AVALIAÇÕES E PROPOSTAS PARA O PRÓXIMO ANO

Um novo ano está chegando e esse momento torna-se sempre uma oportunidade para avaliações e para novas propostas de vida. Avaliações e propostas para um novo ano devem sempre levar em conta as prioridades de Deus. Jesus afirmou em Mateus 6.33: “Mas busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas lhes serão acrescentadas”. Paulo também declarou em Colossenses 3.1: “Busquem as coisas lá do alto, onde Cristo vive, assentado à direita de Deus. Pensem nas coisas lá do alto, e não nas que são aqui da terra”.

Esses textos deixam claro que não se pode colocar em primeiro lugar a vida e as coisas desta vida como prioridade. Qualquer avaliação e proposta devem começar com Deus, Sua vontade, Seus objetivos, Seu reino e Seus interesses.

Por isso, um “Feliz Ano Novo” não é algo mágico; ele é construído. E, ele é construído a partir das prioridades de Deus. Você foi criado por Ele e para Ele. Ele planejou que sua vida, casamento, filhos, trabalho, habilidades, capacidades e interesses sejam um meio e não um fim em sua vida. Toda a sua vida precisa primeiramente glorificá-Lo e estar centrada nEle. Paulo declarou em Romanos 11.36: “Porque dELE, por meio dEle, e para Ele são todas as coisas. A Ele seja a glória para sempre”. Ele resumiu a realidade da vida ao dizer em 1 Coríntios 10.31: “Portanto, se vocês comem, ou bebem ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus”.

O segredo de um “Feliz 2021” não é focar em si mesmo, antes é priorizar a Deus. Se você assim o fizer, seu parâmetro de avaliação será diferente e sua vida será transformada, não somente em 2021, mas em todos os próximos anos.

——————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42721153

POSICIONAMENTO

Paulo escreveu em Romanos 12.2: “E não vivam conforme os padrões deste mundo, mas deixem que Deus os transforme pela renovação da mente, para que possam experimentar qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus”.

No texto, Paulo apresenta duas ordens. A primeira é: “…não vivam conforme os padrões deste mundo”. A segunda é: “…deixem que Deus os transforme pela renovação da mente…” Paulo escreve aos seguidores de Jesus na cidade de Roma. Ele deixa claro que, como seguidores de Jesus, eles não devem mais basear sua vida no esquema do mundo, o qual tem propósitos, desejos, interesses, hábitos e estilos contrários a Deus. Antes, eles devem ser governados e moldados pelas instruções, leis, normas, objetivos e verdades da Palavra de Deus, deixando-se formar por princípios diferentes do mundo, tendo como modelo e alvo final o próprio Senhor Jesus.

Essas verdades ensinadas por Paulo continuam em plena validade para cada seguidor de Jesus. Você não pode dizer-se de Jesus e continuar amando e se deleitando com o sistema deste mundo. Tiago 4.4 afirma claramente: “Vocês não sabem que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Aquele, pois, que quiser ser amigo do mundo se torna inimigo de Deus”. É preciso que você se posicione e se deixe ser transformado em sua mente, por meio da Palavra de Deus, para que você seja o que Deus quer, a fim de que você experimente “a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” em sua vida.

Um ano diferente não é algo mágico. Sua vida não mudará após o primeiro segundo do próximo ano. Um ano diferente inclui atitudes diferentes. Atitudes diferentes incluem definir as prioridades. As prioridades de um seguidor de Jesus incluem se comprometer e se posicionar num relacionamento sério com Deus em todos os dias.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42710646

É TEMPO DE AGRADECER

Todos reconhecemos que 2020 foi um ano diferente e difícil. Diferente porque o mundo inteiro tornou-se refém de uma pandemia. Difícil porque a pandemia adoentou e ceifou milhões de vidas.

Diante de uma pandemia que acumulou tantas tragédias, a tendência natural e errada é se amargar, reclamar e blasfemar contra Deus. Mas o sábio a fazer é parar a vida, refletir e agradecer ao Senhor por tantas coisas boas. Chegar vivo e com saúde no final desse ano deve ser motivo de grande gratidão.

Gratidão é a humilde e nobre qualidade do ser humano, que faz com que ele – mesmo em situações desagradáveis e as quais não tem controle – reconheça a soberania do Senhor sobre tudo. A pessoa grata reconhece o Senhor e Suas imerecidas bênçãos.

