A VERDADEIRA VIDA

Vivemos numa sociedade de consumo. Você quase sempre é julgado e avaliado pelo seu patrimônio líquido. Essa pressão o leva a ter o que você não pode para ser quem você não é.

Jesus afirmou em Lucas 12.15: “Prestem atenção! Tenham cuidado com todo tipo de avareza porque a verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem, mesmo que sejam muitas.”

Jesus foi claro em afirmar que a “…verdadeira vida de uma pessoa não depende das coisas que ela tem…” Segundo Jesus, o seu valor não pode ser julgado por seus valores monetários. A vida não é sobre aquisições ou conquistas.

Viver atrás de coisas é uma pura vaidade. Muitos passam a vida inteira colocando saúde, inteligência, vigor e tempo somente para possuir coisas. Mas as coisas não duram para sempre. Conta-se que quando o investidor e empresário americano J.D. Rockefeller morreu, alguém perguntou ao seu contador: “Quanto ele deixou?” O contador respondeu: “Tudo!”

A vida não é sobre coisas, mas sobre relacionamentos. Você precisa amar a Deus e amar as pessoas. Você precisa edificar sua vida em prioridades eternas. Jesus declarou em Marcos 8.36: “O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro, mas perder a vida verdadeira?”

O mundo vende que você será mais feliz, importante, mais seguro e reconhecido, se você tiver mais. Mas o segredo da verdadeira vida está em encontrar contentamento, segurança e satisfação, não naquilo que você tem, mas a quem você pertence.

Se você pertence a Jesus, você então já tem a vida que quer e sonhou, porque Ele mesmo diz em João 14.6: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida…” Caso você não pertença a Jesus, hoje é o dia de você abandonar sua avarenta e cobiçosa vida e receber dEle a verdadeira vida.

——————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15274756

Anúncios

O TOQUE DE JESUS

Em Mateus 8.1-3 “Jesus desceu do monte, e muitas multidões o seguiram. Então um leproso chegou perto dele, ajoelhou-se e disse: — Senhor, eu sei que o senhor pode me curar se quiser. Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: — Sim, eu quero. Você está curado. No mesmo instante ele ficou curado da lepra.”

O leproso foi curado porque não olhou o tamanho de seu problema, não olhou para a lógica de uma “doença incurável”, não foi tímido e nem intimidado. Ele foi curado porque teve a atitude certa e foi à pessoa certa: JESUS!

Como o leproso, todos temos uma ferida na alma chamada pecado. Essa “lepra espiritual” é que produz todos os problemas e ninguém a pode remover por qualquer prática religiosa, boas obras, etc.

Como o leproso, a cura espiritual se processa quando reconhecemos humildemente nosso estado pecaminoso e nos acheguemos a Jesus, suplicando-O que nos “toque”.

Deus é poderoso para fazer qualquer coisa que manifestará Sua glória. O problema nunca é Ele. O problema é que nem sempre buscamos primeiramente os Seus propósitos, limitamos o Seu poder e nos acostumamos com o nosso deplorável estado.

O desafio de Deus é que você se lance totalmente a Ele. Peça a Jesus que o “toque” profundamente. Venha a Ele do jeito que está. Peça por Seu perdão, ajuda e milagre. Peça que Ele toque naquilo que é sua extrema necessidade nesse momento.

Peça agora que Jesus toque sua vida; Ele está disponível; Ele está pronto, e Ele fará se você humildemente pedir.

O poeta escreveu:

“Basta que me que toques SENHOR, para minha alma cansada vencer.Se a noite escura está, Sua mão me guiará; basta que me toques SENHOR.”

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15269423

FORÇA NA CRISE

Deus disse a Paulo em 2 Coríntios 12.9a: “…A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.”

Paulo vivia uma crise pessoal a qual ele chamou de “espinho na carne”. Ele pediu ao Senhor por três vezes que tirasse dele esse “espinho”. Paulo queria não só o alívio, mas uma solução definitiva. Contudo a resposta de Deus a ele foi surpreendente. Deus não o tirou da crise, mas deu-lhe Sua graça.

