NÃO DESISTA!

Noé foi um homem de fé, e perseverante. Ele não desistiu. Hebreus 11.7 afirma que “pela fé, Noé, divinamente instruído a respeito de acontecimentos que ainda não se viam e sendo temente a Deus, construiu uma arca para a salvação de sua família. Assim, ele condenou o mundo e se tornou herdeiro da justiça que vem da fé”.

Deus ordenou que Noé construísse uma arca porque Ele enviaria um dilúvio. Mesmo sendo ridicularizado por construir um barco no meio do nada, e sem a menor ideia de como Deus mandaria água, Noé obedeceu. Ele trabalhou 120 anos na construção da arca. É muito tempo para esperar e confiar no Senhor! Mas ele não desistiu, especialmente quando todos achavam que ele era um louco. Noé perseverou, sendo fiel e obediente à tarefa que Deus lhe havia dado.

Como Noé, não desista! Aprenda a perseverar! Não pare de obedecer a Deus; de fazer o que é certo. Não pare de orar! Não pare de amar! Não pare! Paulo ensina em Gálatas 6.9: “E não nos cansemos de fazer o bem, porque no tempo certo faremos a colheita, se não desanimarmos”.

Há algo de que você deseja desistir? Talvez seja seu casamento, seu filho ou sua filha, seu ministério, sua carreira profissional ou qualquer outra coisa. Não desista! Comece a orar hoje; caminhe de novo; recomece! Não deixe que seus sentimentos sejam a voz final diante de seu desafio.

Não desista! Seja persistente em seu propósito. Torne-se uma pessoa fiel a Deus para que Ele possa lhe dar o que parece impossível aos olhos de outras pessoas.

Se as coisas não acontecem imediatamente ou quando você acha que deveriam, isso não significa que você deva desistir. Você precisa ser diligente e mais perseverante.

Não desista!

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42243940

O QUE DIRIGE SUA VIDA?

O que dirige seus pensamentos, palavras, ações e decisões? O que dirige a sua vida?

Muita gente dirige o seu dia a dia baseada em seus sentimentos. Mas os sentimentos não são confiáveis porque eles mudam constantemente. Eles são como a areia da praia que sempre é movida para frente e para trás, seja pela água ou pelo vento.

Nossos sentimentos são como a areia. Eles são facilmente modificados por pessoas e circunstâncias. Podemos estar felizes lendo um livro e, ao mesmo tempo, nos irritarmos por uma mosca que voa ao nosso redor enquanto lemos. Nossos sentimentos são inconstantes e não devemos confiar neles.

A Bíblia nos orienta a não sermos guiados pelos sentimentos, mas pela fé. Devemos basear nossas decisões nas verdades da Palavra de Deus.

Nossos sentimentos nos levarão a fazer o que parece certo ou bom, desconsiderando, por vezes, as verdades da Palavra de Deus. Nossos sentimentos tentarão nos persuadir a fazer coisas que são contra Deus. Daí, se quisermos agradar a Ele, vivendo uma vida justa, não devemos confiar em nossos sentimentos.

Em Hebreus 11.27, temos o exemplo de Moisés. O texto diz que “pela fé, ele abandonou o Egito, não ficando amedrontado com a cólera do rei; antes, permaneceu firme como quem vê aquele que é invisível”. Por 40 anos, Moisés liderou um grupo chorão, briguento, reclamão, que questionaram sua liderança o tempo todo no deserto. Ele tinha razões para desistir, mas ele não agiu por sentimento. Moisés olhou para Deus e confiou em Sua Palavra.

Como Moisés, não ande por seus sentimentos, mas por fé. Olhe para Deus! Não se concentre em seu problema, pois você ficará triste, angustiado e deprimido. Olhe para Deus, centre-se nEle e você então terá ânimo, força e confiança.

Aprenda a ser dirigido pela fé e não por seus sentimentos.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42226080

LEMBRE-SE DE DEUS

Moisés, em Deuteronômio 6.12, dirigiu-se ao povo de Israel antes que entrassem na terra prometida, dizendo: “…guarda-te, para que não esqueças o SENHOR”.

Deus havia libertado o povo de Israel do Egito, tirando-os da opressão de Faraó. Ele os conduziu por quarenta anos no deserto rumo à terra prometida. Deus sabia que quando chegassem na terra eles seriam abençoados na saúde, na família e nos bens. Quando esse tempo próspero chegasse, eles estariam muito propensos a esquecer de Deus e a seguir os ídolos de outras nações. Infelizmente, foi o que aconteceu. Israel não mais lembrou do Senhor.

