ORAÇÕES RESPONDIDAS

Deus sempre ouve a oração, mas Ele nem sempre a responde, pois ao orarmos precisamos estar convictos que somos dEle, O estamos obedecendo e centrados em fazer Sua vontade. 1 Joāo 5.14-15 diz: “E esta é a confiança que temos para com ele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que ele nos ouve quanto ao que lhe pedimos, estamos certos de que obtemos os pedidos que lhe temos feito.”

O Senhor Jesus teve suas orações respondidas porque viveu em plena obediência ao Pai e sempre se dispôs a fazer Sua vontade. Ele dirigiu suas orações na certeza de que Ele sempre o ouviria. Em Joāo 11.41-42, antes de ressuscitar Lázaro, Ele orou, dizendo: “…Pai, graças te dou porque me ouviste. Eu sei que sempre me ouves…”

Se você insiste em viver sua vida desagradando e desonrando ao Senhor, vivendo no pecado, Ele não o ouvirá. Deus nunca ouvirá ao que vive em rebeldia e desobediência a Ele. Em 1 Samuel 28.6 afirma que “Saul consultou o Senhor, porém o Senhor não lhe respondeu…” Por que o Senhor não o respondeu? Porque ele havia decidido viver fazendo o que desagradava ao Senhor. O salmista declara no Salmos 66.18 : “Se, no coração, eu tivesse contemplado iniquidade, o Senhor não teria me ouvido.”

Você gostaria que o Senhor respondesse suas orações? Decida então ir à Sua presença com um coração contrito, quebrantado e arrependido de seus pecados. Decida endireitar sua vida, obedecendo-O em tudo. Decida também entregar todos os seus desejos e vontades a Ele, para que Ele o dirija.

Suas orações só serão respondidas se você decidir obedecer ao Senhor e fazer Sua vontade.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51376731

LIDANDO BIBLICAMENTE COM O DINHEIRO

John Rockefeller foi o primeiro bilionário do mundo. Ao morrer em 1937, sua fortuna foi avaliada em 1,4 bilhões de dólares. Quando de sua morte alguém perguntou ao seu contador: “Quanto ele deixou?” E o contador de pronto respondeu: “Ele deixou TUDO”!

Entramos no mundo sem dinheiro e sairemos sem ele. E a Bíblia, em sua eterna sabedoria, ensina princípios de como você pode lidar prudentemente com o dinheiro em seu dia a dia.

1º) – Glorifique a Deus com o dinheiro. Tudo nesse mundo vem do Senhor, incluindo o dinheiro. O Salmos 24.1 ensina: “Ao Senhor pertence a terra e a sua plenitude, o mundo e os que nele habitam.” Consagre seu dinheiro ao Senhor.

2º) – Adquira o dinheiro honestamente. O dinheiro precisa ser adquirido de forma honesta e isso inclui primeiramente o trabalho. Por isso, trabalhe! Provérbios 13.11 declara: “Os bens que facilmente se ganham, esses diminuem, mas o que ajunta à força do trabalho terá aumento.”

3º) – Lide seriamente com a ganância e a avareza de seu coração. O dinheiro traz consigo poder e influência. Por isso, é preciso ter motivação e propósitos para ganhá-lo e gastá-lo. Cuidado! Não foque sua vida no dinheiro! Deus chama esse foco de pecado de avareza e ganância. Hebreus 13.5 ensina: “Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei.”

4º) – Seja generoso, doe! O dinheiro perde sua força no coração quando você se dispõe a ser generoso e doá-lo. Em 2 Coríntios 9.7 diz: “Cada um contribua segundo tiver proposto no coração, não com tristeza ou por necessidade; porque Deus ama a quem dá com alegria.”

Assim, aprenda biblicamente a lidar com o dinheiro.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51338303

ESPERE!

