A QUEM DEVO AGRADAR?

Provérbios 29.25 nos alerta: “Quem teme ao homem cai em armadilhas…” O texto nos ensina que viver para agradar as pessoas é um grande erro e perigo.

Há pessoas que são mentalmente escravas da aprovação dos outros. Se elas não são aprovadas, elas se amarguram ou se preocupam demais.

O certo é que se você centrar sua vida tentando descobrir o que o outro quer que você seja, em breve você se tornará o que o outro quer.

Viver preocupado com o que os outros pensam é algo perigoso e espiritualmente sério; é uma idolatria!

Nesta vida devemos apenas agradar a Deus. Quando lemos em Êxodo 20.3 a ordem de Deus: “Não terás outros deuses além de mim”, isso significa que qualquer coisa que você coloca acima de Deus se torna um ídolo. Permitir que as opiniões e o pensamento das pessoas se tornem algo prioritário em sua vida, mais do que a opinião e a vontade de Deus, isso lhe transforma num idólatra.

Não agradar as pessoas não significa que você deva centrar em si mesmo. Jesus afirmou em João 5.30: “…não procuro agradar a mim mesmo, mas àquele que me enviou”. O alvo final da vida não é agradar pessoas e nem agradar a você mesmo, mas agradar a Deus.

Paulo afirmou em Gálatas 1.10: “Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo”.

Você não pode e nem deve agradar a todos. Seu alvo final deve ser agradar apenas a Deus.

Aprenda a viver sob a aprovação de Deus.

__________________________________

https://www.spreaker.com/episode/44374726

O ESSENCIAL PARA O HOMEM

Salomão afirmou em Eclesiastes 1.14: “Tenho visto tudo o que é feito debaixo do sol; tudo é inútil, é correr atrás do vento!”

No livro de Eclesiastes, Salomão começou a pesquisar e escrever sobre os propósitos da vida. Ele começou sua busca pelos propósitos da vida através da sabedoria, da educação e do conhecimento.

Apesar de uma educação fantástica, Salomão ainda tinha um grande vazio em sua vida. Ele afirma em Eclesiastes 1.17: “Por isso me esforcei para compreender a sabedoria, bem como a loucura e a insensatez, mas aprendi que isso também é correr atrás do vento”. A busca acadêmica não satisfez Salomão, então ele decidiu sair para festas em busca de alegria. Ele afirma em Eclesiastes 2.2: “Concluí que o rir é loucura, e a alegria de nada vale”. Continuando em Eclesiastes 2, Salomão em sua busca, tornou-se um conhecedor de vinhos, lançou-se em fazer grandes construções e fez vários investimentos e, por fim, ficou famoso. Mas no versículo 11 ele resume, dizendo: “Contudo, quando avaliei tudo o que as minhas mãos haviam feito e o trabalho que eu tanto me esforçara para realizar, percebi que tudo foi inútil, foi correr atrás do vento; não há nenhum proveito no que se faz debaixo do sol”.

Depois de muito observar e sob a direção de Deus, Salomão resume a busca do propósito da vida dizendo o seguinte, em Eclesiastes 12.13: “Agora que já se ouviu tudo, aqui está a conclusão: Tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos, porque isso é o essencial para o homem”.

Assim, você não precisa desperdiçar sua vida e entrar pelas mesmas buscas tolas e erros de Salomão. Basta decidir colocar Deus no centro dela, temendo-O e obedecendo-Lhe, porque como conclui Salomão: “…isso é o essencial para o homem”.

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44374695

O CÉU É REAL

A Bíblia ensina que o céu é um lugar real. Jesus após sua ressurreição, ficou ainda quarenta dias com seus discípulos. No final desse período, Ele subiu aos céus literalmente. Atos 1.9 diz que “…foi Jesus elevado às alturas, à vista deles, e uma nuvem o encobriu dos seus olhos”.

Estevão, quando de sua morte, viu o céu. Em Atos 7.56 ele afirma o seguinte: “Eis que vejo os céus abertos e o Filho do Homem, em pé à destra de Deus”. Estevão vê um local real onde estava a pessoa perfeita de Jesus, o Filho, ao lado de Deus, o Pai.

Em Apocalipse 4.1, o apóstolo João viu o céu. Ele afirma: “Depois destas coisas, olhei, e eis não somente uma porta aberta no céu…”

O apóstolo Paulo teve uma visão dos céus em 2 Coríntios 12.2-4. Ele afirma: “Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu… e sei que o tal homem… foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, as quais não é lícito ao homem referir”.

