“DEUS, SOMENTE DEUS!”

“DEUS, SOMENTE DEUS!”

O personagem principal da Bíblia é Deus. O maior mandamento da Bíblia é amar a Deus. O mais alto privilégio que um homem pode ter é conhecer a Deus. Os homens, por outro lado, tendem a ficar preocupados com “religião”, mas raramente pensam naquele que deveria ser a fonte e a meta da religião. É impossível ressaltar demais a importância de conhecer a Deus. Jesus disse: “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste” (João 17:3). O conhecimento de Deus é o começo da sabedoria (Provérbios 9:10). Numerosos textos salientam a importância de conhecer a Deus: Oséias 4:1; 6:6; Jeremias 9:23-24; Colossenses 1:9-10; 1 Coríntios 15:34; 2 Tessalonicenses 1:7-8; etc.

Há limitações em nosso esforço para conhecer a Deus. Os homens não podem ver a face de Deus (Êxodo 33:18-23). Isto significa que o homem não somente não pode enxergar a aparência física de Deus, mas significa também que nesta vida jamais poderemos totalmente conhecer a Deus. “Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria, como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos e quão inescrutáveis os seus caminhos!” (Romanos 11:33). Nossas limitações, contudo, não deverão impedir-nos de conhecer a Deus o quanto pudermos.

Deus nos contou nas Escrituras suas muitas qualidades:

1. Deus é eterno. “Antes que os montes nascessem e se formassem a terra e o mundo, de eternidade a eternidade, tu és Deus” (Salmo 90:2). “Ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém” (Judas 25). É difícil até mesmo imaginar um ser que sempre existiu e sempre existirá, eterno e imutável. Tudo o mais teve um começo, terá um fim e sempre está mudando.

2. Deus tudo sabe. As perguntas de Deus a Jó, em Jó 38-39, mostraram a imensa diferença entre o entendimento dos homens e sua própria infinita sabedoria. Às vezes, a sabedoria de Deus é tão mais alta do que a nossa que, realmente, ela parece-nos loucura (1 Coríntios 1). Nestes casos é essencial confiar na sabedoria de Deus. Nós, como meras criaturas, não temos nenhum direito de desafiar a vontade de Deus.

3. Deus tem todo o poder. Ele é, freqüentemente, descrito como “Todo-poderoso”. Que grande e espantoso Deus! Deus impera sobre tudo. “Sabei que o Senhor é Deus: foi ele quem nos fez e dele somos; somos o seu povo, e rebanho do seu pastoreio” (Salmo 100:3). Esta é a razão mais fundamental para obedecer a Deus. Ele nos possui; ele tem o direito de mandar e imperar.

Deus revelou-se por suas ações. A própria criação mostra a grandeza e a magnificência de Deus. Nosso sol é um dos 100 bilhões de estrelas em nossa galáxia da Via Láctea. Há cerca de 100 bilhões de galáxias, de acordo com as estimativas recentes. Nossa galáxia tem a largura de cerca de 100 mil anos-luz. Um ano-luz mede cerca de 9 trilhões de quilômetros. A distância média entre galáxias vizinhas é de 10 milhões de anos-luz. A magnitude da criação está absolutamente além de nossa compreensão. A libertação, por Deus, de seu povo do Egito também o revelou. Quando Moisés e Arão se aproximaram, pela primeira vez, do Faraó, que era provavelmente o mais poderoso homem do mundo, com a ordem de Deus para que deixasse os israelitas saírem, ele reagiu com desprezo: “Quem é o Senhor para que lhe ouça eu a voz, e deixe ir a Israel?” (Êxodo 5:2). Deus respondeu à pergunta do Faraó com um curso em dez lições. Quando se completou a décima praga, os egípcios imploraram aos israelitas que saíssem. O poder do monarca da mais poderosa nação da terra era nada diante de Deus.

Deus nos deu retratos seus nas Escrituras. O livro de Êxodo, Isaías, Ezequiel, Daniel, Zacarias, e Apocalipse nos dão uma visão gloriosa de Deus. Jesus manifestou a glória de Deus  em Mateus 17. Se pelo menos pudéssemos ver Deus (não o podemos) conforme a Bíblia apresenta, com certeza  nossas vidas seriam profundamente afetadas.

Abramos nossas mentes para entender Deus e nossas vidas não serão a  mesma. Quem estuda e pensa em Deus adquiri a verdadeira forma de viver.