Em 1 Samuel 13.1-9, Saul sabia que os filisteus estavam montando um enorme exército contra ele e que, uma vez organizados, seria muito mais difícil de derrotá-los. Saul queria atacá-los, mas como forma de confiar no Senhor, todos precisariam esperar Samuel chegar para fazer o sacrifício espiritual, que prepararia o povo para a batalha. Mas não aconteceu assim. Samuel não havia chegado e os soldados começaram a se dispersar. A tropa começou a perder a confiança em Saul como líder, e ele então sentiu que estava com problemas. Tomado de medo, ansiedade e por não saber o que fazer, e na tentativa de resolver o problema e manter a tropa, Saul mesmo fez o sacrifício, o que não era de sua competência, pois ele era rei e não sacerdote. No término do sacrifício, Samuel chega. Vendo tudo o que Saul fizera, Samuel o repreende, dizendo, em 1 Samuel 13.13,14: “…Procedeste nesciamente em não guardar o mandamento que o Senhor, teu Deus, te ordenou; pois teria, agora, o Senhor confirmado o teu reino sobre Israel para sempre. Já agora não subsistirá o teu reino. O Senhor buscou para si um homem que lhe agrada e já lhe ordenou que seja príncipe sobre o seu povo, porquanto não guardaste o que o Senhor te ordenou”. Saul decidiu realizar o sacrifício não mais de uma hora antes da chegada de Samuel. Se ele tivesse confiado em Deus e esperado mais uma hora, como as coisas poderiam ter sido diferentes!

Os últimos momentos de espera podem ser difíceis e tentadores, mas é preciso esperar. Não seja como Saul. Você pode perder o melhor do Senhor pelo simples fato de não esperar e não confiar nEle.

Cuidado! Resolver os assuntos com as próprias mãos, sem confiar no Senhor, pode destruir para sempre a sua vida.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51313138

POR QUE JESUS VEIO AO MUNDO?

Jesus é Deus! Joāo 1.1 declara: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” Em Mateus 1.21, o anjo disse a José: “Ela (Maria) dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.” Ao vir ao mundo, Deus Pai escolheu o nome perfeito para Seu Filho, “Jesus”, que significa, na língua aramaica, “Jeová salva”. Na verdade, esse nome refletiria Sua missão e propósito na terra: “salvar o seu povo de seus pecados”.

Deus, sendo Santo (sem pecado) vem a nós em Jesus para resolver o nosso principal e mais profundo problema: o pecado. É o pecado que nos separa de Deus e nos condena. Paulo afirmou em Romanos 3.23: “pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus.”

Se o nosso maior problema fosse a falta de educação, Deus nos teria enviado um professor para nos ensinar e nos tirar da ignorância. Se o nosso maior problema fosse de natureza política, Deus teria nos enviado um rei terreno para corrigir a situação política.

O que todos precisamos não é de mais educação, bons salários, inspiração, bons governos, etc. Tudo isso é muito bom, mas não é o mais importante. O que precisamos é de um Salvador de nossos pecados. E Ele já nos foi dado por Deus: Jesus.

Quando Deus deu o nome de “Jesus” para que assim fosse chamado, o objetivo era apontar que Ele seria o Salvador dos pecados. E foi na cruz, Sua maior obra. É ali que Ele pagou o preço pelos pecados.

Pergunta: Você já foi a Jesus e pediu para que Ele perdoasse os seus pecados? Porque essa é a razão porque Ele veio. E isso é o que Ele faz, e lidar com seus pecados é o que realmente você precisa urgentemente fazer.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51300764

OS CUIDADOS DA VIDA

Davi declarou no Salmos 55.22: “Lance os seus cuidados sobre o Senhor e ele o susterá; jamais permitirá que o justo seja abalado.”

O Salmos 55 descreve uma época quando Davi foi alvo de algum tipo de traição e rebelião por alguém associado a ele. Sua decepção lhe trouxe um peso e tristeza na alma. O que Davi fez? Ele resolveu lançar esse cuidado ao Senhor e esperar nEle.

Pessoas e circunstâncias nos impõem cuidados; pesados fardos nessa vida. A questão, não são os problemas em si, mas o que faremos com eles. Tentar carregá-los sozinhos e buscar resolvê-los com as próprias mãos é atrair ruína emocional e física.

A solução para os cuidados não está em nós ou em outros, mas no Senhor. Ele é sempre suficiente e capaz de sustentá-los. Ele tem todo o poder para nos ajudar a suportar as lutas e trazer uma miraculosa solução.

Independente de quais sejam seus cuidados, decida entregá-los ao Senhor. Tentar levá-los sozinho é abrir portas para a angústia e a ansiedade. 1 Pedro 5.7 ensina: “Lancem sobre ele todas as suas ansiedades, porque ele cuida de vocês.” Assim, entregue tudo ao Senhor e deixe que Ele o fortaleça.

Mas você pode perguntar: como sei se lancei meus cuidados ao Senhor? É simples! Se você ainda se sente sobrecarregado ao pensar em seus cuidados, é certo que eles ainda não foram entregues ao Senhor.

