ESPERANÇA PARA A CULPA

A culpa é real e machuca. Provérbios 21.8 afirma: “O caminho do culpado é tortuoso…” A culpa é capaz de produzir experiências emocionais dolorosas que se estendem a vergonha, o medo, a tristeza, a raiva, a angústia e até mesmo a enfermidade física.

A Bíblia ensina que o pecado é sempre contra Deus e ele produz culpa. Mas ela também ensina que há esperança para qualquer culpado quando esse reconhece, arrepende-se e confessa o seu pecado diante de Deus. Deus, por Sua bondade, misericórdia e graça, perdoa e limpa da culpa qualquer pecador arrependido. Davi dá seu próprio exemplo no Salmo 32.5: “Então reconheci diante de Ti o meu pecado e não encobri as minhas culpas. Eu disse: ‘Confessarei as minhas transgressões ao Senhor’, e Tu perdoaste a culpa do meu pecado”.

Segundo a Palavra de Deus, não há pecado que Deus não perdoe; não há erro que Ele não repare; não há caminho torto que Ele não endireite; não há situação que Ele não reverta. Quando se reconhece, arrepende-se e confessa-se o pecado, Deus perdoa.

Se sua culpa é real, o remédio maravilhoso de Deus é a cruz do Senhor Jesus. Ele deu a vida dEle para salvar você de seus pecados passados, presentes e futuros. Por Jesus, Deus o perdoa totalmente, quando você se achega a Ele nos requisitos de 1 João 1.9. O texto diz: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”.

Há esperança para a culpa! Hoje Deus abre os Seus braços para perdoar o seu pecado. Vá até Ele! Não feche seu coração para receber o Seu perdão! Quebrante-se diante dEle! Confesse a Ele todos os seus pecados!

O perdão de Deus é poderoso para limpar e libertar você de qualquer culpa.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45657735

ESPERANÇA RENOVADA

O salmista declarou no Salmo 9.18: “Pois o necessitado não será para sempre esquecido, e a esperança dos aflitos não se há de frustrar perpetuamente”.

Esperança é um desejo, uma vontade, um requisito interno de que algo precisa acontecer. Esperança é quase uma exigência de uma ação diante da dor. Esperança é o grito incansável da alma.

Ouvimos tristemente que “alguém perdeu a esperança”. Essa é uma frase que espelha o desespero, o fracasso, o desânimo e o caos. Essa é uma frase que destrói e mata as oportunidades de ajuda.

Por isso, é preciso que a esperança seja renovada. Mas como? O primeiro passo é reconhecer o que nos tira a esperança. Por vezes, atrelamos erradamente nossa esperança em situações, pessoas, circunstâncias ou oportunidades. Achamos que essas são as verdadeiras âncoras da alma. Quando esperamos errado, nos frustramos e o resultado sempre é muita tristeza.

O segundo passo para se ter a esperança renovada é ancorá-la no Senhor. Esse é o ensino do salmista. Ele diz: “Pois o necessitado não será para sempre esquecido, e a esperança dos aflitos não se há de frustrar perpetuamente”. Deus não deixará que todos aqueles que precisam e vêm a Ele sejam frustrados. Ele não os esquecerá e agirá por eles.

Por isso, diante de sua dor, não corra para você mesmo, para os chegados, para os próximos ou para qualquer circunstância. Não busque preencher os seus vazios em mais um gole, no entretenimento ou em qualquer outra pessoa ou coisa. Achegue-se a Deus! Faça dEle a sua única esperança e você terá a esperança que procura. Faça da declaração do salmista a sua, no Salmo 33.20: “Nossa esperança está no Senhor; ele é o nosso auxílio e a nossa proteção”.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45630173

AS REAÇÕES CERTAS

Depois de ser preso, Jesus passou por fortes e infundadas acusações. Ao ser acusado, Ele manteve-se calado. Após ser questionado por seus algozes sobre sua deidade, Jesus afirmou ser o Filho de Deus e o Messias e, por essa declaração, Ele foi golpeado, cuspido e zombado. Bem pela manhã, Ele foi apresentado a Pilatos, o qual não viu injustiça nEle, mas mandou açoitá-Lo e O entregou para ser crucificado. Ao chegar ao Calvário, depois de ter carregado a própria cruz, Ele foi deitado na cruz, onde crucificaram seus pés e mãos com enormes pregos. Depois de ser crucificado e levantado, Ele ora dizendo, em Lucas 23.34: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo…”

Por que Jesus ao ser crucificado, ao invés de xingar, irar-se, dizer palavrões, blasfemar ou reclamar, ora pedindo para que o Pai perdoe todos os seus inimigos? Por que Ele reagiu assim?

