INQUIETAÇÕES

INQUIETAÇÕES

Há períodos na vida que nos sentimos agitados. Parece que há algo dentro de nós que não se aquieta, não sossega, não repousa, não tranquiliza e não satisfaz.

O salmista no Salmo 46 sabia disso. Ele entendia que as inquietações chegam na vida como terremotos e maremotos. Poeticamente o salmista diz no versículo 2,3: “…a terra se transtorne e os montes se abalem…as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam.”

Inquietações por vezes nos faz errar porque nos levam a fazer coisas de modo atrapalhado e atropelado. Quando estamos inquietos machucamos pessoas, exigimos demais e por fim nos estressamos.

Mas há solução para as inquietações! Não é no fazer mais um pouco; correr mais um pouco ou simplesmente parar por parar. Não!

As inquietações apenas se apresentam para revelar o quanto somos frágeis e incapazes, e ao mesmo tempo nos revelam uma simples e eficaz solução: refugiar no Senhor! O salmista diz no versiculo 1,2: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Portanto, não temeremos…” É buscando ao Senhor que as inquietações se aquietam, que a ansiedade se acalma, que a preocupação se tranquiliza e que o medo cede a paz.

Foi assim que Jesus fez diante de suas inquietações quanto a dor e a morte cruel. Ele foi para o Jardim do Gêtsemani. Ali Ele por trez vezes orou. Ali sua alma recebeu o consolo, a força, e a coragem para subir a cruz e dar Sua vida por nós.

É muito esforço em vão querer lidar sozinho com as inquietações da vida. O melhor, o mais fácil, o mais prudente e o mais eficaz é trazer tudo a Deus. Quando Ele está presente na vida; quando tudo está em Sua há uma forte certeza de que tudo estará bem seguro e nada poderá dar errado. O salmista afirma no versículo 6: “O SENHOR dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio.”

Independentemente de qual seja suas inquietações, traga-as uma por uma a Deus. Não continue a lutar e debater sozinho, isso é inútil. Não insista em solucionar do seu jeito; abra espaço em sua vida para Deus agir. Convide-O para fazer isso.

Obedeça a Sua suave, simples e meiga ordem no versículo 10: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus; sou exaltado entre as nações, sou exaltado na terra.”

Aquiete em Deus todas as suas inquietações!

Anúncios

QUEM ENTRARÁ NOS CÉUS?

QUEM ENTRARÁ NOS CÉUS?

Jesus afirmou em Mateus 7.21-23: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi explicitamente: Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade.”

 O céus é uma realidade. Enquanto estamos vivos devemos decidir sobre a vida na eternidade. A verdade é que alguns não se preocupam com isso, outros nunca ouviram falar e vários estão equivocados.

Há duas perguntas importantes a se fazer sobre os céus:

1 – QUEM NÃO ENTRARÁ NOS CÉUS?

Jesus aponta para dois grupos de pessoas que não entrarão nos céus. O primeiro grupo são os “professos”. Esses são aqueles que apenas dizem: “Senhor, Senhor!” São pessoas que até usam termos bíblicos corretos mas seus corações nunca pertenceram a Deus.

O segundo grupo são os que “ministram” em nome de Jesus. Pessoas que aparentemente dominam o “sobrenatural”. Pessoas que exercem ministérios envolvendo profecia, exorcismo e milagres, mas na realidade são falsos profetas e nunca perteceram a Jesus.

A resposta de Jesus aos “professos” e aos “ministradores falsos” será: “nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade.” Jesus não os terá por perto. Esses não estarão com Ele na eternidade.

2- QUEM ENTRARÁ NOS CÉUS?

Os que entrarão nos céus são os que fazem a vontade do Pai. Jesus diz: “…entrará no reino dos céus… aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.” Pergunta: Qual é vontade do Pai que todos precisam saber para irem para o céus? Jesus responde em João 6.40: “De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.”

Deus quer que você creia em Jesus como Senhor e Salvador de sua vida. Não interessa para Ele o que você DIZ sobre Ele; não interessa para Ele o que você FAZ para Ele. O que realmente lhe interessa é que você creia só e unicamente em Seu Filho Jesus Cristo.

