PRIORIZE A ORAÇÃO

Paulo afirmou em Efésios 6.18: “Orem em todo o tempo…” Ele ainda ordenou em 1 Tessalonicenses 5.17: “Orai sem cessar”. Todos esses versículos nos ensinam que precisamos e devemos priorizar a oração.

A oração precisa ser um hábito, um costume na vida do povo de Deus. É preciso orar com frequência e regularidade. É preciso não só orar, mas viver orando.

George Mueller foi um grande homem de oração. Quando questionado sobre quanto tempo ele gastava em oração, sua resposta foi: “Vivo em espírito de oração. Eu oro enquanto ando, quando me deito e quando me levanto”. A oração era para ele um estilo de vida. 

O povo de Deus deve dar prioridade à oração, especialmente porque o Senhor Jesus, o Mestre, assim o fazia. Para Jesus a oração era um estilo de vida. Ele buscava o Pai pelo simples prazer de estar com Ele. Nessa comunhão com o Pai, Ele demonstrava a Sua total dependência dEle, enquanto se dispunha a agradá-Lo em tudo.

Se você quiser viver a vida além das realidades da própria vida, você precisa priorizar a oração. Você precisa fazer da oração o seu estilo de vida.

Talvez você pergunte, mas sobre o que devo orar? A resposta é: ore por tudo. O apóstolo Paulo declarou em Filipenses 4.6: “Não fiquem preocupados com coisa alguma, mas, em tudo, sejam conhecidos diante de Deus os pedidos de vocês, pela oração e pela súplica, com ações de graças”.

Priorize a oração! Comece a orar e a orar por tudo e por todos! Em tudo o que vem ao seu coração e mente, ore. Ore se estiver alegre ou triste, bem ou mal, com saúde ou sem saúde; forte ou fraco; em tentação ou sem ela. Ore! Apenas ore!

Faça da oração uma prioridade em sua vida.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44878565

O RELACIONAMENTO COM DEUS

O Salmo 119 é uma poesia em forma de acróstico no idioma hebraico. Basicamente, todos os versículos contêm um nome para se referir à Palavra de Deus e mostram a característica e a utilidade dela. O salmista declara no versículo 7: “Eu te darei graças com integridade de coração, quando tiver aprendido os teus retos juízos”. No versículo 10 ele diz: “De todo o coração te busquei; não deixes que eu me desvie dos teus mandamentos”.

O que há em comum nesses dois versículos? O salmista junta a Palavra de Deus e a oração.

Há dois grandes pilares e duas grandes atividades espirituais que sustentam e devem fazer parte do povo de Deus: A Palavra de Deus e a oração.

O verdadeiro relacionamento com Deus inclui se expor à Sua Palavra, saber por ela o que Ele quer e praticá-la. Por ela Deus fala conosco. A oração, por sua vez, é o meio pelo qual falamos com Ele. Falamos melhor com Deus quando estamos também melhor sintonizados com Seus desejos, propósitos e interesses, os quais são advindos da Sua Palavra.

Em seu relacionamento com Deus é essencial que você se exponha diariamente à Sua Palavra. É preciso que você decida ler, ouvir, meditar, estudar e memorizar a Palavra de Deus, e acima tudo obedecê-la. Por outro lado, é preciso também que você fale com Ele em um espírito de oração, ou seja, enquanto anda, ore; ao deitar, ore; ao acordar, ore; em tudo o que pensar, falar, agir e reagir, ore. Faça da oração um hábito de vida.

Seu relacionamento com Deus advém da Palavra de Deus e da oração. Por isso, ouça a Deus

enquanto ele fala em Sua Palavra e fale com Ele em suas orações.

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44854144

EM BUSCA DA RAZÃO DA VIDA

A Bíblia ensina que tudo começa em Deus. Paulo afirmou em Romanos 11.33-36: “Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi o seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque DELE, e por meio DELE, e para ELE são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!”

Buscar entender a razão da vida tem sido o grande desafio de toda a raça humana, durante milhares de anos. A questão central desse desafio é que normalmente se começa a busca com o viés errado: o próprio ser humano.

A confusão na alma se instaura quando a busca pela razão da vida centra-se no homem. Nessa premissa, começa-se a fazer perguntas erradas, tais como: “O que eu deveria ser? O que eu deveria me tornar? Como posso dirigir melhor meus objetivos, sonhos e ambições para o futuro?”

