UMA PROFUNDA MUDANÇA

alvez você já esteja cansado de ciclos de derrotas e sente que está envolvido com programas vazios de autoajuda. Talvez você também esteja escravizado a um hábito e sente a dor de cair constantemente, depois de ter feito tantas promessas de que não cairia mais. O que fazer?

Há esperança para você! A mudança é possível, mas ela não começa de forma rápida ou fácil. Verdadeira mudança começa quando se admite que se precisa dela. A humildade é o componente principal de uma mudança efetiva. Paulo mesmo afirmou em Romanos 7.24: “Miserável homem que eu sou! Quem me libertará do corpo sujeito a esta morte?”

A palavra “miserável” usada por Paulo significa angustiado; exausto do trabalho duro. Paulo percebeu que não poderia operar mudanças efetivas em si mesmo. Ele chegou ao ponto de desespero, quando admitiu sua miséria e recorreu plenamente a Deus. Paulo queria se tornar a pessoa que O Senhor desejava que ele fosse. Dessa forma, Ele chegou ao centro do problema; Ele viu sua miséria.

Quando você afirma: “Eu sou o problema!”, sua vida caminha para a mudança. É preciso que você aceite a dura realidade de seus pecados e que seus problemas não se devem a pessoas, a seus pais, cônjuges, passado, etc. É preciso que você reconheça sua inabilidade de lidar com a vida e diga, como Paulo: “Miserável… que sou…”

Após reconhecer sua necessidade, sua profunda miséria, você então precisa vir a JESUS CRISTO! Em seu desespero, você precisa ir a Ele e pedir para que Ele lhe perdoe, transforme e faça o que só Ele tem todo o poder para fazer.

Como Paulo, Deus ainda muda as pessoas. Hoje Ele pode mudar você. Reconheça sua miséria, venha a Ele e peça por uma profunda mudança.

—————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/41160142

SEGUROS NO AMOR DE DEUS

Paulo afirmou em Romanos 5.8: “Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de Cristo ter morrido por nós quando ainda éramos pecadores”.
Paulo deixa claro que Deus ama o Seu povo. Seu amor foi ao extremo. Ele focou no estabelecimento de uma grande família espiritual, por meio da morte na cruz de Seu Filho amado, o Senhor Jesus. Por meio de Jesus, Deus redime, salva e traz o Seu povo a Si.

Os amados de Deus estão extremamente seguros nEle. Paulo afirmou em Romanos 8.35-37: “Quem nos separará do amor de Cristo? Será a tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo ou a espada? Como está escrito: ‘Por amor de ti, somos entregues à morte continuamente; fomos considerados como ovelhas para o matadouro.’ Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou”.

Assim, se você já foi alcançado pelo amor de Deus, sua vida está extremamente segura. Você tem Deus como Pai, o que significa que você não precisa se preocupar ansiosamente com nada. Sua vida também tem um grande senso de missão. Você vive neste mundo com um propósito para o reino de Deus. Seguro em Seu amor, você também não precisa temer nada e ninguém, muito menos a morte, pois você já se tornou uma nova criatura e estará eternamente com Ele.

Se você foi alvo do amor de Deus, Ele espera que você desfrute de Seu amor. Ele espera que diariamente você viva com Ele, por Ele e para Ele.

O amor de Deus tranquiliza o seu coração, trazendo segurança, e faz com que você passe vitoriosamente por qualquer luta, dor ou problema.

Por isso, bendito seja o Senhor por Seu amor!

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/41106624

OS PROPÓSITOS DE DEUS NAS PROVAÇÕES

Quando as provações chegam em sua vida você pode até perguntar: “Por que eu?”, “como isso veio a acontecer comigo, sendo eu tão fiel a Deus?”, “por que Deus está permitindo tanta dor e sofrimento?”, “onde está Deus em tudo isso?”

Quando as provações chegam é necessário que você ganhe discernimento espiritual. Quando não se entende os propósitos espirituais das provações você é tendente a desanimar, parar de crer e até mesmo se desviar da fé. O entendimento correto das provações lhe ajuda a compreender o propósito de Deus.

Deus tem propósitos nas provações. Ele as usa sempre visando o seu bem e o seu desenvolvimento espiritual. Tiago 1.2-4 afirma: “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes”.

