ATITUDES PARA 2019

Nada muda se você não tiver atitudes corretas. 2019 só será diferente se você decidir investir no que é preciso e fugir daquilo que lhe prejudica.

Se você quiser ver uma diferença significativa no final de Dezembro de 2019, algumas atitudes precisam fazer parte do “cardápio” da sua vida a partir de hoje.

EM 2019, DÊ PRIORIDADE PARA DEUS.

A ordem clara de Jesus em Mateus 6.33 é: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Sua vida não engrena sem Deus. Ele quer ser prioridade em seu viver. 2019 será diferente se você buscar a Deus e aos Seus interesses em primeiro lugar em sua vida. Que em 2019 você obedeça mais a Ele e se submeta totalmente à Sua vontade.

EM 2019, AME MAIS AS PESSOAS.

A Bíblia ensina em Romanos 13.9: “…Se há qualquer outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.”

Que em 2019 você decida amar mais seu cônjuge, seus filhos, seus parentes e seus amigos. Invista seu tempo, bens e recursos neles. Em 2019 decida amar mais as pessoas.

EM 2019, SEJA MAIS RESPONSÁVEL.

Provérbios 27.12 diz: “O prudente vê o mal e esconde-se…” Muita gente sofre hoje por não ter levado a sério sua vida espiritual, saúde, família, negócios, dinheiro, etc. Em 2019 encare com mais seriedade sua vida. Seja o piloto dela; seja mais responsável em tudo.

Lembre-se: sua vida não muda pelo passar de um ano para outro. Você muda quando suas atitudes mudam. Quando você decidir andar seriamente com Deus, amando as pessoas e sendo responsável consigo mesmo, então, sua vida realmente mudará e você será feliz.

Por isso, avalie e mude hoje suas atitudes.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16594630

PLANEJANDO A VIDA

Algumas pessoas passam parte do final de ano planejando o próximo ano. Criam-se então, metas, planilhas, resoluções, etc. Estatisticamente, apenas 8% das pessoas realmente cumprem os planejamentos e metas para o próximo ano.

A Bíblia nos ensina a planejar a vida. Provérbios 16.1a: “O coração do homem pode fazer planos…” É sábio planejar. Não podemos ser imprudentes ou irresponsáveis em áreas estratégicas da vida. Mas é preciso também ter equilíbrio. Quando planejamos, estamos focando no futuro, e esse, na verdade, não nos pertence. Planejar a vida não deve significar, controlá-la.

A Bíblia nos ensina sempre a planejar a vida na total dependência de Deus. Provérbios 16.3 declara: “Confia ao SENHOR as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos.” Nossa tendência natural é acreditarmos no poder do planejamento e na eficácia da meta. Mas Provérbios 16.9 nos exorta: “O coração do homem traça o seu caminho, mas o SENHOR lhe dirige os passos.”

Planeje sua vida, mas renda cada área dela ao Senhor. Reconheça diante dEle sua limitação e propensão ao erro. Provérbios 16.33 afirma: “A sorte é lançada no colo, mas a decisão vem do Senhor.”

Ao planejar sua vida esteja atento ao ensino de Tiago 4.13-15, que diz: “Ouçam agora, vocês que dizem: Hoje ou amanhã iremos para esta ou aquela cidade, passaremos um ano ali, faremos negócios e ganharemos dinheiro. Vocês nem sabem o que lhes acontecerá amanhã! Que é a sua vida? Vocês são como a neblina que aparece por um pouco de tempo e depois se dissipa. Ao invés disso, deveriam dizer: Se o Senhor quiser, viveremos e faremos isto ou aquilo.”

Planeje seu futuro, mas dependa completamente do Senhor. Corrie ten Boom disse: “Nunca tenha medo de confiar um futuro desconhecido a um Deus conhecido.”

Planeje a vida com Deus!

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16577702

QUANDO O NATAL ACABA

Todo Natal acaba. Em um certo momento a comida e a bebida terminam; os familiares voltam para suas casas; as caixas e os embrulhos são jogados fora; os presentes, ou são usados ou guardados. Os brinquedos logo ficam em um canto ou juntos a outros brinquedos. É assim! O Natal acaba.

