O PECADO

O PECADO

A mais horripilante, triste, confrontadora e degradante definição bíblica do ser humano humana é expressada pelo apóstolo Paulo em Romanos 3.23: “Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.”

Essa é uma das verdades bíblicas que mais chocam o ser humano. Ao nos definir como pecadores, o teólogo Gordon Olson afirma o seguinte: “Somos pecadores simplesmente porque escolhemos pecar e viver de forma egoísta…Deus nos deu a capacidade de dirigir nossas vidas, seja de acordo com a inteligência, reconhecendo nossa obrigação para com Deus e nossos semelhantes, ou de acordo com o egoísmo e a insensatez de buscar nossa própria felicidade como o bem supremo.”

Jesus também afirmou de forma contundente em João 8.34: “…todo o que comete pecado é escravo do pecado.Jesus deixa claro que o pecado escraviza o ser humano. O pecado é um tirano que oprime, engana e tortura. O pecado cega! Andrew Murray escreveu que “ um grande poder do pecado é que ele cega os homens para que eles não reconheçam seu verdadeiro caráter.”

Em seu famoso livro “Confissões”, o teólogo e filósofo Agostinho expressa a realidade do pecado da seguinte maneira: “Eu perguntei o que era a iniqüidade, e achei que fosse algo sem qualquer substância, mas na verdade é a perversão da vontade, desviado de Ti, ó Deus, o Supremo, em relação a essas coisas inferiores…o pecado é uma distorção perversa da imagem do Criador em nós.” E Adrian Rogers estava certo ao dizer que “ o pecado não é apenas quebrar as leis de Deus; ele está quebrando também o Seu coração.”

Mas há solução para o pecado. Jesus é a solução! Ele mesmo afirma em João 8.36: “Se pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” Jesus promete liberdade aos que se achegam a Ele. A esperança do homem não está no próprio homem; não se encontra em um ser humano mais mais inteligente, mais pós-moderno, mais tecnológico, mais politizado, economicamente estável, socialmente produtivo ou culturalmente evoluido, mas em Jesus. O pecado é o problema. Jesus é a solução.

Por isso, não desconsidere a realidade do pecado em sua vida. Não acredite que a vida longe de Deus tem algum futuro. O pecado extingui Deus da vida e afirma que tudo dará certo sem Ele. Uma mentira!

Gosto da humilde confissão do ex-ateu, C.S.Lewis. Ele disse: “Eu desisti e admiti que Deus era Deus. Eu me ajoelhei e orei. Talvez naquela noite, fui eu o convertido mais deprimido e relutante em toda a Inglaterra.”

Para o pecado só tem uma solução: uma entrega desesperada ao Jesus libertador.

Um comentário em “O PECADO

Os comentários estão fechados.