TUDO COOPERA PARA O BEM

Paulo afirmou em Romanos 8.28: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.”

Quando Paulo afirma “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem…” ou seja, todas as coisas boas ou ruins que acontecem, estão trabalhando juntas para o bem dos que amam a Deus. Paulo não está dizendo que somente as coisas boas cooperam para o bem. O que ele diz é há coisas boas no final de tudo porque Deus tem sempre um propósito e está no controle de todas circunstâncias da vida daqueles que O amam.

O princípio simples do texto é que não há acidentes na vida dos que pertencem a Jesus. O seguidor de Jesus não acredita em destino; ele anda por fé. Ele vive na certeza plena de que Deus está no controle de tudo e que usa todas as circunstâncias visando o bem.

A vida de José do Egito exemplifica esse princípio. Deus estava no controle de todas as coisas na vida dele. Ainda que a vida de José tenha sido muito difícil devido a maldade de várias pessoas, especialmente a de seus irmãos, ele, no tempo certo entendeu o propósito maior de Deus e declarou isso a seus irmãos em Gênesis 50.20: “Vocês planejaram o mal contra mim, mas Deus o tornou em bem…” José entendeu que Deus sempre esteve no controle de sua vida e no final tudo cooperou para o seu bem.

Quando a sua vida está dificuldades, é muito natural você perguntar: “Por que isso está acontecendo comigo? O que eu fiz para merecer tal destino?” Inicialmente você não consegue saber a resposta, mas é importante que você creia em Deus. Creia que Ele é amoroso, soberano e poderoso e que a seu tempo revelará Seus bons propósitos em sua vida.

Por isso, espere pacientemente no Senhor e creia que tudo está cooperando de forma maravilhosa para o seu bem.

—————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16444119

HÁ ESPERANÇA

Quando seus dias são marcados por grandes dores e tribulações, sua reação natural é perder a esperança. Você tende em achar que a vida acabou, seja por causa de um casamento em crise, um filho rebelde, uma grave doença, o falecimento de alguém querido, o desemprego, etc.

Mas, o maravilhoso na Bíblia é que ela é um livro de esperança. Ela traz esperança para as dores e lutas presentes, mas ela também traz esperança e segurança para uma vida futura; eterna.

Em 1 João 3.2, o apóstolo afirmou: “Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é.”

João diz que a esperança eterna está no fato de que um dia Jesus voltará a esse mundo. Ele não voltará como em sua primeira vinda, quando veio para dar a sua vida na cruz para salvar pecadores arrependidos. Antes, Ele voltará como soberano Rei para reinar e julgar a todos, conforme nos mostra Mateus 24 e o livro bíblico de Apocalipse.

Há esperança na volta de Jesus porque tudo que produz o mal na vida, o pecado e seus fomentadores — Satanás, os demônios e os ímpios — serão julgados e tratados severamente.

A esperança verdadeira nunca está na realidade dessa vida e no que ela pode oferecer. Paulo afirmou, em 1 Coríntios 15.19: “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens.”

Por isso, ponha sua esperança em Jesus e não em você, em outros ou nas circunstâncias. Entregue suas dores e lutas a Ele. Decida obedecê-Lo; viva nEle e para Ele.

Há esperança, hoje e eternamente, para os que estão em Jesus.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16425060

UMA VIDA ABUNDANTE

Jesus declarou em João 7.37-38: “No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.”

No texto, Jesus estava participando do ultimo dia da “Festa dosTabernaculos.” A festa durava oito dias, e no sétimo a água do poço de Siloé era levada num jarro de ouro e derramada no altar, para lembrar a todos que Deus providenciou milagrosamente água para Israel, quando a nação estava no deserto.

Naquele último dia da festa, Jesus faz um grande convite a todos: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba.” Ele corajosamente chamou os presentes para virem a Ele e satisfazerem nEle a sede mais profunda: a sede espiritual.

