim; dos pecados que você cometeu não me lembro”.

O perdão dos pecados é o primeiro presente que o Senhor dá ao pecador arrependido. O perdão concedido por Deus faz com que pecadores vivam sem culpa, em paz e se tornem verdadeiros e gratos adoradores.

O “evangelho” é a grande e boa notícia de que Deus perdoa todo e qualquer pecado, por causa da morte de Jesus na cruz. Qualquer pessoa que se achega a Deus, arrependido, recebe dEle o perdão. O perdão de Deus não tem nada a ver com uma vida feliz, realizada e cheia de propósito. Não!

O perdão de Deus tira a pessoa da inimizade com Deus, da condenação eterna e faz com que a pessoa se torne filho ou filha de Deus por adoção e faz com ela tenha o livre acesso ao céu; a vida eterna. Paulo explicou essa verdade em Romanos 5.1,2: “Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio do nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual obtivemos também acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus”.

Assim, se você se arrependeu de seus pecados, sua maior gratidão deve ser pelo fato de que Deus lhe perdoou e agora você tem plena comunhão com Ele e um dia você viverá eternamente com Ele nos céus. Suas palavras de gratidão a Ele devem ser: “Fui perdoado! Estou perdoado! Estarei perdoado!”

Você já recebeu de Deus o perdão de seus pecados?

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/47050533

A AGENDA DE DEUS

Em Jonas 1.2, Deus tem uma agenda. Ele soberanamente ordena ao profeta Jonas: “Vá depressa à grande cidade de Nínive e pregue contra ela, porque a sua maldade subiu até a minha presença”. Mas no versículo 3, Jonas reage. Ele “…fugiu da presença do Senhor, dirigindo-se para Társis. Desceu à cidade de Jope, onde encontrou um navio que se destinava àquele porto. Depois de pagar a passagem, embarcou para Társis, para fugir do Senhor”.

Esse texto bíblico ocorre no ano de 770a.C. O grande poder mundial era a Assíria, cuja capital era Nínive. A cidade ficava cerca de 900km de distância de Israel e Jonas foi comissionado por Deus para ir a Nínive, mas ele foi para Társis. A distância de Israel a Társis (atual Espanha) era de cerca 4.000km.

Jonas não queria ir a Nínive porque ele tinha sua agenda. Ele odiava os assírios, pois os assírios eram um povo violento, cruel, sem escrúpulos e idólatra; eles não temiam a Deus e Jonas achava que Deus não precisava se preocupar com eles. Para não cumprir o seu chamado, o texto diz por duas vezes que “Jonas fugiu da presença do Senhor”.

As verdades espirituais transbordam nesse texto. Precisamos, e muito, aprender sobre a agenda e o coração de Deus. Ele é um Deus de amor, bondade e misericórdia. Ele queria alcançar e salvar os assírios. A agenda dEle é diferente da nossa. Deus é um Deus salvador. Ele salva indistintamente. Na Sua agenda, Ele salvará pessoas independentemente do estado religioso, civil, racial, moral e social.

E porque Deus tem uma agenda e se importa, para algumas tarefas incompreensíveis e humanamente impossíveis, Ele escolhe pessoas. Como Jonas, o maior obstáculo para Deus agir sempre somos nós mesmos, com nossas agendas, preconceitos e egoísmo. A desobediência de Jonas é também a nossa, pois também viramos as costas para Deus, não nos importamos com a

Sua agenda e com quem Ele se importa. Queremos mesmo é viver do nosso jeito; baseados no que achamos ser melhor para nós.

Deus tem uma agenda! Deus se importa! Que você não seja como Jonas, antes adeque sua agenda a agenda dEle. Que os supremos interesses e prioridades de Deus sejam definitivamente os seus interesses e suas prioridades.

————————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/47034444

O QUE DEUS ESPERA DE VOCÊ?

Em Jó 1.8, lemos: “Perguntou ainda o SENHOR a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal”.

Em Jó capítulo 1, somos lembrados que Satanás tem acesso ao trono de Deus após a sua queda. Somos também lembrados que apesar do poder e de sua agenda perversa, nada acontece com um servo é uma serva de Deus sem a permissão dEle.

No capítulo 1, há muitas tragédias na história de Jó, infligidas por Satanás sob a soberana permissão de Deus. Mas há também coisas belas, dentre elas o fato de que o próprio Deus sabia tudo sobre Jó. Ele o chamou de “meu servo”, e Ele mesmo sabia o quanto Jó era extremamente dedicado a Ele, sendo que na terra não havia alguém como ele, “…homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal”.