Davi tinha certeza, confiança e esperança que seu destino não estava na mão de ninguém. Ele cria que Deus ainda era o Senhor sobre tudo e que tinha a palavra final. Ele apenas colocou seus cuidados nas mãos do Senhor e foi plenamente sustentado. Por isso, faça o mesmo. Entregue todos os seus cuidados ao Senhor.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51274785

“O ENSINO DO SÁBIO”

Salomão afirmou em Provérbios 13.14: “O ensino do sábio é fonte de vida para evitar os laços da morte.”

Esse pequeno provérbio ensina a verdade do que uma pessoa sábia está procurando e valorizando. A pessoa sábia busca ser ensinada. Ela sabe que o ensino faz com que ela evite os erros da vida.

A natureza humana é por si orgulhosa e não gosta que lhe diga como e o que deve fazer. Mas a pessoa sábia não se deixa levar pelo orgulho. Os sábios sempre se dispõem humildemente a aprender.

Por isso, mantenha-se humilde! Dedique-se a aprender dos sábios, dos maduros e dos espirituais. Eles podem ajudar você a errar menos e a viver melhor. Podem salvar você das armadilhas do pecado e das tolices, pois ambas conduzem-no à miséria, destruição e morte.

Dedique-se a aprender e não resista ou se ressinta em ser ensinado ou corrigido. Decida pela nobreza, prudência e sabedoria, buscando o conhecimento dos mais experientes e preparados. Acate as regras, os preceitos e as normas que conduzem a uma vida melhor. Evite o fácil, o trivial e tudo aquilo que é insensato ou que não exige esforço.

Saia da mediocridade e anseie pela sabedoria. As pessoas sábias vivem de modo diferente porque aprenderam a amar a instrução e a correção. Elas também se dedicam a ler e ouvir a Palavra de Deus, a Bíblia, porque sabem que o Senhor fala por ela, e nela está o maior e mais completo tesouro da sabedoria.

Como você pode hoje aprender mais do “ensino do sábio”? Confie mais no ensino de seus pais. Busque por uma multidão de conselheiros para suas decisões importantes. Deseje aprender quando a Palavra de Deus está sendo lida, explicada, ensinada e aplicada por uma autoridade espiritual.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51262079

PERSEVERANDO EM SEGUIR AO SENHOR

Em Josué 14.8, Calebe afirmou: “…eu perseverei em seguir o Senhor, meu Deus.”

No contexto desse versículo, Calebe apresenta-se a Josué para reivindicar a terra que lhe fora prometida pelo próprio Senhor, devido sua fidelidade a Ele no passado. Em Números 13, quando os espias voltaram de olhar a terra, somente Calebe e Josué perseveraram em seguir ao Senhor. Enquanto os demais espias foram incrédulos e contaminaram o povo de Israel com a incredulidade, Josué e Calebe foram fiéis ao Senhor. Os demais espias e o povo incrédulo morreram recebendo a disciplina do Senhor.

O princípio do texto é que todos os que são do Senhor precisam ser perseverantes em segui-Lo. Os que O seguem devem crer nEle e obedecê-Lo acima de tudo. Por quê? Porque há sempre na história muitas vozes contra o Senhor. Todos os que dizem seguir ao Senhor jamais deveriam basear sua caminhada com Ele no que uma maioria ou minoria acha, ou o que o próprio coração diz o que se deve fazer. Perseverar em seguir ao Senhor significa acima de tudo estar disposto a atender prioritariamente o que Deus diz e corajosamente, como Calebe, obedecer a Sua palavra.

Você está perseverando em seguir ao Senhor? Você toma suas decisões baseadas no que a Palavra diz ou você segue o que acha ou o que as outras pessoas pensam ou dizem ser certo?

Decida sair da indecisão, da incredulidade e da rebeldia. Esses são caminhos escorregadios e espiritualmente perigosos. O Senhor espera que você seja um “Calebe”. Ele espera que você não somente diga ser dEle, mas que você O tenha como o maior valor da sua vida e se posicione por Ele, perseverando em segui-Lo.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51245841

INTOXICADOS PELAS BENÇÃOS

Moisés, em Deuteronômio 8.12-14, advertiu o povo de Israel: “Não aconteça que, depois de terem comido e estarem fartos, depois de haverem edificado boas casas e morado nelas; depois de se multiplicarem o seu gado e os seus rebanhos, e aumentar a sua prata e o seu ouro, e ser abundante tudo o que vocês têm, se eleve o seu coração e vocês se esqueçam do Senhor, seu Deus…”

Deus havia prometido bênçãos materiais ao povo de Israel se eles obedecessem a sua voz. Na verdade Moisés, olhando para o futuro, já advertiu o povo de que as bênçãos viriam e que eles deveriam ser cuidadosos para não serem intoxicados com elas, e assim esquecerem e abandonarem ao Senhor. Infelizmente, em uma parte da história de Israel, foi isso mesmo que aconteceu. Intoxicados pelas bênçãos, Israel abandonou o Abençoador.

