A GUERRA ESPIRITUAL

A GUERRA ESPIRITUAL

Pr. Roberto N. Amorim

Você está ciente de que está numa guerra espiritual?

Muita gente esteve em celebrações da igreja nesse último domingo. E por essa prática dominical, alguns acham-se “cristãos”. Seus nomes estão no registro de batismo; casaram numa cerimônia cristã e esperam ser enterrados como cristãos. Mas não há pouco ou nada de “Jesus Cristo” em suas vidas. Eles sinalizam a vida de forma errada. Nunca os vê em qualquer “luta” sobre a sua fé! Nunca os vê em conflitos, esforços, guerras, abnegações ou qualquer militância espiritual. Seu cristianismo os satisfaz e até parece lhes entreter bem, mas certamente não é o cristianismo bíblico; não é a fé que o Senhor Jesus ensinou e que Seus apóstolos pregaram.

A Palavra de Deus  ensina sobre uma guerra espiritual e real ( Ef 6.12 − 1 Pd 2.11) Há diversos versículos que use termos como “luta”, “guerra” e “combate” etc. Jesus ensina que  há “um caminho estreito” (Mt 7.13,14). Paulo diz que há um “bom combate da fé” (1Tm  6.12); há um desafio em sermos “bons soldados de Cristo” (2Tm 2.3); há uma chamada para vestir “toda a armadura de Deus” (Ef 6.11).  A Bíblia ensina que luta principal do cristão é com o mundo, a carne e o diabo. ( 1 Jo 2.15-17; 1 Pd 5.8, Gl 5.19-21). Estes são inimigos ferozes e mortais.

O verdadeiro cristianismo inclui a consciência de uma “batalha (Jd 1.3)  uma “luta” (Fp 1.27) , uma “guerra” (! Pd 2.11). O verdadeiro cristão é chamado a ser um “soldado” (2Tm 2.4), e deve se comportar como tal a partir do dia de sua conversão até o dia da sua morte.

O conforto de nosso tempo, as diversas ocupações, cansaços, preocupações e tantas outras desculpas e desatenção, conduz muitos a uma vida espiritual indolente e despreparadal. Talvez isso explique a falta de “musculatura”, constância e firmeza espiritual de tantos nesse século XXI.

Minha exortação é que despertemos para a luta espiritual diária e constante Não há tempo para dormir e nos preocuparmos com coisas sem valor (Rm 13.12).  Satanás não está dormindo; nossa carne é realmente “fraca” e o mundo nos apresenta com novas e melhores estratégias para nos tirar do foco em Deus.

Esteja atento! Leia, estude, medite, memorize e ouça a Palavra de Deus. Paulo diz que nessa guerra temos que tomar a “espada do Espírito, que é a Palavra de Deus (Ef 6.17). Conviva com o “batalhão” – seus irmãos em Cristo (Hb 10.24,25). Ore a sós e ore juntos (Ef 6.18,19); mantenha-se alerta entendendo claramente suas fraquezas, confessando-a e buscando ajuda no Senhor (Rm 7; 1 Jo 1.9, Sl 30.10); fuja de situações tentadoras (1 Co 6.18; 10.14)  e não dê um espaço de sua vida a carne, ao mundo e a Satanás. Lembre-se que você não está num pic-nic, está numa guerra! Vigie!

Anúncios

ORE. CONTINUE ORANDO E ESPERE

ORE! CONTINUE ORANDO E ESPERE…

 Pr. Roberto  Naves Amorim

“Mas eu não me sinto envergonhado, pois o SENHOR Deus me ajuda. Por isso, eu fico firme como uma rocha e sei que não serei humilhado.” (Isaías 50:7)

 

 

Ao orar você precisa crer que Deus está lhe ouvindo e precisa aprende a esperar nEle. Esperar é criar a expectativa de Deus responderá sua oração. A isso chamamos de FÉ. Esperar atentamente em Deus chama-se fé. Esperar em Deus nunca é um desperdício de tempo. Na verdade, comunhão com Ele é o melhor tempo mais bem gasto.

 

O problema  de muitos de nós é que nossa oração tende a morrer. Paramos de orar. Não mantemos persistência. Uma das possíveis razões pelas quais você não ouve Deus é pelo fato de que não mantém a persistência em sua oração e não espera nEle. No mundo “online” e “fast-food” que vivemos, achamos que tudo com Deus é rápido e na hora. E pasme: não é! Deus se importa com sua vida, problemas e dilemas, mas Ele tem um plano maior quando a resposta não vem de imediato. E é necessário crer nisso. Ele importa com sua vida, mas tem seu tempo certo para tudo.

