A EMPATIA DE JESUS

Hebreus 5.2 declara: “Ele é capaz de tratar com bondade os ignorantes e os que se desviam, pois está sujeito às mesmas fraquezas”.

Deus deu ordens específicas para ajudar o sumo sacerdote a ministrar com compaixão. Em Êxodo 28.4-30, no peitoral do sumo sacerdote foram colocadas doze pedras gravadas com os nomes das tribos de Israel, e nas alças, pedras gravadas com os nomes das tribos. Nisto, o povo de Israel estava sempre no coração e nos ombros do sumo sacerdote. A intenção era despertar a compaixão do sumo sacerdote.

Jesus é o Sumo Sacerdote de Deus (Hebreus 5.5). Sendo Deus, tornou-se homem e tem compaixão de nós. Ele soube o que era lidar com a tentação, mas não caiu em pecado. Assim, Ele é paciente com o transgressor, ainda que nunca tolerou o pecado; Ele foi compreensivo, mas não indulgente. Jesus é empáticos com os homens. Ele se identificou com eles e os compreende.

Jesus conhece e simpatiza com nossas fraquezas humanas. Ele se identifica conosco em todas as nossas fragilidades. Sua empatia advém de Sua experiência como homem.

Como homem, Jesus se envolveu em todas as nossas fraquezas, mas em nada Ele pecou. Ele viveu entre os homens como um homem, sentiu como eles e, por isso, Ele pode lidar com todos com brandura, gentileza e amor.

Assim, diante de sua maior fraqueza, quando você ora ao Senhor e coloca a Ele sua dor, perda ou qualquer outra coisa que parte seu coração, Jesus sabe, porque Ele mesmo passou por tudo o que você passa. Ele entende todas as coisas que o preocupam. Sim, Ele é empático com você. Por isso, você pode ir a Ele e pedir o Seu consolo.

Ele sempre tem empatia com você.

————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44103195

EXERCITE A FÉ

Em tempos difíceis é preciso exercitar a fé no Senhor. O maior exemplo bíblico foi o próprio Jesus. Antes de ir à cruz, sabendo da responsabilidade imposta, Ele foi ao jardim do Getsêmani e orou. Em Lucas 22.42 suas palavras foram: “Pai, se queres, afasta de mim este cálice; contudo, não seja feita a minha vontade, mas a tua”. Jesus se rendeu ao Pai. Ele não foi liberto do “cálice”. O Pai não O livrou. Mas Ele, obediente, submisso e resignado cumpriu o plano perfeito do Pai, pagando na cruz o preço pelo pecado. Jesus exercitou fé quando da escuridão de Sua alma.

Quando os dias estavam difíceis na vida de Jó, ele passou a refletir e afirmou em Jó 3.24-26: “Pois me vêm suspiros em vez de comida; meus gemidos transbordam como água. O que eu temia veio sobre mim; o que eu receava me aconteceu. Não tenho paz, nem tranquilidade, nem descanso; somente inquietação”.

Há na vida muitos dias difíceis; dias de dor, sofrimento, luta e desânimo. Há momentos que parecem que Deus poderia falar, mas não fala; Ele aparentemente mantém-se em silêncio. Nesses dias ficamos aflitos; achamos que não vale a pena continuar crendo.

Ao seguir a Jesus não espere apenas dias de alegria, espere também por momentos de lutas duras e dificuldades. Nesses dias você precisa e deve continuar exercendo fé nEle.

Lembre-se que Deus não lhe dará todas as respostas no momento, mas Ele sabe o que faz. Ele promete estar com você o tempo todo quando a luta chegar. A certeza de Sua presença é tudo o que você precisa.

Em seus tempos difíceis, continue crendo; exerça a fé no Senhor.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44086797

UMA LIMPEZA INTERIOR

Jesus afirma em Mateus 5.8: “Felizes os limpos de coração, porque eles verão a Deus”.

O “coração” é um termo bíblico para a “vida interior”; para a pessoa por dentro. Segundo a Bíblia, tudo começa por dentro. Alguns acreditam erradamente que quando algo muda por fora, tudo mudará por dentro, e por isso investem tanto no guarda-roupa, no corpo, na aparência, ou na mudança para uma outra cidade ou país, mudança de emprego, a busca de um outro cônjuge, etc.

O problema é que há muitos conceitos errados dentro da pessoa que intoxicam a vida. Há um “lixo” interior que precisa ser removido. Há uma podridão moral que infecta a vida e a faz “cheirar mal”.

