A VINGANÇA

“Vingança” é uma retaliação contra uma pessoa ou grupo em resposta a algo que foi percebido ou sentido como prejudicial. Embora muitos aspectos da vingança possam lembrar o conceito de igualar as coisas, na verdade a vingança em geral tem objetivos mais destrutivos do que construtivos.

A tendência natural quando somos agredidos é revidar; é tratar com mais agressão; é pagar o mal com o mal.

O apóstolo Paulo sofreu muitas injustiças e sabia muito bem como era ser maltratado. Nenhum outro líder espiritual sofreu mais do que ele no primeiro século. No entanto, ele mesmo escreveu em Romanos 12.19: “Amados, nunca procurem vingar-se, mas deixem com Deus a ira, pois está escrito: ‘Minha é a vingança; eu retribuirei’, diz o Senhor”. Paulo foi um modelo de como não se deve pagar o mal com o mal.

Quando você é ofendido, agredido ou magoado por alguém, você precisa reagir a exemplo do apóstolo Paulo. É preciso que você perdoe a pessoa que lhe causou mal e deixe com Deus para que Ele trate, vingue sua causa.

Mas há algo ainda importante. Sua confiança em Deus lhe capacitará a abandonar a vingança, mas a fazer o bem aos supostos inimigos.

“Eu não consigo fazer isso!”, você poderia argumentar. Mas é isso mesmo! Você não tem força ou poder em si para não vingar. É por isso que você precisa urgentemente de Jesus em sua vida. Somente Ele pode lhe dar o poder para perdoar os malfeitores e lhe capacitar para amar e servir os que lhe fazem ou lhe fizeram mal.

“Vingança” é uma palavra que não deveria estar no dicionário de um nenhum verdadeiro cristão.

———————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/28840021

DEUS E OS IMPOSSÍVEIS

Em Gênesis 18, Abraão e Sara recebem a visita de anjos — sem saberem — e esses afirmam que depois de um ano eles se tornariam pais, não obstante o avançar da idade deles. No versículo 12, Sara ao ouvir o relato dos anjos “…riu consigo mesma… e pensou: Depois de já estar velha e meu senhor já idoso, ainda terei esse prazer?”

Sara não acreditou em nada do que o anjo estava dizendo. Ela achava tudo muito improvável e impossível. Mas no versículo 14, o anjo afirma: “Existe alguma coisa impossível para o Senhor?” Na verdade, depois de um ano, de forma maravilhosa e sobrenatural, Sara deu à luz a um filho, o qual deu o nome de Isaque.

A Bíblia nunca começa com o tamanho do problema, mas com a visão de quem Deus é. Deus é Todo-Poderoso, grandioso, glorioso e capaz de fazer e refazer tudo segundo a Sua vontade. O Salmo 147.5 afirma: “Grande é o nosso Soberano e tremendo é o seu poder…”

Pelo fato de Deus ser Todo-Poderoso, nada lhe é impossível.

Os impossíveis da vida são nada mais do que oportunidades para que Deus revele o seu magnífico e indizível poder diante da incredulidade e da fraqueza humana.

Por isso, creia em Deus! Não duvide que Ele possa agir! Ele pode, se quiser, transformar qualquer pessoa ou qualquer situação. Ele é o Deus do impossível.

Eugene L. Clarck escreveu: “Eis a voz de Deus falando a ti: ‘Nada é impossível para Mim!’ Confia, pois, somente em Deus, e creia em Sua Palavra. Pois tudo, sim, oh, tudo enfim, sim, sempre bem possível é, com Deus.”

Lembre-se sempre: Deus pode tudo. Nada lhe é impossível.

———————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/28151964

UMA RESPOSTA A ANSIEDADE

A Bíblia diz em Provérbios 12.25 que “a ansiedade no coração do homem o abate…”

Ansiedade pode ser definida por um estado interior de pressa permanente. Os ansiosos vivem inquietos; vivem de forma antecipada; nunca conseguem viver o presente; sempre depositam suas energias no daqui a pouco, no amanhã e no futuro. Eles se apavoram com circunstâncias ou notícias as quais tem pouco ou nenhum controle.

A Palavra de Deus propõe respostas e soluções práticas para lidar com a ansiedade. Uma delas é a oração.  A Bíblia nos ordena em Filipenses 4.6: “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em TUDO, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças.” 1 Pedro 5.7 nos ensina: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.”

