DIANTE DAS INCERTEZAS

Os dias difíceis chegam e com eles as incertezas. Talvez você tenha perdido o emprego, esteja prestes a se formar na faculdade e está sem direção. Talvez os problemas conjugais e familiares chegaram, ou um diagnóstico de uma doença que vai além do que se imaginava.

A realidade é que nenhum de nós está seguro neste mundo. Não podemos garantir nada; nem a próxima refeição, a próxima pulsação ou a próxima respiração. A verdade é que somos frágeis e totalmente sem controle da vida. Ninguém está seguro de nada, exceto na pessoa do Senhor Jesus Cristo.

Alisto alguns versículos que poderiam ser colocados em algum lugar visível para que se possa ler quando as incertezas chegarem. Deus é poderoso em usar Sua Palavra para falar profundamente ao seu coração diante das incertezas da vida.

O Salmo 32.8 afirma: “Instruir-te-ei e te ensinarei o caminho que deves seguir; e, sob as minhas vistas, te darei conselho.”

O Salmo 37.25 adverte: “Fui moço e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão.”

Isaías 43.2 diz: “Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti.”

Jeremias 29.11 encoraja: “Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais.”

Romanos 8:31 indaga: “Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”

Hebreus 13.5 declara: “Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.”

Desejo que essas verdades venham trazer ânimo, esperança e consolo diante das incertezas de sua vida.

O CUIDADO DE DEUS

O Salmos 68.5,6 afirma que Deus é “Pai para os órfãos e defensor das viúvas; é Deus em sua santa habitação. Deus dá um lar aos solitários, liberta os presos para a prosperidade…”

A visão particular do salmista é que Deus é extremamente pessoal e íntimo diante da dor do órfão, da viúva, do solitário e dos presos. Deus é visto como um Pai, um defensor, um provedor e um libertador. Ele está presente, cuida, se envolve, ajuda e auxilia.

O salmista nas entrelinhas revela Deus em Seu amor, graça, misericórdia e bondade. Aquele que providencia estabilidade física e emocional. Deus dá um lar aos que precisam e traz liberdade e prosperidade aos que ficaram presos nas circunstâncias da vida.

Deus nos traz segurança quando precisamos. Ele nos supre nas mais profundas necessidades. Deus não está alheio ou distante quando as tribulações emocionais, físicas ou materiais chegam.

Se seus pais nunca lhe deram atenção ou cuidado, deixe que Deus seja o seu verdadeiro pai, dando-lhe tudo o que emocionalmente você precisa.
Se você perdeu seu cônjuge, deixe Deus cuidar de você e de suas necessidades emocionais e físicas. Deixe que Ele lhe ampare.

Se você está longe de casa, sem ninguém para lhe apoiar, amar e cuidar, permita que Deus cuide de suas necessidades. Achegue-se a Ele.

Se você está injustamente preso em qualquer situação da vida, faça de Deus o Seu libertador. Deixe que Ele traga a solução que você precisa. Experimente o Seu cuidado em qualquer uma de suas necessidades. Ele sempre está a seu favor.

Deus sempre está pronto a fazer por você, o que você e nem ninguém pode fazer.

SALVE SUA VIDA

Em Gênesis 19 temos a história de como Deus julgou a cidade de Sodoma, e a cidade vizinha, Gomorra. Essas cidades foram destruídas devido a perversidade moral de seus habitantes. Em Gênesis 18.20 o próprio Senhor afirma: “Há terríveis acusações contra Sodoma e Gomorra, e o pecado dos seus moradores é muito grave.”

Em Gênesis 19.24,25 a Bíblia nos apresenta o nível de destruição que Sodoma e Gomorra sofreram: “De repente, lá do céu, o Senhor Deus fez chover fogo e enxofre sobre Sodoma e Gomorra. Ele destruiu essas duas cidades, e também todo o vale e os seus moradores, e acabou com todas as plantas e árvores daquela região.”

