UMA VIDA ABUNDANTE

Jesus declarou em João 7.37-38: “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.”

No texto, Jesus estava participando do ultimo dia da “Festa dosTabernaculos.” A festa durava oito dias, e no sétimo a água do poço de Siloé era levada num jarro de ouro e derramada no altar, para lembrar a todos que Deus providenciou milagrosamente água para Israel, quando a nação estava no deserto.

Naquele último dia da festa, Jesus faz um grande convite a todos: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba.” Ele corajosamente chamou os presentes para virem a Ele e satisfazerem nEle a sede mais profunda: a sede espiritual.

O convite é amplo porque diz: “se alguém…”. Qualquer um pode vir, independentemente da cultura, raça, classe social, nacionalidade, partido político etc; Porém, o convite também é estreito porque afirma: “Se alguém tem sede…” É preciso, antes de tudo, ver, sentir e perceber que falta algo.

Na verdade, Jesus, por meio da metáfora da bebida, diz algo simples – mas profundo – para você. Ele diz: “O que você está procurando, só Eu tenho e posso lhe dar.”

Suas necessidades revelam a sede de sua alma; aquilo que lhe está faltando. Talvez você esteja tentando satisfazer suas necessidades de várias formas, mas ela só pode ser satisfeita na pessoa de Jesus. Sua sede não é prioritamente de ordem física, emocional, relacional, financeira etc. Sua sede é, primeiramente, de ordem espiritual.

Jesus hoje não lhe oferece um copo de água para as necessidades de sua alma, mas um rio perpétuo e vivo dentro de você; uma abundância de vida sem fim.

————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16403931