Jerry Bridges afirmou: “O grande antídoto para a ansiedade é vir a Deus em oração. Devemos orar sobre tudo. Nada é grande demais para Ele segurar, e nada é muito pequeno para escapar de sua atenção.”

Assim, quando qualquer ansiedade chegar, ore!

———————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/28151570

DIANTE DO MEDO

Josafá foi um rei em Judá que decidiu agradar ao Senhor. Seu mundo caiu quando soube que um grande exército estava vindo atacá-lo. Josafá sabia que seu exército era impotente diante do exército inimigo.

O que Josafá fez? 2 Crônicas 20.6,12 afirma que ele entregou a situação ao Senhor. Diante de seu medo Josafá orou, dizendo: “…Ó Senhor, o Deus de nossos antepassados, somente tu és o Deus que estás nos céus. Tu governas todos os reinos da terra. És forte e poderoso, e ninguém pode resistir a ti!… Não temos forças para lutar com esse exército imenso que está prestes a nos atacar. Não sabemos o que fazer, mas esperamos o socorro que vem de ti.”

O versículo 13 diz que “…todos os homens de Judá estavam diante do Senhor com suas crianças de colo, suas esposas e seus filhos…” Que cena! Josafá estava dizendo: “Senhor entregamos tudo a Ti. Se o Senhor não nos tirar dessa situação, estamos perdidos. Nossos olhos estão em Ti.” No final, Deus respondeu à oração de Josafá e derrotou seu inimigo.

Talvez o medo de Josafá seja também o seu. Hoje você talvez esteja também vivenciando algo muito difícil, fora de sua realidade ou humanamente impossível e o medo chegou. A decisão de Josafá então precisa ser a sua. Você precisa orar a Deus e entregar tudo a Ele.

Aprenda a entregar seu medo ao Senhor e você verá grandes milagres. Em Jeremias 33.3 Deus lhe encoraja: “…Se você me chamar, eu responderei e lhe contarei coisas misteriosas e maravilhosas que você não conhece.”

Diante do medo, entregue tudo ao Senhor.

————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/28151497

QUANDO ALGO ESTÁ FALTANDO

A alma está à busca de algo. Sem algo certo a vida parece não ter sentido. Fama, glória, dinheiro, poder, oportunidade, influência, para que servem?

Há momentos em que a alma tem aversão até da própria vida. O vazio bate; nada satisfaz; parece que falta algo. Sem dúvida falta; falta Deus.

Salomão declarou em Eclesiastes 3.11: “Ele (Deus) fez tudo apropriado ao seu tempo. Também colocou no coração do homem o desejo profundo pela eternidade…” A fala de Salomão foi basicamente e resumida na pequena oração de Agostinho: “Senhor, tu nos criaste para Ti e nossa alma não encontrará repouso até voltar-se para Ti.”

Você foi criado por Deus e para Ele. Somente Ele pode satisfazer seus anseios mais profundos. Ele é o que você está procurando e precisa. Sua alma deseja por Ele e uma alma sem Deus está desorientada.

Na Bíblia, Deus sempre vem ao encontro do homem. Quando Adão pecou em Gênesis 3.9, Deus foi atrás dele e lhe perguntou: “Onde está você?” É sempre Deus quem encurta a distância. A Bíblia relata que Deus na história tornou-se um homem em Jesus, Seu Filho Amado. Foi o Senhor Jesus que assumiu a humanidade para nos trazer de volta a Ele. É por meio dEle que o pecado é redimido. O pecado é essa decisão diária de viver a vida independente de Deus. O pecado faz a vida ficar vazia e sem sentido.

Jesus então oferece a todos a vida verdadeira. Por meio de Sua morte e ressurreição, o caminho rumo à vida plena é oferecida hoje e na eternidade. Ele afirma em João 10.10: “…eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância.”

Só em Jesus você encontra tudo o que supostamente está lhe faltando.

———————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/28150722

FIRME NO SENHOR

FIRME NO SENHOR

Davi passou por vários dias difíceis em sua vida. Enquanto sofria, escrevia. Davi escrevia sobre seus problemas e Deus. Assim, surgiram vários salmos.