Como Israel, todos somos tendentes a ser mais fiéis ao Senhor, buscando-O em oração e dependendo dEle, quando os tempos de necessidades chegam. Também como Israel, somos prontos a nos acomodarmos e a nos esquecermos do Senhor nos tempos de prosperidade.

Se em tempos prósperos você se esquece do Senhor, isso revela o quanto o seu coração está cheio de egoísmo, ingratidão e orgulho. Egoísmo porque você tem um relacionamento com Deus pensando apenas em si. Ingratidão porque você não O reconhece como fonte de suas bênçãos. Orgulho porque passa a acreditar em si mesmo e não depende exclusivamente dEle. Esquecer de Deus é sempre um pecado sutil e extremamente perigoso.

Que hoje possa ser o dia para você voltar a lembrar-se de Deus e a retomar com Ele um relacionamento de amor, humildade, seriedade e sinceridade. Esse dia pode ser diferente e marcante em sua vida, se você decidir arrepender-se da vida centrada em si mesmo e voltar a centrar a sua vida no Senhor.

O segredo simples para não se esquecer de Deus é lembrar-se momento a momento dEle.

—————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42185882

O “NÃO” DE DEUS

Todos nós alimentamos sonhos e esperanças nesta vida. Há muitos desejos em nosso coração. O problema é que nem sempre estamos dispostos ou preparados para receber de Deus um “não”. Vivemos sempre na expectativa de que Ele diga “sim” às nossas vontades, desejos e sonhos.

Em 1 Crônicas 28.2,3, Davi convocou todos os principais líderes de seu governo e disse a eles: “…Ouvi-me, irmãos meus e povo meu: Era meu propósito de coração edificar uma casa de repouso para a arca da Aliança do SENHOR e para o estrado dos pés do nosso Deus, e eu tinha feito o preparo para a edificar. Porém Deus me disse: Não edificarás casa ao meu nome…”

Davi foi claro em afirmar que o Senhor havia lhe dado um “não” aos seus planos e sonhos. Em vez dele reagir com raiva, autopiedade, amargura, ressentimento ou decepção, Davi aceitou o “não” do Senhor com um coração rendido e grato.

Nem sempre reagimos como Davi. Quando Deus nos diz um “não” somos tendentes a pensar que Ele talvez não tenha entendido bem o tanto que o nosso desejo e sonho era algo realmente importante para nós. Mas o real problema é que no fundo ainda não confiamos o suficiente em Deus que sempre age amorosamente a nosso favor, e não nos apercebemos que por trás de Seu “não” há ou um livramento ou algo melhor no futuro para nós.

Embora nem sempre seus desejos e sonhos não sejam realizados, e isso de alguma forma venha lhe trazer um certo grau de dor e decepção é preciso que você creia e renda-se ao Senhor. Alegremente receba e aceite de Deus o “não” ou o “sim”.

Confie em Deus! Creia que o Seu “não” hoje é o caminho para o Seu “sim” amanhã.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42164442

O TEMPO CERTO

Salomão afirmou em Eclesiastes 3.1-8: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu: há tempo de nascer e tempo de morrer; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou; tempo de matar e tempo de curar; tempo de derrubar e tempo de construir; tempo de chorar e tempo de rir; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria; tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar e tempo de deixar de abraçar; tempo de procurar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de jogar fora; tempo de rasgar e tempo de costurar; tempo de ficar calado e tempo de falar; tempo de amar e tempo de odiar; tempo de guerra e tempo de paz”.

Segundo Salomão, Deus está no controle soberano de tudo. Ele controla o tempo quando todas as coisas da história e em sua vida acontecerão. Ele nunca está adiantado, atrasado ou com pressa. Ele está sempre no tempo certo.

Por vezes, estamos com pressa. Queremos o que queremos agora e não estamos dispostos a esperar. A impaciência, a ansiedade e a precipitação sempre tornam-se aliados a grandes erros e pioram as coisas.

O certo a fazer é esperar o tempo de Deus. É preciso que você creia que Ele soberana, amorosa e sabiamente está no controle de sua vida e tem o melhor para você no tempo dEle.

