GRATOS A DEUS

Paulo afirmou em 1 Tessalonicenses 5.18: “Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.”

Deus é sempre glorificado, honrado e exaltado quando as pessoas são gratas.

Os gratos a Deus sabem que tudo o que são e possuem, vieram e tem origem nEle. O escritor americano Izaak Walton afirmou: “Deus tem duas residências: Uma é no Céu, e a outra é em um coração manso e grato.”

O cotidiano de muitos pode estar sendo tomado por diversos compromissos, responsabilidades, pressões pessoais, familiares e profissionais.

Se não houver uma contínua vigilância, as atitudes acima podem estabelecer um padrão para a murmuração e ingratidão. E conviver com pessoas ingratas é algo ruim e difícil.

É preciso ter um coração grato a Deus. G. K. Chesterton afirmou: “A gratidão é a mãe de todas as virtudes…” A gratidão deve ser não só pelo que recebemos dEle, mas também pelo que não recebemos. William Shakespeare sabiamente afirmou: “Aprendi que deveríamos ser gratos a Deus por não nos dar tudo que lhe pedimos.”

Os gratos a Deus sempre vê o melhor em cada situação; vê nos problemas e fraquezas, uma oportunidade; vê nas tribulações uma ocasião ao refino da alma e vê nas tentações e pecados um meio para se viver mais humilde e dependente dEle. Os gratos se tornam também mais graciosos e menos críticos para com os erros e pecados dos outros.

Por isso, seja grato a Deus! Faça da gratidão um estilo de vida. Agradeça a Ele por tudo, por todos, pelo bom, pelo ruim, pela alegria, pela dor, pelo “sim” e pelo “não”. Habitue-se a dizer diária e constantemente: “Obrigado Senhor!” Esteja você na lista dos gratos.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/52006210

UMA ALMA CALMA

Davi afirmou no Salmo 131.2: “Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma. Como a criança desmamada se aquieta nos braços de sua mãe, assim é a minha alma dentro de mim.”

No texto, Davi usa a imagem de uma criança que acabou de mamar e está sossegada nos braços da mãe. Através dessa ilustração, Davi demonstra que sua alma está calma e que ela confia, depende e desfruta de uma plena satisfação infantil no Senhor.

A implicação dessa passagem deflagra que nem sempre nossa alma está calma, quieta e serena. Há muitos barulhos dentro de nós; há muita agitação e confusão que podem nos levar ao caos, especialmente em momentos de dores e provações. Por vezes, as tribulações da vida podem ser tão fortes que nossa alma fica desorientada e a esperança foge.

Quando Davi declara: “Pelo contrário, fiz calar e sossegar a minha alma…” Ele ativamente determinou lutar pela calma de sua alma. Ele se empenhou em fazer com que ela sossegasse. Com a ajuda do Senhor e por Sua graça, ele conseguiu.

Se sua alma está confusa, abatida e desorientada, ela não sairá desse estado sozinha ou do nada. Você precisa saber muito bem como está o estado dela e humildemente ir ao Senhor e pedir por Sua ajuda. Você não pode olhar para o caos de sua alma e permitir que a anarquia continue dentro dela. É sua responsabilidade trabalhar em parceria com o Senhor para tirá-la da desordem.

Como uma criança que confia em sua mãe para lhe dar o suprimento que precisa, e se deleita nesse cuidado, você também deve fazer com que sua alma confie no Senhor e se alegre em Seu cuidado. Decida apenas descansar e depender somente dEle, pois nEle, sua alma se acalma. Só Ele pode dar a plena satisfação e paz que ela precisa.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51992716

UM CORAÇÃO HUMILDE

Davi orou no Salmo 131.1, dizendo: “Senhor, não é orgulhoso o meu coração, nem arrogante o meu olhar. Não ando a procura de coisas grandes, nem de coisas maravilhosas demais para mim.”

No texto, Davi expõe ao Senhor o seu coração. Ele ora: “Senhor, não é orgulhoso o meu coração…” Ele tem o cuidado de observar bem o seu coração e colocar-se em uma postura de humildade diante do Senhor. Ele sabe que o coração é a verdadeira identidade da pessoa. Davi está consciente de que Deus sabe tudo sobre ele.

