OS PONTOS FRACOS

OS PONTOS FRACOS

Em Atos 14.15 Paulo afirma: “…Nós também somos homens como vós, sujeitos aos mesmos sentimentos…” Essa é uma contundente afirmação sobre a nossa real humanidade.

É sempre mais fácil e comum gloriar-nos de nossos pontos fortes e pouco de nossa humanidade. As vezes queremos ser vistos como “super humanos” e negamos a realidade de “meros mortais”

Negar a humanidade não é algo apenas falso, mas é um desserviço a nós mesmos e a todos os que nos cercam. Isso porque Deus ama os fracos. Na verdade, Ele gosta de tomar os nossos pontos fracos e transformá-los em fortes.

Isso não quer dizer que os pontos fracos sejam os pecados como a avareza, ganância, egoímo etc. Por pontos fracos quero dizer sobre nossas limitações. Algo que quer herdamos e não podemos mudar.

Deus é especialista em usar nossa desvantagem, limitação e necessidade, seja ela uma doença, uma característica de personalidade, uma cicatriz, uma circunstância, temperamento, uma passado difícil, um presente sem expectativas. Tudo isso se torna matéria prima nas mãos de Deus.

Veja o exemplo na incarnação de Jesus. O Salvador nasceu em uma família simples e numa inóspita manjedoura. Ele foi criado num distante e desprezado vilarejo: Nazaré. Trabalhou com um humilde carpinteiro e viveu como um homem comum. Mas um dia, quando se apresentou para ser batizado por João Batista, com um coração simples e humilde, o poder do Espírito Santo o revestiu. Pedro sobre Ele diz em Atos 10.38: “…fez o bem e curou os oprimidos pelo diabo…”
Todos somos limitados em algo. Todos temos nossos pontos fracos. Todos precisamos reconhecer humildemente nossas limitações e nos apresentar a Deus para que Ele toque, mova, aja e faça algo para Sua glória.

Não tenha medo de dizer a Deus: “ Senhor eis aqui minha fraqueza; Senhor aqui meus “pontos fracos”; Senhor eis aqui minhas limitações”. É orando assim e agindo assim que o seu nível de dependência dEle aumenta, seu orgulho cai e seu senso de utilidade para os que são fracos cresce.

Alguém afirmou: “Se eu nunca tivesse um problema, eu nunca saberia que Deus era capaz de resolvê-lo.” Por isso, decida que seu “ponto fraco” se tornará uma oportunidade para que Jesus apareça e engrandeça.