O CONVITE A LIBERDADE

O CONVITE A LIBERDADE

Conta-se a estória de um canário na gaiola e um curió na janela. O curió observando o canário perguntou:
— Qual é o seu propósito?
— Meu propósito é comer sementes – respondeu o canário.
— Mas para quê?
— Para ficar forte.
— Mas para quê? – Insistiu o curió.
— Para poder cantar.
— Mas para quê?
— Porque quando eu canto, ganho mais sementes – afirmou o canário.
— Então você come a fim de ficar forte para poder cantar, e então ganhar mais sementes para comer?
— Isso mesmo – concluiu o canário.
— Há mais para você – ofereceu o curió – Se você me seguir, eu lhe mostrarei. Mas primeiro de tudo você deve deixar sua gaiola.

Há muita gente engaiolado e preso nessa vida. Em Mateus 19.16-22 temos a história do encontro de Jesus com um “jovem rico”. Ele estava desejoso em alcançar a vida eterna e perguntou sobre isso (16). Jesus o questionou sobre o cumprimento dos mandamentos, e ele respondeu que estava  “andando na linha” (17-20). Surpreendendo-o, Jesus disse que lhe faltava apenas uma coisa: “…vai, vende os teus bens, dá aos pobres e terás um tesouro no céu; depois, vem e segue-me.” (21). As palavras de Jesus chocaram sua alma. E sua decisão é descrita assim: “retirou-se triste, por ser dono de muitas propriedades…” (22)

Jesus sabia que ele estava engaiolado pelos bens materiais. Seu significado, propósito e objetivo de vida estava atrelado aos seus recursos. Os seus bens justificavam sua existência. Ele estava preso a mentira das possessões materiais como identidade de vida. E Jesus queria tirá-lo da tirania da idolatria do dinheiro e bens. Jesus queria deixá-lo livre. Mas uma pena…ele não quis.

E assim também é muita gente. Não são poucos os que estão engaiolados, presos, reclusos em futilidades da vida. Gente presa na gaiola dos recursos, títulos, oportunidades,  reconhecimentos, diplomas, dogmas, religião etc. Coisas que daqui a 100 anos não farão a mínima diferença.

Há uma razão maior, um propósito e uma missão em nossa existência. É impossível que estejamos nesse mundo apenas para nascer, crescer, estudar, trabalhar, comer, dormir, divertir e depois morrer.

Jesus disse ao “jovem rico”: “Vem e segue-me”. Por que Ele fez esse convite? Porque o queria tirar da gaiola do engano da riqueza material e dar propósito e significado a sua vida. E Ele faz o mesmo convite a você.

Jesus lhe oferece vida e liberdade porque sabe que o mais importante não é ter a identidade em coisas ou bens, mas em Deus. Mas para sair do que lhe prende é necessário aceitar o convite a liberdade proposto por Jesus,“vem e segue-me.”

Você aceitará esse convite?

Um comentário em “O CONVITE A LIBERDADE

  1. Amem Pastor.

    Realmente, muitas vezes cultuamos “coisas” que achamos de fundamental importância às nossas vidas. O automóvel, a casa, o alimento, enfim, tudo que tem sua importância no nosso cotidiano secular e até para subsistência. Más jamais podemos nos tornar “engaiolados” por nenhuma delas.

    Temos que buscar o reino de Deus e SUA justiça e “as demais” coisas nos serão acrescentadas.

    “As demais”, nunca serão as principais ou até a essencial. Principal, essencial, compulsória é a perfeita vontade de Deus em nossas vida.

    Principal é o SENHORIO do Jesus em nós, é a busca do SEU REINO, SUA JUSTIÇA,

    Por isso, temos que parar e buscar primeiro, o PRINCIPAL, e as demais coisas com certeza, ao seu tempo o SENHOR PROVERÁ.

    Bom dia Pastor, Shalom.

Os comentários estão fechados.