USANDO BEM AS PALAVRAS

USANDO BEM AS PALAVRAS

As palavras são muito importantes. Uma palavra errada, na hora errada, de forma errada com o tom errado, pelo motivo errado, pode destruir muita coisa boa.

O uso das palavras revela mais sobre as pessoas do que elas imaginam. Jesus disse em Mateus 12.34, “… a boca fala do que está cheio o coração.” O famoso pregador inglês John Wesley afirmou: Deixe que suas palavras sejam a imagem real do seu coração.”.

Usar palavras é uma arte. Salomão ensina essa arte ao dizer em Provérbios 22.11:O que ama a pureza do coração e é grácil no falar terá por amigo o rei.” Blaise Pascal afirmou: Palavras amáveis não custam muito. No entanto, elas realizam muito.”

É preciso usar bem as palavras. Elas tem um tremendo efeito. Elas podem animar, encorajar, fortalecer e elevar, ou podem desanimar, destruir, enfraquecer e arrasar. Provérbios 16.24 ensina : “Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e medicina para o corpo.”

Há várias formas de usar palavras. Por vezes usar palavras exige manter silêncio – Provérbios 17.28 diz: “Até o estulto, quando se cala, é tido por sábio…” Não falar por vezes é mais sábio do que argumentar. O silêncio quando usado de forma correta é uma arma poderosa na comunicação.

Usar as palavras também pode exigir que se “faça de surdo.” A Bíblia diz no Salmo 38.13: “Mas eu, como surdo, não ouço e, qual mudo, não abro a boca.” Nem sempre é necessário dar ouvidos a tudo o que os outros falam. Jesus fez uso dessa postura quando acusado por seus algozes. O silêncio é uma boa resposta no meio de acusações infundadas.

Segundo o Salmo139.4, Deus conhece tudo sobre nossas palavras. O texto diz: “Ainda a palavra me não chegou à língua, e tu, SENHOR, já a conheces toda”. Por isso devemos fazer-Lhe duas orações: Põe guarda, SENHOR, à minha boca; vigia a porta dos meus lábios” (Salmo 141.3), e “As palavras dos meus lábios e o meditar do meu coração sejam agradáveis na tua presença, SENHOR, rocha minha e redentor meu!” (salmo 19.4)

Lembre-se: suas as palavras produzem imagens. É preciso usá-las sempre para glorificar a Deus e edificar pessoas.

Por isso, use bem as palavras!

Um comentário em “USANDO BEM AS PALAVRAS

  1. Olá Pastor Roberto, companheiro fiel de todos os dias. Com muita saudade.

    Muitas vezes nos açodamos, falamos demais, falamos errado, palavras pesadas expondo todo um sentimento de revolta, que não obstante até legítimo “em algumas situações”, não nos dá o direito de ferir os nossos interlocutores.

    O ego que é oportunista, se manifesta de maneira contundente, nos subtrai a razão e o pior, derruba sob nossos olhos, os preceitos e os mandamentos do Senhor.

    Esta rica exortação nos conduz ao melhor sentimento, precisamos voltar a palavra, pratica-la, vive-la a cada dia. Para que isso ocorra, em primeiro lugar devemos lê-la todos os dias, para que não nos falte alimento que nos conduza a uma vida em perfeita sintonia com o caráter que Jesus nos deu.

    Forte e saudoso abraço, Shalom.

Os comentários estão fechados.