 

A Bíblia diz que há três coisas para fazer enquanto você espera:

 

Espere caladamente – ”  Somente em Deus, ó minha alma, espera silenciosa, porque dele vem a minha esperança. (Salmos 62:5).

 

Espere calmamente – Descansa no SENHOR e espera nele, não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho, por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios.” (Salmos 37:7)

 

Espere constantementeQuanto a mim, esperarei sempre e te louvarei mais e mais.”  (Salmo 71.14).

 

CINCO MANEIRAS DE DESTRUIR SUA VIDA ESPIRITUAL E DE SEUS FILHOS…

CINCO MANEIRAS DE DESTRUIR SUA VIDA ESPIRITUAL E DE SEUS FILHOS

Pr. Roberto N. Amorim

PRIMEIRA:

Deixe de ler e estudar a Bíblia. Alimente-se  somente de TV, Facebook, de Instagram, WhatsApp  ou outros conteúdos de entretenimento. Com isso, seus filhos aprenderão que a Bíblia é um livro qualquer e que não é necessário pessoalmente aprender a se alimentar dela, deixando moldar sua mente pelo mundano e secular. Desconsidere o princípio ensinado e vivido por Jesus: “…Não só de pão viverá o homem, mas de toda a Palavra que procede da boca de Deus.” (Mt 4.4)

SEGUNDA:

Diante das menores dificuldades, tais como indisposição, chuva, frio, cansaço, não vá aos cultos em sua igreja. Seja bem descompromissado. Com isso, seus filhos vão crescer com a idéia de que participar das atividades da igreja não é assim tão necessário. Desconsidere o princípios bíblico: “E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quando vedes que se vai aproximando aquele dia” (Hb 10.24,25).

TERCEIRA:

Quando estiver à mesa ou em reuniões da família, faça críticas ou comentários negativos sobre as orientações do pastor e de outros líderes da igreja. Assim, seus filhos crescerão não tendo respeito por eles, nem dando crédito aos seus ensinos. “Ora, rogamo-vos, irmãos, que reconheçais os que trabalham entre vós, presidem sobre vós no Senhor e vos admoestam; e que os tenhais em grande estima e amor, por causa da sua obra. Tende paz entre vós” (1Ts 5.12,13).

QUARTA:

Dirija sua vida por dinheiro, por bens, por status, pelo prazer, pela fama, pelo reconhecimento, pela banalidade. Assim, seus filhos crescerão num lar que não seja diferente de qualquer outro. Afinal, que valor há em aplicar os princípios da palavra de Deus a todos os aspectos da vida familiar? “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; e as ensinarás a teus filhos, e delas falarás sentado em tua casa e andando pelo caminho, ao deitar-te e ao levantar-te” (Dt 6.6,7).

QUINTA:

Fofoque, julgue e fale mal das pessoas. Comente à vontade e sem misericórdia a vida dos demais membros da igreja e de outras pessoas. Depois, aos encontrá-los, não deixe cumprimentá-los com um forte abraço e um largo sorriso.  Assim, você dará a  impressão a seu filho de que a vida cristã é pura hipocrisia e ele desejará seguir o mesmo caminho. Lembre do texto de Tito 3.2: “Que a ninguém infamem, nem sejam contenciosos, mas moderados, mostrando toda a mansidão para com

O Segredo é sua vida! As palavras motivam, mas o EXEMPLO ARRASTA. Incentive seus filhos a serem um cristão verdadeiro e a se compromissar com Deus e com a igreja. Seja um exemplo para o seus filhos. Transmita a eles os valores da palavra de Deus. Se eles ainda não fizeram uma decisão por Jesus, ajude-os a fazerem isso. Faça o possível para que eles sejam felizes e cumpridores dos seus deveres como cristão e como cidadão.

 

HÁBITOS ESPIRITUAIS

HÁBITOS ESPIRITUAIS…

“…sofro as dores de parto, até ser Cristo formado em vós.” (Gálatas 4:19)

A forma mais prática e poderosa de você crescer em maturidade espiritual, ou seja, mais parecido com Jesus, é aprender a estabelecer hábitos espirituais.