Olhando para essa realidade de Jó, aprendemos que Deus também conhece tudo sobre cada um de nós. Ele conhece o grau de nosso envolvimento, dedicação e compromisso com Ele. Na verdade, o Senhor não só conhece tudo, mas também espera que O amemos acima de qualquer coisa, independentemente de qualquer circunstância. Deus deseja que sejamos totalmente comprometidos com Ele, e que também sejamos chamados por Ele de íntegros, retos, tementes a Ele e que se desviam do mal.

Sabendo que Deus conhece tudo, onde você se encontra em seu compromisso espiritual com Ele? Você poderia afirmar que diante das opções em seu dia a dia você está vivendo também de forma íntegra, reta, temente a Deus e se desviando do mal?

Deus conhece tudo e Ele espera que você, como Jó, O ame acima de tudo e seja fiel a Ele, independentemente de suas duras realidades.

———————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/47017475

CUIDE DE SUA MENTE

Em 2 Coríntios 11.3, Paulo afirma o seguinte: “Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo”.

A mente comanda tudo. Por ela argumentamos, sonhamos e fantasiamos em prol do que desejamos. Como alguém disse: “A mente existe para justificar a vontade”. Sabendo de todo esse perigo mental, Paulo declara em 2 Coríntios 10.4,5: “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando sofismas e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo”.

Quando Satanás quer nos tentar, ele nos levará simplesmente a pensar em algo contra Deus, como fez com Eva. Ele sabe que é pela mente que tudo se processa. Ele sussurra brandamente em nossa mente, buscando adequar o pensamento àquilo que desejamos. Ele de forma lenta e letal cria imagens do melhor para nós mesmos, fazendo com que desconsideremos totalmente quem Deus é, o que Ele diz e o que Ele quer.

Todo processo do pecado começa primeiramente quando você pensa sobre a possibilidade de algo. Segundo, fantasia a possibilidade. Terceiro, brinca ou testa a possibilidade. E por fim, a possibilidade se concretiza: você peca contra Deus e os resultados são terríveis em sua vida.

Satanás é real, mas sutil. Ele quer que você siga vagarosamente suas sugestões até que mergulhe de cabeça nelas. A única forma de dar um basta no processo é parar de escutá-lo. É preciso lembrar que ele é mentiroso e enganador.

Controle a sua mente! Faça com que ela seja educada, disciplinada, submissa e obediente a Deus. Não se disperse! Não permita e nem siga as sugestões sutis de Satanás. Cuide de sua mente!

———————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/46980372

ARREPENDER-SE

João Batista pregou, em Mateus 3.2: “Arrependam-se”. O Senhor Jesus ao iniciar o Seu ministério ordenou, em Mateus 4.17: “Arrependam-se”. O arrependimento é tão crucial, que o Senhor Jesus declarou, em Lucas 15.10, que a “…alegria existe diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende”.

A palavra grega para arrependimento no Novo Testamento é metanoia. O significado literal é “ter uma mudança de mente”; “pensar diferente”; “mudar de ideia a respeito de algo”; “mudar de opinião”. A mente é importante e poderosa, pois ela é o centro de controle de tudo. Ela controla a vontade, as emoções e o comportamento.

Assim, arrepender-se diante de Deus significa primeiramente saber e entender quem Deus é. Significa entender que Ele é santo, e que em Sua santidade Ele odeia, não tolera e não suporta o pecado e punirá o pecador em sua insistência em amar e viver no pecado.

Arrepender-se significa uma entrega e prontidão em render e submeter a vontade, os interesses e os desejos à Deus para fazer o que Ele quer. Arrepender-se diante de Deus significa prontamente obedecer a Sua voz, conforme Ele ordena em Isaías 55.7-9: “Que o ímpio abandone o seu caminho, e o homem mau, os seus pensamentos. Volte-se ele para o Senhor, que terá misericórdia dele; volte-se para o nosso Deus, pois ele perdoará de bom grado. ‘Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos’, declara o Senhor. ‘Assim como os céus são mais altos do que a terra, também os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos e os meus pensamentos mais altos do que os seus pensamentos’”.

Baseado nessas verdades, você realmente já se arrependeu de seus pecados diante de Deus?

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/46963403

AO LER A PALAVRA DE DEUS

Em Jeremias 15.16, lemos a afirmação do profeta: “Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração…” O profeta Jeremias tinha a Palavra de Deus no centro de sua vida. Ao ter a Palavra, ele se pôs a lê-la e a sua vida foi transformada.

É importante saber que Deus está acessível e fala a todos os que leem a Sua Palavra. Ele pode falar a qualquer hora e em qualquer momento, se a Palavra dEle for lida.

Ao ler a Palavra de Deus, você conhecerá melhor a Deus, aprendendo sobre quem Ele é, como Ele pensa e como Ele age em Seus propósitos e planos.

Ao ler a Palavra de Deus, você conhecerá melhor a si mesmo. A Bíblia tem a capacidade de revelar quem realmente você é, seus pensamentos, intenções, desejos, interesses e vontade.