Deus dispensou a Paulo Sua suficiente graça. E o que isso significa? É como se Deus dissesse: “Paulo, eu te envio a graça que você precisa; te envio a minha força; estou contigo, porque Eu não Sou só o Deus da graça, mas Sou a própria graça. Receba de mim a força e o poder para lidar com suas dores. Eu te envio a Mim mesmo. E isso é o suficiente para você.”

Essa realidade vivida por Paulo é tudo o que precisamos diante de nossas crises. Tudo o que é necessário para sustentar a vida, vem da intimidade com Deus. Não importa o que você esteja enfrentando; Ele é a resposta completa.

Sendo Deus a força que você precisa na sua crise, é preciso também crer que Ele estará com você a cada momento. Ele é o seu amigo presente e fiel. Diante da fraqueza e da dor, Ele estará ali. Sua voz dirá também a você: “A minha graça te basta.”

Vivendo assim, com certeza você também dirá as mesmas palavras de Paulo em 2 Coríntios 12.9b: “…De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.”

A graça do Senhor é a força que você precisa nas crises de sua vida.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15259624

À LUZ DA ETERNIDADE

Todos sabemos — mas nem sempre acreditamos — que nossa vida é passageira, breve, temporária e transitória. Não estaremos aqui por muito tempo. Tiago 4.14 afirma: “Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa.”

A grande maioria acha que é algo meio mórbido pensar e falar sobre a morte. Mas na verdade é uma grande tolice passar pela vida negando e evitando a morte e a eternidade. Salomão nos ensina em Eclesiastes 7.2: “É melhor ir a uma casa onde há luto do que ir a uma casa onde há festa, pois onde há luto lembramos que um dia também vamos morrer. E os vivos nunca devem esquecer isso.”

Se a vida é temporária devemos saber como vivê-la e não podemos nos apegar muito a ela. Há anseios nessa vida que jamais serão satisfeitos aqui. São anseios que só serão cumpridos na eternidade. Não podemos nos enganar que seremos completamente felizes nesse mundo. Aqui não é o lar final. Jesus orou em João 17.3: “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”

Quando você vive seus dias à luz da eternidade, seus valores mudam profundamente. Você usa seu dinheiro com sabedoria, valoriza mais profundamente os relacionamentos, desenvolve melhor o seu caráter em vez de fama, riqueza, compras, status ou realizações e controla melhor suas ações e reações.

Você não viverá aqui eternamente. Você é um mortal! Ciente dessas verdades, você deve parar de pensar em curto prazo e investir sua vida nas realidades eternas. Você precisa fazer das coisas eternas uma prioridade e o centro da sua vida.

Assim, viva hoje à luz da eternidade.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15177033

O PERIGO DA AUTOCONFIANÇA

Nos capítulos 13 a 16 de Juízes temos a história de Sansão. Separado por Deus desde o ventre materno para ser um nazireu (Números 6) e um juiz em Israel. Mas, desde a sua juventude ele foi se afastando de Deus e dependendo cada vez mais de sua força física e de si mesmo. Um dia, no ápice de sua autoconfiança, foi enganado por seu próprio pecado e envolveu-se amorosamente com Dalila. Diante de seus inimigos, isso lhe custou os dois olhos e por fim a própria vida.

No final de sua vida, quando estava cego, sem nenhuma esperança, entregue totalmente nas mãos dos filisteus, Sansão ora a Deus dizendo em Juízes 16.28: “… Ó SENHOR, meu Deus, peço que lembres de mim.” Ao buscar a Deus, Sansão é ouvido. Mas Tudo teria sido diferente em sua vida se ele tivesse aprendido a render-se a Deus e a Sua vontade, mantendo-se totalmente dependente dEle.

Por vezes agimos como Sansão. Cremos que estamos imunes a qualquer tentação ou sedução do pecado e deixamos nos levar pelo “vírus” da autoconfiança. Acreditamos piamente que somos fortes o suficiente e extremamente capazes para manter “tudo sob controle”.

A autoconfiança nos ilude e nos faz ser ousados e abusados. Quando estamos autoconfiantes fazemos coisas que nos levam a não nos conhecermos mais.