Os “felizes” – segundo Jesus – passaram por uma limpeza interior, algo muito diferente como uma purificação exterior, exigida pela religião judaica nos tempos de Jesus. A pureza de coração não advém de se fazer ritos ou cumprir dogmas religiosos. “Os puros de coração” são aqueles que reconheceram os seus pecados e correram desesperadamente para que Deus os purificasse e perdoasse.

E como vivem agora? Eles são transparentes na vida pública e particular; seus pensamentos e motivações são puros diante de Deus, das pessoas e de si mesmos. Eles não vivem mais na manipulação, hipocrisia, falsidade, dissimulação ou mentira.

E o resultado? Jesus afirma que eles “verão a Deus”. Por quê? Porque Deus é santo, totalmente separado do pecado e somente os que são limpos por Ele O “verão”, agora e no futuro.

Se você quer que sua vida realmente mude, pare de fazer tentativas externas. Achegue-se a Deus e permita que Ele faça uma limpeza interna; uma “santa faxina” dentro de seu coração.

O seu coração está limpo diante de Deus? Caso não, ore como Davi orou no Salmo 51.2,10: “Lava-me completamente da minha iniquidade e purifica-me do meu pecado…Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável”.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44051431

POR QUE ERRO NAS DECISÕES?

Sua vida é o resultado direto de decisões. Você pode decidir certo ou errado, mas sua tendência natural é decidir errado. Quando você decide errado, por vezes não sabe como e porque está decidindo errado. Avalie-se nestes princípios bíblicos:

Comumente você decide errado por PRECIPITAÇÃO.

Provérbios 19.2 afirma: “Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado”. Erra-se nas decisões quando elas são tomadas por se estar chateado, irado ou empolgado demais. Tomar decisões no âmbito emocional é basicamente convidar a tragédia para a vida.

Comumente você decide errado por IMPRUDÊNCIA.

Erra-se por não se pensar o suficiente nos impactos da decisão. Provérbios 2.11 ensina: “O bom senso te guardará, e o discernimento te protegerá”. Pessoas sábias sempre refletem antes de decidir. Por não dedicar tempo suficiente pensando nas decisões, avalia-se pouco o impacto delas na vida pessoal, espiritual, emocional, física, familiar ou social.

Comumente você decide errado por causa do ORGULHO.

Erra-se por resistir em se aconselhar com alguém. Provérbios 15.22 ensina: “Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros há bom êxito”. O conselho de pessoas idôneas, experientes, espiritualmente maduras, entendidas e peritas podem ajudar substancialmente na decisão. O orgulho faz com que se insista em decidir do próprio jeito.

Comumente você tambem decide errado por DESOBEDIÊNCIA a Deus.

Erra-se por não considerar os princípios de Deus. 2 Samuel 22.33 afirma: “É Deus quem me reveste de força e torna perfeito o meu caminho”. Quando não se considera as verdades de Deus, a vida perde o rumo e falha.

Na placa de uma rua estavam os seguintes dizeres: “Coisas acontecem por uma razão. Por vezes, a razão é a estupidez de fazer más decisões”.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44037307

QUANDO OS PROBLEMAS CHEGAM

Os problemas da vida são consequências de um mundo caído espiritualmente e longe de Deus. O corpo, a natureza, a sociedade e os relacionamentos sentem essa realidade espiritual.

Diante de seus problemas, o salmista testemunha, no Salmo 131.2,3, dizendo: “De fato, acalmei e tranquilizei a minha alma. Sou como uma criança recém-amamentada por sua mãe; a minha alma é como essa criança. Ponha a sua esperança no Senhor, ó Israel, desde agora e para sempre!”

O salmista aprende na imagem de uma criancinha amamentada e satisfeita no colo de sua mãe que ele precisa manter-se tranquilo, descansando no Senhor, quando os problemas chegarem.

Quando os problemas chegarem, não podemos permitir que nossas emoções se descontrolem. É preciso se acalmar; é preciso reduzir a agitação para que se possa pensar com prudência e bom senso, e assim tomar decisões sábias e sensatas.

Quando os problemas chegarem não se deixe ser dominado ou consumido pelo medo nem pela angústia. O salmista, no texto, apela: “Ponha a sua esperança no Senhor…” Ter Deus como sua esperança, significa crer que Ele pode mudar tudo em sua vida; significa crer que a circunstância não tem a voz final; significa viver o amanhã pela fé, crendo que Ele está no controle e por isso o melhor ainda está por vir.