Sendo assim, você entrará nos céus?

NÃO SE AMOLDE

NÃO SE AMOLDE

Estamos numa cultura ativista e onde fazer coisas parece ser mais importante do que ser alguém. Mas Deus está muito mais interessado em construir o seu caráter, ou seja, quem você é e será, do que no que você faz.

A Bíblia adverte em Romanos 12.3: “Não vos conformeis (amoldeis…tomar a forma de) a esse século…” Esse texto nos ordena a não nos deixarmos ser engolidos pela cultura desse mundo; não deixarmos que nosso caráter seja ditado pelo ritmo que o mundo impõe.

Muita confusão na vida vem por ignorar a pura verdade de que Deus está mais intencionado em construir o caráter de alguém do que fazê-lo bem sucedido.

Por exemplo, há tanta gente dedicando horas e horas no desenvolvimento de sua carreira. Desenvolver a carreira não é algo errado em si, mas o problema é que quando colocamos energia na carreira e pouco no caráter. Mas Deus está mais interessado mais no caráter porque esse você levará para a eternidade e a carreira passará.

O que Deus continuamente intensiona é que tudo o que você venha a fazer na vida O manifeste. Ele quer se manifestar por meio do que você é e faz.

Por isso, não ceda a cultura desse mundo que valoriza tanto o que as pessoas fazem e se tornam sem se preocupar com o caráter. Ande na contra mão. Ser um cristão é viver uma contracultura. Tome a decisão de se concentrar em ser mais parecido com Jesus. Invista em seu caráter.

É triste constatar que muitos abandonaram ao Senhor e foram moldados pela cultura anti-Deus para viver sua realização pessoal, profissional e econômica. Deixaram insanamente ser levados por aquilo que o mundo oferece; deixaram que seu caráter fosse amoldado pela cultura mundana e hoje sofrem as consequências na vida espiritual, física, social, emocional.

Deus anseia lhe dar um propósito mais profundo de vida. Ele quer moldar e tranformar seu caráter. Ele quer lhe dar significado e razão para viver todos os dias. Ele quer lhe dar o privilégio de conhece-Lo mais e desfrutar o prazer de ser usado por Ele. Para isso Ele não aceita concorrentes; ou você decide por Ele, ou continua seguindo a cultura desse mundo. A decisão sempre é sua!

FOCANDO NO OUTRO

FOCANDO NO OUTRO

Jesus afirmou em Mateus 7.12: “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a lei, e os profetas.”

O mundo sofre do mal do egoísmo. Basicamente estamos mais dispostos a pensar primeiro em nós e nos nossos, e poucas vezes ou quase nunca no outro. Essa é a cultura de nossa época.

No plano de vida de Jesus o outro sempre ocupa um espaço relevante. Jesus sintetiza que as atitudes de um verdadeiro discípulo sempre incluem prioritariamente Deus e o outro.

Se alguém deseja andar com Deus precisa aprender a viver e conviver bem com o outro. Ser um cristão é deixar a marca específica de amor, cuidado, carinho, atenção e respeito para com o outro. Quem foca no outro demonstra de forma prática ser um verdadeiro discípulo de Jesus.

Jesus diz no texto que naturalmente nos amamos e desejamos ser cuidado com respeito e carinho. Essa máxima de vida deve estrapolar também para com outras pessoas. O que desejamos para nós devemos também desejar ao outro; o que fazemos a nós devemos fazer ao outro. Essa é a “Regra Áurea” da vida de um cristão.

Jesus complementa dizendo: “pois esta é a lei e os profetas.” Isto é, qualquer pessoa que orienta sua conduta focando no outro cumpriu os ensinos dado por Moisés – a lei – e ensino dos profetas no Antigo Testamento. Porque a lei e os profetas conduzem sempre a prática de amor e cuidado com o outro.

Assim, a pergunta que deve centrar em todos os seus relacionamentos é essa: “Como eu gostaria de se tratado?” Essa pergunta freia seu egoísmo e norteia suas ações de amor para todos os seus relacionamentos.

