A BUSCA DA ALEGRIA

As pessoas estão dispostas a ir a qualquer lugar, estar com qualquer pessoa e pagar o que for necessário para obter alegria. A alegria então, tornou-se uma necessidade e um produto de consumo. A indústria do entretenimento que o diga.

No Salmo 43.4 o salmista afirmou: “Então irei ao altar de Deus, a Deus, que é a minha grande alegria; e ao som da harpa te louvarei, ó Deus, Deus meu.”

Nesse texto, o salmista entendeu o que muitos de nós demoramos a entender: a verdadeira alegria está em centrar a vida em Deus. A alegria verdadeira tem sua origem e fonte nEle.

Não é errado se alegrar com pessoas, bens, circunstâncias e oportunidades. O errado é não reconhecer e não glorificar a Deus como a origem de todas as coisas. Errado é desconsiderar a Deus e não ter prazer nEle.

Jonathan Edwards quando era ainda jovem escreveu uma resolução sobre sua alegria. Ele disse: “Estou resolvido a me esforçar com todo poder e vigor para obter para mim o máximo de felicidade possível no outro mundo…” Edwards queria alegrar-se no “outro mundo”; no mundo de Deus, fazendo dEle o centro de tudo.

Lembre-se: Deus nunca será a sua total alegria até que você se decepcione com as alegrias que tem buscado e fabricado para si mesmo.

Assim, tome cuidado com as fontes onde você procura sua alegria. A busca pela alegria em um lugar errado pode lhe trazer terríveis consequências físicas, emocionais, familiares, sociais e espirituais.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19279683

UMA ESPERANÇA VIVA

Todos precisamos de esperança. Quando você a perde, perde-se tudo. Quando ela lhe falta, você é tendente a não continuar lidando com a vida.

A Bíblia é um livro de esperança. No meio de suas profundas dores, o salmista grita no Salmo 46.1-3: “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam.”

O apóstolo Pedro escreveu para cristãos que enfrentavam duras tribulações. Ele afirmou em 1 Pedro 1.3: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos.”

Ao estudar o relato bíblico sobre a crucificação de Cristo, parece que no final a injustiça venceu. Seus discípulos perderam o ânimo. Contudo, a morte não teve a palavra final, porque Ele ao terceiro dia ressuscitou. E ao ressuscitar, a esperança e o ânimo voltaram aos corações dos discípulos. Por causa da ressurreição de Jesus, todos os que sofrem podem esperar e confiar nEle, porque nenhum problema tem a palavra final.

Sua esperança pode estar numa crença errada. Assim você deve esperar apenas no Deus vivo. Não importa seus impossíveis, o Senhor é maior do que eles. Seus problemas são capazes de lhe derrubar e somente o Senhor é capaz de fazer você se levantar. Por isso, espere nEle; confie nEle e sua esperança voltará e seu ânimo será renovado.

O Senhor pode lhe dar uma fé viva para você viver uma esperança viva, para que você não só se mantenha vivo, mas vivificado.

Deixe sua fé em Deus ditar sua esperança.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19247168

ADMINISTRE BEM!

Tudo o que temos e somos pertencem ao Senhor. Davi diz no Salmo 24.1: “Ao SENHOR pertence a terra e tudo o que nela se contém, o mundo e os que nele habitam.” Paulo escreveu em Romanos 11.36: “Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!”

A falta de conhecimento de que tudo pertence a Deus cria em cada um de nós um falso conceito de posse. Quando acreditamos que somos donos de tudo o que temos, faremos também de tudo para ter mais, controlar o que pudermos, e buscaremos impedir que algo se perca.

Os que acreditam que são possuidores sofrem por demasiado. Sentem-se fracassados quando perdem; se consomem profundamente quando o planejado não ocorre; tendem a se estressar demais para manter o que tem; e o pior, se decepcionam demais consigo mesmo, com pessoas, e injustamente, para com o próprio Deus.

Tudo o que possuímos é um comodato divino. Nada é nosso; tudo é dEle. Crer que Ele é o dono de tudo, faz com que sejamos mais conscientes e competentes em nossa missão na vida.