Com o salmista você aprende que Deus pode agir em qualquer situação, e mais, ainda que sua vida esteja extremamente difícil, é preciso que você se acalme, mantenha-se humilde e confiante nEle.

Quando os problemas chegarem, acalme-se! Deus está no controle! Ele pode mudar tudo a qualquer momento.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44017598

A ORAÇÃO HUMILDE

A oração precisa ser uma prioridade de vida. Orar é a mais forte evidência espiritual de que somos dependentes de Deus. Orar significa conversar de coração com Deus e pode-se usar palavras ou não.

Orar significa redescobrir a realidade da essência humana. Fomos criados por Deus para um relacionamento de profunda dependência dEle.

Num mundo que estimula a independência, o termo “dependência” soa muito estranho. O ser humano é fraco. Admitir a fraqueza é algo horrível, mas real. Os hospitais expõem a fraqueza; a idade revela a fraqueza; os cemitérios escancaram a fraqueza.

Só Deus é poderoso e forte. Ele apenas se revela forte aos fracos. Somente os conscientes de suas limitações aprendem a depender dEle, e por isso oram.

Jesus orou! Marcos 1.35 diz: “Tendo-se levantado alta madrugada, saiu, foi para um lugar deserto e ali orava.” E por que Ele orou? Porque Ele decidiu depender do Pai para cada área de sua vida. Ele entregou tudo ao Pai. Ele decidiu tudo junto com o Pai.

Talvez o maior desafio de sua vida seja abandonar o orgulho. O orgulho que diz que você pode, que você é capaz, que você é forte, esperto e inteligente. O orgulho que silenciosamente lhe diz que você não precisa ir a Deus e depender dEle. O orgulho que te engana.

Talvez sua maior dificuldade seja reconhecer que já não dá mais para continuar vivendo sob a sua própria tutela. Você causou muito estrago emocional, familiar, financeiro, social e espiritual.

A única solução para sua alma orgulhosa é humilhar-se. Por que? Porque sua força declara sua independência de Deus e sua independência dEle declara suas derrotas.

Ore! Humilhe-se! Caia de joelhos e diga: “Senhor, eis aqui a minha vida, meus desafios, meus problemas, minhas lutas. Dependo de Ti. Entrego-me a Ti.”

————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44006361

POR QUE SOFRO?

Os sofrimentos virão! Quando eles chegam, aparece o desânimo ou surge o vigor espiritual . Quando os sofrimentos chegarem o foco central não deveria ser no sofrimento em si, mas nos objetivos e propósitos de Deus nele.  

Na verdade, o Senhor permite e usa os sofrimentos com um propósito. Um deles é para apurar a sua fé; saber a qualidade dela. Jesus afirmou em Lucas 8.13: “A [semente] que caiu sobre a pedra são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria; estes não têm raiz, creem apenas por algum tempo e, na hora da provação, se desviam”. Tiago 1.3 aponta para outro propósito dos sofrimentos. O texto diz: “Sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança”. Segundo Deus, os sofrimentos são importantes para fortalecer o caráter espiritual e ajudar a pessoa a se manter perseverante, sólida, firme e inabalável.

Mas tudo também tem limite. Os sofrimentos não duram para sempre. Deus sabe a hora de dar fim a todos eles. 2 Pedro 2.9 afirma que ”…o Senhor sabe livrar da provação os piedosos…” Deus entende os limites e dá fim aos sofrimentos.

O sofrimento virá à sua vida. Deus os enviará com propósitos maiores. Eles nunca virão para acabar com você, ou porque Deus é mau. Os sofrimentos fazem parte do plano de Deus para transformar sua vida e fazer resistente a sua fé.

Por isso, mantenha-se firme no Senhor diante de seus sofrimentos. Não abandone sua fé e não perca o ânimo em Deus. Quando perceber que sente-se fraco durante o sofrimento, ore como o salmista no Salmos 143.11: “Vivifica-me, SENHOR, por amor do teu nome; por amor da tua justiça, tira da tribulação a minha alma”.

Creia que muita coisa boa da parte de Deus virá após os seus sofrimentos. Creia! Fique firme!

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/43987494

AJUDA NA ANSIEDADE

Pessoas ansiosas preocupam-se excessivamente com as realidades desta vida e são acometidas pelo medo e tristeza, o que as privam do vigor e do prazer da vida.