Na verdade, o coração é o que realmente somos diante de Deus e de nós mesmos. O coração, ainda que invisível, torna-se altamente visível pela forma como falamos, olhamos, vestimos, decidimos, agimos e reagimos. O coração é onde a vida flui. Salomão ensina em Provérbios 4.23: “De tudo o que se deve guardar, guarde bem o seu coração, porque dele procedem as fontes da vida.”

Davi ainda continua expondo sua humildade ao declarar: “…nem arrogante o meu olhar. Não ando à procura de coisas grandes, nem de coisas maravilhosas demais para mim.” Por ter um coração humilde, ele acomoda sua vida em Deus e não se aflige, ou procura coisas grandiosas e maravilhosas, porque humildemente ele confia e espera no Senhor.

Sua vida é como a de Davi? Você conhece o seu coração? Você é definido pela humildade ou pelo orgulho? Você está satisfeito com o que é, ou é governado pela ambição e cobiça? Você está ciente de seus limites? Você ora diariamente e confia sua vida nas mãos do Senhor, ou finge que tudo está bem e resolve a vida por si mesmo?

Se você quer ser nutrido por uma vida plena e cheia de esperança, decida cultivar, como Davi, um coração humilde diante do Senhor.

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51984502

LIDANDO COM A REJEIÇÃO

A rejeição é algo duro e machuca. Ninguém deveria rejeitar ninguém. Quando as pessoas rejeitam, elas geram dor. A dor gerada, se não for tratada, produzirá uma resposta errada que não agrada a Deus, gerando rejeição e dor em outros. Assim, o círculo perpetua.

Na verdade, não lidar seriamente com a rejeição conduzirá você a más respostas. Pior, com o tempo a você aprenderá a justificar suas ações com orgulho e auto piedade, dizendo: “Deus certamente entende minha rejeição e o quanto dói porque, afinal, Ele criou meus sentimentos”.  

A Bíblia traz esperança aos rejeitados. Ela ensina a lidar com a rejeição. Efésios 4.31-32 afirma: “Que não haja no meio de vocês qualquer amargura, indignação, ira, gritaria e blasfêmia, bem como qualquer maldade. Pelo contrário, sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando uns aos outros, como também Deus, em Cristo, perdoou vocês.”

Ao ser rejeitado, você pode revidar com amargura, indignação, ira, gritaria, blasfêmia e qualquer outro tipo de maldade. Essas atitudes desonram a Deus, não ajudam e prolongam os problemas. Mas, através poder do Senhor Jesus – Aquele que foi grandemente rejeitado – você pode decidir ser bondoso, compassivo e perdoar quem lhe rejeitou.

O seu grande desafio é não deixar que a rejeição venha o contaminar e assim, contaminar outros, rejeitando-os. Para acabar com esse ciclo, você precisa decidir perdoar os que lhe rejeitaram, enquanto também se arrepende diante de Deus de toda sua reação errada: amargura, indignação, ira, gritaria, blasfêmia e maldade, pois elas afetam outros e as tornam vítimas de sua rejeição.

Por isso, clame pelo poder de Jesus, o Rejeitado que perdoou. Por Ele você lidará com qualquer rejeição e acabará definitivamente com qualquer novas etapas de rejeição na sua vida e na vida de outras pessoas.

————————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51973425

AS REAÇÕES

As últimas horas de Jesus foram marcadas por grandes dores. Após ser preso no Gêtsemani, Ele passou por fortes e infundadas acusações pelo Sinédrio. Ali, Ele manteve-se calado. Depois de questionado sobre sua deidade, Ele afirmou ser o Filho de Deus e o Messias. E por essa afirmação, Ele foi golpeado, cuspido e zombado. Depois do escárnio, Jesus foi apresentado a Pilatos, o qual, não vendo injustiça nEle, mandou açoitá-Lo. Após os injustos açoites, Pilatos o entregou para ser morto por crucificação. Ao chegar ao monte Calvário, depois de ter carregado a própria cruz, Jesus foi deitado nela, onde pregaram seus pés e mãos com enormes pregos. Depois de ser crucificado, Ele foi levantado e disse as seguintes palavras em Lucas 23.34: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo…”

Por que Jesus, estando crucificado, ao invés de xingar, irar, blasfemar ou reclamar, ora ao Pai pedindo que Ele perdoasse todos os seus inimigos? Por que Ele reagiu assim? Jesus perdoa aos seus algozes porque Ele decide que a atitude deles não definiria como ele reagiria.

