VENCENDO AS TENTAÇÕES

VENCENDO AS TENTAÇÕES

O apóstolo Paulo escreveu em 1 Coríntios 10.13: “Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele mesmo providenciará um escape, para que o possam suportar.”

A tentação é algo real. Paulo diz que a vitória a tentação está sempre disponível. A tentação não é além da realidade humana, antes é algo “comum aos homens”, como diz o texto. As tentações não são experiências únicas em nossas vidas, elas já foram vividas por milhões de outras pessoas.

O termo “tentação” usado por Paulo  no texto grego é ‘peirasmós’, traduzida para a vulgata latina como ‘temptatio’ – palavras cujos sentidos, nas línguas antigas, evocam simplesmente as noções de ‘tentar, sondar, provar, tocar.’ Tentação é sempre uma prova, um teste. A resposta a tentação é que fará a diferença. Se a tentação for resistida no poder de Deus, ela se tornará um teste de fidelidade a Ele, senão for resistida, ela se tornará uma oportunidade ao pecado.

 O Senhor Jesus Cristo é de fato nosso supremo exemplo de resistência à tentação. Em Mateus 4.4,7,10, quando Ele foi tentado pelo diabo, sua resposta foi sempre a mesma: “Está escrito…está escrito…está escrito…” Em cada uma de suas tentações, Jesus respondeu a Satanás com a Palavra de Deus. E Ele saiu vitorioso. E Ele agora, estabelece o padrão, o modelo e o exemplo claro e simples para se vencer cada tentação: submissão e obediência plena e completa a Palavra de Deus. O Senhor Jesus apegou-se totalmente as verdades da Palavra de Deus.

Assim, o único sucesso divino para resistir a tentação é viver o padrão estabelecido por Jesus. É obvio que é preciso também ser radical com o pecado. Jesus disse em Mateus 5:29: “Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti…” “Arrancar o olho é uma medida drástica, e Jesus está ensinando que é necessário ser drástico com o pecado. Essa mesma verdade é ensinada também em Hebreus 12.1:“..Livremo-nos de tudo o que nos atrapalha e do pecado que nos envolve e corramos com perseverança a corrida que nos é proposta,”

Como Senhor Jesus foi tentado e venceu todas as tentações, Ele agora está pronto a ajudar a todos aqueles que estão em tentações. Em Hebreus 4.15 lemos: “Porque não temos sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado”

Quando as tentações vierem, elas se tornam sempre uma resposta a fidelidade ou a infidelidade a Deus. Quando nossa fidelidade é testada temos sempre a própria fidelidade de Deus como nosso recurso.

Deus nos oferece formas para vencermos as tentações: a confiança em Sua Palavra, o foco em Jesus Cristo e a oração. E temos sempre que nos submeter a Deus para vencer as tentações.

Ed Cole afirmou: “A capacidade para você resistir à tentação é diretamente proporcional à sua submissão a Deus.” Por isso, para vencer as tentações, submeta-se a Deus.