Com um coração grato, o salmista faz um tremendo convite a todos nós nos Salmos 95.1-7: “Venham, vamos cantar ao Senhor! Vamos aclamar a Rocha de nossa salvação. Vamos chegar diante dele com ações de graças e cantar a ele salmos de louvor. Pois o Senhor é o grande Deus, o grande Rei acima de todos os deuses. Em suas mãos estão as profundezas da terra, a ele pertencem os mais altos montes. O mar é dele, pois ele o criou; suas mãos formaram a terra firme. Venham, vamos adorar e nos prostrar, vamos nos ajoelhar diante do Senhor, nosso Criador, pois ele é o nosso Deus…”

Sempre é tempo de agradecer. Não termine 2020 com um coração amargo; reflita sobre as bênçãos do Senhor e O agradeça. Mesmo diante de possíveis dores, aceite o convite do salmista e disponha-se a agradecer, louvar, honrar e adorar ao Senhor.

É tempo de agradecer. Por isso, faça da gratidão ao Senhor um estilo de vida para 2021.

————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42695961

A RESPOSTA AO NATAL

Mateus 2.1-2,11, declara: “Tendo Jesus nascido em Belém da Judeia, nos dias do rei Herodes, eis que vieram uns magos do Oriente a Jerusalém. E perguntavam: — Onde está o recém-nascido Rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no Oriente e viemos para adorá-lo… Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra”.

O Novo Testamento não nos ensina nada sobre a identidade dos magos. O que podemos saber é que eles vieram do Oriente. O importante é entendermos que esses homens foram guiados por uma estrela e vieram a Jesus, e quando O viram, O adoraram.

Os magos são um dos mistérios fascinantes da história do Natal. Eles não estavam entre o povo escolhido de Deus, os judeus, mas sua sabedoria excedia a dos líderes religiosos da época.

Os sábios buscaram diligentemente por Jesus e se curvaram diante dEle em adoração reverente, oferecendo-Lhe os melhores presentes que possuíam: ouro, tradicionalmente associado à realeza; o incenso, que era usado na adoração e representa a divindade; e a mirra, que era usada no embalsamento; uma imagem futura do sofrimento e morte de Jesus.

Como os magos, você também está buscando algo para sua vida que certamente não está em uma religião, mas em uma pessoa: Jesus. Se você também O procurar, Deus o conduzirá a Ele.

Quando você encontra Jesus, sua vida torna-se completa. Nada será mais importante do que Ele; Ele será o centro de sua vida, e a sua resposta − de um Natal a outro Natal − será adorá-Lo e honrá-Lo com tudo o que você é, tem ou se tornou.

Jesus é o Natal! Sua busca acaba nEle. Se você, como os magos, O encontrar, sua resposta também a Ele será a plena adoração.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42638019

O “EMANUEL” DO NATAL

No evangelho de Mateus Jesus é chamado de “Emanuel”. Mateus 1.22-23 afirma: “Tudo

isso aconteceu para que se cumprisse o que o Senhor dissera pelo profeta: ‘A virgem ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe chamarão Emanuel que significa ‘Deus

conosco’”.

O termo “Emanuel” vem de Isaías 7.14. Mateus queria mostrar que a concepção de Maria não era algo novo, antes havia sido predita pelo profeta Isaías. Assim, quando a concepção de Jesus foi anunciada a José, o anjo disse-lhe que nasceria um filho que se chamaria Emanuel – “Deus conosco”.

“Emanuel” não é um nome de Jesus, mas um título. Esse título se refere tanto à Sua divindade quanto à Sua identificação e proximidade com o homem. “Emanuel” revela o quão baixo Deus se curvou para salvar o homem. Jesus apropriou-se da natureza humana, aceitando as fraquezas, fragilidades e dependência que a criatura experimenta.

Jesus, então é o “Emanuel” do Natal. Ele não é uma revelação parcial de “Deus conosco”; Ele é Deus conosco em toda a Sua plenitude. Paulo afirmou em Colossenses 2.9: “Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade”.

Assim, Jesus tornou-se um homem e Se identificou com você. Ele deixou as glórias do céu e assumiu a forma de um servo para que você pudesse ser salvo de seus pecados. Ele veio também para se identificar com você em suas lutas diárias. Ele vem para estar presente, orientar, confortar, iluminar e proteger em todos os momentos da sua vida.

