FOI NA CRUZ

FOI NA CRUZ

No Monte Soledad, na cidade de San Diego, Califórnia, Estados Unidos, há uma grande cruz de quase 9 metros. O Monte Soledad pertence ao governo americano onde também atualmente é um memorial daqueles que perderam sua vida em guerras. A “cruz” no Monte Soledad faz parte até hoje de um debate jurídico na Suprema Corte americana. Alguns afirmam que o símbolo em terras públicas é ilegal porque viola a separação entre Igreja e o Estado. Contudo, os defensores da “cruz” exploram várias opções para preservá-la.

A cruz tem um significado importante para o seguidor de Jesus. E ela sempre atraí pessoas e levanta oponentes. Não a cruz do Monte Soledad, ou qualquer outra de forma visível. Mas o que a cruz significa; o que ela simboliza.

A cruz foi o lugar onde Jesus morreu. Na cruz Jesus voluntariamente se deu por nossos pecados. Paulo nos ensina em Colossenses 1.20: “…e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dEle, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas…”

Quando recebemos o sacrifício de Jesus naquela cruz pela fé, escapamos por Sua graça do justo juízo de Deus e recebemos gratuitamente a vida eterna. Foi na cruz que Jesus deu sua vida por nós. João 10.11 Jesus afirma: “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas.” Foi na cruz que Ele providenciou os meios para que o pecador pudesse, como inimigo de Deus, se reconciliar com Ele. Lemos em Romanos 5.10: “Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida.”

A Páscoa cristã é o fato de que Jesus foi a cruz pelos nossos pecados. Ele foi reconhecido como um morto, sendo sepultado no sábado. Ao terceiro dia, no domingo, ressuscitou. Jesus está vivo! E sua vida é dada a todos os creem nEle.

Não basta ter uma cruz no peito, em uma moldura, numa sala de estar, num monte, numa roupa etc. O que vale diante de Deus é ter o Jesus da cruz dentro de si. O que vale é crer que Jesus foi a cruz por você. O que vale é se arrepender dos seus pecados. A cruz só faz diferença para quem recebe a Jesus.

O autor do famoso hino “FOI NA CRUZ ” escreve dizendo: “Foi na cruz, foi na cruz, onde um dia eu vi meus pecados castigados em Jesus. Foi ali, pela fé, que meus olhos abri, e agora me alegro em sua luz.“

Você também já teve a oportunidade e o privilégio de ver Jesus castigado por seus pecados na cruz? É essa a experiência que muda toda a vida.

Um comentário em “FOI NA CRUZ

  1. Amem, Pastor Roberto.

    Tudo que nós precisamos como Igreja de Jesus Cristo, é olhar para a Cruz, viver um evangelho de Cruz, ser consciente cada dia, de que lá na Cruz, O Messias Jesus, derramou Seu Sangue, para que nós não fôssemos para o inferno.

    Lá na Cruz, ao verter Seu Sangue, ELE, JESUS, pagou em si mesmo, uma dívida que era nossa. É ridículo o que eu faço diante de tão grande AMOR. Não consigo corresponder como deveria, envolto na luta secular, ainda oro pouco, jejuo pouco, medito pouco na SUA palavra, vivo ainda uma vida espiritual pobre.

    É tempo de não somente constatar, mas ter uma atitude de gratidão por tão grande Amor, buscar a Jesus, ser-LHE mais grato, por tudo que ELE fez e Que continua fazendo em minha vida, em nossas vidas.

    Forte abraço, Shalom.

Os comentários estão fechados.