O Salmo 23, por exemplo, é a expressão de sua confiança de em Deus. Ele afirma no versículo 1: “O Senhor é meu pastor e nada me faltará”. No versículo 4 ele sabe que Deus o está dirigindo mesmo nos momentos mais extremos. Ele afirma: “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.” Davi termina o salmo 23 no versículo 6 entendendo que a “Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida…” Davi não negou seu problemas, antes aprendeu a depender da direção, do guiar e do cuidar de Deus sobre sua vida.

Quando os problemas chegarem em sua vida, em primeiro lugar, reconheça-os. Eles chegam a você, a mim e a qualquer outro. Em segundo lugar, volte-se totalmente para Deus. Deixe Ele ser também o seu Pastor; deixe que Ele guie sua vida. Em terceiro lugar, acalme-se e esteja certo de que no tempo dEle tudo terminará. E quarto, compartilhe com as pessoas quando Deus agir por você. Escreva também os seus “salmos”.

Quando as lutas chegarem, creia que o Senhor está no controle. Ele quer também, como Davi, que você O experimente para que Ele seja seu Deus, Senhor, Salvador, Mestre e Pastor.

Diante das tribulações, fique firme no Senhor.

——————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/28149281

CONTINUE CRENDO!

Quando os dias estavam difíceis na vida de Jó, ele passou a refletir e afirmou em Jó 3.24-26: “Pois me vêm suspiros em vez de comida; meus gemidos transbordam como água. O que eu temia veio sobre mim; o que eu receava me aconteceu. Não tenho paz, nem tranquilidade, nem descanso; somente inquietação”.

As palavras de Jó são as palavras de muitos. Os tempos de Jó eram difíceis, como talvez o seus o sejam hoje. Há na vida muitos dias difíceis; dias em que parece não haver “luz”. Há momentos que parecem que Deus poderia falar, mas não fala; Ele aparentemente mantém-se em silêncio. Nesses dias ficamos aflitos; achamos que não vale a pena continuar crendo.

Em tempos difíceis é preciso exercitar a fé; é preciso continuar crendo. O maior exemplo bíblico foi o próprio Senhor Jesus. Antes de ir à cruz, sabendo da responsabilidade imposta, Ele foi ao jardim do Getsêmani e orou. Em Lucas 22.42 suas palavras foram: “Pai, se queres, afasta de mim este cálice; contudo, não seja feita a minha vontade, mas a tua”. Jesus se rendeu ao Pai. Ele não foi liberto do “cálice”. O Pai não O livrou. Mas Ele, obediente, submisso e resignado cumpriu o plano perfeito do Pai, pagando na cruz o preço pelo pecado. Jesus continuou crendo quando da escuridão de Sua alma.

Ao seguir a Jesus não espere apenas dias de euforia e alegria, espere também por momentos de lutas duras e dificuldades. Nesses dias você precisa e deve continuar crendo nEle.

Lembre-se que Deus não lhe dará todas as respostas no momento, mas Ele promete estar com você quando a luta chegar. Ele está com você o tempo todo. A certeza de Sua presença é tudo o que você precisa.

Em seus tempos difíceis, continue crendo.

———————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/27993557

A SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA HUMANO

A Bíblia claramente diz que somos todos pecadores. Ela afirma que ninguém se livra do pecado por si mesmo. Nenhuma pessoa pode libertar-se de seus pecados por boas obras, práticas de ritos religiosos, dogmas ou fervor espiritual.

A salvação eterna está somente na pessoa e obra do Senhor Jesus Cristo. Pedro afirmou categoricamente em Atos 4.12: “E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”.

Jesus é Deus que se tornou homem para salvar os pecadores. Ele, sem pecado, deu Sua vida na cruz do calvário e pagou o preço pelo pecado. Ele é a expiação substitutiva e suficiente para a justificação e reconciliação de qualquer pessoa com Deus, o Pai. Ele se tornou o único mediador entre o homem e Deus. Paulo declarou em 1 Timóteo 2.5: “Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus”.

O “evangelho” então é a simples e pura mensagem de “boas novas”, de que ainda que todos os pecadores estejam condenados eternamente, mas aos que reconhecerem e se arrependerem de seus pecados, crendo na Pessoa e na obra substitutiva de Cristo na cruz, esses serão eternamente salvos.

