“VINDE A MIM”

“VINDE A MIM”

Em algum período da vida algumas perguntas vêm à mente: Onde está o sentido da vida? Por que vivemos? Por que há tanta dor e sofrimento? Essas são perguntas existenciais que precisam ser respondidas; a alma anseia por uma resposta.

A vida é muito difícil. No dia a dia nos sentimos por vezes cansados, chateados, desanimados, entristecidos e abatidos. Por vezes também se instaura na alma um grande vazio. Parece que tudo perde a razão, o sentido, o significado, o propósito e o valor.

No meio das trevas a alma pede e busca a luz. Para alguns, essa busca pode ser mais um “pileque”, mais uma “noitada”, mais uma “balada”, mais um prazer, mais um “baseado”, mais um trago, mais um relacionamento, mais uma compra, mais uma viagem, mais uma graduação, mais uma religião, mais uma filosofia, mais um “ismo”, mais um remédio, mais um sono e mais alguma coisa.

Quando Jesus veio ao mundo, o seu povo (os judeus) vivia debaixo de uma forte opressão. Eles eram oprimidos politicamente pelos Romanos, que dominavam seu país e eram também oprimidos espiritualmente por um grupo religioso de legalistas e hipócritas. O sistema religioso opressor estabeleceu que a forma para se relacionar com Deus era por meio de regras e ritos. A vida do judeu comum da época de Jesus era debaixo de um insuportável fardo político e religioso. O caos existencial era insuportável para alma.

No meio das trevas e do vazio daquelas vidas a quem Jesus amava, Ele se apresenta e faz um maravilhoso convite em Mateus 11.28: “Vinde a mim todos vós que estais cansados e EU vos aliviarei.”

A proposta de Jesus é de descanso e alívio. Ele propõe descanso e alívio dos fardos impostos pelo sistema, dos pesos impostos pela política, religião e filosofia, e das dores adquiridas pelos pecados e erros, tentando dirigir a vida do próprio jeito.

É só em Jesus que a alma descansa e encontra alívio. NEle toda lágrima é enxugada; a escuridão cede à luz; a aflição cede à paz; a fraqueza cede à força; o ódio cede ao amor; o caos cede à ordem, o pecado cede ao perdão e o desespero cede à esperança.

É a graça de Jesus que faz o pior “temporal” da vida passar. É nEle que o vazio é preenchido, o significado e a razão da vida são encontrados. É no simples aceitar o precioso convite, “Vinde a mim…” que a vida ganha sentido e propósito. É nEle que há alegria completa, e quando você vem a Ele a alma se satisfaz plenamente e todo o resto perde o encanto.  

Há um convite maravilhoso de Jesus para você hoje e agora: “Vinde a mim…” A pergunta é: Você virá?

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s