A Palavra de Deus traz um diagnóstico perfeito de alguém em estado de ansiedade. Provérbios 12.25 diz: “O coração ansioso deprime o homem, mas uma palavra bondosa o anima”. O texto afirma com simplicidade que a ansiedade começa por dentro, no coração, e ela tem a capacidade de abater, tirar o ânimo, deixando a pessoa para baixo, angustiada, deprimida e sem prazer na vida. Mas a mesma Palavra de Deus traz no texto também a esperança e a solução para a ansiedade. Ela diz: “…mas uma palavra bondosa o anima”. Ou seja, Deus usa pessoas boas, com intenções boas, com palavras boas para fazer com que a vida ruim fique boa.

Quando a ansiedade chegar é necessário ir à busca da solução certa. O argumento é simples. Sendo Deus o autor e criador do homem, Ele mesmo sabe o porquê dos problemas e Ele mesmo tem deixado o seu “manual” para o funcionamento humano: a Sua Palavra.

Assim, quando a ansiedade chegar e ficar incontrolável, a solução eficaz é você buscar ajuda com pessoas boas. Quem são elas? São aquelas que conhecem a Deus e Sua Palavra, e vivem uma vida séria e coerentemente. Elas amam a Deus, Sua Palavra e amam ajudar as pessoas. Elas ajudarão você a ver o seu coração e lhe trarão uma palavra bondosa; uma palavra tirada da Palavra de Deus.

Um coração errado produz desejos errados, os quais produzem pensamentos errados, os quais produzem sentimentos errados, e que culmina em um comportamento errado. A ansiedade sempre diz que algo está errado. Mas a Palavra de Deus ensinada e aplicada amorosamente por alguém comprometido com o Senhor, será a ajuda para você libertar-se da ansiedade.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/43951814

VOCÊ ESTÁ CANSADO?

O ministério do Senhor Jesus foi marcado por convites. Ele convidou a todos para se aproximarem dEle. Ele abriu os braços para abençoar a quem viesse a Ele. Ele convidou em Mateus 11.28: “Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu lhes darei descanso”.

Nesse convite, o Senhor Jesus chama os cansados para que recebam descanso. Na verdade, Ele sempre vê o nosso cansaço com a vida como a grande oportunidade para descansar nEle. As únicas qualificações para receber o descanso de Jesus é realmente sentir-se cansado e sobrecarregado e ir a Ele. É no reconhecimento de que a vida chegou ao limite que qualifica qualquer um a receber o descanso que Ele promete.

O convite amoroso de Jesus precisa ser recebido com fé. Ir até o descanso que Ele propõe significa reconhecer o estado em que você se encontra e abandonar todas as supostas tentativas de gerenciar a própria vida e produzir o próprio descanso.

Ao ir a Jesus, você sentirá o doce alívio e descanso que Ele promete. Esta é a maravilhosa experiência da salvação, quando você abandona os seus próprios esforços e decide descansar na proposta que o Senhor Jesus lhe faz.

Tudo o que você precisa para obter esse descanso é ir a Jesus. Se Deus lhe constrange a confiar em Jesus, Ele lhe dará descanso de todos os seus pecados e de todos os seus esforços e tentativa de querer salvar a si mesmo.

Você está cansado? Há um maravilhoso descanso lhe esperando em Jesus. O que você precisa é reconhecer que está cansado e sobrecarregado, e ir a Ele.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/43916186

NAS LUTAS

As lutas chegarão. Somos frágeis e totalmente sem controle sobre a vida. Ninguém está seguro! Todos precisamos reconhecer isso e urgentemente irmos a Deus e confiarmos em Sua presença e poder. Nada é tão poderoso nas lutas do que confiar no Senhor e no que Ele diz em Sua Palavra.

Quando as circunstâncias e as más notícias chegarem, lembre-se de Romanos 8.31, que declara: “Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”

Quando você sentir-se sem direção, peça auxílio ao Senhor. O Salmo 32.8 afirma: “Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho”.

Quando você sentir-se no calor das lutas e dos problemas, lembre-se das verdades de Isaías 43.2, que diz: “Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti”.

Quando o futuro te parecer incerto, lembre-se das promessas de Jeremias 29.11, que afirma: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais”.

Assim, em qualquer luta da vida, descanse sua alma nas promessas maravilhosas da Palavra de Deus. Somente Ele tem toda certeza. Somente Ele deve ser sua força diante de qualquer incerteza desta vida.

Nas lutas, ancore sua vida no Senhor e em Sua Palavra.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/43895133