O Natal – como outros períodos do ano – por vezes torna-se um anestésico para os problemas e realidades da vida. Começamos a crer e a esperar por outros momentos de festas, presentes, comida e confraternização. Mas tudo acaba.

As boas notícias de Deus são que quando o Natal acaba, o Jesus do Natal nunca desaparece. Sua vinda à terra trouxe aos que nEle creem e confiam: segurança, esperança e direção para todos os momentos. Com Jesus a vida enche-se de razão e significado. O Natal nunca acaba para quem tem Jesus como Senhor e Salvador.

A promessa de Jesus a todos os que lhe pertencem está declarada em Hebreus 13.5: “…De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.” O Natal acaba, mas o Jesus do Natal está presente na rotina e nas coisas comuns da vida.

Quando chegarem seus tempos de alegria, tristeza, angústia ou depressão, Jesus estará sempre presente. Sua presença não é uma emoção, antes é um fato que toca as profundezas do seu ser.

O Natal acaba, mas se Jesus está em sua vida, não importa como você se sinta, Ele sempre estará com você se importando e cuidando. Sua presença é capaz de inundar sua vida e suprir suas necessidades.

Quando o Natal acaba, Jesus sempre está presente. Foi ele mesmo que afirmou em Mateus 28.20: “…E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.”

CONDUZIDOS NO NATAL

Mateus 1.24 relata: “Despertado José do sono, fez como lhe ordenara o anjo do Senhor e recebeu sua mulher.”

Em Lucas 1.26,27, o anjo Gabriel apareceu a Maria dizendo que ela seria a mãe do Salvador. Essa notícia foi um choque para uma menina adolescente. Ao receber as notícias, várias perguntas surgiram a sua mente: “Como vou explicar minha gravidez a minha família?” “Será que meu noivo José vai cancelar o noivado?” “O que vão dizer as pessoas?”

José quando soube da gravidez de Maria e ficou perturbado. Ele tinha poucas opções naquele momento: Levar o casamento adiante, divorciar-se dela publicamente ou interromper o noivado em silêncio. Ele estava para decidir pela última opção quando em Mateus 1.20, em sonhos, Deus interveio e enviou um anjo que lhe falou: “…José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo.” José então obedeceu ao Senhor e recebeu Maria como sua esposa.

Talvez nesse Natal, como José, você também esteja vivendo desafios, dúvidas e inquietações. Mas se diante de todas as suas lutas, você realmente estiver disposto a obedecer, se submeter e fazer a vontade de Deus, assim como o Senhor dirigiu a José, Ele lhe dirigirá também. 1 João 2.5 afirma: “Aquele, entretanto, que guarda a sua palavra, nele, verdadeiramente, têm sido aperfeiçoado o amor de Deus.”

Decida que a sua vida esteja sob a total vontade de Deus. Comece pela porta certa: Deixe que o amor de Deus encha seu coração neste Natal e receba a Jesus como seu Senhor e Salvador. Ele é o grande e amoroso presente de Deus a você.

É em Jesus que seu Natal e vida tem significados. Através dEle, quando as lutas da vida chegarem, você terá clara direção e sabedoria para se conduzir.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16534038

O MARAVILHOSO CONSELHEIRO DO NATAL

Em Isaías 9.6, o profeta declarou: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo estará sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro…”

Esse texto é uma profecia quanto a vinda do Messias. O texto diz que Deus queria que todos soubessem que quando o Messias se manifestasse, um de seus nomes seria “Maravilhoso Conselheiro”. Quem é o Messias? Quem é o “Maravilhoso Conselheiro”?

Em Lucas 2.11, os anjos apareceram nas vigílias da noite aos pastores e disseram: “É que hoje vos nasceu, na cidade de Davi (Belém), o Salvador, que é Cristo, o Senhor.” A criança que nascera fora apresentada aos pastores como o Salvador dos pecados, o Messias e Deus. Essa criança era Jesus.

Jesus é o “Maravilhoso Conselheiro”. Sua compreensão é universal e superior a tudo. A fonte de seu conhecimento e sabedoria não é de origem terrena, mas celestial. Ele vem dos céus para dizer ao homem tudo o que ele precisa saber e quais as decisões a serem tomadas.

