NÃO DESPERDICE O SOFRIMENTO

NÃO DESPERDICE O SOFRIMENTO

O Novo Testamento nos ensina sobre os sofrimentos de Jesus. Ao estudar Sua vida se percebe claramente que ele passou por angústias, pressões psicológicas e maus tratos físicos. Jesus foi mal interpretado, criticado, debochado, zombado e por fim torturado na cruz.

Se o Mestre sofreu, o seus seguidores também o serão. Esse princípio é ensinado em 1 Pedro 4.1: “Portanto, uma vez que Cristo sofreu corporalmente, armem-se também do mesmo pensamento…” O Em Hebreus 12.3 o autor da carta afirma o seguinte:“ Pensem bem Naquele (Jesus) que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que vocês não se cansem nem se desanimem.”

Em Romanos 8, Paulo estabelece as bênçãos incontáveis para aqueles que estão em Cristo. Os que estão em Cristo são herdeiros futuros de Deus, não obstante os sofrimentos se façam presente no dia a dia. Ele diz em Romanos 8.17: 17 “Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória.”

A verdade simples é que Deus tem propósitos nos sofrimentos. Em Romanos 8.28 Paulo enuncia: ”Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.” Para alguns, o propósito é aproximá-los dEle. Para os que seguem a Jesus, o propósito final é formar mais de Jesus e Seu caráter em suas vidas.

Deus está agindo soberanamente nas pessoas. Ele sabe destruir e construir coisas em nossas vidas. Ele por vezes precisa demolir nossos ídolos e tudo aquilo que apoiamos nossa confiança e segurança que não seja nEle. Deus é especialista em demover “palifitas” e “casabres” espirituais para iniciar grandes palácios. E claro, quando Ele inicia o desmoronamento a dor aparece e o suposto conforto, prazer e felicidade é abalado. Contudo, isso não significa que Ele não ama e não cuida, antes Ele está destruindo em nós o que nos prejudica e alimenta o egoísmo, o orgulho e a vaidade enquanto ergue em nós um edifício espiritual novo onde o centro de tudo seja o retorno a nossa verdadeira humanidade: viver para Sua hona e glória.

A questão não é SE você passará por sofrimento mas QUANDO passará por ele. E acredite, Deus usa esses momentos escuros e estressantes para fazer um profunda faxina espiritual para seu próprio bem.

Deus usa os dias de tristeza para acender em nossos corações Suas verdades, purificar nossas almas e nos trazer discernimento sobre o que é essencial.

Por isso, não desperdice o sofrimento!

Um comentário em “NÃO DESPERDICE O SOFRIMENTO

  1. Amem, realmente está é a realidade, o sofrimento não é “se vem”, mas, “quando vem”. Mas “quando vier”, é momento de podar o que não serve, para que sejamos aperfeiçoados em Cristo Jesus. Amem.

Os comentários estão fechados.