ELES DECIDIRAM…

ELES DECIDIRAM…

Os primeiros cristãos abraçaram a fé em Jesus com compromisso, seriedade e coerência. Eles decidiram viver e ser diferentes. Eis as principais decisões que tomaram:

#1 – ELES DECIDIRAM OBEDECER AOS ENSINOS DE JESUS

Eles se comprometeram num viver digno, justo, submisso, entregues ao bem-estar do outro e em obediência irrestrita aos mandamentos de Deus. Eles tinham em Jesus uma razão para viver e morrer.

#2 – ELES DECIDIRAM FAZER A VONTADE DE DEUS

Eles sabiam que “amar a Deus” envolvia obedecê-Lo e fazer Sua vontade. Por agir assim, nunca pensaram na felicidade e no prazer momentâneo da vida como um fim último.

#3 – ELES DECIDIRAM AMAR PESSOAS

Decidiram fazer o bem a todos indistintamente; decidiram sair de si mesmos; decidiram focar no outro. Eles não eram consumistas e nem materialistas.

#4 – ELES DECIDIRAM PERDOAR

Eles decidiram não viver com mágoas, ressentimento e rancor de seus inimigos. Eles decidiram perdoar e obedecer o que Jesus ensinou em Lucas 6.27,28: “… amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam; bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos caluniam.

#5 – ELES DECIDIRAM VIVER POR FÉ

Eles não tinham e nem exigiam resposta para tudo. Eles apenas davam passos de fé, confiando na bondade amorosa do Deus soberano. Estavam cientes de que a vida não é restrita simplesmente ao “aqui” e “agora”. Eles pensavam na recompensa eterna e futura.

#6 – ELES DECIDIRAM PROCLAMAR A JESUS

Eles estavam certos da missão clara dada por Ele: “…fazei discípulos de todas as nações…” Por isso, saíram pregando a Jesus como o “caminho”, a “verdade” e a “vida” para todos.

Por decidirem assim, esses primeiros cristãos não amaram o mundo, não viviam em crise de auto imagem, não eram narcisistas e não eram ansiosos ou depressivos.

Se quisermos viver com propósito e significado nessa vida, precisamos avaliar como estamos vivendo e DECIDIR viver os que ELES DECIDIRAM.

Um comentário em “ELES DECIDIRAM…

  1. Olá Pastor Roberto.

    Vivemos querendo resolver tudo ao nosso respeito e as vezes aquilo que está ao nosso redor. Vivemos numa sociedade competitiva em que ganha quem “for mais forte”, sugerindo até a “lei Darwiana” da seleção das espécies pela luta pelo poder ou coisas parecidas.

    Nos esquecemos que fizemos uma “decisão” de entregar nossa vida a Jesus, que a partir daquele momento ELE é SENHOR da nossa vida, e como SENHOR é ELE que determina nossos caminhos, vales, montanhas, rios e mares, enfim todo relevo de nossa caminhada até a vida eterna.

    Vivemos uma vida mesquinha egoísta, onde o centro de todo interesse são nossas “necessidades”, vivemos olhando sempre para nosso próprio umbigo.

    Realmente precisamos olhar mais para JESUS, a quem nos confessamos como SENHOR de nossas vidas, olhar também para os milhares de perdidos na escuridão que nos cercam no dia a dia. Oferecer-lhes o melhor pão o PÃO DA VIDA QUE É JESUS, e ao se alimentarem tenham também a vida eterna.

    Amar incondicionalmente as pessoas é mais que buscar um plano de satisfação pessoal, sim é muito mais que isso, é abdicar da zona de conforto e servir, assim como ELE, JESUS, nos ensinou e como fizeram nossos irmãos no passado.

    Forte e saudoso abraço, nesta já madrugada, Shalom.

Os comentários estão fechados.