Tiago deixa claro que um dos objetivos de Deus com a provação é fazer com que você cresça em maturidade espiritual. A vida de facilidades e sem problemas não é o caminho que Deus tem escolhido para o seu crescimento espiritual.

Por meio das tribulações, você tem a oportunidade de agradar e honrar a Deus, e simultaneamente ver seu crescimento em fé, à semelhança de Cristo.

Quando as provações chegarem, ore a Deus pedindo que Ele revele os bons propósitos dEle em sua vida.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/41088263

DECIDA OBEDECER AO SENHOR

Em Josué 1.2, o livro inicia com uma ordem clara: “…Prepare-se, agora, e passe este Jordão, você e todo este povo, e entre na terra que eu vou dar aos filhos de Israel”.

Josué foi ordenado por Deus a se preparar e conquistar a terra de Canaã. No decorrer do livro, ele receberia outras ordens específicas de Deus. O sucesso dele dependeria unicamente em obedecer ao Senhor. Josué obedeceu e o Senhor o abençoou em tudo.

Embora não passemos pela mesma situação de Josué, haverá momentos em nossa vida que o determinante será obedecermos a Deus; obedecermos ao que Ele já tem revelado em Sua Palavra. Por vezes, a postura em obedecer-Lhe será contrária às pessoas, ao senso comum ou até mesmo à lógica. Mas, na obediência a Ele está a garantia do sucesso e da bênção na vida.

Decida obedecer ao Senhor! Não hesite, não dê desculpas nem racionalize. Se você precisa perdoar, perdoe; se a ansiedade lhe está dominando, ore; se o seu coração quer lhe conduzir à ganância, diga não; se as amizades estão lhe conduzindo para longe de Deus ou lhe tirando dos valores aprendidos, saia delas.

Assim como algumas ordens dadas por Deus a Josué não pareciam muito lógicas, mas ele as obedeceu, decida você também obedecer ao Senhor. Nem sempre Suas ordens fazem sentido, mas você deve sempre confiar em Seu amor e em Sua superior sabedoria, pois todas as ordens de Deus são para o seu bem.

Lembre-se que você não pode dizer que é um seguidor de Jesus, simplesmente porque está convencido pelas verdades que a Bíblia ensina. O teste final de seu compromisso com Ele é a sua disposição em obedecer a tudo o que Ele ordena.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/41047412

PERDÃO GRACIOSO

O perdão de Deus é sem medida. Por causa de Sua graça, Ele sempre está disposto a perdoar e purificar qualquer pecador arrependido. 1 João 1.9 declara: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”.

A graça do Senhor perdoa e renova pecadores arrependidos. E esse é o padrão que deve ser oferecido a todos os que erram contra nós. Paulo afirmou em Colossenses 3.13: “…perdoem-se mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outra pessoa. Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem também uns aos outros”.

Deus quer que lembremos o tamanho de nossos pecados para que estejamos convictos da indizível dimensão de Seu perdão, pois se não nos lembrarmos constantemente de Sua graça, focaremos em nós mesmos e não seremos graciosos para com os que erram contra nós.

Demonstrar graça às pessoas é manter-se lembrando do que Deus fez por você. A força que você precisa para perdoar não está em você, mas no perdão que Jesus lhe deu. Essa lembrança lhe dará força, poder e graça para perdoar qualquer pessoa que lhe fez mal.

Se você insistir em não perdoar, você não conseguirá desfrutar da visão de Deus para sua vida, porque sua falta de perdão lhe manterá preso ao passado. Assim, você precisa perdoar para seguir em frente com sua vida.

Perdoar significa ser gracioso com a pessoa; significa liberar sua mágoa e entregar tudo a Deus para que Ele possa ir adiante com os propósitos dEle em sua vida.

Quando parecer impossível perdoar alguém, lembre-se de que Jesus graciosamente lhe perdoou. A lembrança do perdão gracioso de Deus lhe dará poder para que você também seja sempre gracioso com quem lhe machucou e ofendeu.

Pense e responda: você já foi alvo do perdão gracioso de Deus?

—————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/41070176

A PREOCUPAÇÃO ANSIOSA

A nossa tendência é sempre ficarmos ansiosos e preocupados com as questões da vida. Mas o bom dessa realidade é que Deus já sabe e Ele mesmo nos fornece motivos lógicos e bíblicos para não sermos consumidos pelas preocupações ansiosas.