Um dos segredos da vida é viver constantemente a lembrança de que somos apenas administradores do que dEle temos recebido. Quem vive assim resigna-se mais, agradece mais e confia mais no Senhor.

Sua vida será mais tranquila e em paz se você entender que tudo o que tem e é, pertencem ao Senhor. Tudo é uma dádiva dEle; nada precisa ser possuído, controlado ou deificado, antes, tudo precisa ser um meio e uma forma dEle se tornar mais conhecido, exaltado e glorificado. Seu papel é apenas ser um bom administrador do que o Senhor lhe tem permitido ter.

Por isso, administre bem sua vida!

————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19218916

DIANTE DO CAOS

Talvez numa análise simples de sua vida, você a descreveria como confusa, bagunçada; um caos. Talvez você acha que ela está num desastre completo e que mais nada de pior poderia acontecer.

A Bíblia nos apresenta a biografia de Jacó e de José, cujas vidas estiveram um dia num caos total. Em Gênesis 27, Jacó ainda moço enganou seu pai e seu irmão. Ele foi mentiroso e trapaceiro. Ele fugiu para salvar sua vida. Enquanto fugia, teve um encontro com Deus, e o Senhor afirmou que seria com ele. Deus usou aquele caos em sua vida para transformá-lo e fazer dele um homem especial. Como com Jacó, O Senhor sempre age transformando o caos em bênção.

Em Gênesis 47 temos o relato da vida de José. Ele foi odiado por seus irmãos. Eles quase o mataram, mas preferiram vendê-lo para os ismaelitas, que o venderam para Potifar no Egito. Por José ter ido para o Egito, Deus o usou e salvou milhares de pessoas da fome, dentre eles seus irmãos que lhe fizeram mal. Como com José, Deus é especialista em transformar ódio, em perdão; desgraça em graça.

Talvez sua vida hoje pareça estar bem organizada na superfície, mas por dentro dela reina um grande caos. Há confusão e problemas sem fim. Angústia, dor, vergonha, decepção, medo, indecisão e outros adjetivos, talvez sejam a melhor definição de sua vida nesse momento.

Mas a boa notícia é que Deus é bem maior do que seus problemas. Ele tem todo o poder e é especialista em situações confusas. Ele agiu no caos da vida de Jacó e José e pode agir na sua vida.

Onde se encontra o caos de sua vida? Quais são seus problemas? Entregue tudo ao Senhor e deixe que Ele aja miraculosamente em sua vida.

——————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19203576

ATACANDO A ANSIEDADE

A ansiedade é poderosa e destrutiva. Quando ela chega é preciso atacá-la com um plano prático e bem definido. Paulo ensina em Filipenses 4.6: “Não fiquem preocupados com coisa alguma, mas, em tudo, sejam conhecidos diante de Deus os pedidos de vocês, pela oração e pela súplica, com ações de graças.”

Segundo Paulo, quando a ansiedade aparecer, devemos ir a Deus. Devemos confiar em Sua Palavra (que O revela) e baseado nela, entregar tudo a Ele em oração.

Que privilégio saber que quando a ansiedade aparece, podemos buscar a Deus e saber que Ele nos ouve. A oração é poderosa porque destrói a fonte central da ansiedade: a incredulidade.

Assim, quando você estiver ansioso, lutando com sua inutilidade ou incapacidade para algo, destrua a incredulidade lembrando do que Isaías 26.4 afirma: “Confiem para sempre no Senhor, pois o Senhor, somente o Senhor, é a Rocha eterna.”

Quando você estiver ansioso, sentindo-se fraco demais para lidar com seu trabalho e responsabilidades, destrua a incredulidade, abraçando a promessa do Senhor Jesus em 2 Coríntios 12.9: “A minha graça é o que basta para você, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza.”

Quando você estiver ansioso diante de decisões sobre o futuro, destrua a incredulidade, apropriando-se da promessa de Deus no Salmo 32.8: “Eu o instruirei e lhe ensinarei o caminho que você deve seguir; e, sob as minhas vistas, lhe darei conselho.”

Quando você estiver ansioso diante das pessoas que lhe causam problemas, destrua a incredulidade, confiando na promessa de Deus em Romanos 8.31: “Se Deus é por nós, quem será contra nós…”

Seja lá o que esteja causando-lhe ansiedade, sua responsabilidade é combater a incredulidade do seu coração, confiando plenamente no que a Palavra de Deus diz e entregando tudo a Ele.