Segundo a Bíblia o centro da vida não é o homem, mas Deus. Se alguém deseja saber a razão, o objetivo, o propósito, o significado e o sentido da vida, precisa começar com Deus. Todos nascem de acordo com os objetivos de Deus e para fazer a vontade dEle.

Sua existência só se tornou possível por causa de Deus. Você foi criado por Ele e para Ele. Enquanto você insistir em não aceitar essa verdade e ceder a ela, sua vida ficará sem razão, rumo e sentido.

A vida não começa com você, mas com Deus. Através de Seu Filho Jesus é que você descobre a razão, a identidade, o significado, o propósito, a importância e o destino hoje é eterno para sua vida. Por isso, volte-se para Deus. A razão da vida está nEle.

——————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44796415

A SIMPLES OBEDIÊNCIA

Em Atos 9, temos a conversão de Saulo. Saulo era um líder fariseu fervoroso e intenso. Ele esteve presente na morte do primeiro mártir da igreja cristã, Estevão. Ele também tornou-se um perseguidor ferrenho dos primeiros cristãos, indo a Damasco para prendê-los. Mas na estrada ele teve uma visão de Jesus, ficou cego e se converteu.

Após a sua conversão, Jesus enviou um homem chamado Ananias para visitá-lo. Em Atos 9.15, Jesus disse o seguinte a Ananias: “…Vá! Este homem é meu instrumento escolhido para levar o meu nome perante os gentios e seus reis, e perante o povo de Israel”. Ananias numa simples obediência fez o que o Senhor ordenou. Ele procurou Saulo e orou com ele; a visão e a vida de Saulo foram restauradas.

Há algo muito interessante nessa história. Para ministrar ao novo convertido, Saulo, Deus não enviou o apóstolo Pedro nem João. Ele chamou um homem simples, Ananias. Ananias não escreveu nenhum livro do Novo Testamento e possivelmente não pregou nenhum sermão notável. Mas ele em simplicidade e prontidão obedeceu a Deus e cuidou espiritualmente de Saulo, que se tornou Paulo. Paulo, sim, fez o que nenhum outro fez em benefício do Evangelho de Jesus no mundo. Tudo isso aconteceu na vida de Paulo, graças a um homem simples chamado Ananias.

Você talvez se sinta uma pessoa simples no reino de Deus. Saiba que, como Ananias, você também tem grande valor para Deus. O Senhor apenas espera que você seja fiel e obediente a Ele. Ele deseja lhe usar. Talvez não seja para coisas grandes, mas talvez para ser um início de grandes coisas em Seu reino.

A simples obediência a Deus de uma pessoa comum pode fazer toda a diferença hoje, amanhã e eternamente.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44778629

EXPECTATIVAS EM DEUS

Em 2 Coríntios 1.9, Paulo tinha a seguinte expectativa: “Nós nos sentíamos como condenados à morte. Mas isso aconteceu para que aprendêssemos a confiar não em nós mesmos e sim em Deus, que ressuscita os mortos”. Quando Paulo aprendeu a manter a sua expectativa somente em Deus, ele confirmou no versículo 10: “…para que não confiássemos em nós, mas em Deus… o qual nos livrou de tão grande morte e livrará; em quem esperamos que também nos livrará ainda”. Paulo confiava que Deus o libertaria. Ele aprendeu que havia algo que ele mesmo nunca poderia controlar, e deveria aprender a manter as suas expectativas somente em Deus.

Como Paulo, você também precisa aprender a manter as suas expectativas somente em Deus. Sempre haverá “becos” e situações difíceis em sua vida. Quando elas chegarem nem sempre você terá as soluções fáceis. É preciso então que você se entregue a Deus, buscando dEle a solução.

Por vezes, Deus permite que sua vida fique difícil para levá-lo a esperar e confiar totalmente nEle. Ele quer que todas as suas expectativas estejam nEle. Ele permite tudo para que você substitua sua própria sabedoria, engenhosidade e esperteza, e aprenda a depender e confiar em Sua sabedoria celestial.

