APRENDA A OUVIR

Ouvir é um dos maiores desafios da vida. Ouvir não significa ter uma atitude passiva no diálogo. Ouvir é um meio e não um fim. Não se pode usar o “ouvir” para não querer conversar.

A Bíblia nos diz em Tiago 1.19: “Todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.” Salomão em Provérbios 1.5 ensina que para alguém tornar-se sábio é preciso que ele ouça. O texto diz: “Ouça o sábio e cresça em prudência.” Salomão ainda ensina por contraste em Provérbios 10.19 a importância de ouvir. Ele afirma: “No muito falar não falta transgressão, mas o que modera os lábios é prudente.”

Sabemos muito pouco sobre a importância do “ouvir”, mas infelizmente temos sido “expert” no “falar”. Queremos falar e contar o que temos, o que temos feito, como temos feito e no que nos tornamos.

Os relacionamentos seriam mais saudáveis se as pessoas ouvissem mais. As pessoas precisam e desejam ser escutadas. Rubem Alves afirmou: “O que as pessoas mais desejam é alguém que as escute de maneira calma, tranquila e silenciosa, sem dar conselhos; sem que digam: Se eu fosse você…”

Assim sendo, aprenda a ouvir. Ouça com os ouvidos, mas também ouça com o corpo. 80% da comunicação é não verbal. Seja simpático e ouça com o coração; procure entender as emoções por trás das palavras.

Despenda tempo para ouvir as pessoas ao seu redor. Empreste a elas seu ombro e seus ouvidos. Você pode ser um grande instrumento de Deus para curar muitas vidas.

Pessoas que você quer bem seriam grandemente transformadas e abençoadas pelo simples fato de serem ouvidas.

Por isso aprenda a ouvir; ouça mais!

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/18184305

LIVRE-SE DO RESSENTIMENTO

“Ressentimento” vem da palavra “ressentir”; sentir novamente; sentir-se mal em relação a alguém repetidamente; ter queixa contra alguém. O ressentimento é a capacidade de pegar um fato ocorrido no passado e revivê-lo. William Shakespeare afirmou: “Guardar ressentimento é como tomar veneno e esperar que a outra pessoa morra.”

Pessoas ressentidas alimentam ira, raiva, mágoa, ódio e inveja contra o outro. Elas deliberadamente por vezes não falam, ignoram e evitam os que a ofenderam. Elas são capazes de difamar e fazer fofocas dos ressentidos.

Talvez você diga: “mas eu não tenho poder para agir assim; para perdoar. Sei que preciso mudar minha atitude, mas não consigo mudar!” Essa é a razão porque você necessita desesperadamente ir a Jesus e pedir para que Ele mude seu coração e sua vida. Ninguém foi tão abusado quanto Ele. Jesus sabe muito bem o que é sofrer e o que é amar sem ressentir. É por Ele que você terá poder para abandonar o ressentimento e perdoar.

Lembre-se:

“Longe de vós, toda amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, e bem assim toda malícia. Antes, sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus, em Cristo, vos perdoou.’ – Efésios 4.31,32

“Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós.” – Colossenses 3.13

VENÇA O MAL COM O BEM

Em Lucas 6.27,28 Jesus afirma: “Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: amem os seus inimigos e façam o bem para os que odeiam vocês. Desejem o bem para aqueles que os amaldiçoam e orem em favor daqueles que maltratam vocês.”

O que Jesus ensina nesse texto é que o mal do outro não pode dirigir sua vida. Você precisa ter um plano de ação eficiente para quando for atingido pelo mal. Segundo Jesus, a forma correta de reagir ao mal é praticando o bem ao malfeitor.

O problema sempre é que reagimos mal ao mal. Por vezes ficamos inertes ou reativos quando alguém se levanta como nosso inimigo. Por isso, é necessário obedecer ao ensino de Jesus de vencer o mal com o bem.

Mas você poderia dizer: “eu não consigo fazer isso!” Essa já é uma boa confissão porque você começou a entender que é incapaz de vencer o mal sozinho.

Somente em Jesus você recebe poder para vencer o mal. Se Jesus é o seu Senhor e Salvador; se Ele estiver habitando em você e no comando total de sua vida, o mal não terá força e você então poderá reagir ao mal com o bem.

Charles Bridges escreveu: “Somos discípulos de Jesus; Aquele que morreu por seus inimigos. Você é cristão? Então você é seguidor de alguém que morreu por seus inimigos. Você não é um cristão? Então você está sendo procurado por alguém que morreu por seus inimigos, Jesus Cristo.”

Decida hoje viver a revolucionária verdade de Romanos 12.21, que diz: “Não deixem que o mal vença vocês, mas vençam o mal com o bem.”

———————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/18172447

RENDA-SE A DEUS!

Ao entrar nesse mundo, Jesus, sendo Deus, disse ao Pai em Hebreus 10.9: “…Eis aqui estou para fazer, ó Deus, a tua vontade…” Ele também afirmou em João 4.34: “… a minha comida consiste em fazer a vontade daquele que me enviou e realizar a sua obra.” Ele orou no Getsêmani em Mateus 26.39: “…Meu Pai, se possível, passe de mim este cálice! Todavia, não seja como eu quero, e sim como tu queres.” Jesus em tudo rendeu-se ao Pai.

 

Render-se a Deus não é fugir de um problema, ser passivo diante de fatos da vida, se acostumar com algum erro, se desculpar ou ser preguiçoso diante de uma responsabilidade.

Render-se a Deus é se entregar totalmente à Sua vontade; é levar a vida a Ele com suas alegrias, dores e desejos. Significa deixar com Ele o controle total da vontade, do direito, das posses, dos interesses, da vida, do tudo. C. S. Lewis observou: “Quanto mais deixamos que Deus assuma o controle sobre nós, mais autênticos nos tornamos – pois foi Ele quem nos fez.”

