PREVINA-SE CONTRA OS FALSOS PROFETAS

PREVINA-SE CONTRA OS FALSOS PROFETAS

O escritor cristão do segundo século, Lucius C. F. Lactantius escreveu: “O primeiro ponto da sabedoria é discernir o falso; o segundo é saber o que é verdadeiro”.

Jesus alertou em Mateus 7.15: “Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores.” Segundo Jesus, os falsos profetas existem e estão presentes. Eles são caracterizados por ensinarem, pregarem e discursarem conceitos que não tem origem na Palavra de Deus. Eles relativizam a Palavra de Deus e se põem acima dela.

O apóstolo João escreveu em 1 João 4.5:  “Eles (os falsos profetas) procedem do mundo; por essa razão, falam da parte do mundo, e o mundo os ouve.” Segundo o apóstolo João, o falsos profetas tem sua origem no “mundo”; o conteúdo da mensagem deles enfoca o “mundo”, e por consequência o “mundo os ouve.” Se alguém pertence a Jesus, o mundo é um inimigo mortal. O mundo odeia os que são de Jesus e de forma alguma O ouve. Jesus avisou em João 15.19: “Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.” Assim, os falsos profetas têm um auditório próprio, de gente que gosta e sente prazer em ouvir a verdade maquiada. Os falsos profetas normalmente deixam os ouvintes em posição confortável e nunca confrontam aqueles que aplaudem com seus próprios pecados.

A primeira maneira de se prevenir contra os falsos profetas e seus enganos é CONHECER A VERDADE. Para detectar uma imitação, estude a coisa verdadeira. É preciso estudar a Bíblia e julgar todo ensino de acordo com o que ela. Foi o mesmo Jesus quem disse em João 17.17: “Santifica-os na verdade, a Tua Palavra é a verdade.”
A segunda maneira de se prevenir contra os falsos profetas é fazer uma pergunta simples: O QUE ESSA PESSOA DIZ SOBRE JESUS CRISTO? Em 2 João 9, lemos: “Todo aquele que ultrapassa a doutrina de Cristo e nela não permanece não tem Deus; o que permanece na doutrina, esse tem tanto o Pai como o Filho”. Em outras palavras, a pessoa de Jesus Cristo e a Sua obra redentora são de maior importância na Bíblia. Tome cuidado com qualquer um que nega que Jesus é Deus, que rejeita Sua humanidade, que desvaloriza Sua morte na cruz pelos pecados e que despreza ou desacredita em Sua ressurreição corporal. 1 João 2.22 diz: “Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo?…”

A terceira maneira de se previnir contra os falsos profetas ANALISAR QUE “EVANGELHO” ELE ESTÁ ENSINANDO. O “EVANGELHO” é definido na Bíblia em 1 Coríntios 15.1-4 como as boas novas concernentes à morte, ao sepultamento e à ressurreição de Jesus Cristo. Por mais bonitas que soem as afirmações como “Deus te ama”,Deus quer que alimentemos os famintos” e “Deus quer que você tenha prosperidade”, essas NÃO são as mensagens completas do evangelho. Ninguém, nem mesmo um grande pregador, tem o direito de mudar a mensagem que Deus deu. A isso Paulo afirmou em Gálatas 1.9: “Se alguém vos prega evangelho que vá além daquele que recebestes, seja amaldiçoado.”

Assim, previna-se contra os falsos profetas.