Creia que há o tempo certo para tudo e esse é o tempo de Deus. Enquanto o tempo dEle não chega em sua vida, apenas descanse e espere nEle, vivendo e desfrutando alegremente do dia de hoje na presença dEle.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42146282

VOLTE-SE PARA DEUS

Em 1 Tessalonicenses 1.9, Paulo afirmou: “…como se voltaram para Deus, deixando os ídolos a fim de servir ao Deus vivo e verdadeiro”.

Paulo afirma nessa passagem que muitos na cidade de Tessalônica “voltaram para Deus”, ou seja, se converteram a Ele, abandonando a idolatria. O termo “ídolo” usado por Paulo refere-se a qualquer coisa ou pessoa que ocupa um lugar supremo nas afeições de alguém, tornando-se um poder dominante na vida.

Voltar-se para Deus é a conversão verdadeira, a qual consiste em abandonar qualquer tipo de pensamento, palavras, motivação, interesses, propósitos, práticas, coisas ou pessoas que são declaradamente contra Deus e Sua vontade.

Voltar-se para Deus é uma mudança radical. É quando o coração e a vontade repudiam totalmente o pecado, o “eu” e o mundo. Voltar-se para Deus é exemplificado pela atitude de Paulo em Atos 22.10, quando ele mesmo pergunta ao Senhor Jesus: “Que devo fazer, Senhor?”

Voltar-se para Deus é render-se sem reservas à plena vontade de dEle; é o desejo de querer ser salvo e liberto da própria vontade, dos caminhos, dos desejos e dos interesses pessoais, submetendo-se totalmente às condições de Deus, conforme ensinadas em Isaías 55.7, que diz: “Que o ímpio abandone seu caminho, e o homem mau, os seus pensamentos. Volte-se ele para o Senhor, que terá misericórdia dele; volte-se para o nosso Deus, pois ele perdoará de bom grado”.

Você já se voltou completamente a Deus? Caso não, seu passo inicial é reconhecer sua incapacidade espiritual, arrependendo-se e confessando a Ele os seus pecados, pedindo para que Ele lhe perdoe e transforme a sua vida.

Decida hoje voltar-se para Deus. Deixe que Jesus seja o Senhor e Salvador de sua vida.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42125152

AJUSTE SUA VISÃO ESPIRITUAL

Na Bíblia, o “olho” é equivalente ao “coração”. “Fixar os olhos” em algo é “colocar o coração” em algo. Jesus afirmou em Mateus 6.22,23: “São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!” O ensino de Jesus nessa passagem centra especificamente na importância de ter o coração no lugar certo, e isso equivale a ter os “olhos bons”.

O que controla os seus olhos afetará a direção da sua vida. Quando sua visão de vida estiver centrada em amar a Deus, servindo-O, obedecendo-Lhe e agradando-O, e em a amar as pessoas, ajudando-as, apoiando-as e cuidando delas, então sua vida estará iluminada e bem dirigida.

Mas quando sua vida está centrada em si, em ambições egoístas e em desejos que não consideram ou desagradam ao Senhor, tais como: materialismo, imoralidade, ganância, mentiras, hipocrisia e orgulho, então a escuridão invadirá a sua alma e você perderá totalmente o senso de direção e o significado da vida.

Tudo é uma questão de visão espiritual! Assim como os seus olhos conduzem bem o seu corpo, a sua visão espiritual dirige a sua vida. Se a sua perspectiva estiver ajustada conforme Deus deseja, então a sua vida estará cheia de propósitos e significado; ela estará no rumo certo. Caso não, a sua vida estará confusa e sem rumo.

Ajuste hoje sua visão espiritual. Tenha “olhos bons”. Tenha um coração voltado para Deus e centrado em Deus e a sua vida estará no rumo certo. Não pense que sua vida poderá estar no rumo certo, se o Senhor não for a prioridade dela.

—————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42108074

VAMOS TER…

Nessa vida sempre VAMOS TER coisas para nos orgulhar e nos envergonhar; nos alegrar e nos decepcionar.

VAMOS TER fracassos, sejam eles por um pecado na vida, por um casamento falido, filhos rebeldes, pais egoístas, erros financeiros, morais, traições etc. Mas também VAMOS TER vitórias em todas essas áreas.

VAMOS TER pessoas que nos apoiarão e outras que nos julgarão nos momentos duros da vida. VAMOS TER sempre a oportunidade de reagir certo ou errado às circunstâncias e pessoas.

VAMOS TER a oportunidade de parar e refletir na vida, corrigindo erros ou nos resignando diante das consequências de erros cometidos.