Se você for mais sensível as outras pessoas; se você se colocar no lugar delas; se você desejar para elas o que deseja para você, esteja certo de você será menos mau, mais generoso, menos rude, mais compreensivo, menos cruel e mais bondoso.

Se seu cristianismo não está focando no outro você é apenas um bom religioso. E acredite, Deus não está dando a minima para religiosos. O que Ele quer é ver a vida de Jesus sendo reproduzida nesse mundo por meio de ações amorosas. Por isso, saia de si; foque no outro!

PARA QUEM ESTAMOS INDO?

PARA QUEM ESTAMOS INDO?

O salmista diante de seus problemas afirmou no Salmo 121.1,2: Elevo os olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra.”

“Levantar os olhos” era um simples gesto que expressava uma oração. Durante muito tempo os montes e colinas em Israel tornaram-se verdadeiros centros de adoração aos ídolos. De forma que “levantar os olhos aos montes” era um meio de expressar confiança e segurança em algum ídolo.

Mas a atitude do salmista diante de sua dor é rejeitar os ídolos e ter em Deus o foco de sua expectativa e esperança. Por isso é que ele diz: “…o meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra.”

Quantas vezes diante das dores decidimos nos segurar em “ídolos” como nosso socorro. Queremos que o cônjuge, os filhos, os pais, os amigos, o gerente de banco, o político, o presidente, o pastor, o padre, o guru e tantos outros sejam o nosso socorro. Pior, lançamos sobre eles toda a nossa confiança. E o final sempre é uma grande decepção. É bom lembrar que ninguém e nada pode ser o nosso socorro a não ser o próprio Deus.

Se quisermos socorro durável na vida devemos ir diretamente a Deus. Ele está acima de nossas dores e problemas; Ele mantém-se soberano regendo o “mundo mal”; Ele ainda é o “SOCORRO” de todos os que o buscam.

Um dos grandes problemas da vida é que não estamos indo PRIMEIRAMENTE ao Senhor como nossa ÚNICA opção. Comumente não vamos a Ele para pedir Sua ajuda, Seu socorro, Sua direção, Sua sabedoria, Seus conselhos etc. O que fazemos mesmo, por causa de nossa prepotência e orgulho, é esgotarmos primeiro todas as nossas próprias opções.

Assim como o salmista, precisamos de ajuda, de auxílio, de orientação, de “norte”, de certezas e de “chão” para nosso viver. Mas a pergunta é: para quem estamos indo? A verdade é que se não formos para Deus não teremos socorro para nada.

Por isso, não seja como aquele que, se afogando no mar, não abraça o “salva vida” que lhe foi enviado simplesmente porque acha que pode ainda sair de seu desespero com mais uma “braçada”.

Faça de Deus o seu único socorro. Vá a Ele agora!

OS PRINCÍPIOS DO MUNDO ESPIRITUAL

OS PRINCÍPIOS DO MUNDO ESPIRITUAL

Vivemos na realidade de dois mundos: um físico e outro espiritual. O mundo físico é a existência humana; é tudo o que se pode ver ao redor. Ele é transitório e não durará para sempre.

O mundo espiritual é a realidade eterna; é tudo o que não vemos aos olhos nu. Ele durará para sempre. A Bíblia ensina que não devemos decidir nossas vidas com base no mundo físico mas no mundo espiritual. Em 2 Coríntios 4.8 lemos: Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.”

Há princípios no mundo espiritual. O primeiro é que DEUS É REAL. Ele nos criou a todos para que nos relacionássemos com Ele. Mas a verdade é que decidimos não viver para Ele; decidimos andar em nossos próprios caminhos e fazermos nossa própria vontade. O resultado final é uma vida vazia, sem significado e propósito. Mas por Sua maravilhosa graça, Deus revelou-nos o seu grande amor, vindo até em nós em Jesus para nos salvar dos nossos pecados e conduzir-nos a Ele. E Jesus define esse amor de Deus ao dizer em João 3.16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crer, não pereça, mas tenha a vida eterna.” Deus providenciou todos os meios para voltarmos a Ele. E para voltar a Ele, você precisa decidir por isso.

