OS DISTRIBUIDORES DO AMOR

OS DISTRIBUIDORES DO AMOR

O desejo de ser amado e amar está gravado no DNA de todo ser humano. As pessoas sabem que o amor é importante. Mas o amor está em falta.

Muita gente vive sem uma palavra, sem um toque, sem um abraço, sem um sorriso, sem um ombro para chorar, sem uma vida para compartilhar. Muitos vivem sem amor.

O amor está em falta. Ele está em falta não porque ele não existe. A Bíblia diz que “Deus é amor” (1João 4.16). Não está faltando amor no universo. O problema é que está faltando os “DISTRIBUIDORES” do amor.

Faltam pessoas com o amor de Deus para repartir amor. Quando o amor de Deus enche a vida, aí sim, ele pode ser repassado aos outros.

É por isso que precisamos do amor de Deus. Ao definir o grande amor de Deus, João diz: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”(João 3.16).

Jesus é o Filho de Deus. Sendo Deus, Ele foi nos dado pelo Pai para que sacrificialmente pudesse dar Sua vida para morrer numa cruz pelos nossos pecados, com o fim de voltarmos a ter um relacionamento com o Pai.

É recebendo a Jesus pela fé que nossos corações são inundados do amor. Paulo nos diz em Romanos 5.5: “…o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo…” É o amor que nos capacita a perdoar, a amar os que não nos amam e fazer o bem a quem nos faz o mal.

É esse amor de Deus em nós que nos capacita a sermos melhores cidadãos, namorados, funcionários, patrões, cônjuges e bons amantes. O amor de Deus derramado em nós nos impulsiona a amar.

Por isso, creia e receba a Jesus em sua vida. Deixe que Ele o inunde com Seu amor para que você se torne um “distribuidor”, um canal do amor de Deus as pessoas que tanto precisa dele.

Um comentário em “OS DISTRIBUIDORES DO AMOR

  1. Olá Pastor Roberto, bom dia.

    Excelente, vivemos num mundo que as pessoas ou nós mesmos, “gostamos” por conveniência, mas não amamos. Entendo que gostar, é predileção por conveniência, normalmente temporal, um automóvel, casa, geladeira, sapatos, relógios, etc..

    Amar é tangencialmente diferente de gostar, amar é se doar, é se dedicar, proteger, servir voluntariamente, tangido pelo próprio amor, que Deus faz nascer nos nossos corações, quando O seguimos e nos fazemos semelhantes a ELE.

    Aqui de São Paulo, um forte abraço, um excelente dia, Shalom.

Os comentários estão fechados.