Jesus afirmou em João 3.17,18: “Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, por não crer no nome do Filho Unigênito de Deus”.

Assim, Deus ordena que você se arrependa de seus pecados e deposite sua fé somente em Jesus. Somente Ele pode lhe salvar.

Jesus é a solução divina e definitiva para o problema do pecado.

———————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/27896712

O PROBLEMA HUMANO

Todos nós sabemos muito bem que há algo errado com a raça humana. Há uma tentativa dos moralistas, educadores, teólogos, sociólogos, políticos e tantos outros no campo da ciência humana para consertar a sociedade. Mas pouco se tem conseguido.

Segundo a Bíblia, o problema da humanidade é o pecado. Todos têm uma natureza rebelde, corrupta, vil e má contra Deus.

Afirmar que a humanidade é corrupta desde o nascimento, que não consegue intrinsecamente fazer o bem; afirmar que todos nascem com uma inclinação para o mal e com uma propensão natural para violar a lei de Deus e O destronar, substituindo-O por si mesmo no trono, é considerado por muitos um atentado social gravíssimo.

Uma parte da sociedade mundial não deseja ser definida como “pecadores”, pois, segundo eles, tudo é apenas uma questão de escolha e estilo de vida. O termo “pecado” soa basicamente como algo medieval, retrógrado, obsoleto e doentio. Soa também como uma agressão a psique humana e a “autoestima”.

Mas o “pecado” é a realidade é o problema da natureza humana. O Senhor Jesus afirmou em João 8.34: “…Todo aquele que vive pecando é escravo do pecado. Paulo declarou em Romanos 3.9,10: “…Já demonstramos que tanto judeus quanto gentios estão debaixo do pecado. Como está escrito: “Não há nenhum justo, nem um sequer”.

O pecado é a contaminação da alma; é rebelião e uma afronta à vontade, ao desejo e aos interesses de Deus. O pecado é ingratidão; é a falta de reconhecer que tudo o que se tem e é, vem de Deus. “Pecado” é a ausência de nos conformarmos ao padrão, ao caráter, à moral e à lei de Deus. 1 João 3.4 declara: “O pecado é a transgressão da lei”.

O pecado é tudo isso e muito mais. O pecado é o meu, o seu, o nosso real problema.

——————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/27763087

ABANDONE A HIPOCRISIA!

A palavra “hipocrisia” em português advém da palavra grega hupókrisis que significa “encenar”. Essa palavra passou mais tarde a designar pessoas moralmente como aqueles que fingem comportamentos: os “hipócritas”.

Hipocrisia é uma forma clássica de falsidade, mentira e fingimento. O Senhor Jesus ensinou que Seus seguidores devem ser verdadeiros, justos e honestos. Em Mateus 6.5, Ele declara: “E, quando vocês orarem, não sejam como os hipócritas. Eles gostam de ficar orando em pé nas sinagogas e nas esquinas, a fim de serem vistos pelos outros. Eu asseguro que eles já receberam sua plena recompensa”.

A hipocrisia inicia-se no coração, no interior e revela-se nas palavras e no comportamento. O hipócrita é mentiroso, vive em duplicidade e se contradiz. Ele sempre engana com o objetivo maior de obter algum favor.

O hipócrita sempre machuca as pessoas, julgando e desdenhando delas. Ele é também incoerente; ele diz, mas não faz. Os hipócritas também exigem um comportamento de outros, mas eles mesmos não vivem.

Como anda sua vida? Você tem vivido de forma incoerente? Você tem uma vida dupla? Você está escondendo algo? Caso sim, Deus espera que você reconheça seu pecado diante dEle, se arrependa, confesse e abandone totalmente a hipocrisia. É preciso lembrar que uma vida hipócrita pode enganar outros, a si mesmo, mas nunca a Deus. Em 1 Pedro 2.1, o apóstolo ordenou: “…livrem-se de toda maldade e de todo engano, hipocrisia, inveja e toda espécie de maledicência”.

Se você quiser realmente estragar a vida das pessoas ao seu redor, apenas viva de forma legalista, dizendo e não fazendo, baseando sua espiritualidade numa religião externa e fingindo sua fé. Pronto! Você conseguiu ser hipócrita. Agora é só esperar pelos danos emocionais e espirituais que você causou.

Abandone a hipocrisia!

—————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/27700119