A verdade desse texto é um alerta a todos nós. Em certo período de nossas vidas as coisas começam a melhorar como nunca e de repente, vagarosa e sorrateiramente começamos a abandonar o Senhor. Ficamos totalmente intoxicados pelas bênçãos e abandonamos o Abençoador.

Pare um pouco e avalie seu coração. Você realmente está louvando ao Senhor e O glorificando humildemente pelas bênçãos que Ele lhe tem dado ou você está deixando que elas o afastem dEle?

Os dias de lutas chegam. Por vezes são dias de escassez. Esses dias duros se tornam testes para a fé. Assim também são com as bênçãos. Quando tudo começa ir bem, a prosperidade e o sucesso chegam, tudo se torna um teste de fé.

Por isso, cuidado! Não se deixe intoxicar com as bênçãos do Senhor. Renda-lhe louvor, gratidão e use as bençãos para também abençoar outros.

————————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51234866

O “DIA DA ANGÚSTIA”

No Salmo 50.15 o próprio Senhor declara: “invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.”

O ensino e a verdade central do versículo giram em torno do tema: o “dia da angústia”. O “dia da angústia” chegará para todos. Quando esse dia chegar é prioritário que se invoque ao Senhor, que creia que Ele trará livramento e que tudo venha reverter para a Sua glória e honra.

A primeira verdade a ser aprendida nesse texto é que todos passaremos por dias angustiosos. Não tem como fugir. A questão é para quem iremos ou para onde iremos quando esses dias chegarem. Para quem ou para onde você corre quando seu “dia da angústia” chega?

A segunda verdade a ser aprendida é que o próprio Deus não só espera, mas ordena que o busquemos e O invoquemos em oração, pois somente nEle há a resposta e o livramento que a alma tanto precisa. As suas angústias devem se tornar uma oportunidade para você ir submissamente ao Senhor, depender dEle e vê-lo agir.

A terceira verdade a ser aprendida é que a solução de Deus na angústia faz com que a alma cumpra seu principal propósito e dever: glorificar a Deus. A glória a Deus é a atitude mais importante de uma pessoa. A angústia resolvida pela intervenção do Senhor faz com que você cumpra seu papel primário como ser humano: glorificar a Deus.

O “dia da angústia” jamais deveria levar você ao desânimo, ao desespero, aos remédios ou a um sono profundo. O “dia da angústia” é sempre a grande oportunidade para você ir a Deus e ver Sua ação, cuidado e Seus grandes milagres.

O “dia da angústia” chegará, mas quando ele chegar, volte-se totalmente para Deus.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51221279

O ENGANO DO CORAÇÃO

Moisés declarou ao povo de Israel em Deuteronômio 29.19: “Ninguém que, ouvindo as palavras desta maldição, se abençoe no seu íntimo, dizendo: Terei paz, mesmo que eu ande na teimosia do meu coração…”.

Nesse texto, Moisés ensina o povo contra o engano de um coração teimoso. Israel não deveria enganar-se com vãs esperanças, achando que a vida daria certo pela insistência no pecado e no abandono ao Senhor. Israel precisaria estar ciente que o Senhor não só se importava com a obediência deles, como também trataria severamente sua desobediência e rebeldia.

O primeiro princípio nas entrelinhas desse versículo é que todos nós precisamos saber do engano de nossos corações. Jeremias 17.9 declara. “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?”

O segundo princípio é que aqueles que se entregaram a seguir e servir ao Senhor Jesus, devem contentemente renovar a aliança de amor, lealdade e compromisso com Ele, cuidando sempre de seus corações para não serem enganados pela teimosia do pecado. Hebreus 3.12 claramente adverte: “Tende cuidado, irmãos, jamais aconteça haver em qualquer de vós perverso coração de incredulidade que vos afaste do Deus vivo.”

Assim, cuide de seu coração. Jamais esqueça que sua tendência é desviar-se do Senhor e seguir os enganos do próprio coração. Dia após dia, momento a momento, renove seu compromisso com o Senhor. Ande sempre com Ele, sempre nos termos dEle e fuja dos enganos e fantasias de seu coração. Lembre-se que nunca haverá segurança para quem vive no pecado.