Anúncios

AOS MESTRES…

AOS MESTRES…
Os mestres (professor e professora) são os maiores líderes da história, porque na rotina da sala aula, no anonimato, fizeram a diferença. Esses (alguns anônimos) através do ensino, conseguiram influenciar vidas, despertando habilidades e vocações. Foram vozes silenciosas para os que não acreditavam em ninguém e nem e si mesmos. Mas através de sua perseverança, apontaram o caminho do saber aos alunos e não descansaram até que esses aprendessem seus conteúdos e sobre vida.

O melhor a se dizer dos professores não é necessariamente, ainda que importe, as disciplinas que deram, mas as pessoas que foram. Por vezes agiram como amigos(as), pais e mães, e competentes terapeutas. Através de seus conteúdos de ensino incentivaram e transformaram vidas. E vidas, não tem preço; vidas é paixão! É por isso que alguns não desistiram mesmo em meio a insignificância de seus salários e o não reconhecimento de seu árduo trabalho, porque entendiam que não estão numa função, mas numa missão.

Cito aqui, o exemplo e minha gratidão a professora (que não recordo o nome) que foi até a minha casa e insistiu para que fizesse as provas de recuperação (eu queria para de estudar para trabalhar) quando ainda estava no 8a série do antigo “primeiro grau”. Graças a ela, dei um salto para o antigo “segundo grau” e muita coisa mudou na minha vida por essa professora anônima. Quem faria isso? Apenas alguém comprometido com o que sabe que é e que faz.

A todos os mestres minha gratidão por sua forte influência. Vocês conseguiram com se ensino, exemplo, propósito, criatividade e objetivo, entrelaçar conceitos que equilibram a “cabeça” e o “coração”, o “conteúdo” e o “caráter”, “ o “currículo” e o “compromisso”, o “ensino” e a “essência”. A Deus toda glória pela vida de vocês. Sigam adiante!

FALTAM HOMENS…

FALTAM HOMENS…

Faltam homens! Homens que vão adiante em seus lares, que sustentam suas famílias e que as trazem para o Senhor. Faltam homens que amem suas esposas, que dizem que amam, que demostram que amam; que cuidem delas, que tem um coração para ouvir suas necessidades, que suportem em seu momentos de lutas, de TPM e dos afazeres e responsabilidade no lar e com os filhos. Homens que não as

troquem por outra mais nova, mais experiente; que não vivem conduzidos por um affair na internet, nos chat de bate-papo ou num cafezinho do trabalho. Faltam homens que diga não a um “caso”, que voltem para casa. Faltam homens que peitem seus patrões, empregos, que os tiram do convívio da família.

Faltam homens que se preocupam com seus filhos, que os ensinam, que os corrijam, que aponte os caminhos da vida, que não os troque pelo trabalho, pelos amigos, pelos esportes, pela internet, pela “malhação.” Faltam homens que amem seus filhos e os veja como jóias preciosas. Faltam homens que vejam além de seus filhos, mas uma geração que vive os princípios e os valores de Deus.

Faltam homens, pelo simples fato de que está faltando MAIS DE DEUS NOS HOMENS. Homens que tenham uma vida regular de leitura, estudo, meditação na Palavra de Deus e oração. Homens que buscam o Senhor e seus princípios em primeiro lugar. Homens que colocam seu amor centrado em Deus e o amem acima de tudo. Homens que diz com convicção: “primeiro Tua vontade e Teu reino, depois a minha.” Faltam homens, porque faltam mais de Deus nos homens. E porque faltam homens tudo vira um caos.

Mas hoje tudo pode mudar! Homens, arrependam-se humildemente diante do Senhor e digam: “Ó Deus, perdoe-me, quero viver o que o Senhor tem para mim como homem, esposo, pai e cidadão. Ajuda-me e usa-me”!

FALTAM MULHERES…

FALTAM MULHERES…

Faltam mulheres! Mulheres que sabem quem são; cuja identidade não é estabelecida pela nome da família, pela graduação acadêmica, pelo diploma vida independente, pela carreira profissional.

Faltam mulheres, aquelas que não se sentem inferiorizadas e nem se vêem como “Amélias” porque prepara uma refeição, higieniza a casa e as roupas, e dá todo tipo de suporte para o marido e os filhos, porque aquelas estão dispostas a compartilhar mais e competir menos.

Faltam mulheres esposas. Aquelas que são companheiras, apoiadoras, encorajadoras, amigas…amantes. Aquelas que se alegram com seu esposo; que reconhece a ele é dado a responsabilidade diante de Deus de responder de forma pública pela família e por isso se submete sem sentir subserviente, tola ou “escrava”.