Jesus perdoa porque Ele decide que a atitude de seus algozes não definiria a forma como ele reagiria. Ao invés de retaliar, o que seria para muitos uma atitude “natural” e “normal”, Jesus decide perdoar.

E aqui é o ponto. Sua alegria, paz, tranquilidade, serenidade não podem ser dirigidas pelos outros. É sempre você quem escolhe como reagirá às suas dores e afrontas. Você é o único responsável por suas reações.

Obviamente, você não pode controlar o que as outras pessoas pensam, falam ou fazem a você. Mas você pode controlar muito bem como você reagirá a todo o mal que elas infligirem a você.

Para que você aprenda a reagir diante das afrontas como Jesus reagiu, você precisa O eleger como Senhor e Salvador de sua vida. Porque somente por e com Ele é que você terá poder para reagir certo diante de um mundo errado.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45617831

OUVINDO E PRATICANDO A PALAVRA

Jesus afirmou, em Mateus 7.24-27: “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha. E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia; e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína”.

Essa são as últimas palavras de Jesus no Sermão do Monte. Ele concluiu que o Seu verdadeiro seguidor é aquele que ouve e pratica as verdades que Ele ensinou. Para Jesus não interessa se alguém gosta ou se é um bom ouvinte de seus ensinos. O que Ele se importa é que alguém ouça e pratique os Seus ensinos. O apóstolo João enfatizou essa verdade quando afirmou, em 1 João 2.4: “Aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade”.

No texto, Jesus ilustrou que a vida espiritual é como a construção de uma casa. A casa pode ser bonita e ornamentada, mas se ela for construída num alicerce errado, ela ruirá quando a tempestade bater, trazendo assim desperdício de recurso e tempo.

Por isso, é importante perguntar: em que alicerce você está construindo a sua vida espiritual? Você é apenas um bom ouvinte ou um praticante daquilo que ouve?

Jesus finaliza sua mensagem dizendo que se você não colocar em prática o que ouve, não adianta nada. Você só terá a vida transformada, se decidir praticar o que ouve.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45599774

DECIDA SUA LEALDADE

O apóstolo João escreveu em 1 João 4.5: “Eles procedem do mundo; por essa razão, falam da parte do mundo, e o mundo os ouve”. Quem “procedem do mundo”? Os falsos profetas! A origem deles é o “mundo”; o conteúdo da mensagem deles é do “mundo” e por consequência o “mundo os ouve”

Os falsos profetas têm um auditório próprio que gosta e sente prazer em ouvi-los, porque os conceitos e os conteúdos que eles trazem deixa o ouvinte confortável em seus pecados.

Se você é um seguidor de Jesus, você não pertence mais ao sistema do mundo, antes ele tornou-se para você um inimigo mortal. As pessoas que aderem aos valores e conceitos do mundo, elas odeiam você. Elas não querem lhe ouvir. Jesus mesmo disse, em João 15.19: “Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia”. Ele também afirma, em João 17.14: “Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou”.

Por isso, se você é discípulo de Jesus, não tente viver com Ele e andar com o mundo. Você precisa definir sua lealdade. Ou você ouve a voz de Jesus e O segue, ou você ouve a voz do mundo, através dos falsos profetas, e segue o mundo. Decida! Você não pode ficar “em cima do muro”. O Senhor Jesus exige lealdade e compromisso.

O desafio de Jesus para a sua vida foi declarado por Ele mesmo, em João 12.25: “Quem ama a sua vida perde-a; mas aquele que odeia a sua vida neste mundo preservá-la-á para a vida eterna.

Decida hoje a sua lealdade!