Nunca podemos confundir preocupação ansiosa com nossas responsabilidades. Por exemplo, se alguém perdeu o emprego, sua preocupação é legítima, pois deseja sustentar sua família. Essa preocupação legítima e responsável irá motivá-lo a procurar um outro emprego. Portanto, existe sim uma preocupação legítima causada por uma necessidade legítima.

Agora, a preocupação ansiosa é um perigo e precisamos saber lidar com ela. Ela nos afeta de várias formas, principalmente no campo físico. Provérbios 12.25 diz: “A ansiedade no coração pode abater alguém…” Uma pessoa dominada por uma preocupação ansiosa pode ser acometida de fadiga, insônia, indigestão, palpitações cardíacas e tantas outras coisas.

Diante de qualquer preocupação ansiosa, decida entregar tudo ao Senhor. Em oração diga a Ele o que está afligindo e consumindo sua alma. Não permita que a preocupação ansiosa amargue sua vida, roube seu sono, paralise suas responsabilidades, destrua seus relacionamentos e lhe faça espiritualmente infrutífero. Ore ao Senhor!

Responda a toda preocupação ansiosa com fé. Deixe que a verdade de Hebreus 13.5-6 fale bem fundo ao seu coração. Lembre-se que Deus lhe diz: “’De maneira alguma deixarei você, nunca jamais o abandonarei’. Assim, afirmemos confiantemente: ‘O Senhor é o meu auxílio, não temerei. O que é que alguém pode me fazer?'”

Por isso, descanse cada preocupação ansiosa em Deus. Ele sempre tem um cuidado tremendo por todos aqueles que nEle confiam e dEle dependem.

—————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/41021365

PERDENDO A ALMA

Jesus afirmou em Mateus 16.26: “Pois, que adiantará ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou, o que o homem poderá dar em troca de sua alma?”

A alma tem valor e ela pode se perder eternamente. Muita gente a perde por se deixar seduzir por coisas desta vida. Pessoas que no esforço de dar visibilidade à sua vida e agradar pessoas, justificaram seus erros e integridade e se perderam para si e para Deus .

Por isso, cuidado! Não negocie princípios espirituais por valores mundanos. Sua alma sempre corre risco. Viva centrado em Deus. Ninguém venderá sua alma quando o seu amor e lealdade estiver somente no Senhor.

Nunca barganhe sua alma. Ela tem muito valor. Não troque sua esperança em Deus por nada neste mundo. Peça para que Deus lhe guie na verdade e que Ele seja o centro, a alegria e o desejo último de seu coração.

Firme sua mente e decisões em princípios e verdades eternas e deixe ecoar todos os dias a confrontadora e amorosa voz de Jesus : “…que adiantará ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?”

Não foque sua vida no lugar errado. Não busque coisas fúteis segundo Deus, pois sua alma se perderá eternamente e sua vida se tornará também fútil e inútil para Ele.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40938535

NO TEMPO DIFÍCIL

O salmista afirmou no Salmos131.2,3: “De fato, acalmei e tranquilizei a minha alma. Sou como uma criança recém-amamentada por sua mãe; a minha alma é como essa criança. Ponha a sua esperança no Senhor, ó Israel, desde agora e para sempre!”

O salmista nos ensina que, quando qualquer tempo difícil chegar, não podemos permitir que nossas emoções sejam controladas por esse tempo. Diante de qualquer situação ou problema é preciso orar; entregar ao Senhor e reduzir o estado de agitação para que se possa voltar a pensar com serenidade, prudência e bom senso, e assim tomar decisões sensatas.

A ideia da criancinha, amamentada e satisfeita no colo da mãe, transmite uma sensação de calma, sossego e paz. O que revela que podemos e devemos aprender a nos controlar e descansar no Senhor.

Há coisas que podemos fazer, que é a nossa responsabilidade no momento. Mas para não sermos dominados pela ansiedade; para não sermos consumidos por pensamentos de um futuro incerto, o salmista diz: “Ponha a sua esperança no Senhor, ó Israel, desde agora e para sempre!” É preciso esperar no Senhor, hoje, amanhã e sempre.