E aqui é o ponto. Sua alegria, paz, tranquilidade, serenidade não pode ser dirigida pelo mal dos outros. É sempre você que escolhe como reagirá. Você é o único responsável por suas reações. Você não pode controlar o que as outras pessoas falam ou fazem a você. Mas você pode controlar muito bem como você reage a elas.

Um pouco de você é delineado por suas ações, mas o muito de você é percebido por suas reações. Se você deseja reagir como Jesus reagiu, você precisa dEle dentro de sua vida. Somente através dEle, você terá poder para reagir corretamente quando alguém lhe fizer algum mal.

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51959162

O QUE É O “EVANGELHO”

Paulo declarou em Romanos 1.16: “Pois não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê…”

O que é o evangelho? A palavra “evangelho” significa “boas novas ou boas notícias”. O evangelho é a boa notícia de que O Senhor Jesus Cristo, sendo Deus – o Eterno Filho de Deus – tornou-se homem, viveu uma vida sem pecado e morreu numa cruz pagando o preço do pecado, foi sepultado, reconhecido como morto e ressuscitou para reconciliar pecadores com Deus.

O que o evangelho não é? Ele não é uma mudança de comportamento. O evangelho não é tornar-se uma pessoa melhor ou aprender a ter valores morais. O evangelho também não é ter a vida de Jesus como modelo ou buscar redimir social, política, cultural ou economicamente o mundo secular. Todas essas coisas são boas e até mesmo podem refletir e autenticar a verdade do evangelho, mas elas não devem e nem podem ser confundidas ou substituir o verdadeiro evangelho.

A menos que você compreenda o “evangelho” no contexto da Pessoa e a obra do Senhor Jesus, você não poderá ser salvo e justificado de seus pecados diante de Deus. O evangelho declara que, a não ser pela obra graciosa de Jesus Cristo em sua morte na cruz e por Sua ressurreição, você ou qualquer outra pessoa, de forma alguma, poderá ser salva da condenação do pecado.

Assim, sabendo hoje o que é o evangelho, atenda você também a voz de Jesus que afirmou em Marcos 1.15: “…O tempo está cumprido, e o Reino de Deus está próximo; arrependam-se e creiam no evangelho.”

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51856335

A SABEDORIA DA PALAVRA DE DEUS

A Bíblia, a Palavra de Deus, contém palavras transformadoras porque são vindas do Santo e Sábio Deus. O Salmista ora, no Salmo 119.33, dizendo: “Ensina-me, Senhor, o caminho dos teus decretos, e os seguirei até o fim”.

Deus nos fala por Sua Palavra, mas por vezes é preciso que alguém a explique para trazer o sentido real da passagem bíblica. Em Atos 8.30, Filipe perguntou ao eunuco, alto oficial da rainha dos etíopes: “O senhor entende o que está lendo?…”. No versículo 31, Ele respondeu: “Como poderei entender, se ninguém me explicar?” Filipe, então, explicou a passagem que o eunuco estava lendo (Isaías 53). O versículo 35 diz que “… começando com esta passagem da Escritura, anunciou-lhe a mensagem de Jesus”.

Assim, é preciso não somente ler, mas entender o texto bíblico. Uma interpretação e uma análise cuidadosa do texto farão com que você conheça, não apenas o significado correto do texto, mas também uma aplicação correta para todas as áreas de sua vida.

Tudo o que você procura para essa vida é conseguido, não por acumular a sabedoria que o mundo lhe propõe, mas em apropriar-se da sabedoria advinda da preciosa Palavra de Deus. O Salmo 119.98-100 afirma: “O teu mandamento me torna mais sábio do que os meus inimigos, porque eu o tenho sempre comigo. Compreendo mais do que todos os meus mestres, porque medito nos teus testemunhos. Sou mais entendido do que os idosos, porque guardo os teus preceitos”.

A Palavra de Deus é a Sua perfeita revelação. Por ela você conhecerá o Senhor Jesus, o qual lhe concederá um relacionamento pessoal e eterno com o Pai e uma vida cheia de propósitos neste mundo.