Não se deixe enganar como Sansão. A vida de Sansão ensina que sua autoconfiança te levará à queda, à culpa, ao desespero e a uma profunda angústia. O preço da autoconfiança é muito alto. Troque hoje sua autoconfiança pela dependência de Deus.

Quando você se sentir seguro demais, sábio demais, inteligente demais, convencido demais, achando que é capaz de manter tudo sob controle, tenha certeza de que a queda e o desastre estarão muito mais perto do que você imagina.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15176996

A ÚNICA ESPERANÇA

Para se viver é preciso de esperança. Podemos viver alguns dias sem comida, alguns dias também sem água e até alguns segundos e minutos sem ar, mas não podemos viver sem esperança.

Em Mateus 20.30-34 temos um interessante episódio na vida de Jesus. O texto diz: “E eis que dois cegos, assentados à beira do caminho, tendo ouvido que Jesus passava, clamaram: Senhor, Filho de Davi, tem compaixão de nós! Mas a multidão os repreendiam para que se calassem; eles, porém, gritavam cada vez mais: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós! Então, parando Jesus, chamou-os e perguntou: Que quereis que eu vos faça? Responderam: Senhor, que se nos abram os olhos. Condoído, Jesus tocou-lhes os olhos, e imediatamente recuperaram a vista e o foram seguindo.”

Esses dois homens não tinham mais esperança em suas vidas. Eles viviam numa cultura onde os cegos eram discriminados. Mas eles ouviram que Jesus passava. Então, eles clamaram com toda força; enfrentaram a cética multidão para depois ouvirem a doce e esperançosa voz de Jesus: “Que quereis que eu vos faça?” Eles pediram o que realmente precisavam: a visão. Jesus então “…tocou-lhes os olhos, e imediatamente recuperaram a vista…”

A Bíblia é um livro de esperança. A esperança que ela oferece não está numa religião, num sistema, num programa, numa oportunidade, num recurso, etc. A esperança que a Bíblia oferece está numa pessoa: Jesus Cristo.

A esperança que Jesus lhe oferece produz grandes milagres em sua vida. Ela produz paz, perspectiva de vida, motivação, ânimo e alegria a cada amanhecer. Essa esperança traz discernimento, sabedoria e força para enfrentar as lutas da vida e seguir adiante. A esperança de Jesus lhe enche por completo.

Jesus é sua única esperança?

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15176960

UMA FÉ AUMENTADA

Em Lucas 17.5 os apóstolos disseram ao Senhor Jesus: “…Aumenta a nossa fé!” Como será que Deus aumenta a fé? Em Hebreus 11.1 a fé é definida como “…a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem.”

O texto deixa claro que fé é “…a certeza de coisas que se esperam…” O exemplo desse princípio está na vida de Abraão. Hebreus 11.8 diz que “Pela fé, Abraão, quando chamado, obedeceu, a fim de ir para um lugar que devia receber por herança; e partiu sem saber aonde ia.”

O texto ainda deixa claro que fé é “…a convicção de fatos que se não veem.” O exemplo desse princípio está na vida de Moisés. Hebreus 11.24,25,27 afirma que “Pela fé, Moisés, quando já homem feito, recusou ser chamado filho da filha de Faraó, preferindo ser maltratado junto com o povo de Deus a usufruir prazeres transitórios do pecado; Pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado com a cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível.”

Tanto Abraão como Moisés tiveram sua fé aumentada na maneira em que obedeceram a Deus. Eles passaram por lutas, dificuldades e provações, mas esperaram em Deus e não andaram nem por emoções e circunstâncias, estando certos e convictos de que Deus estava com eles e por eles.

Sua fé não será aumentada do nada. O aumento dela depende de decisões sólidas em Deus. Depende também de você decidir que irá esperar nEle e manter-se convicto conforme Ele é apresentado através de Sua Palavra.

Sua fé é aumentada na proporção de sua obediência a Deus, mantendo-se firme e olhando somente para Ele quando a vida estiver boa ou quando as provações, lutas, dores, perdas, sofrimentos ou dúvidas chegarem.

———————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/15176944