Especificamente na cidade de Sodoma vivia Ló com sua família. Ló era sobrinho de Abraão. Deus enviou a Sodoma dois anjos em forma de homens com o fim de salvar Ló e sua família do julgamento de Deus para aquelas perversas cidades. Em Gênesis 19.17 os anjos disseram a Ló: “…corra e salve a sua vida! Não olhe para trás, nem pare neste vale. Fuja para a montanha; se não, você vai morrer.”

Ló fugiu; mas algo aconteceu. Em Gênesis 19.26, lemos que “…a mulher de Ló olhou para trás e virou uma estátua de sal.” Ela não obedeceu aos anjos. Ela olhou para trás porque seu coração estava no estilo de vida daquela cidade.

Hoje também vivemos num mundo imoral, perverso e corrupto, como nos dias de Sodoma e Gomorra. Deus não está satisfeito de como as pessoas no século XXI estão vivendo. O julgamento do Senhor também virá a seu tempo.

A Ló foi dito: “Salve a sua vida…” Ele precisava fugir e abandonar Sodoma. E assim, todos que querem salvar suas vidas e terem eterna proteção, é preciso que também abandonem o sistema e estilo de vida desse mundo.

Você fará como Ló?

CORAGEM EM DEUS

Em 1 Reis 2.2, quando o rei Davi estava para morrer ele disse algo interessante para seu filho Salomão, que haveria de assumir o trono. Suas palavras foram: “Eu vou pelo caminho de todos os mortais. Coragem, pois, e sê homem!”

Salomão já conhecia previamente a responsabilidade de ser rei sobre todo Israel. Mas ele também estava consciente de suas próprias limitações. As palavras de seu pai marcaram sua vida. Ele sabia que diante dos grandes desafios do reinado precisava ser corajoso.

Ao estudar a Bíblia, vemos com clareza uma descrição real de quem é o ser humano. Por ela vamos nos tornando cônscios de quem somos, e de como é impossível vivermos nos enganando que somos mais e melhores que os outros. Todos somos fracos, cheios de medos e precisamos de coragem para vivermos.

Mas a coragem para vida, segundo a Bíblia, é o fruto da dependência total de Deus. Ser corajoso na Bíblia não significa desfrutar de um “potencial humano”, antes significa olhar para aquilo que Deus diz ser, e com base em Sua pessoa, Sua Palavra e Seu poder, enfrentar os desafios.

Quando entendemos que somos chamados a viver numa parceria direta com Deus, o nosso coração enche-se de coragem, e enfrentamos qualquer desafio da vida com muita ousadia e valentia.

Em Deus podemos escolher caminhos, assumir responsabilidades, enfrentar problemas e desafiar os próprios medos. Por isso, não foque na coragem em si, mas em Deus. Assim você terá dEle a coragem para lidar com os pequenos e grandes desafios da vida.

Se você se mantiver centrado em Deus, não há nada a temer. A coragem será uma realidade diária em sua vida, e Ele lhe dará força e poder para não se acovardar de nada.

Tenha coragem em Deus!

PRATICANTES DA PALAVRA

Jesus quer que obedeçamos a Deus. Ele afirmou em Mateus 7.24: “Todo aquele que ouve estas palavras e as põe em prática é como um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha.” Em João 13.17, ele também declarou: “Ora, se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes.”

Ler, estudar, meditar, decorar e ouvir a Palavra de Deus é algo extremamente importante, mas ao mesmo tempo é totalmente inútil se não houver obediência. Nada é mais importante para Deus que pratiquemos a Sua Palavra. Em Tiago 1.22 somos lembrados: “Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.”

Praticar a Palavra é uma decisão importante, mas difícil, isso porque Satanás não se importa que você estude ou aprenda a Palavra de Deus. Ele fará todos os esforços para que você não a pratique.

Praticar a Palavra de Deus significa na verdade dizer “sim” para o que Deus diz “sim”, e “não” para o que Deus diz “não”. Significa não fazer concessão onde Deus não faz concessão. Significa viver de forma séria e compromissada com tudo o que Deus diz em Sua Palavra.