Um segundo princípio do mundo espiritual importante é que SOMOS ETERNOS E ESTAREMOS NA ETERNIDADE. Em Eclesiastes 3.11 lemos: “Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim.” Um dia vamos morrer. Isso é o final da existência aqui nessa terra, mas não será o fim da vida. Há uma eternidade por entrar. Deus tem preparado um de dois lugares na eternidade. A Bíblia apenas cita apenas a vida eterna, o céu, o paraíso, e o fogo eterno, o inferno. Esses são lugares reais. Jesus afirmou em Mateus 25.41 e 46 Jesus diz: “Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos…E irão estes para o castigo eterno, porém os justos, para a vida eterna.”

Segundo a Bíblia não há um lugar intermediário na eternidade e tão pouco há um retorno de volta em algum outro corpo. Em Lucas 18, na história do Rico e Lazaro, Jesus nega a existência desses falsos conceitos eternos.

Assim sendo, nada é mais importante do que decidir baseado nesses princípios do mundo espiritual. Precisamos decidir onde passaremos a eternidade, com Deus ou sem Ele. Essa é a decisão mais importante da sua vida.

Pergunta: qual será hoje sua decisão?

O AUTO CONTROLE

O AUTO CONTROLE

Em 8 de Outubro de 1871, uma mulher acendeu uma pequena lamparina e levou-o ao estábulo para ordenhar uma vaca. A vaca deu um coice na lamparina e o fogo se espalhou. Com a ajuda do vento, o fogo queimou o estábulo, casas ao redor e o distrito comercial de Chicago. O resultado final foi 17450 construções queimadas, 300 pessoas mortas, 90.000 ficaram desalojadas e houve um prejuízo de cerca de 170 milhões de dólares em propriedades. Tudo porque um animal bateu numa pequena lamparina.

O fogo é algo extremamente necessário como fonte de energia quando mantido sob controle. Porém, quando ele foge ao controle, torna-se um terrível inimigo. Assim, há labaredas dentro de nós que precisam de controle. Quando elas não estão controladas a fatalidade chega.

Precisamos aprender sobre auto controle. O conceito do dominío próprio recebe uma atenção considerável na Bíblia. Salomão nos ensina em Provérbios 25.28: “Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio.” O que o texto afirma é que quando uma pessoa não se controla, ela torna-se extremamente vulnerável. Aprender a governar a si mesmo é uma das coisas mais difíceis, mas é um aspecto essencial para vida.

Há um número enorme de pessoas que estão sofrendo por falta de domínio próprio. Elas não disciplinam a mente, o que saem de sua boca, o que comem e bebem, seus impulsos sexuais, as compras que fazem, o seu temperamento etc. E não é atoa que suas vidas estão em pedaços.

Mas a questão do auto controle é mais profunda. É preciso fazer a pergunta certa: Se o auto controle é tão significativo – e se, de fato, pode ser aprendido – como é que se pode obtê-lo?

Biblicamente a ausência de auto governo está ligado ao mais profundo de cada um de nós: o coração. É preciso uma mudança profunda internamente. E isso não vem por terapia ou auto disciplina, é resultado de uma ação sobrenatural; uma ação de Deus.

A Bíblia nos ensina que auto controle é um fruto do Espírito Santo. Em Galátas 5.22,23 lemos: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, DOMÍNIO PRÓPRIO…” Assim, uma vida que está entregue a Jesus tem em si uma poderosa fonte: O Espírito Santo de Deus. E o “domínio próprio” torna-se real por ser uma capacidade e poder vindo dEle.

Jesus afirmou em João 15.5: “…sem mim nada podeis fazer…” Quando você vai em direção a Cristo e deseja que Ele domine e controle sua vida, o Espírito Santo vem e põem freios no seu viver.

Pergunta: Quais são as área de sua vida que você precisa de auto controle? Peça ajuda a Deus e comece a fazer agora a sua parte.