Mais do que qualquer outra expectativa de sua vida, Deus, por meio de Jesus, quer mudar o seu coração e trazer o novo nascimento a você. Uma vida espiritual nova traz expectativas novas em tudo.

Quando sua expectativa e fé estiverem somente em Deus, Ele agirá em seu favor. Ele fará algo em sua vida para que fique extremamente claro que foi Ele quem agiu. Por isso, mantenha suas expectativas somente nEle.

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44758717

JESUS VOLTARÁ

A volta de Jesus foi ensinada pelo apóstolo Paulo em 1 Tessalonicenses 4.16:

“Porque o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus…”

Segundo o ensino no Novo Testamento, todo discípulo de Jesus precisa estar pronto para o encontro com Ele. Paulo

também afirmou em Tito 2.13: “Enquanto aguardamos a bendita esperança: o glorioso retorno de nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo”.

Jesus voltará e a atitude de todos os seus discípulos precisa ser de expectativa e vigilância. Jesus mesmo ordenou em

Mateus 24.42: “Portanto, vigiai, porque não sabeis em que dia vem o vosso Senhor”.

Se você é um verdadeiro discípulo de Jesus, você precisa esperar o retorno dEle e tomar todo o cuidado para não ser absorvido pelas atividades e circunstâncias desta vida, perdendo assim seu senso de missão, por se deixar pensar que a verdadeira vida está no aqui e agora. Seu alvo de vida precisa ser agradar, honrar e glorificar ao Senhor, servindo-O com tudo o que Ele lhe tem dado e capacitado.

Qualquer fatalidade, doença, pandemia ou morte devem apenas o alertar da fragilidade e finitude de sua vida. Os momentos difíceis devem também revelar a urgência para que você volte-se se para Deus, com um profundo arrependimento dos seus pecados e em plena confiança na suficiente obra de Jesus na cruz por você, para que você esteja preparado para seu encontro com Ele.

Jesus voltará! Ele não virá mais como o Salvador, mas como Juiz. Como você O encontrará?

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44741116

DUAS CERTEZAS

Em Gênesis 31.3, o SENHOR disse a Jacó: “Volte para a terra de seu pai e de seu avô, a terra de seus parentes, e eu estarei com você”.

Um dia Jacó teve que sair de sua terra para proteger a sua vida, porque seu irmão Esaú queria matá-lo. Por orientação de seus pais, ele foi diretamente para a casa de Labão, o irmão de sua mãe, o qual tornou-se seu sogro. Os anos se passaram e, em determinado dia, o Senhor ordenou que ele voltasse para a sua terra de origem, dando-lhe a seguinte promessa: “Eu estarei com você”.

Ter a certeza da vontade de Deus para sua vida e a convicção de Sua presença, fez com que Jacó recebesse ânimo para lidar com qualquer situação ou com qualquer futuro incerto.

A certeza da perfeita vontade de Deus e de Sua maravilhosa presença é o que também deveria motivar você a seguir adiante em seu dia a dia. Esses dois componentes são basicamente tudo o que você precisa para enfrentar qualquer resistência, temores, desânimos, dissabores ou qualquer força espiritual contrária.

Se você sabe muito bem o que Deus quer para você, siga corajosamente adiante. Siga por fé, pois se Ele tem lhe dado clara direção, a Sua presença será com você, e isso é tudo, tudo o que você precisa.

Conduza sempre sua vida nas duas certezas: A busca da perfeita vontade de Deus e a convicção de que Ele estará com você. A partir daí, tudo será apenas detalhes, aliado a uma grande e maravilhosa aventura de fé.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44722093

SUA PRINCIPAL NECESSIDADE

Em Mateus 1.21 o anjo disse a José: “Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.”

Deus escolheu o nome perfeito para Seu Filho, “Jesus”, que significa na língua aramaica, “Jeová salva”. Na verdade, esse nome refletiria Sua missão e propósito na terra: “salvar o seu povo de seus pecados”.

Deus vem a nós em Jesus para resolver o nosso principal e mais profundo problema: o pecado. É o pecado que nos separa de Deus e nos condena. Paulo afirmou em Romanos 3.23: “pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus.”