O céu é real, mas há apenas um caminho para se chegar até ele: Jesus Cristo. Em João 14.6 Jesus afirma: “…Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim”. Jesus assegura que todos os que nEle creem, estarão nos céus após a morte. Em João 11.25,26, Ele diz: “Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente…”

Billy Graham – o mais conhecido e influente evangelista – faleceu aos 99 anos. Ele pregou sobre variados temas, dentre eles sobre o céu. Ele afirmou: “…Sei que não falta muito para que Deus me chame para subir ao céu. Anseio por esse dia como nunca, não apenas devido às maravilhas que sei que há no paraíso, mas porque todo fardo e sofrimento desse estágio da minha vida terminarão”.

Sendo assim, baseado na Palavra de Deus, o céu é um lugar real. Você estará no céu com Deus após sua morte?

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44374654

A PRESENÇA DE JESUS

O apóstolo Paulo, em 2 Timóteo 4.16,17, relata sua experiência no final de sua vida. Ele diz: “Na primeira defesa, ninguém foi a meu favor; antes, todos me abandonaram… Mas o Senhor me assistiu e me revestiu de forças…”

Paulo não cultivou nenhuma mágoa das pessoas de quem precisou. Mesmo quando precisou, e elas o abandonaram. Mas, em seu sofrimento e dor, Paulo sentiu a forte presença de Jesus apoiando-o e fortalecendo-o.

Escrevendo sobre essa experiência de Paulo, o grande pregador C. H. Spurgeon, disse: “Se tudo o mais o abandonasse, Jesus era seu bastante companheiro; se todos o desprezassem, o sorriso de Jesus era sua força; se a boa causa lhe parecesse um perigo, a presença do Mestre lhe daria a certeza da vitória. O Senhor Jesus que um dia fora colocado na cruz, agora estava junto com ele na prisão”.

Quando Deus quer tocar alguém Ele usa pessoas. Pessoas que chegam para ajudar, incentivar e ser um conforto. Pessoas são o método de Deus para abençoar. Contudo, nunca se deve fazer delas o centro da vida. Fazer de qualquer pessoa o centro da vida trará sempre desapontamento e frustração.

É preciso que você creia que onde ser humano algum pode estar, Jesus ali estará. Ele nunca o abandonará. Você jamais está sozinho. Foi nessa convicção que Davi afirmou no Salmos 23.4: “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo…”

Somente Jesus pode compensar, por Sua real presença, qualquer falta ou perda terrena em sua vida. Assim, acertadas e sábias são as palavras de Greg Laurie: “Eu preferiria estar no pior lugar imaginável com o Senhor do que no melhor lugar imaginável sem Ele.”

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44374562

APRENDENDO E CRESCENDO NO MEIO DAS LUTAS

Paulo afirmou em 2 Coríntios 4.8,9: “Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos”.

Para Paulo, a vida não era maravilhosa e fantástica todos os dias. Ele passava por diversos problemas. O que o diferenciava é que suas expectativas eram reais. Ele passava por tribulações, perplexidades, perseguições e abatimentos, mas nada disso afetava a sua fé, antes o fazia aprender e crescer.

As lutas de Paulo não o angustiavam e nem o desanimavam. Ele não se sentia desamparado por Deus e nem se deixava acabar no meio das aflições. Paulo estava aprendendo e crescendo diante das dificuldades da vida.

A Bíblia declara ousadamente que Jesus é o Senhor de tudo e que os que creram nEle já são vitoriosos sobre o pecado, o mundo e Satanás. Mas isso não significa que os dias serão perfeitos. Enquanto vivermos neste mundo a vida será dura e difícil.

A vida não é repleta de boa saúde, equilíbrio financeiro, família em ordem ou um trabalho dos sonhos. A vida é feita de lutas. Ter uma expectativa fora dessa realidade não somente não é bíblica como também impede o aprendizado e o crescimento.

Como Paulo, mantenha também sua vida numa expectativa real. Seus dias nem sempre serão de alegria e tranquilidade; os problemas chegarão. A questão não são as lutas, mas como você está aprendendo e crescendo quando elas chegam.

Deus permite e usa os dias difíceis como meio para seu aprendizado e crescimento. O que será preciso é que você persevere em meios às aflições, tristezas, lutas e golpes da vida sem se desesperar ou desistir.