Faltam mulheres que coloquem correta e sabiamente suas palavras; falam e não falam na hora certa, com sabedoria e com amor, porque entendem que suas palavras são poderosas como a força muscular masculina.

Faltam mulheres que não espelham no padrão da amiga, da irmã, da vizinha ou de qualquer outra mulher; aquelas que não se escraviza na busca do “corpo perfeito”, mas cuida de sua saúde e se faz-se mais bonita, não para ser vista por outros homens, mas porque quer voluntariamente agradar seu marido.

Faltam mulheres mães. Cujos filhos não são empecilhos para as ambições pessoais, mas uma oportunidade de ser mais serva, mais humilde, mais sábia, mais cheia de valores; aquelas que enxergam seus filhos como presentes de Deus e, em parceria com Ele, os prepara para viver a vida para Sua glória.

Faltam mulheres que sejam mais “mulheres de Deus”. Que amam profundamente ao Senhor; que fazem da Palavra de Deus seu guia único e último; que não controlam seu maridos e nem manipulam seus filhos e ninguém, porque tem na oração a oportunidade entregar os seus anseios e desejos, confiando plenamente no Senhor.

Mulheres: mudem hoje seus corações e comportamento! Arrependam-se diante do Senhor e disponham-se a pautar suas vidas nos princípios eterno de Deus para uma mulher. A alegria, a paz e o descanso serão os resultados divino dessa decisão.

AOS QUE ESTÃO FORA DA IGREJA…

AOS QUE ESTÃO FORA DA IGREJA…

Sem dúvida a igreja (organizacional) machuca, mas a mesma igreja (organismo) cura. Não coloque todas as igrejas no “mesmo saco”; não generalize igrejas, líderes e pastores. Há sempre um “remanescente fiel”; há líderes sérios e por isso há também igrejas sérias. Ore e Deus lhe mostrará. Não fique fora do CORPO DE CRISTO. A igreja é como a ARCA DE NOÉ…pode estar fedendo dentro, mas há proteção e graça; lá fora há um dilúvio punitivo e uma vida “sem graça”.

DEFINIÇÕES IMPORTANTES…

DEFINIÇÕES IMPORTANTES…

PREOCUPAR é ocupar fortemente a alma, inquietando-se e afligindo-se com cuidados sobre pessoas, circunstãncias e qualquer outra coisa que não se tem controle.

CONTENTAR-SE é a atitude de manter-se satisfeito e feliz com o que é e o que se tem.

ORAR é falar livremente com Deus, como pai, contando tudo o que o incomoda e alegra a alma.

OS PRINCIPAIS PERIGOS DESSE MUNDO…

OS PRINCIPAIS PERIGOS DESSE MUNDO…

MATERIALISMO O que mais importa é o dinheiro. Materialistas mede o seu sucesso pela riqueza. Lucas 12:15 diz: “A vida não consiste na abundância de bens”

HEDONISMO O que é bom é bom. Para o hedonista, o prazer é o seu deus. Seu objetivo na vida é conforto e diversão. Mas a felicidade não é o objetivo da vida, a felicidade é um subproduto de uma vida com obje

tivo. Santidade cria felicidade.

INDIVIDUALISMO: O que eu quero vem em primeiro lugar. Mas Deus não criou você para viver para você. Se você quiser seguir a Jesus, você tem que deixar de lado sua ambição egoísta.

RELATIVISMO: O que é errado pra você, não é errado para mim. O que você chama de “pecado” é um conceito pessoal seu e de sua religião. Você pode fazer qualquer coisa, contado que não prejudique outro. Essa é uma conversa e frases prontas de alguém que não estabelece o padrão de Deus, baseado em Sua Palavra em sua vida. O pecado destrói a fina pele da consciência, enfraquece os valores e gera o caos moral. Sem um padrão regulador e absoluto o mal cresce e floresce.

SOCIALISMO: O governo deve controlar tudo. Deus não é um anarquista, tudo deve ser feito em ordem. Eu devo ser cidadão responsável, mas eu não devo dar o governo minha vida a ninguém. Minha maior lealdade é para com Deus, e não para com o governo.

Qual é o resultado dessas visões de mundo? O desmoronamento da nossa cultura, crises em nossas escolas, em nossos negócios, aumento da corrupção, caos em nosso governo, carnalidade em nossas igrejas, uma confusão em nossas famílias, e os conflitos em nossas vidas pessoais. A única segurança é manter os olhos firmes e fixos na eterna Palavra de Deus e em seus imutáveis princípios.