OS PROBLEMAS DE HOJE

O Senhor Jesus declarou em Mateus 6.34: “Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará suas próprias inquietações. Bastam para hoje os problemas deste dia”.
‭‭
Segundo o ensino do Senhor, um homem não pode assegurar-se sobre o dia de amanhã. Ele deve apenas concentrar-se em viver o hoje com seus desafios e problemas.

O Senhor condena as ansiedades a respeito do amanhã porque não se precisa e nem se deve viver situações ou circunstâncias futuras. Faz parte da fé confiar a Ele o amanhã.

Viver o dia de hoje é o único grande desafio. Alguns de nós achamos que não teremos força suficiente para mais um dia. E, de fato, não teremos mesmo. Os recursos de Deus são apenas para hoje e parte deles está em crer que novos recursos nos serão dados por Deus quando o amanhã chegar.

Creia firmemente que Deus tem permitido os problemas de hoje para que você possa viver confiado nEle. Não se atreva a ir além; é um fardo muito pesado. Ele lhe dá apenas no hoje o que você é capaz de suportar.

Creia, com plena convicção, de que o Senhor está com você hoje. Creia também que Ele, em Sua bondade e misericórdia, lhe dará a força, o ânimo, a disposição e a sabedoria que você precisa para suportar e manter-se firme para lidar apenas com os problemas de hoje.

—————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40578696

NUNCA ABANDONADO

Hebreus 13.5,6 declara: “…De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei…”

Essa promessa declara que o Senhor está presente com o seu povo e por isso eles devem apenas aprender a depender dEle, e ter nEle a segurança para a vida.

A verdade do texto traz em si, também, a certeza de que cada verdadeiro discípulo de Jesus tem o cuidado da presença dEle na vida, e por isso ele nunca estará sozinho ou abandonado. Assim, se o Senhor Jesus estiver na vida, não há o que temer.

Quem tem o Senhor Jesus, tem todas as necessidades supridas e não precisa ser dominado pela dúvida, medo ou por qualquer angústia. A certeza de Sua presença precisa ser abraçada pela fé, pois Ele diz: “De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei…”

Não é sábio que o seguidor de Jesus tente controlar o incontrolável. A sabedoria bíblica ensina que a vida com o Senhor Jesus traz segurança, e essa não vem sem uma entrega total a Ele e um caminhar de dependência e confiança nEle.

Assim, se você é um seguidor de Jesus, descanse no fato de que Ele está bem presente e cuidando de você. Confie a Ele cada desejo e interesse. Deseje também estar com Ele.

A convicção da presença do Senhor Jesus em sua vida lhe suprirá de tudo o que você necessita e lhe dará a certeza de que você não precisa temer nada, pois nEle há plena segurança. Ele nunca lhe abandonará.

A “REGRA DE OURO”

O Senhor Jesus ordenou em Lucas 6.31: “Façam aos outros o mesmo que vocês querem que eles façam a vocês.”

Nesse texto temos a “regra de ouro”. O Senhor Jesus nos ensina que devemos fazer aos outros aquilo que desejamos que elas façam a nós. Assim, seguir a Jesus significa tratar bem as pessoas e ser cordial e gentis a elas.

Há muitas pessoas que ainda não entenderam que ser um seguidor de Jesus – um verdadeiro cristão, inclui tratar as pessoas – qualquer uma delas – com amor, consideração, cortesia e respeito.

Pessoas rudes e grosseiras, além de ter um problema pessoal e cultural, também têm um sério problema de ordem espiritual: elas são egoístas. Egoísmo é um pecado, e o pecado apenas se resolve com arrependimento, confissão e mudança no estilo de vida diante de Deus e das pessoas .

O melhor lugar para você aplicar a “regra de ouro” é em sua casa. Em casa você é tendente a ser mais desrespeitoso com com quem você diz amar e se preocupar. Por isso, aplique a “regra de ouro” principalmente para com seu cônjuge, pais, filhos, irmãos, avós, tios e primos. Muitas famílias estão arruinadas pela grosseria. Cortesia e gentileza são sempre uma oportunidade para demonstrar amor.

Viver a “regra de ouro” é o desafio para a sua vida. Por isso, assuma o compromisso e diga: Farei sempre ao outro o que gostaria que fosse feito a mim.

———————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40490798

O HÁBITO DA ORAÇÃO

Toda a Bíblia está repleta de oração a Deus. Ele é o centro de tudo e os personagens bíblicos reconhecem isso e O buscam para adorar, agradecer, pedir, confessar seus pecados ou interceder por outras pessoas.

A pergunta básica é: Por que orar? Eis quatro motivos principais:

*Em primeiro lugar oramos porque Deus ordena.* Em Colossenses 4.2, Paulo escreve: “Perseverai na oração, vigiando com ações de graças.” Em Lucas 18.1 Jesus encorajou seus discípulos “…sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer.” A oração é vital. João Crisóstomo afirmou: “A comunhão com Deus… é a raiz, a fonte, a mãe de mil bênçãos!”