Você não pode falar sobre caráter sem falar de hábitos. O caráter é a forma normal de agir. Por exemplo, se você é honesto apenas parcialmente, ou se você é honesto somente quando você escolhe ser honesto, agindo assim, integridade nunca fará parte da qualidade em seu caráter. Ter integridade significa que você sempre é honesto. É o seu hábito. Você nem mesmo precisa pensar sobre isso. Quando alguém lhe dá um dinheiro a mais você sempre devolve, porque ser honesto faz parte de seu caráter.

Claro, existem dezenas de bons hábitos que desenvolvemos à medida que crescemos em direção à maturidade. Mas hábitos fundamentais devem ser aprendidos primeiro e devemos desenvolvê-los. Então, quais são os requisitos mínimos? Quais são os hábitos básicos que dão origem a todos os outros?

São hábitos que influenciam o tempo, o dinheiro e os relacionamentos. Se você reconhecer o senhorio de Cristo nessas três áreas da vida, então Ele realmente estará no controle de sua vida.

Se você quiser crescer na caminhada espiritual, é necessário crescer no conhecimento de Jesus, na perspectiva de Jesus da vida, nas convicções espirituais que Jesus tinha, fazer o que Jesus fazia e deixá-lo formar Seu caráter em você.

Entendo isso, inicie a praticar a vida de Jesus em você. Pergunte: Jesus faria isso, falaria isso, pensaria isso? Como posso reagir como Jesus nessa circunstancia? Agindo nesse hábito de pensamento e ação seu caráter vai se transformando igual ao dEle.

O alvo do discípulo é ter a vida de Jesus como sua própria vida.

DECIDA FAZER ESCOLHAS SÁBIAS…

DECIDA FAZER ESCOLHAS SÁBIAS…

A certa altura do filme “Crimes e Pecados” – uma fábula contada com maestria sobre a complexidade das escolhas humanas e o microcosmos moral que elas representam – o personagem interpretado por Woody Allen – ( Cliff Stern – um cineasta idealista) diz: “Nós somos a soma das nossas decisões”.

Stephen Covey afirmou: “Existem três coisas constantes na vida: princípios, escolhas e mudança.”

O livro de Provérbios ensina:

“Há caminho que ao homem parece direito, mas ao cabo dá em caminhos de morte.” (Provérbios 14.12)

Steve Beckman escreveu: ” Você faz suas escolhas, e suas escolhas fazem você.”

No Antigo Testamento a vida do líder Josué impressiona por uma sábia decisão:
Josué 24:14,15

“Porém, se vos parece mal servir ao SENHOR, escolhei, hoje, a quem sirvais: se aos deuses a quem serviram vossos pais que estavam dalém do Eufrates ou aos deuses dos amorreus em cuja terra habitais. EU E A MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR.” (Josué 24.15)

Decisões sábias são aquelas construídas sobre os PRINCÍPIOS DE DEUS, como ensinou Jesus em Mateus 6:33: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Todo dia você faz escolhas: algumas são de grande importância outras de menor importância. Suas escolhas determinará o seu fracasso ou sucesso na vida.

Como tem exercido seu poder de escolha? Você tem simplesmente
seguido seus instintos ou tem refletido para tomar as decisões?

Toda decisão errada prejudica de alguma forma!

William Law

“Nada prejudica ou destrói-nos mais, do que o uso errado da liberdade de escolha que Deus nos confiou.”

Algumas orientações úteis:

– Não faça decisões impulsivas, decisões precipitadas.
– Tome as decisões. Não fique indeciso ou procrastine. Lembre-
se:”É melhor um fim horroroso do que um horror sem fim.” –
-Aplique sempre o bom senso, a razão e a lógica.

Faça todas as escolhas com Deus em mente e use o padrão que ele estabelece em Sua palavra.

Você é o maior responsável pela sua vida.

Permita que Jesus seja para você: O Caminho, a Verdade e a Vida em
todas as áreas e circunstâncias da sua vida.

COMO PROTEGER SUA VIDA FAZENDO ESCOLHAS CORRETAS?

Lembre-se…

1) – SUAS ESCOLHAS AFETAM RADICALMENTE SUA VIDA

Jack Hyles

“Guie-se por princípios e tome as decisões.”

