SEJA PACIENTE!

SEJA PACIENTE!

Em Gênesis 25.24-27 lemos: “Cumpridos os dias para que desse à luz, eis que se achavam gêmeos no seu ventre. Saiu o primeiro, ruivo, todo revestido de pelo; por isso, lhe chamaram Esaú. Depois, nasceu o irmão; segurava com a mão o calcanhar de Esaú; por isso, lhe chamaram Jacó. Era Isaque de sessenta anos, quando Rebeca lhos deu à luz. Cresceram os meninos. Esaú saiu perito caçador, homem do campo; Jacó, porém, homem pacato, habitava em tendas.”

Nesse texto, a Bíblia apresenta uma pequena biografia da gestação e do nascimento de Esaú e Jacó. O interessante nessa narração é que mesmo sendo Esáu e Jacó gêmeos, eles eram extremamente diferentes na aparência física, personalidade e na forma como lidavam com a vida.

Como Esaú e Jacó, todos também somos diferentes uns dos outros. Somos todos diferentes em personalidade, desejos, capacidades e experiências de vida. E porque somos diferentes precisamos ser pacientes.

Boa parte de nossa impaciência nos relacionamentos advém de falsas pressuposições. Mal-entendidos envolvem sempre o uso de palavras, a forma de ver e de fazer as coisas. A mesma palavra pode ter um significado diferente para uma outra pessoa; pode-se ver uma mesma coisa com um ângulo diferente; há jeito diferente de fazer a mesma coisa. E tudo isso alimenta os problemas relacionais e gera impaciência.

Paulo afirmou em 1 Coríntios 13.4: “O amor é paciente…” Ao usar a palavra “paciente” para definir amor nos relacionamentos, Paulo quis dizer que aquele que ama está pronto a suportar ofensas, injúrias, aborrecimentos, infortúnios, descartando qualquer sombra de possibilidade de vingança ou punição. Enquanto em 1 Coríntios 13.4 Paulo define o amor como paciente, em 1 Tessalonicenses 5.14 ele ordena dizendo: “…Sejam pacientes para com todos.” Em ambos os textos, Paulo expõe que paciência não vem do nada, antes é um esforço; é algo espiritual que precisa de foco para se ter resultado.

Segundo a Bíblia, uma pessoa paciente colherá excelentes frutos na vida. Em Provérbios 14.29,30 temos o seguinte ensino: “ O longânimo (o paciente) é grande em entendimento, mas o de ânimo precipitado exalta a loucura. O ânimo sereno é a vida do corpo…”

Provérbios 16.32 ensina que o paciente fará parte de uma “elite” qualificada para lidar com relacionamentos. O texto diz: “Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma cidade…melhor é o paciente do que o arrogante.”

Todos que se dizem seguidores de Jesus precisam demonstrar amor em seus relacionamentos através da paciência. Precisam parar de “jogar pesado” com os erros e estilos de vida das pessoas. Isso porque, todos os dias Deus em Sua graça demonstra grande dose de paciência para conosco, não nos tratando conforme os nossos erros.

Sua oração hoje deveria ser assim: “Deus, em vez de mudar aquelas pessoas que me irritam comece trabalhando nas minhas atitudes. Faça-me mais paciente”. 

Anúncios

Um comentário em “SEJA PACIENTE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s