Se Jesus é o seu “Emanuel”, então você está plenamente seguro e em paz. Se Jesus é o seu “Emanuel” neste Natal se cumprirá em você a profecia de Isaías 43.2: “Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão”.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42617798

O SIGNIFICADO DO “NATAL”

A palavra “Natal” significa “nascimento”. O “Natal” como evento simboliza o “nascimento de Jesus”.

Na Bíblia, os detalhes do nascimento de Jesus são relatados nos livros de Mateus e Lucas. Mateus 1.18 declara que Maria “…se achou grávida pelo Espírito Santo”. Em Lucas 1.35, o anjo Gabriel diz a Maria: “O Espírito Santo virá sobre você, e o poder do Altíssimo a envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente santo que há de nascer será chamado Filho de Deus”.

Por que Jesus teria que ser concebido pelo Espírito Santo? Em Mateus 1.21, o anjo ordenou que Maria colocasse o nome de Jesus na criança e explica: “…porque ele salvará o seu povo dos pecados deles”. Essas palavras deixam entendida a missão de Jesus: Ele viria ao mundo para salvar pecadores de seus pecados.

Natal, então, é o fato de que Jesus, sendo Deus; sendo o “Filho de Deus”, “santo” e sem pecado, veio ao mundo, tornou-se um homem como nós, para nos salvar de nossos pecados.

Jesus mesmo declarou a mensagem de Natal, em João 3.16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.

Jesus cumpriu sua missão 33 anos depois de seu nascimento, quando entregou a Sua vida na cruz. Ele confirmou ser o Salvador por Sua gloriosa ressurreição.

Hoje, Deus espera que você se arrependa de seus pecados, creia e declare Jesus como seu Senhor e Salvador. Ao agir assim, O Espírito Santo transformará a sua vida e você receberá a vida eterna.

O significado do “Natal” é: O Deus Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42600867

NESTE NATAL…

O Natal está chegando, e neste Natal você volta a admirar a beleza e o encanto que ele nos traz, como também você tem a oportunidade para refletir e decidir sobre as grandes e transformadoras verdades espirituais que o Natal trás.

Neste Natal você tem novamente a oportunidade de meditar sobre o amor de Deus, quando Ele enviou ao mundo Jesus, o Seu Filho Amado, para lhe proporcionar salvação eterna, se você nEle crer. Jesus afirmou, em João 3.16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”.

Neste Natal, renova-se a oportunidade para que você decida fazer das prioridades de Deus a sua própria prioridade e obedecer ao ensino do Senhor Jesus em Mateus 6.33: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e as demais coisas serão acrescentadas”.

Neste Natal, você pode decidir fazer de Jesus o seu “Emanuel”, − “Deus conosco” −, e confiar que Ele estará presente com você todos os dias de sua vida; fazer dEle também o seu “Maravilhoso Conselheiro” que o guiará em tudo; fazer dEle o seu “Deus Forte” que estará ao seu lado, protegendo-o; fazer ainda dEle o seu “Pai da Eternidade” que cuidará de você em cada necessidade, também fazer dEle o seu “Príncipe da Paz” que lhe dará a Sua paz diante das suas lutas, dores e aflições.

Neste Natal descanse na verdade de que o Senhor Jesus é o mesmo ontem, hoje e sempre, e por isso você pode manter-se confiante quanto ao futuro e viver calmo, em paz, tranquilo e plenamente seguro no presente.

Neste Natal, tudo pode ser diferente se você receber a Jesus em seu coração. Ele continua sendo o presente de Deus a você.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42584918

CORAGEM!

No dia a dia da vida enfrentamos lutas. Algumas delas chegaram em segundos e outras já perduram por tempo.

Para lidar com os reveses da vida precisamos mais do que a nossa capacidade. Precisamos de esperança, ânimo, força, sabedoria e paz que vêm do Senhor. Acima de tudo, precisamos também de muita firmeza e coragem nEle.

Há mais de 3400 anos, Deus falou a Josué. Ele estava prestes a conduzir o povo de Deus à terra prometida. Ele tinha motivos de sobra para temer. Ele recebera de Deus uma enorme tarefa e estava bem ciente dos perigos. Diante de suas grandes responsabilidades, Deus lhe encoraja, em Josué 1.9: “…Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares”.