*Em segundo lugar devemos orar porque a oração revela o quanto amamos a Deus.* Se você ama você quer estar perto, compartilhar e quer conversar. Se você ama a Deus você desejará estar com Ele. O salmista afirma no Salmo 116.1: “Amo o SENHOR, porque ele ouve a minha voz e as minhas súplicas.”

*Em terceiro lugar oramos porque através da oração declaramos nossa dependência de Deus.* Quando você ora você afirma que Deus é a fonte da sua vida. Paulo afirmou em Colossenses 3.4: “Quando Cristo, que é a nossa vida…” A oração é o meio que faz com que você receba de Deus Seu conforto, ânimo, orientação, paz, força e as resposta para sua vida.

*Em quarto lugar devemos também orar porque através da oração podemos nos proteger da tentação e do pecado.* Jesus ordenou em Mateus 26.41: “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação…” Se você não ora, você se mantém fraco espiritualmente, distante de Deus, e exposto às investidas de Satanás que lhe atrairá ao pecado.

Por isso, faça da oração um hábito diário em sua vida.

—————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40476668

NÃO CONFIE NO HOMEM

O profeta declarou em Jeremias 17.5: “Assim diz o Senhor: “Maldito é o homem que confia nos homens, que faz da humanidade mortal a sua força, mas cujo coração se afasta do Senhor”.

Jeremias ensina e nos adverte que a nossa tendência natural é confiar em pessoas e depender do ser humano falível. Quando agimos assim, estaremos nos afastando da fonte da vida, o Senhor, e como consequência os problemas se acumularão.

Quando colocamos nossa confiança e esperança nas pessoas, ao invés de confiarmos no Senhor, estamos simplesmente declarando a nossa própria insensatez. Esquecemos que o homem muda, mas Deus é imutável; o homem morre, mas Deus é eterno; o homem é tolo, mas Deus é sábio.

Por isso, pare de confiar nas pessoas e depender delas. Decida não colocar mais sua esperança em pessoas, sejam elas próximas ou distantes. Entenda que toda a confiança humana é inútil e que confiar em qualquer pessoa lhe manterá preso, trazendo sempre frustração e dor.

Confie somente no Senhor! O salmista declarou no Salmos 118.8,9: “É melhor buscar refúgio no Senhor do que confiar nos homens. É melhor buscar refúgio no Senhor do que confiar em príncipes”. Decida lançar suas esperanças, expectativas e desejos apenas no Senhor.

Não arruíne sua vida. Não confie no homem; confie somente no Senhor.

——————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40459121

A PROCURA

Será que a vida é apenas para trabalhar, comer, dormir, pagar contas, entreter, se relacionar, fazer exercícios físicos, passear, e tantas outras coisas. Será?

Salomão, o mais sábio e rico da história humana, afirmou o seguinte, em Eclesiastes 3.11: “Ele (Deus) fez tudo apropriado ao seu tempo. Também colocou no coração do homem o desejo profundo pela eternidade…”

Fomos criados por Deus e para Deus. Somente Ele pode satisfazer os desejos e anseios mais profundos do nosso coração. Ele é o que estamos procurando; Ele é o que precisamos. A alma anseia por Ele. Somente Ele pode nos dar segurança, sentido, paz, perdão, alegria e descanso. Tudo está nEle. A alma sem Ele fica sem direção e propósito.

Deus, na história, sempre vem ao encontro do ser humano. Ele, como Soberano e Todo Poderoso, se encarnou, fazendo-se homem em Jesus, Seu Filho Amado. O Senhor Jesus assumiu a nossa humanidade para trazer-nos de volta a Ele. É por meio de Jesus que o pecado – o principal problema entre Deus e o homem – é redimido. A vida só encontra propósito quando se volta para Deus por meio de Jesus.

Jesus então, oferece a você, por meio de Sua morte na cruz em ressurreição, o caminho rumo a uma vida plena, hoje e na eternidade. Em João 14.6 Jesus diz: “…ninguém vem ao Pai, senão por Mim”.

O que você procura está somente em Deus através de Jesus. Sua responsabilidade é reconhecer sua distância espiritual e voltar urgentemente para Deus.

Pergunta: Você virá?

————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40426813

VIVENDO AS PROMESSAS DE DEUS

Há centenas de promessas de Deus na Bíblia. Cada promessa tem o selo de Deus o que garante o cumprimento. A Bíblia nos apresenta que há promessas específicas e gerais.

*Promessas específicas* são aquelas feitas a pessoas específicas. Por exemplo, em 1 Reis 9.5 lemos: “…então confirmarei o trono de teu reino sobre Israel para sempre”. No texto, Deus está falando a Salomão. O contexto diz que se ele obedecesse ao Senhor o seu trono se manteria. Essa era uma promessa específica para uma pessoa específica.

*Promessas gerais* são aquelas dadas pelo Espírito Santo a todo o povo de Deus em todas as épocas. Um exemplo está em 1 João 1.9: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”. Essa promessa tem como base a natureza graciosa de Deus, que perdoa a qualquer pecador arrependido, que se volta a Ele confessando os pecados.

Você vive em um mundo difícil e instável. Diariamente você é bombardeado por más notícias, as quais aumentam sua insegurança sobre tudo e todos. Onde você pode ancorar a sua vida? Nas promessas de Deus!

