OS MILAGRES

OS MILAGRES

Em João 2, Jesus e seus discípulos foram convidados para um casamento. De repente, no meio da festa, acaba o vinho. “Acabar o vinho” era uma grande gafe social. Naquele estilo de sociedade, falhar em fornecer o vinho aos convidados numa festa de casamento seria um erro tremendo, que com certeza nunca seria esquecido pelos convidados e nem pelos noivos.

Diante desse grande problema Jesus é convidado a intervir. Para dar uma solução a esse dilema, Ele pede aos servos da casa que encham os potes até à borda com água. E após obedecerem a Jesus, o milagre ocorreu: a água transformar-se em vinho. Não num vinho qualquer, mas num bom vinho. O casamento foi salvo. Todos ficaram felizes e gratos.

O texto termina dizendo no versículo 11: “Com este, deu Jesus princípio a seus sinais em Caná da Galiléia; manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele.” Naquele dia memorável os noivos ficaram alegres, os convidados ficaram alegres, os discípulos ficaram alegres, Jesus ficou alegre, mas mais do que isso, pessoas creram em Jesus e abandonaram a incredulidade.

Há pelos menos quatro verdades sobre os milagres nesse texto. O primeiro é que quando Jesus é convidado para estar na vida de alguém, os milagres acontecem. Deve-se esperar grandes coisas quando Jesus está presente na vida. O segundo é que nada é sem importância quando apresentado a Jesus. Jesus fez um milagre que salvou um casal de noivos de uma grande gafe. Assim, Ele miraculosamente pode agir em qualquer pessoa e em qualquer necessidade, desde que se creia nEle e o peça. Em terceiro lugar, os milagres podem incluir a participação de pessoas. Homens colocaram água nas talhas; homens levaram a água ao mestre-sala; a água é transformada em vinho. Assim, milagres acontecem e por vezes Deus usa pessoas para que eles se realizem. Em quarto lugar, milagres surgem quando se há disposição para obedecer. Aqueles homens fizeram tudo como Jesus ordenou e viram os milagres. A obediência é o caminho para os milagres. Por isso é sempre importante lembrar que milagres nunca ocorrerão onde há incredulidade, falta de perdão, egoísmo, orgulho, a pratica da imoralidade sexual, mentiras e qualquer outro pecado gritante. O pecado impede os milagres.

Tudo é possível para Deus! Você pode experimentar grandes milagres quando convida Deus para intervir em sua vida. Esqueça fórmulas; não se preocupe em tentar fazer orações bonitas e perfeitas, apenas convide Jesus para agir em todas as situações em que você precisa de um milagre.

O Milagre não é importante e nem relevante até que você precise de um. E mais, nenhum argumento humano é páreo para alguém com uma experiência divina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s