O CRISTÃO E SEUS PROBLEMAS

O CRISTÃO E SEUS PROBLEMAS

A vida com Jesus é algo maravilhoso, indizível e surreal. Mas ao tornar-se um cristão é preciso tomar cuidado para não se enganar. Um deles é que a vida com Jesus Cristo não significa ausência de problemas. Paulo mesmo afirmou em 2 Coríntios 4.8,9:“Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não des­truídos.”

Ao se tornar um cristão, em primeiro lugar, é preciso ficar claro que nem todos os problemas acabarão. Se alguém disser: “Venha a Cristo e todos os seus problemas serão resolvidos”, essa pessoa está mentido; a Bíblia não ensina nada disso. Paulo diz no texto que ele foi atribulado, angustiado, perseguido e sentiu-se perplexo e abatido. Jesus promete a seus seguidores que eles serão novas criaturas. Ele lhes promete um destino seguro na eternidade. Na verdade, ao abraçar sua fé em Jesus, os problemas podem aumentar e a caminhada ficar ainda mais difícil.

Em segundo lugar é preciso saber que ao se tornar um cristão você não terá um manual de como lidar com todos os seus problemas. Nem todos os problemas da vida estão na Bíblia. Ela oferece uma resposta de como lidar com os problemas, mas não uma resposta específica para cada problema. Contudo, ela aponta para o fato de que nenhum problema virá sem a concessão de Deus e que Ele estará presente nos dias mais difíceis. Jesus afirmou em João 16.33: “…Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo”.

Em terceiro lugar, é preciso que você saiba que ao tornar-se um cristão, seus problemas, lutas e tribulações não definem sua espiritualidade. Jó sofreu! Davi sofreu! Os profetas sofreram! O SenhorJesus sofreu! Paulo sofreu! João sofreu! Eu e você vamos também sofrer. 
A existência de um problema em sua vida não significa que sua espiritualidade é baixa. Isso significa apenas que você é humano! Nem todos os personagens da Bíblia que sofreram tiveram uma resposta ou compreenderam o porquê. Paulo em Romanos 5.3 afirma: “…nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança.”

E por último, ao se tornar um cristão é preciso saber que os problemas não serão resolvidos de forma automática. Salomão afirmou em Eclesiastes 3.1: “Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu.” Ele continua dizendo que na vida há períodos bons e maus; dias alegres e tristes; momentos fáceis e difíceis.

Os problemas na vida de um cristão não definem quem ele é, mas apenas dizem que ele está aprendendo e crescendo.
Por isso, se você é um verdadeiro cristão, não desanime diante de seus problemas

 Fique firme!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s