O HUMILDE JESUS

O HUMILDE JESUS

Conta-se que Alexandre, o Grande, entrou na Índia numa imensa procissão. O ritual começou com um homem espalhando flores, em seguida 200 elefantes pintados desfilaram, seguido também de 200 cavaleiros montados olhando para trás, para o carro de Alexandre, que vinha puxado por 40 cavalos pretos, e ele, sentando num trono de ouro, em um carro de marfim, afirmava: “ Eu sou o senhor do universo que já conquistou o mundo e agora conquistarei as estrelas.” Pobre Alexandre…ele foi apenas lembrado na história por suas conquistas e por ter morrido tão novo aos 33 anos. Que diferença de Jesus!

A Bíblia afirma categoricamente que Jesus é Deus. Em João 1.1 lemos: No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.” e ainda em João 1.14: E o Verbo se fez carne e habitou entre nós…” A humildade de Jesus é primeiramente vista em sua encarnação. Ele, sendo Deus, assumiu ser um homem, viver como homem, para salvar os pecados dos homens.

A encarnação nos diz que Jesus se auto humilhou. Paulo define essa auto humilhação em Filipenses 2.5-8: “ …Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou….” Paulo também explica a auto humilhação de Jesus em 2 Coríntios 8.9: “pois conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, se fez pobre por amor de vós, para que, pela sua pobreza, vos tornásseis ricos.”

A humildade de Jesus é percebida desde seu nascimento. Em Lucas 2.7 lemos que Maria “…enfaixou-o e o deitou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.” O Salvador chega ao mundo por uma família humilde, num lugar humilde para salvar os humildes.

O viver de Jesus também era humilde. Isso expressava em Sua total dependência do Pai. Ele se alegrou em render-se a fazer o que o Pai queria. Em João 6.38 lemos: “Eu desci dos céus não para fazer a Minha vontade e sim a do Meu Pai.” Seu foco era servir as pessoas. Ele diz em Marcos 10.45: “ Pois o próprio Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.”

O humilde Jesus se humilhou e viveu humildemente entre nós para libertar-nos do nosso “eu” para o “outro”, do “meu” para o “nosso” e da “minha vontade” para a “vontade dEle”. E enquanto não o buscarmos humildemente como uma “criança”, nunca seremos o “adulto” que tanto desejamos ser.

Um comentário em “O HUMILDE JESUS

  1. Amem, Pastor Roberto.

    Assim como ELE, JESUS, se esvaziou de SUA Glória, sendo DEUS, nós temos que nos esvaziar de nossa, “pretensa glória”, nos olharmos melhor no espelho e termos a visão real, de que não somos nada e em tudo, dependemos de DEUS.

    Pastor, que difícil é tratar conosco mesmo. Deus deseja que não sejamos aquilo que pensamos ser, mas ser o que ELE mesmo, quer fazer de nós.

    Forte abraço, Shalom.

Os comentários estão fechados.