——————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19189711

MUDANÇAS EFETIVAS

Se você quer que as coisas sejam diferentes em sua vida, você precisa mudar não seu trabalho, circunstâncias, ambiente, relacionamentos ou renda. Você antes precisa fazer mudanças efetivas em sua vida.

Nada muda em sua vida se você não mudar suas atitudes. Se você quiser ver uma diferença significativa em sua vida, você precisa ir à fonte e fazer mudanças efetivas em suas atitudes.

Para uma mudança efetiva em sua vida, dê prioridade para Deus. A ordem clara de Jesus em Mateus 6.33 é: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” Os que centram em Deus e em Sua vontade lidam melhor com o inevitável, a ansiedade, a angústia e o stress de uma forma mais calma, responsável e confiante. Por isso, centre em Deus!

Para uma mudança efetiva em sua vida, considere mais as pessoas. A Bíblia ensina em Romanos 13.9: “…Se há qualquer outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” Aprenda então a valorizar mais as pessoas, especialmente as mais próximas. Invista seu tempo, bens e recursos em “gente”. Ame as pessoas.

Para um mudança efetiva em sua vida, seja mais responsável com ela. Há coisas que só dependem de você. Provérbios 27.12 diz: “O prudente vê o mal e esconde-se…” Muita gente sofre por não ter levado a família, a saúde, os negócios, os amigos, e tantas outras coisas a sério. Elas brincam de viver. Deus lhe deu essa vida, seja então responsável por ela.

Lembre-se: nada muda até que suas atitudes mudem. Atitudes mudadas fazem com que tudo fique diferente ao seu redor. A felicidade espera por aqueles que estão prontos a fazer mudanças efetivas em suas vidas.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19142406

PRONTO A AMAR

O desejo de ser amado e amar está gravado no DNA de todo ser humano. As pessoas sabem que o amor é importante. Mas o amor está em falta. Muita gente vive sem uma palavra, sem um toque, sem um abraço, sem um sorriso, sem um ombro para chorar e sem uma vida para compartilhar. Muitos vivem sem amor.

O amor está em falta. Ele está em falta não porque ele não existe. A Bíblia diz em 1 Joāo 4.16 que “Deus é amor” Não está faltando amor no universo. O problema é que está faltando os distribuidores do amor.

Faltam pessoas com o amor de Deus para repartir o amor. Quando o amor de Deus enche a vida, aí sim, ele pode ser repassado aos outros.

É por isso que precisamos do amor de Deus. Ao definir o grande amor de Deus, Jesus diz em 1 Joāo 3.16: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

Jesus é o Filho de Deus que nos foi dado pelo Pai para que sacrificialmente pudesse dar Sua vida para morrer numa cruz pelos nossos pecados com o fim de voltarmos a ter um relacionamento com o Pai.

É recebendo a Jesus pela fé que nossos corações são transformados e inundados do amor de Deus. Esse amor então nos capacita a perdoar, a amar os que não nos amam e fazer o bem a quem nos faz o mal. O amor de Deus em nós é que nos impulsiona a amar.

Por isso, receba a Jesus – a expressão do amor de Deus – em sua vida. Ele lhe inundará de Seu amor, e, cheio do amor dEle, você então estará pronto a amar a qualquer pessoa.

———————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19120048

DEUS AGE NA HORA CERTA

Talvez você possa pensar que Deus se esqueceu ou se ausentou de você na hora em que você mais precisava dEle.

Talvez você tenha orado e pedido a Ele que lhe fizesse algo o mais rápido possível, mas parece que nada foi feito, ou quando a resposta chegou parecia tarde demais.

A razão de pensarmos assim é porque nossa perspectiva da vida é sempre do lado humano. Somos regidos por horários. Tomamos café, almoçamos, jantamos, fazemos exercícios, buscamos crianças na escola, dormimos, trabalhamos, estudamos, etc.