Aprender e crescer é um processo bom, mas não significa que não seja penoso, lento e difícil.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44374562

MOTIVOS PARA ORAR

A Bíblia está repleta de orações a Deus. Ele é o centro de tudo. Os personagens bíblicos reconheceram isso e O buscaram para pedir, agradecer, adorar, confessar seus pecados ou interceder por outros.

A pergunta básica é: Por que orar? Eis alguns principais motivos:

Oramos porque Deus ordena. Em Colossenses 4.2, Paulo escreve: “Perseverai na oração, vigiando com ações de graças”. Em Lucas 18.1, Jesus encorajou seus discípulos “…sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer”. A oração é vital. João Crisóstomo afirmou: “A comunhão com Deus… é a raiz, a fonte, a mãe de mil bênçãos!”

Oramos porque a oração revela o quanto amamos a Deus. Se você ama você quer estar perto, compartilhar e conversar. Se você ama a Deus você desejará estar com Ele. O salmista afirma no Salmos 116.1: “Amo o SENHOR, porque ele ouve a minha voz e as minhas súplicas”.

Oramos porque através da oração declaramos nossa dependência de Deus. Quando você ora você afirma que Deus é a fonte da sua vida. Paulo afirmou em Colossenses 3.4: “Quando Cristo, que é a nossa vida…” A oração é o meio que faz com que você receba de Deus Seu conforto, ânimo, orientação, paz, força e as respostas a sua vida.

E por último, oramos porque através da oração podemos nos proteger da tentação e do pecado. Jesus ordenou em Mateus 26.41: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação…” Se você não ora, você se mantém fraco espiritualmente, distante de Deus, e exposto às investidas de Satanás que lhe atrairá ao pecado.

Diante de qualquer situação boa ou ruim, ore. Faça da oração um hábito em sua vida.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44374484

“SANTIFICA-OS NA VERDADE…”

Em João 17.17, Jesus orou ao Pai, dizendo: “Santifica-os na verdade; a Tua Palavra é a verdade”.

Esse é um grande versículo da Bíblia. O conteúdo dessa oração contém três componentes básicos.

O primeiro é “santifica-os”, que significa um processo de transformação voltado para Deus e do jeito de Deus. É como se Jesus estivesse dizendo: “Pai, mude-os!”

O segundo é a “verdade”. A verdadeira transformação de uma vida sempre será pela “verdade” de Deus. Onde está a verdade? O Salmista afirmou no Salmos 119.151: “…todos os teus mandamentos são verdade”.

O terceiro componente é a “Palavra”. Jesus não deixa dúvida que a verdade transformadora e significativa vem da Palavra de Deus. Ela é o instrumento que Ele usa para transformar uma vida. A Palavra de Deus é absoluta e verdadeira.

Não há outra fonte de transformação a não ser pela Palavra de Deus; caso houvesse, Jesus teria falado. A verdade da Palavra de Deus é que realmente transforma poderosamente qualquer pessoa.

A Palavra de Deus é viva, poderosa, permanente, verdadeira e confiável. O salmista declarou no Salmos 119.160: “As tuas palavras são em tudo verdade desde o princípio, e cada um dos teus justos juízos dura para sempre”. Jesus mesmo afirmou em Lucas 21.33: “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão”.

A Bíblia é o maior e o melhor livro que já foi escrito porque Deus é o seu único autor. Ele a preservou e a promoveu. Nesse livro não falta nada!

Assim, coloque sua confiança nas verdades da Palavra de Deus. Leia, estude, medite, memorize e a ouça. Faça dela sua companheira diária. O Espírito Santo o levará ao conhecimento de Deus por meio de Jesus através da Palavra de Deus.

A Bíblia tem tudo o que você precisa para que sua vida seja transformada.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44374445

NA ÓTICA DE DEUS

Jesus nos ensina a ver a vida na ótica de Deus. Em João 4.31 os discípulos pedem para que Ele se alimente. No versículo 32 Ele responde: “…Tenho algo para comer que vocês não conhecem”. Os discípulos espantados perguntam, no versículo 33: “…Será que alguém lhe trouxe comida?” Mas, no versículo 34, o próprio Jesus afirma: “…A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra”.

A comida é importante, mas naquele exato momento não o era para Jesus. Ele acabara de ter uma conversa com a mulher samaritana. Jesus sabia que aquela conversa mudaria os rumos, não somente da vida dela, mas de toda a sua cidade. Vidas e mais vidas seriam transformadas. Vidas transformadas era a perfeita vontade do Pai.