VAMOS TER, por vezes, que começar de novo em algo, o mesmo recomeço que Deus deu a Jacó, Sansão, Davi, a mulher Samaritana, Zaqueu, Pedro e tantos outros citados na Bíblia e na história, os quais também erraram.

VAMOS TER a oportunidade de lembrar que a vida não acaba por causa de erros, fracassos, julgamentos e decepções, porque tudo se torna um meio para aprender que, enquanto vivermos não podemos colocar nossa confiança no outro, nas circunstâncias, nem em nós mesmos, mas em Deus.

VAMOS TER sempre, graças ao Senhor, Suas palavras que nos inspiram, encorajam, confortam e confrontam, como as que estão em Jeremias 29.11, que diz: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais”.

VAMOS TER sempre, diante do hoje e do agora, o privilégio de também decidir a vida como o salmista ensina no Salmos 37.5: “Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará”.

É muito bom saber que com Deus, coisas velhas vão ficar para trás, e VAMOS TER novas e maravilhosas oportunidades podem surgir a partir de hoje e agora.

——————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42061790

MOTIVOS PARA ORAR

Deus é o centro de tudo. Por saberem dessa verdade, os personagens bíblicos oraram e O buscaram seja para pedir, agradecer, adorar, confessar seus pecados ou interceder por outros.

Devemos orar e orar somente ao Senhor. Eis alguns principais motivos pelos quais devemos orar.

Oramos porque Deus ordena. Em Colossenses 4.2, Paulo escreve: “Perseverai na oração, vigiando com ações de graças”. Em Lucas 18.1, Jesus encorajou seus discípulos “…sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer”. A oração é vital. A oração ao Senhor traz consigo bênçãos para a vida.

Oramos também porque a oração revela o quanto amamos a Deus. Se você ama alguém você desejará estar perto, compartilhar e conversar com essa pessoa. Se você ama a Deus você desejará estar com Ele. O salmista afirma no Salmo 116.1: “Amo o SENHOR, porque ele ouve a minha voz e as minhas súplicas”.

Oramos ainda porque através da oração declaramos nossa dependência de Deus. Quando você ora, você afirma que Deus é a fonte da sua vida. Paulo afirmou em Colossenses 3.4: “Quando Cristo, que é a nossa vida…” A oração é o meio que faz com que você receba de Deus Seu conforto, ânimo, orientação, paz, força e as respostas para a sua vida.

E por último, oramos porque através da oração podemos nos proteger da tentação e do pecado. Jesus ordenou em Mateus 26.41: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação…” Se você não ora, você se mantém fraco espiritualmente, distante de Deus, e exposto ao Maligno e ao pecado.

Ore! Ore em todo o tempo! Faça da oração um hábito em sua vida.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42042456

O RELACIONAMENTO COM DEUS

As pessoas mais próximas de nossa vida não querem que passemos tempo com elas por obrigação ou por interesse. Elas querem que desfrutemos de um relacionamento voluntário com elas. Com Deus também é assim!

Ao criar Adão e Eva, Deus encontrava-se com eles todos os dias. Ele queria se relacionar com eles. Deus se alegra ao ver que pessoas O amam e desejam estar com Ele. Deus se alegra com os que amam ouvi-Lo e que têm prazer em conversar com Ele.

A Palavra de Deus é o meio que Ele mesmo estabeleceu para falar conosco. É por ela que somos instruídos, orientados, animados, encorajados, consolados e confrontados. Deus nos fala por Sua Palavra. O salmista diz no Salmos 119.97: “Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia”.

O relacionamento com Deus é também evidenciado pelo tempo de comunhão com Ele em oração. Não há nada que Ele não saiba, mas Ele deseja que o encontremos para uma conversa íntima e reverente. O salmista declarou no Salmos 116.1: “Amo o SENHOR, porque ele ouve a minha voz e as minhas súplicas”. Provérbios 15.8 declara que “…a oração dos retos é o Seu prazer”.

Por isso, decida relacionar-se com Deus. Busque-O pelo prazer de estar com Ele; ouça a voz dEle ao ler, estudar e ouvir a Sua Palavra e deixe que Ele escute a sua voz através da oração. Quando Deus se torna o seu prazer maior, os outros prazeres — sejam lícitos ou ilícitos — perdem o valor.

Busque prioritariamente um sério relacionamento com Deus.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/42024192