Não se deixe enganar e jamais se iluda dizendo a si mesmo: “Terei paz, mesmo que eu ande na teimosia do meu coração…”.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51190669

EM DIAS COMPLICADOS

Há dias difíceis, duros e complicados na vida. Nesses momentos é preciso que suas ações e reações sejam acompanhadas de muita sabedoria e prudência, e que a Palavra de Deus se torne sua bússola segura e eficiente.

Em dias complicados é preciso tomar decisões sérias. Uma dentre elas é buscar a Deus em oração. Provérbios 3.6 ensina: “Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas.” Na oração você tira o controle da situação e o coloca nas mãos de Deus.

Em dias complicados considere organizar melhor sua vida. Provérbios 21.5 ensina: “Os planos do diligente tendem à abundância…” Assim, é preciso que você saiba o que acontecendo, como isso o está afetando e que decisões você tomará. Na prática, você não deve permitir que suas lutas deixem sua vida uma bagunça. Organize-se! Organize seu tempo e tudo ao seu redor. Mantenha a disciplina de vida. Não procrastine; não deixe nada para amanhã. Organizar a vida lhe ajuda a lidar com as pressões do dia a dia.

Em dias complicados considere também estar com pessoas. Na noite mais difícil da vida de Jesus, no Jardim do Getsêmani, Ele levou para estar junto a si seus três discípulos mais próximos. Mateus 26.37 diz: “E levando consigo a Pedro e aos dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se.” Em sua agonia, Jesus decidiu não se isolar. Ele decidiu ter seus amigos por perto para que estivessem com ele; orando com e por ele. Por isso, não se isole. Não deixe o orgulho dizer que você pode lidar com a dor sozinho. O isolamento é um perigo quando a vida está difícil.

Quando os seus dias estiverem complicados, decida ser prudente e sábio; aja com conhecimento e discernimento e não coopere para que sua vida se complique mais do que já está.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51153194

FORTE OU FRACO?

Daniel 11.32 declara: “…o povo que conhece o seu Deus se tornará forte e ativo.” Salomão também afirmou em Provérbios 14.26: “Quem teme o Senhor tem forte amparo…” Esses versículos apresentam uma só verdade: as pessoas fortes, seguras e em paz nessa terra são aquelas que temem, consideram, obedecem, servem, adoram e dependem do Senhor.

Pessoas centradas no Senhor são corajosas, ousadas e capazes de façanhas incríveis, pois não temem nenhum problema, provação, dificuldade ou dever. Elas não temem nenhum homem, e nem mesmo a morte. Suas vidas são marcadas por constante paz, pois confiam na força e poder do Senhor.

Pessoas fracas são aquelas que não focam suas vidas no Senhor. Elas confiam em sua própria sabedoria e por isso são incapazes e inseguras . Elas não enfrentam e nem cumprem seus deveres, se intimidam ante os desafios; não governam a si próprios e como consequência são assaltadas pelos obstáculos e se abalam quando os problemas chegam.

Saul era um homem fraco. Ele amava o reconhecimento público, escondeu-se diante dos desafios, como no caso de Golias (1 Samuel 17), sendo dominado pela inveja e o ódio a Davi. Davi foi um homem forte. Ele não temeu enfrentar Golias. Em sua vida – embora tenha enfrentado diversos problemas em seu reino e família – orou, confiou e dependeu do Senhor.

É se firmando no Senhor que sua vida será forte. É no amar, obedecer, temer e confiar nEle que você ganhará coragem, intrepidez, ousadia e ânimo para enfrentar qualquer incerteza da vida.

Foi concentrado no Pai que o Senhor Jesus foi forte e suportou os horrores espirituais, emocionais e físicos da cruz. Agora Ele está assentado como Rei no lugar mais seguro do universo: à mão direita do Seu Pai.

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51139870

A FALTA

Salomão declarou em Eclesiastes 3.11: “Ele (Deus) fez tudo apropriado ao seu tempo. Também colocou no coração do homem o desejo profundo pela eternidade…”

A fala de Salomão foi basicamente resumida na pequena oração de Agostinho: “Senhor, tu nos criaste para Ti e nossa alma não encontrará repouso até voltar-se para Ti.”

A alma está à busca de algo. Sem algo certo a vida parece não ter sentido. Fama, glória, dinheiro, poder, oportunidade, influência, para que servem? Há momentos em que a alma tem aversão até da própria vida. O vazio bate; nada satisfaz; parece que falta algo. Sem dúvida falta; falta Deus.

Você foi criado por Deus e para Ele. Somente Ele pode satisfazer seus anseios mais profundos. Ele é o que você está procurando e precisa. Sua alma deseja por Ele e uma alma sem Ele, mantém-se desorientada.

