UMA NOVA PESSOA

UMA NOVA PESSOA

Paulo afirmou em 2 Coríntios 5.17: “Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!”

A palavra “portanto” nos remete aos versículos 14-16 de 2 Coríntios 5. Paulo faz uma afirmação interessante. Ele afirma que todos os que creram em Jesus não vivem mais para si mesmos. A vida agora é interpretada por Jesus numa nova ótica espiritual. A nova pessoa nasce devido a “morte” da antiga pessoa que foi crucificado com Cristo no dia em que se creu nEle.

“Nova criação” é o sinônimo de uma “nova pessoa”. Os que creram estão “em Cristo” e por isso são diferentes. Eles falam diferente, pensam diferente, reagem diferente e enxergam a vida de forma diferente. É Cristo neles que faz a diferença.

Uma nova pessoa não nasce pela vontade humana, antes é algo espiritual promovido pelo próprio Deus. Em João 1.13 lemos: Os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne, nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus.” Para uma nova pessoa surgir é necessário um nascimento espiritual. Uma nova pessoa não é o resultado de mais esforço, mais religião, mais estudos, mais concentração, mais foco, ou mais alguma coisa. Uma nova pessoa é uma ação direta de Deus.

Paulo continua dizendo que na vida de uma nova pessoa, “as coisas velhas já passaram.” Antes de se estar “em Cristo” a vida era marcada pelo desejo ao pecado. O orgulho, a confiança em si mesmo e nas suas próprias opiniões e interesses mundanos dominavam a vida. E agora, pela nova pessoa estar “em Cristo”, ela não só abandona o pecado, mas olha em direção a Cristo. A nova pessoa naturalmente segue, ama, submete, obedece, centra e deseja a Cristo. E se não há desejos por Cristo, não há uma nova pessoa; tudo ainda é velho.

Uma nova pessoa “em Cristo” tem uma perspectiva diferente sobre duas coisas especificamente: a Bíblia e as pessoas. A Bíblia torna-se mais do que livro. Ela se torna um novo livro. Seus ensinos, promessas, histórias, e verdades, encantam. Há um desejo por lê-la, estuda-la e praticá-la. Há também novos sentimentos em relação as pessoas. Um tipo diferente de amor brota para com a família, amigos, conhecidos e desconhecidos. Reconciliar, pedir perdão e perdoar, torna-se uma realidade de vida.

Somente “em Cristo” é que uma nova pessoa pode surgir. E isso é algo maravilhoso e surreal; não pode ser apenas explicado, precisa ser experimentado.

Você hoje se identifica com essa nova pessoa? Caso não, suplique a Deus para que Ele faça de você uma nova pessoa “em Cristo”