Diante de qualquer dor, luta, problema ou tragédia, acalme-se e espere no Senhor. Creia que Ele pode usar o tempo difícil para fazer um grande milagre.

Não se deixe amargurar e nem coloque a culpa em outras pessoas. Isso é inútil. O Senhor está no controle e consegue mudar todo um caos em grandes bênçãos.

Acalme-se e permita que seu tempo difícil torne-se um palco para seu pleno descanso em Deus, e esse descanso nEle traga oportunidades para profundas mudanças e o realizar de grandes milagres em sua vida.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40918349

ENTREGUE!

O Senhor é apresentado nas páginas da Bíblia como o Criador, o Provedor, o Sustentador e o Benfeitor de Seu povo. Ele sabe e supre a Seu tempo nossas necessidades e lícitos desejos. No Salmos 38.9, somos ensinados: “Na tua presença, Senhor, estão os meus desejos todos, e a minha ansiedade não te é oculta”.

Nesse texto, o Senhor nos diz que devemos entregar a Ele tudo; tudo o que aflige nossa alma; todos os nossos problemas e preocupações. Ele se importa e se preocupa com tudo o que acontece em nossa vida. Deus não quer que carreguemos sozinhos os nossos problemas; é um fardo pesado demais.

Paulo também exorta em Filipenses 4.6: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças”. Segundo Paulo, devemos aprender a entregar ao Senhor nossas preocupações, ao invés de permitir que elas nos dominem.

Alguns estão seriamente preocupados com situações reais ou imaginárias da vida que trazem medo, aflição, ansiedade e tensão. É inútil controlar o incontrolável. É preciso fazer o que se pode fazer e, no demais, é preciso entregar tudo nas mãos do Senhor.

Se hoje você está afligido por qualquer preocupação, lance-a totalmente aos cuidados do Senhor. Entregue tudo. Entregue numa simples oração. Entregue tudo o que pesa em seu coração e peça que o Senhor lhe inunde com Sua paz, dando-lhe calma, sabedoria e discernimento para cada problema e dificuldade.

Não retenha nada. Entregue tudo ao Senhor.

—————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40901753

A MISERICÓRDIA DE DEUS

Paulo testemunhou sobre si mesmo em 1 Timóteo 1.12,13, dizendo: “Dou graças a Cristo Jesus, nosso Senhor….a mim que anteriormente fui blasfemo, perseguidor e insolente; mas alcancei misericórdia…”

Paulo se qualifica no texto como “..blasfemo, perseguidor e insolente…” Como “blasfemo”, ele foi calunioso e censurador ao Senhor Jesus e ao Seu povo. Como “perseguidor”, ele perseguiu a fé no Senhor Jesus e fisicamente e ao Seu povo. Como “insolente”, ele foi orgulhoso, falando contra o Senhor Jesus e ao Seu povo. Ao olhar para o seu passado, Paulo estava grato a Deus por tê-lo salvado. Ele viu a dimensão de seus pecados e testemunhou dizendo: “…alcancei misericórdia…”

John Newton (1725-1807) desde a infância recebeu ensino bíblico de sua mãe. Quando jovem, foi trabalhar em navios negreiros. Num certo dia, voltando para casa, seu navio foi fortemente atingido por uma grande tempestade. Diante da tempestade, ele lembrou-se de Provérbios 1.25,26, que diz: “Visto que desprezaram totalmente o meu conselho e não quiseram aceitar a minha repreensão, eu, de minha parte, vou rir-me da sua desgraça; zombarei quando o que temem se abater sobre vocês”. Deus usou aquela experiência e Sua palavra para converter John Newton a Cristo. Após sua conversão, John Newton escreveu um dos mais famosos hinos da cristandade: “Amazing Grace” (Maravilhosa Graça). Na primeira estrofe, ele diz: “Graça maravilhosa, que doce o som, que salvou um miserável como eu. Uma vez eu estava perdido, mas agora fui encontrado; fui cego, mas agora eu vejo”.

Como Paulo e John Newton, você jamais entenderá a misericórdia de Deus enquanto não enxergar seus pecados como Ele os vê.

O valor que você dá à misericórdia de Deus é proporcional ao entendimento e convicção de sua profunda miséria espiritual.

—————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40879865