ONDE ESTÁ DEUS EM MEUS SOFRIMENTOS?

Enquanto você viver, as provações farão parte de sua vida. Diante de seus dias difíceis, quando o medo e a ansiedade lhe abater, sua tendência natural será duvidar e pergunta: Onde está Deus?

O apóstolo Pedro escreveu sua primeira carta para ensinar os cristãos a como responder ao sofrimento. Em 1 Pedro 1.3,6-7 ele escreve: “Louvemos ao Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo! Por causa da sua grande misericórdia, ele nos deu uma nova vida pela ressurreição de Jesus Cristo…Alegrem-se por isso, se bem que agora é possível que vocês fiquem tristes por algum tempo, por causa dos muitos tipos de provações que vocês estão sofrendo. Essas provações são para mostrar que a fé que vocês têm é verdadeira…”

Vivemos num mundo amaldiçoado pelo pecado e por isso enfrentamos a maldade das pessoas, as desavenças, perseguições físicas e morais, as doenças, a morte etc. Mas nada disso deve apagar nossa esperança em Deus. É nEle que recebemos ânimo, conforto, paz e força.

Jesus foi o maior exemplo de alguém que recebeu dores e sofrimentos nesse mundo. Ele reagiu corretamente a todas elas. Em João 16.33, Ele ensinou sobre o que fazer diante suas provações: “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”

Hoje e agora Deus conhece sua dor. Por isso você precisa decidir ficar mais próximo a Ele. Decida derramar seu coração diante dEle em oração. Decida confiar que Ele vê, sabe, se importa e lhe socorrerá a Seu tempo. Viva por fé.

Se hoje você perguntar: “onde está Deus?” Lembre-se da resposta que o Salmos 34.18 dá: “Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito oprimido.”

——————–

Para ouvir esse conteúdo, click no link abaixo:

CRENDO NO TESTEMUNHO DE DEUS

1 João 5.10 afirma: “Aquele que crê no Filho de Deus tem, em si, o testemunho. Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca do seu Filho.”

Segundo o apóstolo João, Deus é feito mentiroso quando alguém não crê no testemunho que Ele dá sobre Jesus. Manter-se incrédulo com respeito a Jesus – Sua pessoa e obra – não é algo espiritualmente insignificante, antes é acusar Deus de mentiroso; é pecar por blasfêmia.

Deus testemunhou sobre Jesus quando de Sua vinda ao mundo; Sua encarnação. Em Mateus 1.21, um anjo enviado por Deus, avisou José para receber a Maria como sua esposa. O anjo disse: “Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles.” No batismo de Jesus, em Mateus 3.17, o Pai declarou: “…Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo.” Na transfiguração, em Mateus 17.5, o Pai também testemunhou: “…Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; a ele ouvi.”

Alguém diria: “quem seria louco em não crer em Jesus?” Isso depende do que as pessoas entendem por “crer”. “Crer”para João não é uma aceitação mental. “Crer em Jesus” significa entender seus pecados, arrepender-se deles, confiando plena e unicamente na pessoa e na obra de Jesus na cruz e entregando-se a Ele como Senhor e Salvador.

Jesus é Deus. Ele se tornou homem. Ele provou ser o Salvador por sua obra na cruz do Calvário. Ele morreu. Ele foi sepultado e ressuscitou dos mortos. Ele voltou para o Pai e voltará.

Assim sendo, Deus espera que você creia no testemunho que Ele dá acerca do Senhor Jesus, Seu Filho Amado. Recusar em crer é chamar Deus de mentiroso. É sempre bom lembrar que nunca há esperança espiritual para qualquer incrédulo ou blasfemo.

———————–
Para ouvir esse conteúdo, click no link abaixo:

REORGANIZE OS PENSAMENTOS

Há certos dias que ao acordarmos somos tomados por uma sensação de desânimo, que naturalmente produz sentimentos de dúvidas e incapacidade.

A sensação por vezes é tão forte que chega a nos paralisar. Nossos pensamentos, então se levantam contra nós e os próprios sentimentos respondem de forma negativa.

Quando esse dia chega não podemos ficar inertes e nos entregarmos. É preciso fazer algo. A maneira mais eficaz de agir é reorganizando os pensamentos.

Reorganizar os pensamentos é uma ferramenta poderosa contra as dúvidas e o desânimo. Paulo sabia disso e afirmou o seguinte em Filipenses 4.8: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.”

Assim sendo, não permita que as mentiras tomem espaço em sua mente. Deixe sua mente ser absorvida pelas verdades da Palavra de Deus.

De forma prática: volte-se novamente para a leitura e a meditação da Palavra de Deus; ouça louvores; ore ao Senhor e converse com alguém sobre verdades espirituais.

Não se torne refém de pensamentos errados e mentirosos. Reaja! Encare as realidades duras e boas da vida com fé no Senhor. Lembre-se da grande verdade de Romanos 8.31: “…Se Deus é por nós, quem será contra nós?”

Aprenda a pensar de forma saudável. Reorganize seus pensamentos.