Na Bíblia, Deus sempre vem ao encontro do homem. Quando Adão pecou em Gênesis 3.9, Deus foi atrás dele e lhe perguntou: “Onde está você?” É sempre Deus quem encurta a distância. A Bíblia relata que Deus, na história, tornou-se um homem em Jesus, Seu Filho Amado. Foi o Senhor Jesus, sendo Deus, assumiu a humanidade para nos trazer de volta ao Pai. É por meio dEle que o pecado é redimido. O pecado é essa decisão diária de viver independente de Deus. O pecado faz a vida ficar vazia e sem sentido.

Jesus então oferece a todos a vida verdadeira. Por meio de Sua morte e ressurreição, o caminho rumo à vida plena é oferecida hoje e na eternidade. Ele afirma em João 10.10: “…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Só em Jesus você volta-se para Deus e encontra tudo o que lhe está faltando.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51107098

TRABALHE DURO

TRABALHE DURO

Salomão declarou em Provérbios 14.23: “Em todo trabalho há proveito; meras palavras, porém, levam à pobreza.”

O que não falta nesse mundo são sonhadores que promovem e fantasiam o sucesso. Na verdade, o nome desses que nunca trabalharam ou nunca produziram é: preguiçoso. A eles provérbios 13.4 declara: “O preguiçoso deseja e nada tem, mas o desejo dos que se esforçam será atendido.”

Conforme Salomão, o que faz a diferença é trabalhar, e trabalhar duro.

Os sábios dedicam-se ao trabalho. Eles são gratos ao Senhor pela saúde e pela oportunidade trabalhar. Eles não vivem especulando, conversando ou planejando riquezas sobre a fantasia de um tal novo negócio. Eles fundamentam-se sob a verdade de Provérbios 12.11, que afirma: “O que lavra a sua terra terá pão em abundância, mas quem corre atrás de coisas sem valor não tem juízo.”

Certas pessoas vivem no mundo da ilusão. Elas falam de novos negócios e novos investimentos. Elas estão cheias de novas idéias e esquemas de como ganhar dinheiro, mas vivem se enganando. Salomão adverte: “Em todo trabalho há proveito…” Por isso, trabalhe! Dedique-se ao trabalho! Seja diligente e fiel nele e você crescerá em sua profissão e obterá lucro. Pare de desejar o estilo dos ricos. Não seja dominado pelos símbolos de status deles: roupas caras, viagens, carros, restaurantes finos, barcos, relógios caros, mansões etc.

Ame seu trabalho! Acorde cedo, lave seu rosto, tome seu café e vá trabalhar! Ganhe seu dinheiro honestamente; gaste menos do que ganha; forme poupança; seja generoso e persevere.

Acima de tudo, honre ao Senhor em tudo o que faz e você terá a Sua benção. O relacionamento real com Deus – Aquele que trabalha e inventou o trabalho – é o que fará a diferença nessa vida.

————————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/51093384

SUBMISSÃO A DEUS

O Senhor Jesus afirmou em Joāo 4.34: “… a minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.” Antes de ir à Cruz, Ele orou em Mateus 26.39 “…Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres.”A vida do Salvador foi sempre de plena rendição ao Pai.

A submissão ao Pai, é o desejo de Jesus para cada um de Seus discípulos. Um bem conhecido hino diz: “Tudo, ó Cristo, a ti entrego; Tudo, sim, por ti darei! Resoluto, mas submisso, Sempre, sempre, seguirei! Tudo entregarei! Tudo entregarei! Sim, por ti, Jesus bendito, Tudo deixarei!”

Submeter-se a Deus significa entregar a Ele o controle total da vontade, do direito, das posses, dos interesses, da vida; do tudo. Significa reconhecer que o que se é, o que se tem e o que vier a ser e ter, pertence a Ele e volta a Ele. O submisso a Deus entrega a Ele os desejos, medos, o senso de controle, de segurança e a estabilidade,

O submisso para de brincar, brigar e desafiar Deus. Ele entende que não precisa de todas argumentações e nem de todas as dúvidas respondidas. Ele vive por fé e está com o Senhor.

A sua proximidade e intimidade com o Senhor é o resultado proporcional de sua completa submissão ao Senhor. Somente quando você rende-se a Deus o seu “eu”, aí então você terá a vida que tanto procura.

Deus hoje espera sua submissão, entrega e confiança total nEle. Submeter a Ele é um dos grandes desafios da vida, mas é a forma mais plena e segura de se viver.