Você será liberto completamente da ignorância e do engano espiritual quando receber a Jesus como o Salvador de seus pecados, o Messias e o governante, e o Senhor e dono de sua vida.

Quando você receber a Jesus, Sua vida terá direção nas decisões presentes e futuras, e conselhos sábios para a condução de sua vida espiritual, pessoal, familiar, relacional, social, econômica, cultural, etc.

Deus, o Todo- Poderoso, nomeou Seu Filho Jesus como o “Maravilhoso Conselheiro”. Ele é o “Maravilhoso Conselheiro” do Natal. Aceitá-Lo como seu Senhor e Salvador é fazer do Seu conselho o seu modo de vida.

Por isso, viva sob Seus conselhos e sabedoria e o seu Natal hoje e sempre será diferente e cheio de significado.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16524402

O PRESENTE DE NATAL

Presentear é algo central no Natal. É claro que muita gente pode se distrair por focar apenas em presentes, comidas e diversão. O Natal é tempo de dar e receber presentes.

Deus é um Deus presenteador. Tiago 1.17 afirma: “Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes…” DEle vem as boas coisas da vida para que as desfrutemos. Mas, o maior de todos os Seus presentes foi declarado em João 3.16: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

O Natal é um presente; o presente de um Salvador envolvido no corpo de uma criança. Esse foi o maior presente que o mundo já conheceu. Jesus Cristo é o presente dos presentes.

Por que Deus nos presenteou com Jesus? O relato bíblico revela que todo ser humano é pecador, afastado de Deus, longe de Seu padrão, rebelde e inimigo dEle. Mas Ele, por Sua bondade e graça, nos chama à reconciliação. Seu meio reconciliador é através de um presente: Seu filho amado, o Senhor Jesus Cristo.

Por meio de Jesus, Deus nos apresenta o caminho da volta, nos liberta de nossas mentiras e nos conduz à verdadeira vida hoje e eternamente. Jesus

mesmo disse em João 14.6: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.”

No Natal, Deus lhe oferece o verdadeiro presente: Jesus. O que você fará com Ele? Com Ele você obterá tudo o que realmente precisa. Mas sem Ele, você não tem nada, não importa o que, ou o quanto se tenha.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16515786

INDIFERENTES AO NATAL

Em Lucas 2.6,7 temos o relato do nascimento de Jesus: “Enquanto estavam lá, chegou o tempo de nascer o bebê, e ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.”

A cena do primeiro Natal é muito intrigante. Jesus nasce numa manjedoura porque não havia lugar para Seus pais na hospedaria. Tudo é muito incomum, em especial porque as pessoas do Oriente Médio são extremamente hospitaleiras, prontas para ajudar e cuidar. Elas não são um tipo de pessoas que deixariam uma jovem mulher sozinha para ter uma criança.

O texto deixa claro que o dono da hospedaria foi indiferente à situação de Maria e José. Eles haviam percorrido cerca de 145 km de Nazaré a Belém, mas ele não se esforçou para ajudar naquela situação. Por que ele foi tão indiferente? A resposta é simples: ele estava ocupado demais.

A cidade de Belém estava movimentada e cheia por causa do censo; essa era a hora de lucrar. O dono da hospedaria não era insensível e nem hostil; ele estava apenas ocupado demais pensando em lucros e bens materiais.

Talvez nesse Natal você também esteja assim: indiferente. Indiferente porque você continua ocupado em querer outras coisas como lucrar mais, ser melhor visto pelos outros ou ainda você esteja envolvido com tantas coisas fúteis, desnecessárias e insignificantes para a sua vida.

Suas ocupações lhe fazem indiferente. Indiferente a simples e poderosa mensagem do Natal: que o Salvador Jesus veio ao mundo para lhe resgatar dos seus pecados, de si mesmo e lhe trazer a um relacionamento pessoal e íntimo com Deus, que é a prioridade das prioridades.

Por isso, nesse Natal, não seja indiferente a Jesus como foi aquele hospedeiro. Você também pode estar perdendo a grande oportunidade de ter sua vida radicalmente transformada.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16505167