Ao ler a Palavra de Deus, você será transformado, pois ela confrontará o seu pecado, confortará o seu ânimo, avaliará os seus caminhos, tirará as suas dúvidas e revelará os desejos de Deus para o seu viver.

Ao ler a Palavra de Deus, sua fé será restaurada, sua vontade será redirecionada e seus pensamentos serão reorganizados.

Ao ler a Palavra de Deus, você terá sabedoria para tomar decisões, pois ela expõe os interesses, valores e princípios de Deus para a vida. Por ela, você evitará grandes e comuns erros desta vida.

Acima de tudo, ao ler a Palavra de Deus, você saberá sobre a salvação e será confrontado com a realidade de seus pecados e sobre a necessidade urgente do arrependimento. Por ela, você encontrará que o único caminho para a salvação está na pessoa, na obra na cruz e na ressurreição do Senhor Jesus Cristo.

Por isso, comece a ler hoje a Palavra de Deus.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/46938364

O VERDADEIRO REFÚGIO

A Bíblia está repleta de referências afirmando que Deus é o refúgio para o seu povo. As referências mais frequentes à realidade de Ele ser esse refúgio encontram-se nos Salmos. Os filhos de Corá afirmaram no Salmos 46.1: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações”.

Nunca em nossa história, nos últimos 75 anos, estamos sentindo tanto a realidade das lutas e dores como agora, nesse tempo de pandemia. Para alguns parece que nunca mais haverá um momento de folga, calma e paz.

Antes da pandemia chegar, o certo é que muitos de nós estávamos vivendo vidas tranquilas e sossegadas; nos sentíamos como o centro de tudo e não estávamos considerando o relacionamento com Deus como deveríamos fazer, estando os dias bons ou ruins.

Nesse Salmo, o salmista faz uma transformadora declaração: “Deus é nosso refúgio”. É uma declaração simples, mas potente. Ele nos tira de qualquer caos que estejamos vivendo, para centrar-nos somente em Deus.

A sua tendência inicialmente diante dos problemas não é refugiar-se em Deus. Na verdade, você corre para você mesmo, sua família, amigos, profissionais, passatempos, trabalho ou qualquer outra coisa. Na verdade, você se convence de que essas coisas temporais podem lhe fornecer descanso e proteção. Na realidade, essas coisas apenas o distraem de seus problemas; elas não podem lhe dar descanso. O que significa saber que “Deus é o nosso refúgio”? Significa que nEle há segurança. NEle há o verdadeiro descanso. NEle há um lugar onde se pode refugiar diante de qualquer tempestade. Essa é a ideia de refúgio.

Em Deus você está protegido. NEle você encontra abrigo e proteção contra os perigos e os medos da vida. Em Deus estão as respostas para qualquer pequeno ou grande problema.

O verdadeiro refúgio e descanso do perigo, pressão e adversidades só podem ser encontrados em Deus.

———————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/46931614

O PODER DO CONTENTAMENTO

Em Lucas 3, João Batista estava pregando uma mensagem de arrependimento e os que aceitavam essa mensagem eram batizados. No versículo 14 alguns soldados se apresentaram a ele para serem batizados e perguntaram: “E nós, o que devemos fazer? Ele respondeu: Não pratiquem extorsão nem acusem ninguém falsamente; contentem-se com o seu salário.”

Descontentamento e fé não combinam. Estar contente é uma verdade a ser vivida por todos aqueles que professam fé em Jesus Cristo. Paulo afirmou em 1 Timóteo 6.6-8: “De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro, pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeitos.” Em Hebreus 13.5, lemos: “Conservem-se livres do amor ao dinheiro e contentem-se com o que vocês têm, porque Deus mesmo disse: Nunca o deixarei, nunca o abandonarei.”

Pessoas descontentes são sempre ingratas e cobiçosas. Elas estão sempre se queixando, reclamando e invejando. Os descontentes se sentem injustiçados e privados de algo; eles parecem nunca ter o suficiente e querem mais. Os descontentes sempre serão infelizes não importa o quanto são e tenham.

Estar contente não tem nada a ver com posses, dinheiro e bens. Contentamento é uma atitude. Pessoas contentes não estão buscando ter mais para estarem mais satisfeitas, elas são alegres com o que têm.

Estar contente é um aprendizado. Pessoas contentes aprendem a ser gratas por cada circunstância e por tudo. Elas aprendem a descansar na plena provisão de Deus; elas aprendem a ficar felizes com o pouco, porque entendem que cobiça e contentamento se excluem.

Sua vida terá mais cor, brilho e liberdade quando você viver contente com o que é e tem.

Há poder no contentamento.

——————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/46915071