———————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/50985642

CRER EM JESUS

CRER EM JESUS

O Senhor Jesus afirmou em João 7.38: “Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva”.

Essas palavras de Jesus são cheias de esperança. Ele diz que todos aqueles que crerem nEle desfrutarão a verdadeira vida; a vida de Deus pelo Espírito Santo.

Receber a Jesus é literalmente “crer” nEle. “Crer” nEle é estar plenamente convicto de que Ele é a fonte contínua e perfeita de toda a satisfação que se tentava achar em outros lugares ou em outras pessoas.

Jesus, sendo Deus, tornou-se um homem e veio a este mundo para tratar com a realidade do pecado. Ele morreu na cruz, expiando o pecado, foi sepultado, foi reconhecido como morto, mas, ao terceiro dia, Ele ressuscitou e venceu a morte. O pecado impede o ser humano de ter um relacionamento com Deus, o Pai. Mas por meio de Jesus, todos os que se arrependem de seus pecados, crendo nEle como Senhor e Salvador, voltam ao relacionamento com Deus. Através de Jesus há total restauração espiritual e há esperança para profundas mudanças nesta vida e garantia e certeza da vida eterna.

Quando você crê em Jesus, você tem verdadeira vida; você volta à origem. Seu alvo de vida passa a ser: conhecer e crescer nEle a cada dia.

Se você crê em Jesus, Sua vida flui maravilhosamente em você através do Espírito Santo. Você encontrou tudo o que desejava e procurava. Assim sendo, desfrute dessa vida. Viva todos os dias “fluindo do rio de águas vivas” que Jesus lhe deu e compartilhe essa realidade com o maior número de pessoas que você puder.

Crer em Jesus é retornar para Deus, pois Nele, pelo Espírito Santo, a vida flui.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/50890100

A ESPERANÇA NO SENHOR

Em Hebreus 6.19, o escritor afirma: “Temos esta esperança por âncora da alma, segura e firme…”

O contexto desse verso fala sobre a vida de Abraão, o qual foi o pai da nação judaica e recebeu do Senhor várias promessas. Diante de cada promessa recebida, Abraão firmava sua esperança no Senhor. A experiência dele se tornou um exemplo de que a esperança no Senhor pode manter alguém firme.

A âncora é um instrumento náutico pesado, cuja função é fazer com que o navio atracado, permaneça seguro em meio a ventos ou correntes marítimas. A âncora é uma figura de linguagem, usada como símbolo de esperança e estabilidade da vida. Assim, ‘âncora da alma’ é a esperança no Senhor e em Suas maravilhosas promessas. Por meio dEle e em tudo o que Ele diz, podemos nos manter firmes, mesmo diante dos ventos fortes da vida ou quando tudo parece desmoronar.

A “âncora da alma” é a sua esperança no Senhor. Essa esperança nEle é a semente da fé. Quando você espera nEle, tenha a certeza de que Ele é muito maior do que você, do que outros e do que seus problemas e dilemas.

A sua esperança precisa sair de você e de outros, para estar no Senhor e em Suas poderosas promessas. Isso é tudo o que você precisa para enfrentar suas crises, sejam elas quais forem. Hebreus 10.23, ao falar sobre o Senhor, o autor declara que: “…aquele que prometeu é fiel.”

Por isso, ancore hoje toda sua esperança na fidelidade do Senhor e em Suas promessas. Dedique-se então a ler, ouvir, estudar e meditar em Sua Palavra. A Bíblia é a voz de Deus que acalma a alma e a dirige ante as turbulências da vida.

————————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/50878257

O QUE DEUS ESTÁ PROCURANDO

Em 2 Crônicas 16.9 lemos: “Pois os olhos do Senhor estão atentos sobre toda a terra para fortalecer aqueles que lhe dedicam totalmente o coração…”

No contexto desse versículo, Asa era o rei em Jerusalém. No início de seu reinado a nação foi invadida por um exército de um milhão de homens da Etiópia. Em seu desespero ele clamou ao Senhor por ajuda e Ele o respondeu. Os etíopes foram totalmente derrotados. Asa não teve outra guerra até seu trigésimo sexto ano como rei. Ele sabiamente usou as décadas de paz para fortalecer espiritual, econômica e militarmente a nação. Infelizmente, enquanto a nação crescia em força e riqueza, o rei parou de depender do Senhor e seu coração não foi mais leal a Ele. O Senhor sabia disso. Seus olhos conseguiram vasculhar profundamente o coração de Asa, e percebeu que ele não mais O temia e nem o amava.

