OLHE SERIAMENTE PARA SI 

OLHE SERIAMENTE PARA SI

Em Mateus 7.3-5 Jesus afirmou o seguinte: “Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.”

Vivemos num mundo vulnerável e problemático. Pessoas erram, machucam os outros e a si mesmas. Quando os erros das pessoas se tornam gritantes, elas estão apenas dizendo que precisam de ajuda. E quem poderia ajudar? 

Jesus no texto não está condenando ajudar aqueles que estão em falha. O que Jesus condena é a hipocrisia. Jesus está sendo sério ao dizer que antes de ajudarmos o outro em um problema menor, precisamos estar cientes de que não haja algo maior em nossas vidas. Jesus no texto diz claramente: “Olhe seriamente para si; olhe para seus problemas com seriedade; trate sua vida com vigor e rigor antes de tentar ajudar o outro.” 

É bizarra a ilustração que Jesus dá. Uma pessoa supostamente quer ajudar o outro com um “cisco” no olho, quando tem uma enorme tábua nos seus próprios olhos. É ridículo tentar cuidar do outro quando os seus problemas são gigantes e gritantes. Jesus diz que é importante que ajudemos pessoas feridas, contudo o que qualifica alguém a ajudar o outro é a capacidade de olhar para si e lidar humildemente com os seus próprios erros.

Segundo Jesus, o indivíduo que centra no erro do outro sem olhar primeiramente para si é um HIPÓCRITA. O hipócrita adora o ar da moralidade, da religiosidade e o discurso da ética. Ele sempre está criticando, condenando e julgando outros. Ele é extremamente impiedoso com o próximo, mas muito complacente consigo mesmo. 

Jesus diz: “Olhe seriamente para si; cuide primeiro de você, tire seus empecilhos, veja suas fraquezas, trate-se; porque fazendo assim você terá condições claras para ajudar o outro.”

O seu dever é cuidar primeiro de si. Veja primeiro os seus defeitos e trate-os com sinceridade. Saiba realmente quem você é, confronte-se a si mesmo. Arranque suas máscaras e humilhe-se. Critique a si mesmo; “bata pesado” em si; confronte sua religiosidade. C. S. Lewis afirmou que “De todos os homens maus, os religiosos são os piores.”  

Lembre-se que somos todos fracos e precisamos urgentemente de restauração e apoio. Mas se você tem interesse em cuidar e ajudar outros, comece primeiro consigo. Olhe seriamente para si. Cuide-se!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s