Busque pelas promessas de Deus e construa nelas sua vida. Não apoie-se nos problemas, dores ou notícias más. Ancore sua vida na fiel Palavra de Deus, e assim as raízes de sua fé e esperança serão cultivadas e você será inabalável.

Por isso, viva pelas promessas de Deus!

—————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40409305

“…AOS HUMILDES”

Em 1 Pedro 5.5, o apóstolo afirma: “…Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes”. O ensino simples desse texto é que a vida centrada em Deus inclui uma postura de dependência e humildade diante dEle.

A graça de Deus está disponível apenas “…aos humildes”. Humildes são aqueles que já “jogaram a toalha” e reconheceram que não sabem e não podem. Eles reconhecem claramente suas fraquezas e debilidades. Eles estão conscientes que não podem dar um passo a mais em sua própria sabedoria.

Enquanto conseguirmos achar que somos algo e alguém, e acharmos força em nós mesmos, jamais experimentaremos verdadeiramente Deus em nossa vida. O orgulho e a arrogância nos conduzem sempre mais para longe do Senhor e nos levam a médio ou longo prazo aos fracassos na vida.

Devemos desejar estar no grupo dos humildes. Devemos estar dispostos a reconhecer nossas necessidades diárias e manter-nos desejosos por Deus e por Sua poderosa ação em nossa vida.

Provérbios 11.2 afirma: “Em vindo a soberba, sobrevém a desonra, mas com os humildes está a sabedoria”. Conforme o texto, todos que andam na soberba acabam sendo envergonhados, mas “..os humildes” encontrarão no Senhor as soluções para a vida.

Enquanto existir uma fagulha de segurança e esperança em sua própria capacidade, habilidade e força, infelizmente você nunca dependerá exclusivamente de Deus e não O verá agir.

Por isso, lance-se humildemente a Deus. Não confie em si. Não dependa de si. Não se apegue em seus supostos méritos. Abandone sua força e seus “achismos”. Confie somente no Senhor.

Lembre-se que a graça de Deus se revela apenas “…aos humildes”.

——————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40391493

DAR

O verbo “dar” é celebrado em toda a Bíblia, mas em João 3.16 somos maravilhosamente lembrados: “Porque Deus AMOU ao mundo (pessoas)… que DEU seu Filho Unigênito (Jesus), para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Deus sacrificou o maior e o melhor que tinha, o Seu Filho Jesus, para que pudéssemos ter vida eterna; vida nova; vida com Ele.

Há muitas necessidades na vida das pessoas. Há necessidades materiais, de afeto, de atenção, de segurança e de apoio. Mas acima de tudo há a principal necessidade: a espiritual. A necessidade espiritual só pode ser suprida em um encontro pessoal com o Senhor Jesus.

Quando recebemos o presente da salvação em Jesus, somos profundamente transformados. Paramos de ser potencialmente egoístas e exigentes para sermos um canal do amor de Deus ao mundo. Aprendemos a dar. Dar do tempo, dos recursos, das habilidades, das oportunidades e da própria vida a bem do outro.

Você já recebeu Jesus, o presente de Deus, como seu Senhor e Salvador? Se não, receba-O agora. Se você já O recebeu, saia por este mundo dando e doando o amor de Deus às pessoas.

Acredite: As pessoas ao seu redor não precisam de muito, elas apenas precisam de alguém que lhes faça algo, mesmo que seja pouco. Alguém que se interesse por elas e que lhes materialize o Deus bondoso, amoroso e doador.

————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40374699

GRANDES PROBLEMAS

Em João 6.5, ao ver uma multidão chegando, Jesus antecipa um problema e diz a Filipe: “Onde compraremos pão para esse povo comer?” No versículo 6 é explicada a razão da pergunta de Jesus a Filipe: “Fez essa pergunta apenas para pô-lo à prova, pois já tinha em mente o que ia fazer”. Filipe vê o problema do ponto de vista de recursos e afirma no versículo 7: “Duzentos denários não comprariam pão suficiente para que cada um recebesse um pedaço!” O denário era uma moeda de prata que fazia parte do sistema monetário romano e correspondia ao salário diário de um trabalhador. Duzentos denários sem dúvida era muito dinheiro. Filipe viu apenas o problema, apresentou uma solução prática e objetiva, mas nada espiritual.

Diante do grande problema apresentado pelo próprio Jesus, o certo seria Filipe dizer: “Senhor, não sei o que fazer; o problema é grande, mas o Senhor sabe e tem todo o poder para agir. Glorifica o Teu nome e faze algo tremendo!” Mas Filipe foi racional e calculista demais.

Agimos também como Filipe. Os grandes problemas chegam e primeiramente racionalizamos, levantamos soluções próprias e não buscamos pela fé o Senhor, confiando em Seu poder.

Assim, diante de qualquer grande problema, assuma sua incapacidade para lidar com ele e busque humildemente ao Senhor. Peça que Ele faça um grande milagre para Sua glória e sua alegria.

Grandes problemas são sempre grandes oportunidades para vermos o grande Deus.

———————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/40353967