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45571679

ACHEGAR-SE A DEUS

Em Isaías 42.6, o Senhor faz um chamado ao Seu Messias. Ele diz: Eu, o Senhor, o chamei em retidão…” Ele não só O chama, mas também promete: “…segurarei firme a sua mão. Eu o guardarei…” Em Suas palavras finais, o Senhor aponta que o Messias seria um instrumento dEle para a salvação das nações. Ele declara: “…e farei de você um mediador para o povo e uma luz para os gentios”.

Quem é o Messias? O Messias é o Senhor Jesus! Ele afirmou à mulher samaritana, em João 4.26: “Eu sou o Messias!…” Ele também é o único mediador para chegar ao Pai. Ele disse, em João 14.6: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim”. Ele também é a luz que tira o ser humano das trevas do pecado. Ele afirma, em João 8.12: “Eu sou a luz do mundo. Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida”.

Assim, o único meio para você achegar-se a Deus é pelo Senhor Jesus. Nada nem ninguém pode fazer com que você se achegue a Deus. Paulo afirmou, em 1 Timóteo 2.5: “Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: o homem Cristo Jesus”.

Você também não pode se achegar a Deus, se não tratar os seus pecados. Deus é santo, não aceita o pecado e você não pode lidar com ele por si mesmo. Você precisa de Jesus. 1 Pedro 2.24 afirma: “Ele mesmo (Jesus) levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados”.

Lembre-se: segundo a Bíblia, você só pode achegar-se a Deus por Jesus.

———————————————-

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45571392

EM DIAS ESCUROS

Um dos mais conhecidos salmos de Davi é o Salmo 23. Nesse salmo Davi expressa sua confiança em Deus. Ele afirma, no versículo 1: “O Senhor é meu pastor e nada me faltará”. No versículo 4, ele sabe que Deus o está dirigindo mesmo nos momentos mais extremos. Ele afirma: “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam”. Davi termina o salmo no versículo 6, entendendo que “bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida…”

Davi passou por vários dias escuros em sua vida. Enquanto sofria, escrevia. Davi escrevia sobre Deus em suas lutas, e foi assim que surgiram vários salmos.  Davi não negou seus problemas, mas aprendeu a depender da direção, do guiar e do cuidar de Deus sobre sua vida. Enquanto os seus dias eram escuros, seu coração se rendia ao Senhor. O final foi uma incrível experiência e intimidade com Ele.

Quando os dias escuros chegarem em sua vida, reconheça-os. Eles chegam a você, a mim e a qualquer outro. Reconheça-os, mas volte-se totalmente para Deus. Deixe Ele também ser o seu Pastor; deixe que Ele guie sua vida. Acalme-se e esteja certo de que no tempo dEle tudo terminará.

Quando os dias escuros chegarem, creia que Deus está no controle, e como Davi, Ele quer que você também O experimente e seja mais íntimo com Ele. 

Em dias escuros, busque a Deus e permita que a Sua luz invada o seu coração. Eleja-O como a luz de sua vida.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45527850

PAZ NO MEDO

João 20 descreve que, no final do primeiro dia da semana, no dia em que Jesus havia ressuscitado, os discípulos se reuniram para se apoiarem mutuamente. Eles estavam juntos em um local, com as portas trancadas, por medo dos judeus. Diante do medo deles, no versículo 19, Jesus então aparece e diz: “…Paz seja com vocês!”

No meio do medo de Seus discípulos, Jesus assegura-lhes a paz. Ele havia ressuscitado e, portanto, nenhum deles precisava ser dominado pelo medo. Pelo fato dEle ter conquistado definitivamente a morte, a presença dEle garantia a paz ante o medo.

O medo é real e poderoso. O medo é o resultado direto de uma turbulência emocional advinda de pensamentos, notícias ou circunstâncias as quais não se tem controle algum. Os medos prejudicam a saúde, provocando palpitações, tonturas, pânico e depressão. O medo é capaz de travar a vida. O medo atropela a fé e aumenta a incredulidade. O medo arruína, devasta e desmorona a vida.

A palavra de Deus traz solução definitiva para o medo. Há centenas de passagens na Bíblia com a frase: “Não temas”. O salmista, por exemplo, afirmou no Salmo 27.1: “O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei?” O salmista também declarou no Salmos 56.3: “Quando eu ficar com medo, hei de confiar em ti”.

