DEUS E MINHAS DORES 

DEUS E MINHAS DORES

Ao lidar com questões de saúde, desemprego, falta de recursos, morte, acidentes ou qualquer outra coisa inesperada, comumente perguntamos: “onde está Deus?” Ou oramos: “Pai, por que o Senhor deixou acontecer isso?”

Durante milênios o povo de Deus sente-se confuso quando as grandes dificuldades e sofrimento chegam. De alguma forma perguntamos se Deus realmente nos ama. No Salmo 74.1, o salmista teve essa impressão. Ele diz: ” Por que nos rejeitas, ó Deus, para sempre? Por que se acende a tua ira contra as ovelhas do teu pasto?”

A pergunta que paira sobre todos os que pertencem a Deus é: Por que Ele permite que coisas ruins aconteçam com o seu povo? Ou, pior, por que Ele as envia? Porventura são elas castigos? 

Algumas verdades precisam ser compreendidas diante do sofrimento e da dor.

1 – A terra está devastada pela entrada do pecado e por isso o mundo sofre. Vamos ter nessa vida alguns relances do céu, mas aqui não é o céu. 

2 – Deus em seu amor, graça e bondade eterna, coloca limite a dor. Ele sabe até onde podemos suportar. Ele freia a dor na hora certa. 

3 – Deus promete cuidar, amparar, fortalecer, animar e encorajar ao seu povo diante da dor. Os Salmos abundam quanto a essa verdade. Não estamos nunca só. 

4 – Deus honra a fé. Deus se agrada em ver que quando seus filhos não conseguem ver Ele agindo no todo, mas pela fé eles não se amarguram com Ele porque sabem que Ele é amor e tem algo maior que vai além da débil e equivocada visão de ver a vida.

5 – Há dores e sofrimentos que são advindos da rebeldia, hipocrisia e desobediência a Deus. O pecado é como comida estragada, faz mal; o único meio é colocar pra fora; vomitar. O único caminho para o pecado é o arrependimento e a confissão, como nos ensina o Salmo 32, 51 e 1 João 1.9.

6 – Deus permite as dores para nos achegarmos a Ele de uma forma especial e íntima. Há pessoas que nunca seriam transformadas profundamente sem as dores da vida. As dores revelam quem somos e o estado real de nosso coração.

Deus não é cínico, sarcástico ou está brincando conosco. Não! Ele é o Deus de todo amor, toda graça, toda bondade e sempre presente.

O desafio diante das lutas é confiar, esperar e depender plenamente dEle. Ele agirá a Seu tempo. 
Lembre-se sempre que aqui não é o céu. O céu está no céu. Enquanto aqui vivermos teremos lutas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s