UM AMOR PRÁTICO E OBJETIVO

O apóstolo João escreve em 1 João 3.17: “Ora, aquele que possuir recursos deste mundo, e vir a seu irmão padecer necessidade, e fechar-lhe o seu coração, como pode permanecer nele o amor de Deus?”

O amor precisa se revelado em ações práticas e objetivas. Os que fazem algo em favor das necessidades das pessoas revelam para elas mesmas, para os outros e para Deus que “permanecem…no amor de Deus.”

Qualquer um pode se auto avaliar se realmente crê em Deus e experimentou a nova vida em Jesus, pelo simples fato de ser dirigido pelo amor. A melhor tradução de fé genuína em Jesus Cristo é amar a Deus, com um coração obediente e submisso, e amar as pessoas.

João diz que o amor não “fecha o coração” diante da necessidade do outro. Quem “fecha o coração” sempre está dizendo: “isso não é comigo…muita gente está passando dificuldade nesse mundo…o governo, a sociedade, a igreja, a instituição ‘tal’ deveriam fazer alguma coisa.” Quem fecha o coração nunca faz nada; não assume a responsabilidade com o outro.

É importante lembrar que sempre é mais fácil estar engajado na luta e na causa pelos problemas da humanidade do que amar o ser humano mais próximo; aqueles com quem nos esbarramos todos os dias.

AMAR exige sacrifício, entrega, abnegação, altruísmo, envolvimento, doação e ações que possam melhorar, ajudar e fazer crescer o outro, sem tirar um nada de proveito pessoal.

Se você não consegue repartir seu pão, sua roupa, seu dinheiro, sua influência, seu poder e suas habilidades, não é que tipo de cristão você é, mas que tipo de ser humano que você demonstra ser.

O amor precisa ser demonstrado de forma prática e objetiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s