O convite é amplo porque diz: “se alguém…”. Qualquer um pode vir, independentemente da cultura, raça, classe social, nacionalidade, partido político etc; Porém, o convite também é estreito porque afirma: “Se alguém tem sede…” É preciso, antes de tudo, ver, sentir e perceber que falta algo.

Na verdade, Jesus, por meio da metáfora da bebida, diz algo simples – mas profundo – para você. Ele diz: “O que você está procurando, só Eu tenho e posso lhe dar.”

Suas necessidades revelam a sede de sua alma; aquilo que lhe está faltando. Talvez você esteja tentando satisfazer suas necessidades de várias formas, mas ela só pode ser satisfeita na pessoa de Jesus. Sua sede não é prioritamente de ordem física, emocional, relacional, financeira etc. Sua sede é, primeiramente, de ordem espiritual.

Jesus hoje não lhe oferece um copo de água para as necessidades de sua alma, mas um rio perpétuo e vivo dentro de você; uma abundância de vida sem fim.

————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16403931

APROXIME-SE DE DEUS

Um relacionamento saudável leva tempo para ser construído. Despender tempo com alguém oferece a oportunidade de conhecê-lo. Com Deus não é diferente. Ele quer que nos encontremos com Ele e nos aproximemos dEle. Tiago 4.8 ensina: “Aproximem-se de Deus, e ele se aproximará de vocês!”

Aproximar-se de Deus é ao mesmo tempo um convite e uma promessa. Deus se aproximará de todos aqueles que se achegam a Ele. Adam Clarke afirmou: “Quando uma alma se propõe a buscar a Deus, Ele se propõe a atender a essa alma; de modo que, enquanto estamos nos aproximando dEle, Ele está se chegando perto de nós.”

Para aproximar-se de Deus é necessário ter um tempo e local privado. O tempo e local informa a necessidade de dar a Ele toda a prioridade. Esse era o estilo de vida de Jesus. Marcos 6.46 relata: “… subiu (Jesus) a um monte para orar.”

No tempo e local privado é também necessário desejar ouvir a voz de Deus. É preciso ler, ouvir, estudar e meditar em Sua Palavra. Deus nos fala por ela. Jeremias 15.16 afirma: “Quando as tuas palavras foram encontradas eu as comi; elas são a minha alegria e o meu júbilo ….” Assim, abra a Palavra e anseie ouvir a voz de Deus.

Se você se dispor a aproximar-se de Deus, Ele se aproximará de você. Ele deseja ter um relacionamento diário e contínuo com você. Aproxime-se dEle e faça desse encontro um hábito em sua vida.

Sua vida será cheia de propósito, significado e acima de tudo terá um senso de missão, se você se dispor a aproximar-se diariamente do Senhor.

Aproxime de Deus hoje, agora e a todo o momento.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16433948

EXERCITAR A FÉ

Há, na vida, muitos dias difíceis. Dias em que parece não haver “luz”. Quando os dias estavam difíceis na vida de Jó, ele disse, em Jó 3.24-26: “Pois me vêm suspiros em vez de comida; meus gemidos transbordam como água. O que eu temia veio sobre mim; o que eu receava me aconteceu. Não tenho paz, nem tranquilidade, nem descanso; somente inquietação.”

As palavras de Jó são as mesmas de muitas pessoas. Os tempos de Jó eram difíceis, e talvez os seus também os sejam. Quando os dias são difíceis, você, por vezes, pergunta: que fazer?

A resposta de Deus para sua pergunta é que, em momentos difíceis, é preciso exercitar a fé. É preciso crer que Deus está no controle de tudo e sabe de todas as coisas. Ele se agrada dos que confiam nEle. Hebreus 11.6 afirma: “Sem fé é impossível agradar a Deus…”

Exercitar a fé significa crer que Deus está fazendo algo, ainda que você não perceba no momento. Exercitar a fé significa crer nEle, mesmo quando Deus se mantém silencioso ou quando não responde as orações do nosso jeito e na nossa hora. Exercitar a fé significa orar e sinceramente dizer: “Senhor, estou triste. Não entendo tudo, mas confio plenamente em Ti.”