———————–

Para ouvir esse conteúdo, acesse o link abaixo:

https://www.spreaker.com/user/rnavesamorim/reorganize-os-pensamentos

LIDERANÇA FRACA

Nos capítulos 24 a 32 de Êxodo, Moisés subiu ao Monte Sinai para receber de Deus a Lei e ali ficou por quarenta dias. Ao ir ao encontro do Senhor, Moisés deixou seu irmão Arão na liderança espiritual de Israel.

Moisés ao regressar do Monte Sinai ouviu cantos de festa no arraial e a adoração a um bezerro de ouro. O resumo da situação espiritual é bem descrito em Êxodo 32.25: “Moisés viu que o povo estava sem controle, pois Arão o tinha deixado à solta para vergonha no meio dos seus inimigos.”

Quando os líderes são fracos, covardes, medrosos, vacilantes e incoerentes, o caos impera, e Arão é um exemplo desse tipo de líder.

Esse episódio nos ensina que a estabilidade de um lar, de uma igreja, de um país ou de qualquer outra instituição, depende de uma liderança obediente, temente e cheia de valores de Deus, aliada a sabedoria, prudência e sensatez.

Como hoje você se avalia como líder? Há algum questão em sua vida pessoal, familiar, profissional e vocacional que você diria que está faltando um posicionamento mais firme e coerente da sua parte?

Não seja como Arão. Não permita que o caos impere. Não fique inerte diante dos problemas. Tome uma decisão séria e firme para o bem de sua própria vida, lar, instituição etc.

Seja uma sólida segurança para o bem daqueles a quem você lidera e um bom líder para a glória de Deus.

———————

Para ouvir esse conteúdo, acesse o link abaixo:

https://www.spreaker.com/user/rnavesamorim/lideranca-fraca

PRONTIDÃO PARA DEUS

Em Isaías 6.1-7, após uma profunda visão e experiência com Deus, o profeta viu sua realidade espiritual e seus pecados e foi então comissionado pelo próprio Deus e prontamente respondeu no versículo 8, dizendo: “…Eis-me aqui, envia-me a mim.”

Ao se prontificar para Deus, o profeta Isaías se dispôs a ser um instrumento dEle para conduzir o povo de Israel a uma vida de obediência e seriedade espiritual. Assim, sua prontidão abençoaria a vida de muitos.

A prontidão do profeta em se oferecer a Deus e à Sua obra sem qualquer hesitação deve nos lembrar de que não devemos viver a vida apenas pela vida. Deus espera que entendamos quem Ele é, e assim ofereçamos nossos dons, talentos, habilidades, capacidades, recursos, e oportunidades para que outros se relacionem com Ele, e nEle encontrem uma vida plena, realizada e cheia de propósitos.

Assim sendo, como Isaías, prontifique-se também para Deus. Disponha-se primeiramente a conhecê-Lo. Leia e estude a Bíblia, a Sua Palavra. Por ela, Ele falará com você. Por ela também você terá a oportunidade de realmente se ver. Ela é o espelho que lhe mostra a sua verdadeira identidade. Assim, tendo se visto, diga a Ele também: “Eis-me aqui; envia-me a mim.”

Muitas vidas esperam para serem tocadas e transformadas. Porém, isso somente ocorre quando alguém de coração se dispõem e se prontifica a ser esse instrumento nas mãos de Deus. Que esse “alguém” seja você!

——————–
Para ouvir esse conteúdo, acesse o link abaixo:

https://www.spreaker.com/user/rnavesamorim/prontidao-para-deus

O VALOR DA VIDA

Em Êxodo 30.12, Deus ordenou que Moisés falasse ao povo: “…cada um deles dará ao Senhor o resgate de si próprio.”

O contexto da passagem diz respeito ao tributo que cada pessoa deveria pagar por sua vida. O rico em Israel não pagaria a mais e nem o pobre menos porque a alma do rico e a do pobre são igualmente preciosas para Deus.

As pessoas têm igual valor diante do Senhor. Ele se interessa por elas e não as qualifica pela cor da pele, estatura, local de nascimento, cultura, capacidade financeira e intelectual, beleza, etc. Deus se interessa por vidas e por mais nada.

Nada é mais importante para Deus do que a vida. Pela vida, Deus desceu dos céus em Jesus, Ele tornou-se um homem, morreu na cruz para salvar do pecado os pecadores, e agora chama todos ao arrependimento e à reconciliação com Ele.

Sendo assim, não despreze a ninguém e nem faça acepção de pessoas. Aprenda a valorizar a vida das pessoas porque Deus dá valor a cada uma delas. Busque amá-las e servi-las.

Por outro lado, entenda também que você tem grande valor diante de Deus. Sua vida pertence a Ele. Você não pode gastar sua vida da forma que acha e pensa. Dedique antes sua vida a Ele para que em você seja feito a perfeita vontade
dEle. Seja grato a Ele pelo que você tem e se tornou.

Se Deus considera que a vida é o mais importante, aprenda então a valorizá-la também. Seja grato pela sua vida e a use com sabedoria e discernimento. Defenda também o bem físico, social, emocional, moral e espiritual de todas as pessoas.

———————
Para ouvir esse conteúdo, acesse o link abaixo:

https://www.spreaker.com/user/rnavesamorim/o-valor-da-vida