Se o nosso maior problema fosse a falta de educação, Deus nos teria enviado um professor para nos ensinar e nos tirar da ignorância. Se o nosso maior problema fosse a falta de autoestima, Deus teria nos enviado um incentivador, um palestrante motivacional ou um terapeuta. Se o nosso maior problema fosse de natureza política, Deus teria nos enviado um rei terreno para corrigir a situação política. O que todos precisamos não é de mais educação, bons salários, inspiração, bons governos ou outra coisa. Tudo isso é muito bom, mas não é o mais importante. O que precisamos é de um Salvador de nossos pecados. E Ele já nos foi dado por Deus: Jesus.

Quando Deus deu o nome de “Jesus” para que assim Ele fosse chamado, o objetivo era apontar que Ele seria o Salvador dos pecados. E foi na cruz, Sua maior obra. É ali que Ele morreu e pagou o preço pelos pecados.

Sabendo de tudo isso, você já se arrependeu de seus pecados? Você já foi a Deus e pediu para que Ele o perdoasse? Mas por que tratar os pecados? Porque ele não só é o seu principal problema, mas porque só Deus pode perdoa-lo.

Tratar os seus pecados é a sua principal necessidade nessa vida.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44667925

NAS PERDAS

Jó foi um homem que perdeu tudo. Ele perdeu seus filhos, seus bens, suas oportunidades, sua saúde, o apoio de sua esposa e de seus amigos. Diante de suas perdas, Jó teve uma atitude de fé e resignação diante de Deus. Suas palavras foram registradas em Jó 1.21: “Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o SENHOR o deu e o SENHOR o tomou; bendito seja o nome do SENHOR!”

Em suas duras perdas, Jó decidiu adorar a Deus. Por quê? Porque ele sabia que não era nem merecedor e nem possuidor de nada. Ele via em Deus a fonte de tudo e estava ciente que não tinha controle e nem domínio sobre suas perdas. A visão acurada de Deus fez com que Jó não se perdesse diante de suas perdas.

Jó não pôde impedir nada em sua vida, mas decidiu confiar em Deus e deixar que suas perdas o levassem a um compromisso maior com Ele. Jó decidiu também não se ressentir. Ele não entendeu tudo no momento em que seu mundo desabava, mas resolveu confiar em Deus, que a Seu tempo, revelou Seu bondoso propósito.

A experiência da perda é por vezes traumática. Perder pessoas, propriedades, posição social, emprego e oportunidades, é algo difícil de se assimilar. E mais, nem sempre você poderá evitar as perdas, mas você pode decidir responder a elas de modo a glorificar e confiar em Deus.

Nas perdas, você deve orar e pedir ao Senhor para que lhe dê paz, força, serenidade, sabedoria e consciência de Seu precioso amor e propósito soberano. 

As perdas virão, mas nunca se perca diante delas.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44650015

DESEJOS CENTRADOS EM DEUS

Em Gênesis 3.5, Satanás diz a Eva: “Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal.”

No texto, Satanás ataca astutamente Eva. Ele a influencia de forma mentirosa por meio da lógica, fazendo-a questionar não só o mandamento dado por Deus (Gn 2.15-17), mas também o Seu caráter. Ao buscar enfraquecer o caráter de Deus, Satanás redireciona o desejo de Eva para a desobediência, porque se Deus não é confiável, então não é necessário obedecê-Lo; não é necessário acreditar que Ele é bom e amoroso. Assim, Eva inicia o processo de seguir seus desejos e abandonar sua fé. Ela já não vê mais a ordem de Deus na perspectiva dEle. O seu paradigma inicial foi mudado. Seus desejos agora a dominam, e sua fé em Deus é desmoronada.

Somos uma fábrica de desejos. Desejamos conforto, cura, paz, apoio, segurança, provisão, etc. Esses não são desejos errados; são apenas desejos humanos. O nosso problema não são os nossos desejos. O problema é quando eles nos dominam e buscamos satisfazer a cada um deles, desconsiderando o que Deus quer e diz.

Quando seus desejos estão desalinhados com os de Deus, sua vida se desestrutura. Mas se eles estiverem centrados em Deus, sua vida ganha direção, paz, satisfação, tranquilidade, significado e propósito, independentemente das circunstâncias.

Assim, mantenha seus desejos centrados na vontade de Deus e sua vida será abençoada e ela será o que Ele sempre planejou que ela fosse.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44631154