Se você considera seguir a Jesus, não espere por respostas prontas e por soluções mirabolantes para a sua vida. É preciso exercitar a fé e crer no que Jesus fez por você na cruz para lhe salvar. Porém, é preciso também continuar seguindo-O todos os dias, em todos os momentos e em todas as circunstâncias da vida. NEle você pode não ter todas as respostas, mas Ele assegura que estará sempre com você: isso é suficiente.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16394401

A PRIORIDADE DAS PRIORIDADES

Os filhos de Israel receberam de Deus um tesouro incomparável e de grande valor, a Bíblia. Paulo afirmou em Romanos 3.2: “…porque aos judeus foram confiados os oráculos de Deus.”

No Antigo Testamento, Moisés recebeu do Senhor os Dez Mandamentos e toda a Lei. O problema foi que a nação de Israel em um certo período, deixou de obedecer e apreciar a Palavra de Deus como ela merecia. Israel esqueceu a Palavra de Deus, e se apostatou, abandonando a Deus totalmente.

E quanto a nós? Nunca tivemos tantas igrejas e tantos recursos, mas as pessoas ainda estão secas de Deus e extremamente vazias de Sua Palavra. Muitos que se dizem cristãos amam ir a cultos, cantar e adorar por horas, fazer “coisas para Deus”, mas se irritam quando a Palavra de Deus é lida, ensinada, pregada e explicada. Muitos não estão mais lendo, estudando ou meditando na Palavra de Deus por si mesmos. Estão secos e áridos de Deus.

O Salmista afirmou no Salmo 138.2: “…pois magnificaste acima de tudo o teu nome e a tua palavra.” O texto diz que Deus prioriza o Seu nome e a Sua Palavra. Se Ele a vê como a prioridade das prioridades, você também deve fazer o mesmo.

Decida então sair da apatia e negligência espiritual e voltar a dar prioridade à Palavra de Deus em sua vida. Que as palavras do Salmo 119.97 lhe motivem: “Quanto amo a tua lei! É a minha meditação, todo o dia!”

Soren Kierkegaard disse: “Quando você lê a Palavra de Deus, você deve constantemente dizer para si mesmo: Ela está falando comigo e sobre mim.”

Assim sendo, decida fazer da Palavra de Deus a prioridade das prioridades em sua vida.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16384911

COMPLICANDO O SIMPLES

Jesus afirmou em Mateus 6.5: “E, quando orardes, não sereis como os hipócritas; porque gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo que eles já receberam a recompensa.”

Jesus ensina que a oração é algo sério e simples. Sério, porque por meio dela falamos diretamente com Deus sem qualquer intercessor. Simples, porque a oração é uma conversa, um diálogo, um “bate papo” e uma “prosa santa” com o Senhor.

A religião e o religioso gostam de complicar o simples. E é isso que Jesus condena nesse texto. Pessoas que deveriam apenas orar, falar com Deus, vão para as reuniões religiosas e para as praças mostrar para os outros a sua “profunda espiritualidade”.

Se Jesus foi veemente contra essa conduta, a ponto de chamar esses líderes religiosos de “hipócritas”, devemos refletir sobre tudo isso, perguntando o seguinte: Será que também não gostamos de nos mostrar mais do que realmente somos?

Será que o nosso cristianismo não tem um quê de devoção farisaica? Aquela “casca” espiritual que quer sempre ser o centro das atenções? Será que não estamos complicando o simples?

O melhor que você pode fazer nesse momento é abrir o coração e ser sincero com Deus sobre tudo em sua vida. Apenas ore; não complique o simples.

É preciso que você seja sincero com Deus, abrindo totalmente o seu coração e dizer que deseja aprender a falar com Ele, assim como uma criança fala com seu pai, e contar a Ele todos os seus anseios, alegrias, tristezas e expectativas.

O pregador Charles Spurgeon afirmou: “A verdadeira oração é medida pelo seu peso, e não pelo comprimento. Um único gemido diante de Deus pode ter mais plenitude do que uma longa polida oração.”

Por isso, não complique o simples.

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/16374458