A transformação de sua vida é proporcional à sua dedicação na sabedoria da Palavra de Deus. Por isso, aprofunde-se em aprender dela e obedecê-la.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51844611

REFUGIANDO NO SENHOR

O Salmo 46.1 afirma: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações”.

A Bíblia está cheia de versículos afirmando que Deus é o refúgio seguro do Seu povo diante das lutas da vida.

Nesse Salmo, o salmista faz uma transformadora declaração: “Deus é o nosso refúgio”. É uma declaração pequena e simples, mas potente, pois tira nossos olhos de qualquer problema que estejamos vivendo e os coloca no Senhor, naquilo que Ele é e no que Ele pode fazer.

Os tempos difíceis trazem falsos sentimentos de que nunca mais haverá momentos de folga, calma e paz. Mas diante dos desertos em nossas vidas, devemos aproximar-nos mais de Deus, fazendo dEle nosso refúgio seguro.

O que significa refugiar-se em Deus? Significa elegê-Lo como a única segurança da vida, pois NEle há a verdadeira proteção ante as tempestades da vida.

A sua tendência diante dos problemas nunca é primeiramente refugiar-se no Senhor. Na verdade, você tenta primeiro refugiar-se em situações, oportunidades, circunstâncias, em si, em sua família, amigos, profissionais, trabalho, entretenimento ou qualquer outra coisa, para depois você ser convencido de que seus próprios refúgios são inadequados e não podem lhe fornecer a proteção que você desejava.

Por isso, refugie-se no Senhor! NEle você está realmente protegido. NEle você encontra abrigo contra os perigos e todos os medos. NEle estão as respostas para seus pequenos ou grandes problemas.

Decida agora refugiar-se somente no Senhor e fazer dEle o seu abrigo, fortaleza e socorro.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51830579

ORANDO NA ANSIEDADE

Ansiedade pode ser definida por um estado interior de pressa e controle permanente. Os ansiosos vivem inquietos; vivem de forma antecipada; nunca conseguem viver o presente; sempre depositam suas energias no daqui a pouco, no amanhã e no futuro. Eles se apavoram com circunstâncias ou notícias sobre as quais têm pouco ou nenhum controle.

A Palavra de Deus ensina sobre o perigo da ansiedade. Ela afirma em Provérbios 12.25, que “a ansiedade no coração do homem o abate…”

A Palavra de Deus também propõe respostas e soluções práticas para lidar com a ansiedade. A mais poderosa delas é a oração. A Bíblia nos ordena, em Filipenses 4.6: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em TUDO, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças”. 1 Pedro 5.7 nos ensina: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”.

Jerry Bridges afirmou: “O grande antídoto para a ansiedade é ir a Deus em oração. Devemos orar sobre tudo. Nada é grande demais para Ele segurar, e nada é muito pequeno para escapar de sua atenção”.

Assim, busque a Deus em toda a sua ansiedade. Ore a Ele! Não permita que a ansiedade dirija ou domine a sua vida.

Quando você sentir-se abatido pela ansiedade, ore! Ore pelo assunto. Ore por você. Ore pelos envolvidos. Ore pelos problemas. Diante da ansiedade, ore, ore, ore.

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51816039

NA INSEGURANÇA

Por vezes, nos preocupamos com circunstâncias sobre as quais não temos nenhum controle, e quando agimos assim, somos dominados pela insegurança.

Aos inseguros Deus declara em Isaías 35.4: “Digam aos desalentados de coração: “Sejam fortes, não tenham medo. Eis aí está o Deus de vocês…”

Diante de qualquer futuro que lhe assalte, deixando-lhe inseguro, você precisa responder a esse falso sentimento através das verdades da Palavra de Deus.

Quando a Palavra de Deus é o seu suficiente guia, sua insegurança é destruída. A Palavra de Deus é a voz de Deus, a qual quando lida, estudada, meditada e obedecida, torna-se a arma poderosa para destruir qualquer engano advindo da fragilidade emocional.

É certo que a insegurança chegará. Mas o que fazer? Quando ela chegar, decida apenas ter a mesma atitude do salmista no Salmo 56.3: “Quando eu ficar com medo, hei de confiar em ti”.