Moisés fez escolhas ousadas em Deus que afetaram sua vida e a de outros. Lemos em Hebreus 11:24-26:
“Foi pela fé que Moisés, quando já era adulto, não quis ser chamado de filho da filha de Faraó. Ele preferiu sofrer com o povo de Deus em vez de gozar, por pouco tempo, os prazeres do pecado. Ele achou que era muito melhor sofrer o desprezo por causa do Messias do que possuir todos os tesouros do Egito. É que ele tinha os olhos fixos na recompensa futura.

Por causa de sua escolha:

Ele é considerado um dos grandes nomes de Deus (Hebreus 11:24),
2) Ele apareceu no monte da Transfiguração (Mateus 17:1-5)
3) Pessoas vão cantar seu cântico (Apocalipse15:3,4)

2) – DAS PRINCIPAIS ESCOLHAS DE SUA VIDA

A. QUEM SERÁ O SEU DEUS?

Jesus convidou em Mateus 11.28-30:

Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.

B. QUEM EU DEIXAREI ME INFLUENCIAR?

Quem são seus amigos? O que você lê? Quem são seus mentores? Com quem você anda?
“Não escolhas para amigo um homem de mau caráter.” (Talmude)

1 Coríntios 15.33 diz: “Não vos enganeis: as más conversações corrompem os bons costumes.” Provérbios 9.6: “Deixai os insensatos e vivei; andai pelo caminho do entendimento.”

C. O QUE SEREI E FAREI DA VIDA? – Sua vida profissional

Deus quer que você trabalhe e seja um excelente profissional. Jesus afirmou em João 5.17: “Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.”

A Bíblia no ensina em Provérbios: 12.9 – “Melhor é o que se estima em pouco e faz o seu trabalho do que o vanglorioso que tem falta de pão.” 12.24 “A mão diligente dominará, mas a remissa será sujeita a trabalhos forçados.” 13.11 “Os bens que facilmente se ganham, esses diminuem, mas o que ajunta à força do trabalho terá aumento.”

D. COM QUEM PARTILHAREI MINHA VIDA? Sobre o casamento

Conselhos básicos:

Não brinque com o sexo

Hebreus 13.4
“Digno de honra entre todos seja o matrimônio, bem como o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e adúlteros.”

Leve o casamento a sério

1 Coríntios 7.27

“Estás casado? Não procures separar-te…”

Não se apresse para se casar. Faça-o com critério e bom senso.

1 Coríntios 7.27 “…Estás livre de mulher? Não procures casamento.”

3) SEJA COMPROMISSADO COM SUAS ESCOLHAS

“Podemos tentar evitar de fazer escolhas através de não fazermos nada, mas mesmo isso é uma decisão.” (Gary Collins)

Escolhas adequadas sem compromisso não valem nada!

Por causa da falta de compromisso: 1. Casamentos fracassam. 2. Muitos abandonam a escola. 3. Muitos abandonam o Senhor.

Em nenhum lugar é o compromisso mais importante do que em questões espirituais…

José foi compromissado com seus princípios espirituais…

Gênesis 39.7-8
“Aconteceu, depois destas coisas, que a mulher de seu senhor pôs os olhos em José e lhe disse: Deita-te comigo.Ele, porém, recusou e disse à mulher do seu senhor: Tem-me por mordomo o meu senhor e não sabe do que há em casa, pois tudo o que tem me passou ele às minhas mãos.”

39.9 Ele não é maior do que eu nesta casa e nenhuma coisa me vedou, senão a ti, porque és sua mulher; como, pois, cometeria eu tamanha maldade e pecaria contra Deus?

Daniel foi compromissado com seus princípios espirituais…

Daniel 1.8

“Resolveu Daniel, firmemente, não contaminar-se com as finas iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; então, pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não contaminar-se.

1.9 Ora, Deus concedeu a Daniel misericórdia e compreensão da parte do chefe dos eunucos.

Seduções mundanas vão lhe atrair e seduzir. “Amigos” vão tentar chegar a um compromisso. Você deve se comprometer e não ceder a pressão.

POR ISSO…
Faça escolhas certas,
Torne-se adepto do processo correto de tomada de decisão.
Primeiro e mais importante, decida servir a Deus e depois fazer todas as escolhas com Ele.

Medite…
“A escolha é a alma gêmea do destino.” (Sarah Ban Breathnach)

“Destino não é uma questão de sorte, mas uma questão de escolha; não é uma coisa que se espera, mas que se busca.” (William Jennings Bryan)

Faça escolhas sábias na base dos princípios de Deus.