O PODER DA FRAQUEZA

O PODER DA FRAQUEZA

Para o nosso mundo a fraqueza é um mal. Charles Stanley afirmou: “Ninguém gosta de sentir-se fraco…Há algo dentro do espírito humano que quer resistir ao pensamento da fraqueza. Muitas vezes isso não é nada mais que o nosso orgulho humano trabalhando. Assim como a fraqueza carrega um grande potencial de força, o orgulho carrega igualmente um grande potencial para a derrota.”

Jesus fez um convite aos que se sentem fracos. Ele os convidou em Mateus 11.29 dizendo: “ Vinde a mim, todos os que estais CANSADOS e SOBRECARREGADOS, e eu vos aliviarei.” Jesus sabe que somente os fracos atenderão ao convite.

É na fraqueza que a pessoa de Jesus se manifesta. Jesus como Deus, tornou-se homem. Ele optou pela fraqueza. Ele nasceu de uma família simples, num local simples, foi envolvido em seu nascimento com panos, dormiu sua primeira noite num coxo de animal, foi viver depois numa vila simples e desprestigiada: Nazaré. Jesus andava no meio do “povão” e por fim morreu na humilhante cruz. Tudo o que é fraco aos olhos dos homens, Jesus vivenciou. Ao entender Jesus tornando-se fraco, A.C.Dixon disse o seguinte: “Sabemos da deificação dos homens na mitologia pagã…Os deuses estavam dispostos o suficiente para receber os presentes dos homens. Mas no cristianismo, o fato é que Deus tornou-se homem com fraqueza humana e se esvaziou da glória do céu, a fim de que Ele pudesse tomar sobre Si os pecados, as doenças e fraquezas de toda nossa humanidade” .

Quando as fraquezas chegam, abre-se uma oportunidade para se experimentar melhor a presença de Deus. Em Êxodo 3, quando Deus chamou a Moisés para libertar o povo de Israel, no versículo 11 ele expõe sua fraqueza dizendo: “…Quem sou eu para ir a Faraó e tirar do Egito os filhos de Israel?” E Deus lhe responde no versículo 12: “…Eu serei contigo.” Assim, somente os fracos terão uma experiência próxima e pessoal com Deus.

As fraquezas também criam um excelente espaço para a manifestação do poder de Deus. O apóstolo Paulo em 2 Corintios 12 teve a oportunidade de uma revelação dos céus. E para que não ficasse tão ensoberbecido com essa revelação, Deus lhe permitiu “um espinho na carne”. Enquanto sofria, Paulo orou por três vezes pedindo que o Senhor retirasse o espinho. A resposta lhe que Deus lhe deu foi a seguinte no versículo 9: “…a minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza.” A fraqueza de Paulo tornou-se uma oportunidade para manifestação do poder de Deus.

Assim, a pessoa de Jesus, a presença e o poder de Deus se tornam reais apenas para os fracos. Por isso, não tenha medo de reconhecer sua fraqueza, há um grande poder nela.

Um comentário em “O PODER DA FRAQUEZA

  1. Amem Pastor Roberto.

    Nossa oração é para que o Senhor nos sustente nestes dias difíceis, e que nunca falte sua graça sobre nossa vida. Forte abraço, Shalom.

Os comentários estão fechados.