AS PALAVRAS

Quantos problemas seriam evitados se as pessoas usassem as palavras com prudência e cautela.

Pessoas sábias entendem que as palavras têm poder e afetam as vida delas e a de outros. Elas estão convictas da verdade de Provérbios 18.21: “A morte e a vida estão no poder da língua; quem bem a utiliza come do seu fruto.”

Pessoas sábias são prudentes e se preocupam em não só falar corretamente, mas dizer a verdade. Elas pensam e estudam o que vão falar. Mas os tolos – por serem ignorantes, orgulhosos e egoístas – estão sempre ansiosos por falar, querem ser ouvidos a qualquer custo, falam demais e se colocam em perigo.

Por isso, seja sábio no uso das palavras, pois elas trarão lucro real para sua vida. Aprenda a ter prazer em ouvir mais e falar menos. Provérbios 17.27 afirma: “Quem controla as suas palavras possui conhecimento, e o sereno de espírito é inteligente.”

Certifique-se também de que você está entendendo muito bem o que alguém está dizendo antes de falar ou propor uma solução, pois conforme Provérbios 18.13 ensina, “Responder antes de ouvir é tolice e vergonha.”

Um alerta! Deus leva muito em conta a forma como você fala, pois Ele mesmo julgará os homens baseado no que eles dizem. Jesus afirmou em Mateus 12.36,37: “Digo a vocês que, no Dia do Juízo, as pessoas darão conta de toda palavra inútil que proferirem; porque, pelas suas palavras, você será justificado e, pelas suas palavras, você será condenado.” Todos – sem exceção – daremos conta de cada palavra mentirosa, julgadora, desnecessária, imoral e fútil.

Assim, diante da responsabilidade das palavras, oremos como o salmista no Salmo 19.14:

“As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, Senhor, rocha minha e redentor meu!”

—————————————————————

Para ouvir esse conteúdo click no link abaixo:

https://www.spreaker.com/episode/48562795