É preciso lembrar que quando você lê, medita, estuda, ouve e memoriza a Palavra de Deus, mas não a pratica, isso nada mais é do que um entretenimento cristão.
A pergunta é muito simples: O que você sabe que deve praticar da Palavra de Deus, mas não o está fazendo?

A.W. Tozer afirmou: “Você pode ver Deus em qualquer lugar, desde que sua mente esteja pronta e disposta para amá-Lo e obedecê-Lo.”

NASCIDOS DE DEUS

O apóstolo João afirmou em 1 João 5.18: “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado; antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.”

Uma das qualidades e atributos de Deus é a Sua santidade. Dizer que Deus é Santo é afirmar que Sua natureza é pura e impossível de se contaminar com o pecado. A Bíblia afirma que Deus é “Santo” (Lv 11.44), que Jesus é o “Santo de Deus” (Jo 6.69) e que o Espírito é “Santo” (Is 63.10). O Deus Trino é Santo.

Os “nascidos de Deus” trazem em si as características de Deus. Uma delas é a vida de santidade. Daí a afirmação de João: “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não vive em pecado…”. Os “nascidos de Deus” desejam se tornar o que Deus é. Eles não vivem de forma habitual no pecado. Eles desejam agradar a Deus.

Os “nascidos de Deus” estão agora numa grande luta espiritual. Essa batalha é contra o pecado e com o criador do pecado: Satanás. Deus, por Sua graça, se interpõe para proteger os seus. E sobre isso, João afirma: “…antes, Aquele que nasceu de Deus o guarda, e o Maligno não lhe toca.” Satanás e seus demônios não podem apropriar-se dos que são de Deus. Deus garante proteção total.

Se você é “nascido de Deus”, jamais se conformará com o pecado. Você anseia por santidade; por agradar a Deus. O pecado agora, torna-se um desvio da rota espiritual normal de sua nova natureza. Deus está lhe guardando.

Se você não é “nascido de Deus”, Ele lhe ordena hoje que você se arrependa e volte-se a Ele. Pois quando o novo nascimento for operado em sua vida, aí sim, tudo realmente muda.

TUDO PASSA!

Paulo afirmou em Filipenses 4.12,13: “Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome; assim de abundância como de escassez; tudo posso naquele que me fortalece.”

Paulo tinha em sua vida vários momentos. Momentos de fartura e de escassez, de alegria e de dificuldade. O que fazia a diferença é que ele aprendeu a conviver com todas essas situações. Ele aprendeu a se fortalecer em Cristo diante de todas as circunstâncias. Paulo aprendeu a encontrar forças em Cristo para manter o equilíbrio na vida.

Conta-se a estória de um jovem rei inconstante que diante das vitórias ficava alegre em extremo, mas quando apareciam as dificuldades e as derrotas isso o arrasava. Sua vida era cheia de altos e baixos. Não querendo continuar assim chamou seus conselheiros e deu-lhes uma tarefa. Pediu que trabalhassem em busca de uma frase para escrever em sua coroa para que pudesse lembrar que não deveria se exaltar nas vitórias e nem se desesperar nas derrotas, pois desejava ser sensato e moderado. Todos os conselheiros trabalharam muito na frase, até que um antigo conselheiro disse ao rei: Para que mantenhas equilíbrio em sua vida, coloque em sua coroa e também em seu coração a seguinte frase: “Tudo passa!”

Não sei qual a situação que você está enfrentando, ou qual a notícia que esteja lhe abalando, mas uma coisa sei, tudo passa! Tudo um dia será apenas parte da história. Mas o Senhor Jesus nunca mudará em nada. Somente Ele pode lhe dar a tranquilidade diante de qualquer insegurança, sabedoria diante de qualquer insensatez e paz diante de qualquer turbulência.

Jamais se esqueça de que tudo nessa vida passa!