Da mesma forma, os olhos do Senhor passam sobre cada um de nós. Ele sabe se O amamos e confiamos nEle. Ele sempre está à procura daqueles cujas motivações, interesses, pensamentos e a vontade são totalmente dEle. Deus está ativamente à procura desse tipo de lealdade e, quando Ele encontra pessoas com esse tipo de coração, Ele se mostra forte e luta por eles. A.B. Simpson afirmou: “Deus não está à procura de personagens extraordinários como seus instrumentos, antes Ele procura os humildes por meio dos quais Ele será honrado ao longo dos tempos.”

Se Deus hoje sondar profundamente o seu coração, o que Ele encontrará? Será que Ele verá um coração leal, fiel e dependente dEle? Ou verá arrogância, egoísmo e sabedoria própria?

O Senhor sempre está procurando por aqueles que nEle confiam, nEle esperam e dEle dependem.

———————————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/50857222

AVALIE SEU TEMOR AO SENHOR

Salomão afirmou em Provérbios 14.2: “Quem anda na retidão teme o Senhor, mas o que anda em caminhos tortuosos, esse o despreza.”

Nesse texto, Salomão ensina que é fácil saber se alguém teme ao Senhor ou não. Aqueles que O temem, buscam andar de uma forma que O agrada. Buscam viver de um modo justo e reto. Os que não O temem, sempre escolhem os caminhos do pecado.

A busca pela obediência é um perfil daquele que realmente teme ao Senhor, enquanto a desobediência e desprezo à palavra de Deus é o retrato claro e definido dos que não O temem.

O temor do Senhor é um estilo de vida que obedece a Deus e guarda Seus mandamentos. O Senhor Jesus disse em Joāo 8.31: “…Se vocês permanecerem na minha palavra, são verdadeiramente meus discípulos.” Temer ao Senhor também implica em odiar e fugir do pecado. Provérbios 8.13 declara: “O temor do Senhor consiste em odiar o mal…”

Você não deveria acreditar nem em você e nem nos que apenas dizem temer ao Senhor, mas as ações não provam isso.

Boas árvores dão bons frutos; árvores más dão frutos maus. Se o seu coração for bom, suas ações serão boas. Você não poderá produzir boas ações se o seu coração não é sincero para com Deus, pois suas ações manifestam seu amor e compromisso com o pecado.

Assim, avalie o seu temor ao Senhor. Disponha-se a confessar a Ele cada incoerência ou hipocrisia. Peça a Ele por um coração puro, pois, suas ações são sempre uma demonstração externa da realidade do seu coração e a demonstração se você teme a Ele ou não.

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/50843385

DEUS CUIDA!

O Salmos 68.5,6 afirma “Pai para os órfãos e defensor das viúvas é Deus em sua santa habitação. Deus dá um lar aos solitários, liberta os presos para a prosperidade…”

A visão do salmista é que Deus está presente quando da dor do órfão, da viúva, do solitário e dos presos. Deus é apresentado no texto como um pai, um defensor, um provedor e um libertador. Ele cuida e ajuda. O salmista, nas entrelinhas, revela Deus em Seu amor, graça, misericórdia e bondade.

Deus é aquele que providencia estabilidade física, espiritual e emocional. Deus dá um lar aos que precisam e traz liberdade e prosperidade aos que ficam presos às circunstâncias da vida. Deus cuida quando precisamos. Ele supre na mais profunda necessidade. Deus não está distante quando as tribulações emocionais, físicas ou materiais chegam.

Se seus pais nunca lhe deram atenção ou cuidado, deixe que Deus seja o seu verdadeiro pai, dando-lhe tudo o que você precisa emocionalmente. Se você perdeu seu cônjuge, deixe Deus cuidar de você e de suas necessidades emocionais e físicas. Deixe que Ele lhe ampare. Se você está longe de casa, sem ninguém para lhe apoiar, amar e cuidar, permita que Deus abra as portas para suas necessidades. Achegue-se a Ele. Se você está injustamente preso em qualquer situação da vida, faça de Deus o Seu libertador. Deixe que Ele traga a solução que você precisa.

Deus cuida! Ele está pronto para fazer por você o que você e nem ninguém podem fazer. Experimente hoje o cuidado de Deus. Lee Roberson afirmou: “…Muitas pessoas creem em Deus, mas confiam em si mesmas e não em Seu cuidado; por isso elas estão tão cheias de preocupação e medo.”

Confie e entregue tudo ao Senhor. Ele cuida de você!

————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/50813500