POR QUE BUSCAMOS A JESUS?

POR QUE BUSCAMOS A JESUS?

No início do capítulo 6 de João, Jesus atravessa o mar da Galiléia e muita gente o segue e se impressiona de como Ele curou os enfermos. E ao ver a multidão faminta, depois de ouvi-Lo, compadecida dela, Jesus multiplica cinco pães e dois peixinhos e dá a comer a todos eles. No final daquela tarde, Ele se retira para um lugar secreto, enquanto seus discípulos, pelo mar, tomam rumo a cidade Cafarnaum. O mar começa a ficar agitado, e Jesus, andando miraculosamente pelo mar, encontra-se com seus discípulos. No outro dia, a multidão entra em barcos em busca novamente dEle. E em João 6.25-27 temos o relato desse encontro do Salvador com a multidão.

No versículo 25, alguns dentre a multidão perguntam a Jesus: “…Mestre, quando chegaste aqui?” Jesus não responde a essa pergunta. Pelo contrário, no versículo 26 Ele faz uma outra afirmação: “…vós me procurais, não porque vistes sinais, mas porque comestes dos pães e vos fartastes.” Jesus não diz a eles como ele chegou lá, mas diz a eles porque eles vieram até Ele. Jesus os confronta com a motivação errada deles. Eles queriam pão. Eles queriam mais uma exibição miraculosa. Eles queriam fazê-lo rei para resolver os problemas deles. E então Jesus os exorta no versículo 27 dizendo: “ Trabalhai, não pela comida que perece, mas pela que subsiste para a vida eterna, a qual o Filho do Homem vos dará; porque Deus, o Pai, o confirmou com o seu selo.”

Jesus contrasta o pão material com o pão A ênfase dEle é que eles deveriam parar de buscar a Jesus por coisas terrenas e centrarem suas vidas nos conceitos espirituais. Porque o terreno é passageiro e o eterno é o que tem valor real.

Assim também, o confronto de Jesus continua ainda hoje para cada um de nós. Podemos estar buscando a Jesus apenas para ganharmos ou não perdermos algo nessa vida terrena; apenas para mantermos uma vida mais confortável, não perdermos o “status quo” ou para viver o hoje e o agora em função de bens materiais ou qualquer conforto e segurança que o dinheiro possa proporcionar.

Hoje Jesus também pergunta: “Você me busca pelo o que Eu faço ou não faço a você, ou pelo o que realmente Eu sou e represento em sua vida?” “ Você me busca por razões materiais ou por necessidades espirituais”?

A resposta a essas perguntas produzem um profundo e real diagnóstico de quem você realmente é, onde está o centro de sua vida, quais são suas prioridades, a quem você adora, quais são suas reais motivações, e o que realmente está lhe dirigindo hoje.