Talvez hoje, diante de seus problemas, você também esteja temendo algo. Mas você, como Josué, não pode desesperar ou se preocupar excessivamente. Você também é chamado apenas a viver o dia de hoje, os problemas e alegrias de hoje e os desafios de hoje, esperando no Senhor. Jesus diz em Mateus 6.34: “…basta ao dia o seu próprio mal”.

Deus soberanamente sabe o que acontecerá. Ele está no controle. Cabe a você manter-se forte e cheio de coragem nEle; descansando e confiando nEle, e dependendo dEle. Ele sempre promete a você a Sua presença em todos os momentos da vida.

Se você tem a promessa de que Deus está com você, então você não precisa temer nada. A presença dEle em sua vida garante que você pode crer e viver em paz independentemente das circunstâncias.

Coragem! Enfrente todas as suas lutas e problemas confiando no Senhor!

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42540672

OLHE PARA DEUS

Em Atos 7.55,56, lemos: “Mas Estêvão, cheio do Espírito Santo, levantou os olhos para o céu e viu a glória de Deus, e Jesus em pé, à direita de Deus, e disse: ‘Vejo os céus abertos e o Filho do homem em pé, à direita de Deus’”.

Estêvão, em sua vida, passou por uma grande tragédia que o levou à morte. Por causa de sua fé em Cristo, ele deu um poderoso testemunho a respeito dEle. Por causa dessa atitude, ele foi apedrejado e, enquanto era alvo de seus inimigos, ao invés de recuar ou se desesperar, o texto diz que ele “levantou os olhos para o céu…”

Diante de sua tragédia, Estevão não se rebelou contra Deus, nem confundiu seus problemas com a fé nEle. Ao elevar seus olhos aos céus, ele viu o próprio Deus, e isso bastou.

A vida reserva dissabores os quais podem lhe entristecer ou desorientar. As lutas da vida podem conduzir erradamente seus olhos para você mesmo, produzindo culpa; podem fazer com que você olhe para os outros, produzindo rancor; podem levar você a olhar as circunstâncias e isso pode produzir desespero. Olhos baixos ou na horizontal não produzem esperança, por isso você precisa olhar para o alto; olhar para Deus.

Não insista em tirar os olhos do Senhor, fazê-lo é desistir da esperança. A ordem de Paulo em Colossenses 3.2 é: “Mantenham o pensamento nas coisas do alto, e não nas coisas terrenas”.

Você nem sempre terá respostas imediatas aos problemas de sua vida. O sábio a fazer é você andar por fé, olhando para cima, confiando e focando no Senhor soberano que é sempre cheio de amor, graça e misericórdia.

Quando tudo desabar em sua vida, olhe certo; olhe para Deus.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42523812

BOAS ESCOLHAS

Comumente temos a tendência de escolher errado. Escolhemos errado por vivermos fora dos propósitos de Deus. E não é à toa que a vida se torna difícil pois, se corrermos atrás de coisas que não têm valor eterno, seremos os primeiros a ser prejudicados.

Em Jesus vemos a face de Deus e o padrão de Deus para o ser humano. Queremos glória, mas Ele escolheu se humilhar; queremos ser “Deus”, Ele escolheu ser homem; queremos o prazer egoísta, Ele escolheu o sofrimento; queremos o poder, Ele escolheu servir; queremos o controle, Ele escolheu a entrega. Jesus fez escolhas boas e diferentes das nossas.

O que estamos escolhendo?

Paulo em Filipenses 3.7 fez uma escolha. Ele diz: “Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo”. Havia muito lucro em sua religiosidade, capacidade e oportunidades. Mas Paulo disse “não”, por causa de Jesus. Ele fez uma certa e boa escolha.

Na verdade, nossas escolhas revelam nossos valores e moldam nosso caráter. Nossas escolhas mostram o quanto Deus e seus princípios são realmente importantes para nós ou não. A beleza das roupas, das palavras, da postura, do conhecimento é nada diante de Deus, quando Ele próprio não é a escolha e o valor supremo de nossa vida.

Por isso, faça suas escolhas pelo padrão de Deus. Pode ser difícil, duro e até inadequado para a sociedade ou para os amigos, mas o importante é fazer escolhas que agradem a Deus.

Andar com uma consciência limpa e fazer o que é certo é um descanso para a alma. E quem faz boas escolhas, acerta na vida.

As boas escolhas não têm preço. Por isso, acerte nas suas escolhas.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42505290