ALEGRA-TE

ALEGRA-TE!

Salomão afirma em Eclesiastes 11.9:  Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas.”

Queremos ser alegres e gostamos de gente alegre. Acreditamos que a alegria é melhor que a tristeza e vamos a procura dela.

Alguma coisa errada em ser alegre? Não, não há nada de errado.

O velho Salomão escreve aos jovens: “Alegra-te, jovem, na tua juventude, e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade…” Os jovens estão atrás da alegria. Nem sempre com o discernimento e a prudência que precisa. Mas eles querem ser alegres.

Salomão ensina que a vida precisa de alegria, mas de alegria lícita; alegria legítima; alegria que alegra.

O que é errado é ir na busca da alegria pela alegria; é fazer da alegria o propósito da vida.  Assim como é errado viver na negação, no flagelo, no ostracismo e abnegação bem, é errado focar na alegria como fim último da vida.

O que Salomão orienta é que você deve se alegrar olhando para a eternidade. Salomão afirma: “..anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas.” O desafio é lembrar que um dia todos prestaremos conta de nosso viver diante de Deus.

Precisamos viver com um olho no dia a dia e outro na eternidade. Devemos viver a vida nos parâmetros de Deus. A orientação bíblica é: seja alegre com base nos limites de Deus. Viva o hoje com os olhos na eternidade. Fazer as “coisas da cabeça” podem trazer hoje e amanhã muitas “dores de cabeça”.

Assim, não faça da alegria o centro de sua vida. Alegre-se de forma lícita e legítima. Contudo, não esqueça que Deus é o Juiz da vida e da história e todos prestarão contas a ele.

A eternidade é algo real. Viva no presente com a cabeça no futuro. E acima de tudo é bom não que esquecer que o bem será recompensado e o mal será julgado.

Que a busca de sua alegria não seja um fim em sim mesmo. Que sua alegria seja antes um resultado de compreender a vida do ponto de vista de Deus conforme revelado em sua Palavra.

Quando a alegria se torna um fim de vida, a vida terá um triste fim.

 

Um comentário em “ALEGRA-TE

  1. Amem Pastor Roberto.

    É para ler, meditar e aplicar, levando-se em conta que a melhor motivação de nossa alegria é a vida eterna em Jesus Cristo. Abraço, Shalom.

Os comentários estão fechados.