E é aqui que muitas vezes nos perdemos. Infelizmente não conseguimos ir além. Nossa visão da vida é pequena demais. Vemos do mesmo jeito sempre; insistimos em ver como queremos ver, e assim, os episódios cotidianos, as lutas, as dores, as oportunidades e diversas circunstâncias são interpretadas apenas com a ótica humana. Somos lentos e míopes demais para ver Deus na história de nossa vida.

É preciso ver a vida com os olhos de Deus. Ele é quem rege a história, a vida; tudo. E ao pensar sobre isso, Davi diz o seguinte, no Salmos 139.1-3: “Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos”.

A afirmação de A. Simpson deve nos inspirar: “Temos que aprender a viver do lado celeste e olhar para as coisas de cima. Devemos ver todas as coisas como Deus as vê…”

Assim, habitue-se a ver a vida na ótica de Deus.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44336205

O SENHOR SE IMPORTA

Talvez você esteja lidando com sérios problemas que estão trazendo ansiedade e preocupação. Talvez você esteja passando por situações em sua vida que estão provocando medo, aflição e conflitos. O que fazer?

Na Bíblia Deus sempre se revela como o Criador, o Provedor, o Sustentador e o Benfeitor de seu povo. Ele é o “Pai Celeste” que sabe e supre a seu tempo cada uma de nossas necessidades. O Salmos 38.9 nos ensina: “Na tua presença, Senhor, estão os meus desejos todos, e a minha ansiedade não te é oculta”. Em 1 Pedro 5.7 também aprendemos: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”.

Nesses textos, Deus diz que devemos orar e colocar sob os Seus cuidados tudo o que esteja afligindo o nosso coração; todos os problemas, preocupações e angústias. Deus se importa e se preocupa com tudo o que acontece conosco. Ele não quer que carreguemos sozinhos nossos pesos, problemas e aflições.

A vida fica mais simples quando você se dispõe a colocar tudo o que você não tem controle aos cuidados do Senhor. Segundo a Bíblia, Deus supre tudo. O que você precisa é orar e entregar a Ele.

Paulo exorta em Filipenses 4.6: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças”. Segundo Paulo, você precisa apenas entregar a Deus todas as suas preocupações.

Caso haja algo que esteja o preocupando, lance-o totalmente aos cuidados do Senhor. Entregue tudo a Ele numa simples oração. Deixe que o Senhor aja em tudo o que pesa seu coração, e peça que Ele lhe inunde com Sua paz, dando-lhe sabedoria e discernimento para cada problema e dificuldade.

Ore ao Senhor! Ele se importa com sua vida.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44308363

DESCANSE NA SOBERANIA DE DEUS

Davi afirmou em 1 Crônicas 29.11,12: “Teu, SENHOR, é o poder, a grandeza, a honra, a vitória e a majestade; porque teu é tudo quanto há nos céus e na terra; teu, SENHOR, é o reino, e tu te exaltaste por chefe sobre todos. Riquezas e glória vêm de ti, tu dominas sobre tudo, na tua mão há força e poder; contigo está o engrandecer e a tudo dar força”. Davi declarou nesse texto que Deus é soberano.

Dizer que Deus é soberano é afirmar que Ele governa tudo, age livremente e sem concorrência, que nada pode fugir ao Seu controle e tudo subsiste e se mantém pelo Seu querer. Como Deus é soberano, Seus planos e propósitos são perfeitos e irrevogáveis.

O entendimento e a confiança que Deus é soberano trazem paz em suas ansiedades, faz com que sua incredulidade ceda à fé e faz com que seus medos cedam ao descanso nEle. Tudo em sua alma se acalma quando você crê que o Senhor está no controle de tudo.

No dia 30 de julho de 1967, Joni Ereckson Tada sofreu um acidente e fraturou a cervical que a deixou tetraplégica. Ela escreveu suas experiências durante a sua reabilitação e publicou em 1976 sua autobiografia, que se tornou um best-seller internacional. Joni compartilhou a sua incrível história de luta contra a dor de viver tetraplégica e a depressão.
Ao analisar sua fatalidade ante a soberania de Deus, ela escreveu: “Satisfação real não vem em compreender os motivos de Deus, mas em compreender Seu caráter, em confiar em Suas promessas, e, inclinando-se sobre Ele e descansando nEle como o soberano; Aquele que sabe o que está fazendo e faz todas as coisas bem”.

Creia que Deus sabe o que está fazendo. Descanse sua alma em Sua sábia, amorosa, bondosa e perfeita soberania.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/44310979