 

Render-se a Deus é uma pura questão de vontade. O rendido voluntariamente entrega ao Senhor seus desejos, seus medos, seu senso de controle, de segurança, de estabilidade, sua racionalização, sua lógica, suas tolas discussões e rende-se de forma absoluta e irrevogável a Deus.

 

Quem se rende a Deus para de brincar e brigar com Ele; para de O desafiar. O rendido humildemente se entrega a Ele, e entende que não precisa de todas as argumentações e todas as dúvidas respondidas. O rendido fica satisfeito com a simplicidade da fé e deseja uma profunda transformação.

 

Por isso, renda-se a Deus! A sua proximidade e intimidade com Ele são proporcionais à sua entrega completa a Ele.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/18162218

QUANDO DEUS DIZ “NÃO”

Em 1 Crônicas 28:2,3, Davi convocou todos os principais líderes de seu governo e disse a eles: “…Ouvi-me, irmãos meus e povo meu: Era meu propósito de coração edificar uma casa de repouso para a arca da Aliança do SENHOR e para o estrado dos pés do nosso Deus, e eu tinha feito o preparo para a edificar. Porém Deus me disse: Não edificarás casa ao meu nome…”

Davi foi claro em afirmar a todos os seus líderes que o Senhor havia lhe dado um “não” aos seus planos e sonhos. Em vez de reagir com raiva, autopiedade, amargura, ressentimento ou decepção, Davi aceitou o “não” do Senhor com um coração rendido e grato.

Todos alimentamos sonhos e esperanças nessa vida. Há muitos desejos em nossos corações os quais são apresentados a Deus pela oração. O problema é que nem sempre estamos dispostos ou preparados para receber dEle um “não”. Vivemos sempre na expectativa de Seu “sim”.

Quando Deus diz “não” somos tendentes a pensar que Ele talvez não tenha entendido bem o tanto que o nosso desejo e sonho era algo realmente importante para nós. Mas o real problema é que no fundo não compreendemos bem como Deus amorosamente age a nosso favor, e como nem sempre estamos dispostos a aceitar e acreditar que o seu “não” faz parte de um plano maior e melhor para nossas vidas.

Embora seus sonhos não sejam realizados, e isso de alguma forma venha lhe trazer um certo grau de dor e decepção, é preciso que você creia e renda-se a Ele, como Davi o fez, porque como Ele é soberano, amoroso, sábio e bom, Ele sabe muito bem o que é melhor para você.

Por isso, confie que o “não” de Deus é sempre o Seu amoroso “sim” a você.

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/18150953

LENDO A BÍBLIA REGULARMENTE

Você tem tantos recursos hoje para o seu crescimento espiritual, mas nada é mais poderoso do que se alimentar diretamente da Palavra de Deus.

Ler a Bíblia com regularidade é um engajamento numa forte batalha espiritual. Satanás não quer que vocês a leia porque ele sabe que Deus quer lhe abençoar por meio de sua leitura, e para isso ele tentar lhe desanimar ou lhe entreter ora com coisas importantes, ora com coisas fúteis.

Peça então a Deus hoje um desejo renovado para a leitura de Sua Palavra.

Lembre-se:

“…escreverá para si um traslado desta lei num livro… E o terá consigo e nele lerá todos os dias da sua vida, para que aprenda a temer o Senhor, seu Deus, a fim de guardar todas as palavras desta lei e estes estatutos, para os cumprir.”

Deuteronômio 17:18-19

“Buscai no livro do Senhor e lede…”

Isaías 34:16

“Achadas as tuas palavras, logo as comi; as tuas palavras me foram gozo e alegria para o coração, pois pelo teu nome sou chamado, ó Senhor, Deus dos Exércitos.”

Jeremias 15:16

A HUMILDADE

A sociedade se preocupa exageradamente com o sucesso, o poder e a fama. Ela insufla o desejo de ser reconhecido, ser especial e ser admirado. Vivemos na cultura da imagem e as pessoas anseiam ser vistas, cobiçadas ou paparicadas. Ser humilde é ser impopular nos dias de hoje.

Contudo, o Senhor Jesus ordenou e ensinou a seus discípulos em Mateus 11.29: “…aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração…” Ele ainda afirmou sobre si mesmo em Marcos 10.45: ‘Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.”

 

O Senhor Jesus é a verdadeira expressão da humildade. Sua humildade é plenamente vista em Sua encarnação. Sendo Deus, Ele tornou-se um homem, revestindo-se de mansidão, gentileza e amor, não para ganhar nada, mas nos servir e salvar. Sua morte na cruz é o marco de Sua humildade. Foi ali, ao dar Sua vida para nos salvar, que Ele nos considerou mais valiosos que Ele mesmo. Ali Sua perfeita humildade se revela.

 

A Bíblia exalta a humildade. Provérbios 3.34 declara: “Ele zomba dos que zombam dele, mas ajuda os humildes.” Tiago 4.6 diz: “Deus é contra os orgulhosos, mas é bondoso com os humildes.” Os humildes sempre alcançam a bênção e a ajuda do Senhor.

Sendo assim, é incoerente quando você diz ser seguidor de Jesus e vive de forma orgulhosa. Saiba que por amor a Ele mesmo, o próprio Deus trabalhará para que você seja humilde, moldando Jesus em você. Ele fará isso para Sua glória e porque Ele ama a humildade e honra os humildes.

 

Agostinho declarou: “A humildade é o fundamento de todas as outras virtudes, portanto, na alma em que essa virtude não existe, não pode haver outra virtude a não ser na mera aparência.”

———————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/18126492