Mas Deus não é assim. Deus não está vinculado a horários e nem ao nosso tempo. Ele vive numa realidade eterna que transcende o tempo. Atos 15.18 afirma: “…diz o Senhor, que faz estas coisas conhecidas desde os tempos antigos.”

Por vivermos debaixo de um domínio físico e temporal torna-se difícil entender como Deus pode trabalhar fora desse tempo humano. Mas é assim que Ele vive e age. Salomão afirmou em Eclesiastes 3.11 que Deus “…fez tudo apropriado ao Seu tempo…”

Assim, o seu desafio no dia a dia é lidar com a própria ansiedade, colocando tudo diante dEle e confiar em Sua perfeita sabedoria, bondade e amor, entendendo que Ele tem um tempo apropriado para todas as coisas.

Deus nunca chega tarde. Ele sempre está na hora certa. Você pode O perder de vista, mas Ele nunca lhe perde.

————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19106790

ARREPENDA-SE!

Em Mateus 3.2, João Batista começou seu ministério, dizendo: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo.” Em Mateus 4.17, quando Jesus iniciou seu ministério público sua palavra ao povo também foi: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo.” Em Atos 2, quando Pedro pregou a uma enorme multidão, ao final de seu sermão o povo perguntou no versículo 37: “…que faremos?” Pedro no versículo 38 respondeu: “Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos seus pecados…”

A Bíblia está cheia de versículos que chama a todos ao arrependimento. O termo mais usado no Novo Testamento para arrependimento é a palavra grega “metanoia”, mudança de mente. No centro dessa palavra inclui o reconhecimento do pecado diante de Deus, seguido de uma tristeza sincera que culmina em uma mudança profunda de comportamento.

O arrependimento é uma ordem divina. Deus ordena que todos se arrependam de seus pecados. O arrependimento não é uma forma para abrandar a consciência dos erros cometidos, mas é o profundo desejo em querer transformar a tendência de ir direto e frontalmente contra tudo o que é de Deus.

Em 2 Timóteo 2.25, Paulo afirma: “…na esperança de que Deus lhes conceda o arrependimento, levando-os ao conhecimento da verdade.” Por isso, caso Ele esteja produzindo arrependimento em sua vida, humilhe-se diante dEle, confesse seus pecados, peça perdão em nome de Jesus e disponha-se a fazer as mudanças que Ele mesmo, pelo Espírito Santo, indicará em seu coração.

O arrependimento verdadeiro diante de Deus é algo poderoso, porque traz refrigério à alma, frescor e profundas mudanças à vida.

A ordem de Deus para você é: Arrependa-se!

————————–

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19081838

DIANTE DO MEDO

Em 2 Crônicas 20.1,2 temos o seguinte relato: “Depois disto, os filhos de Moabe e os filhos de Amom, com alguns dos meunitas, vieram à peleja contra Josafá. Então, vieram alguns que avisaram a Josafá, dizendo: Grande multidão vem contra ti…” No versículo 3 encontramos a reação do rei Josafá: “Então, Josafá teve medo e se pôs a buscar ao SENHOR; e apregoou jejum em todo o Judá.”

No versículo 12, o rei Josafá em sua oração disse algo muito interessante: “…Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti.”

Josafá diante de seu medo, reconhece seus limites humano. Ele sabia que não tinha capacidade alguma contra o inimigo, e pior, ele não tinha nenhuma estratégia de ação organizada, mas ele declarou sua confiança no Senhor.

Nos versículos 15 e 17 o Senhor respondeu a Josafá dizendo: “…Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão, pois a peleja não é vossa, mas de Deus…Neste encontro, não tereis de pelejar; tomai posição, ficai parados e vede o salvamento que o SENHOR vos dará…Não temais, nem vos assusteis; amanhã, saí-lhes ao encontro, porque o SENHOR é convosco.”

Como Josafá, talvez algo tenha ocorrido em sua vida que lhe traz muito medo e ao enfrentar o problema você talvez tenha chegado ao seu limite e não sabe o que fazer.

Mas o Deus de Josafá não mudou. Ele ainda espera que como Josafá você também O busque. Ele espera de você uma atitude de dependência total.

Diante do medo, volte-se para Deus. Sintonize-se em Sua voz em Hebreus 13.5, que diz: “…De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.”

—————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/19071646