RENDENDO-SE A DEUS

RENDENDO-SE A DEUS

Não existe conversão verdadeira sem uma absoluta e total rendição à vontade a Deus. O verdadeiro cristão sempre pergunta: “ O que queres de mim, Senhor?” O verdadeiro convertido tem vontade de fazer o que Deus quer.

Jesus rendeu-se totalmente a Deus. E Ele ensinou em Mateus 6.10 que um dos componente da oração deve ser: “…faça-se a Tua vontade…” Ele mesmo, no Jardim do Getsemani, rendeu-se totalmente ao Pai dizendo: Meu Pai, se não é possível passar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade.”

Erwin Lutzer afirmou: “Você se torna mais forte somente quando você se torna mais fraco. Quando você se rende totalmente a vontade a Deus, aí sim você descobre os recursos para fazer o que Deus requer.”

Todos os dias estamos no dilema entre permanecer fixos em fazer a “nossa vontade” ou nos render a “vontade de Deus”. Devemos nos esforçar com diligência para conhecer a vontade de Deus e render-se a ela. É essa a atitude que fará toda a diferença na vida.

Render-se momento a momento à vontade de Deus faz com que a vida mantenha-se no ritmo certo. Não fomos criados para a independência; precisamos de direção, de orientação e do norte de Deus.

Chegar-se a Deus para saber Sua vontade é manter a atitude certa que Ele espera. Precisamos querer o que Deus quer; precisamos desejar o que Deus deseja; precisamos alinhar-nos com o que Deus está fazendo; precisamos centrar e focar em Deus.

Entregue-se à vontade de Deus e deixe-se ser surpreendido por Ele dia após dia. Mantenha uma “santa ansiedade” pela direção do Senhor na sua vida. Tenha uma expectativa correta para ver o “que” e “como” Ele fará. Mantenha-se ligado com o Seu querer.

Davi afirma no Salmo 37.4: “Entrega teu caminho ao Senhor, confia nEle e o mais Ele fará.” E baseado nesse texto são certas as palavras do hino “Tudo Entregarei”: “Tudo, ó Cristo, a Ti entrego, tudo sim por Ti darei. Resoluto, mas submisso, sempre, sempre, seguirei. Tudo entregarei, tudo entregarei.Sim, por Ti, Jesus bendito, tudo deixarei.”

Certas também são as palavras de William Booth que diz: “A grandeza do poder de um homem é a medida de sua rendição.”

Sendo assim, renda-se sem reservas sua vontade aos desejos de Deus.

Um comentário em “RENDENDO-SE A DEUS

  1. Amem Pastor Roberto.

    Difícil, mas imperativamente necessário. Resistimos, queremos fazer tudo, tomar providências, planejarmos. Mas em momentos, sentimos que nossa força se esvai e tudo parece não fluir, tempo de não resistir, mas render-se, a perfeita vontade de Deus.

    Forte abraço, Shalom.

Os comentários estão fechados.