Quando você é dominado pela insegurança, você está dizendo a si mesmo que você não conhece a Deus, desconsidera o que Ele diz ou ainda que se esqueceu do que Ele tem dito.

Caso você esteja sendo dominado pela insegurança, o certo é que Deus não tem sido o centro de sua vida, pois insegurança é uma clara evidência na vida daqueles cujos pensamentos, interesses, planos, decisões e valores não estão submissos a Deus e cuja a confiança, ora está em si, ora em outros ou nas circunstâncias.

Diante de qualquer cenário de insegurança em sua vida, agarre-se firmemente ao que Salomão adverte em Provérbios 16.1,3: “O coração do ser humano pode fazer planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor… Entregue as suas obras ao Senhor, e o que você tem planejado se realizará”.

Entregue ao Senhor todas as suas inseguranças.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51803043

GANHAR O MUNDO E PERDER A ALMA

Em Mateus 16.26, Jesus pergunta: “De que adiantará uma pessoa ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou que dará uma pessoa em troca de sua alma?”

O que significa “ganhar o mundo inteiro”? Essa expressão significa valorizar os ganhos temporários e terrenos, recebendo tudo o que o mundo oferece, tal como dinheiro, fama, prazer, glória, poder, prestígio etc. O que significa “perder a alma”? Essa frase significa morrer sem um relacionamento correto com o Senhor Jesus Cristo nessa vida e ser condenado a passar a eternidade no “lago de fogo”.

Decidir em viver de forma comprometida com Jesus, significa que você entendeu Sua ordem em Mateus 16.24: “…Se alguém quer vir após mim, negue a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.” Na verdade, “tomar a cruz” implica ser condenado à morte. A declaração de Jesus simboliza um compromisso total e final com Ele. Em outras palavras, é preciso que você esteja disposto a desistir de tudo para ser um seguidor de Jesus Cristo.

Se você não quer abrir mão de coisas desse mundo que você julga importante para seguir Jesus, você decide “ganhar o mundo”. Essa uma decisão espiritual ruim, pois cedo ou mais tarde, as coisas terrenas desaparecerão. Ao decidir assim, você terá perdido a única parte de si que dura para sempre: sua alma.

Segundo Jesus, não há nada mais valioso do que a sua alma. Troca-la é a sintese da tolice. Quando você escolhe abraçar os princípios deste mundo ao invés das verdades que o conduz ao céu, você decidiu perder sua alma.

Ao tentar ganhar o mundo você perde sua alma. Ao decidir por Jesus, num compromisso com Ele, você ganha sua alma. Assim, qual será hoje sua decisão?

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51780130

NO MEDO

Comumente, os momentos difíceis e as más notícias chegam, e passamos por períodos de insegurança na vida. Tempos de insegurança geram medo. E quando o medo bate à porta da vida, o que fazer? Como responder ao medo?

A Palavra de Deus tem uma simples, eficiente e poderosa resposta: “NÃO TEMAS!”

“NÃO TEMAS” é uma expressão que aparece várias vezes na Bíblia. “NÃO TEMAS” não é uma frase de impacto ou de autoajuda. “NÃO TEMAS” é um MANDAMENTO divino. Deus nos ordena a enfrentar o medo confiando nEle.

Se você está vivendo diante de qualquer situação onde sente-se inseguro e com medo, refrigere hoje a sua alma com a Palavra de Deus, que diz claramente: “NÃO TEMAS”.

A Bíblia ensina, em Deuteronômio 31.8: “O SENHOR é quem vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te atemorizes”.

Deus declara, em Josué 1.9: “Não te mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares”.

1 Crônicas 28.20 afirma: “…Não temas, nem te desanimes, porque o SENHOR Deus, meu Deus, há de ser contigo; não te deixará, nem te desamparará…”

Provérbios 3.25 diz: “Não temas o pavor repentino, nem a arremetida dos perversos, quando vier”.

Isaías 41.10 afirma: “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel”.

Jesus ordenou, em Marcos 5.36: “Não temas, crê somente”.

Se a insegurança e o medo baterem em sua vida, lembre-se das verdades acima e também reaja com a mesma atitude de fé do salmista no Salmo 56.3. Ele diz: “Em me vindo o temor, hei de confiar em ti”.

———————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51754074