Você está com medo? Então vá a Jesus. Aproprie-se de Sua Palavra, pela fé. A mesma paz dada por Jesus aos Seus discípulos em seus medos é também disponibilizada a você. Vá a Ele! Peça que Ele acalme o seu coração. Peça pela paz dEle, e Ele a dará.

Quando o medo bater à porta de seu coração, peça que a paz de Jesus o recepcione.

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45515712

GANHAR O MUNDO

Jesus afirmou, em Mateus 16.26: “Pois, que adiantará ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou, o que o homem poderá dar em troca de sua alma?”

O Senhor Jesus nesse texto adverte a todos sobre a futilidade de procurar ganhar o mundo. Ele próprio, em Lucas 4.5-8, teve oportunidade de ganhar todo o mundo adorando Satanás, mas, em vez disso, Ele disse não, e encontrou vida e vitória na plena obediência ao Pai.

Muitos estão tentando ganhar o mundo. Muitos outros, que um dia foram fiéis ao Senhor Jesus, se deixaram seduzir por aquilo que o mundo oferece e se perderam tentando ganhar o mundo. Eles esforçaram-se em amar os prazeres, dar visibilidade à sua vida, agradar pessoas e, por fim, abandonaram a fé e sofrem as consequências amargas de suas decisões. Pessoas que comprometeram totalmente a verdade do Evangelho, a integridade pessoal e o valor da família. Pessoas que na tentativa de ganhar o mundo se perderam de Deus.

Ao buscar ganhar o mundo, a sua alma corre risco. Nunca barganhe sua alma, pois ela tem muito valor. Não troque sua esperança em Deus na eternidade por nada neste mundo. Peça para que Ele o guie na verdade e que Ele seja o centro, a alegria e o desejo último de seu coração. Firme sua mente no Senhor e em decisões que fortaleçam as realidades eternas.

Junte-se hoje a Jesus; comprometa-se com Ele; viva para Ele somente. Buscar ganhar o mundo é perder a sua alma. Mas se você decidir perder o que o mundo tem a lhe oferecer, você terá a verdadeira vida, a felicidade e, por fim, a vida eterna.

O que você decidirá?

———————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45495464

“DE DENTRO…”

Jesus afirmou em Marcos 7.21: “Porque DE DENTRO, do CORAÇÃO dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, os furtos, os homicídios, os adultérios…”

Falta-nos, por vezes, coragem e humildade para reconhecer nossas faltas e pecados e lutar contra eles. Somos, por vezes, muito passivos diante de pensamentos e atitudes que não agradam a Deus e colocamos a culpa de nossos problemas no passado, na família, nas circunstâncias, nas tentações e até mesmo em Deus. Falta-nos, por vezes, a coragem de reconhecer e dizer: “Eu fabrico os meus próprios problemas!”

Jesus deixa claro em Suas palavras que os problemas vêm de dentro; do coração. O “coração” apresentado por Jesus, no texto, nada mais é do que a pessoa por dentro. É ali que reside a forma como se pensa, deseja, anseia, quer, se motiva, sonha e se estabelece propósitos. É de dentro que emanam e saem todos os problemas de cada ser humano, como também é por dentro que toda a profunda mudança precisa ocorrer.

É de dentro que reside a tendência para o mal, a independência de Deus e o pecado. Precisamos assim de uma ajuda “de fora” para mudar por dentro. Essa ajuda “de fora” é uma intervenção sobrenatural de Deus.

Não é olhando para dentro de você que suas mudanças ocorrerão. Segundo Jesus, toda a sua contaminação vem de dentro; do seu coração. Por isso, você precisa orar e pedir por uma urgente ação sobrenatural de Deus na sua vida.

Enquanto é de dentro que seus problemas existem, é “de fora” para dentro, por meio da ação de Deus, que suas mudanças reais ocorrem. Por isso, peça a Ele para que revele quais são os seus reais problemas no nível do seu coração. Peça a Ele que aja é transforme sua vida.

Decida também diariamente orar a mesma oração que Davi fez, no Salmo 51.10: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro em mim um espírito inabalável”.

————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/45483773